Esquilo-vermelho (Sciurus vulgaris)

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por Seattle92 1 Out 2010 às 16:35.

  1. DMigueis

    DMigueis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Jun 2011
    Mensagens:
    138
    Local:
    Figueira da Foz/Aveiro
    Essa relação não é, à partida, assim tão óbvia. São muitos os factores que podem influenciar a distribuição de uma espécie, seja ela qual for. E o facto de o esquilo estar presente, e seja uma potencial presa da marta, isso não quer dizer que a marta a consiga caçar, ou pelo menos, com facilidade. Há muito a ter em conta.

    Mas o facto de haver essa relação, já é qualquer coisa, e não deixa nunca de ser uma tese plausível.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. CptRena

    CptRena
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    16 Fev 2011
    Mensagens:
    1,502
    Local:
    Gafanha da Encarnação, Aveiro
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Bem, que o esquilo é presa comum da marta é mais que conhecido. Não digo que em Portugal tenham feito esse estudo, até porque que provavelmente nem há nenhum estudo sobre a marta no nosso país. Seja como for no resto da Europa a ligação entre as duas espécies está mais que documentada.

    Quando falei em relação óbvia, referia-me ao facto de ambas as espécies terem começado a aparecer no norte de Portugal mais ou menos na mesma altura (final dos anos 80, princípios de 90).

    Se em habitats em que ambas as espécies existem, uma é presa e outra predador e se por cá o predador começou a aparecer pouco depois da presa...
    Parece-me uma ligação óbvia.

    Não digo com isto que a distribuição da marta vá acompanhar totalmente (ou nem sequer perto disso) a do esquilo.
     
  4. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Excelente notícia. Nada como deixar a natureza tratar dos seus próprios equilíbrios.

    Claro q uma pequena ajuda humana tb pode ser indispensável em casos de pragas, mas muitas vezes a própria natureza tem a solução.).
     
  5. lreis

    lreis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Dez 2010
    Mensagens:
    185
    Local:
    Lisboa
    Agardeço a informação.
    Relativamente ao esquilo a Sul, fico agora com a curiosidade de antever a margem de progressão da população, nos habitats existentes a Sul.
    A referência a observações de marta a Norte, podem servir para se estar mais alerta à dinâmica de evolução deste população animal.
    Quem sabe até alguém pegar na matéria e esboçar um esquiço de distribuição da espécie, se isto "tiver pés para andar"?
     
  6. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    A progressão a sul do Tejo não será tão rápida como até agora. Não há grandes dúvidas acerca disso. As manchas florestais de uma e outra área são incomparáveis.

    Mesmo assim diria que não serão os distritos de Portalegre/Santarém que irão parar a colonização a sul.

    Talvez Évora e Beja se tornem mais difíceis. Mas também quando já estiverem a essas latitudes terão na zona da costa (distrito de Setúbal) uma infinidade de pinheiros mansos para aproveitarem :lol:
     
  7. lreis

    lreis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Dez 2010
    Mensagens:
    185
    Local:
    Lisboa
    Tomando essa linha de raciocínio, será provavelmente assim.
    Eu diria que a progressão para Sul, vai ter dois vectores de progressão em função do coberto florestal: um pelo interior e outro pelo litoral.
    Se calhar o interior até será mais favorável que o litoral, isto porque se passará do distrito de Portalegre, onde ainda vão existindo resinosas (essencialmente Pb), para um hiato no distrito de Évora e da albufeira do Alqueva onde de facto não existem muitas resinosas, para finalmente se entrar no corredor de Beja, em redor do Guadiana, pejado de pinheiro manso, até quase à foz no Algarve.
    O litoral se calhar não será mais favorável: percorrendo o distrito de Santarém e o de Setúbal, culminado nas margens do Sado, vai havendo uma boa percentagem de pinhal manso e bravo, mas passando a Serra do Cercal para baixo, tenho ideia que as resinosas diminuem muito, e depois aparece a albufeira da barragem de Santa Clara e o maciço de Monchique pejado de eucaliptos, que deverá ser um forte desafio para o esquilo.
    Estaremos atentos para a progressão.
     
  8. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Pois, mas ainda demorará uns anitos :)
     
  9. lreis

    lreis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Dez 2010
    Mensagens:
    185
    Local:
    Lisboa
    Sim, tomando o tempo de progressão entre Trás os Montes e a linha do Tejo, temos um diferencial de cerca de 30 anos.
    Se calhar serão mais 30...
     
  10. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Em relação a progressão da espécie para sul.

    Exatamente há um ano atrás meti aqui a indicação de observações da espécie na zona sul do parque de Serra D'Aire e Candeeiros. Era a zona mais a sul que conhecia.

    Recentemente vi indicações de observações de esquilos na serra de Montejunto. Já são uns 15 km mais para sul.

    Será esta a fronteira natural da espécie neste momento?
     
  11. DMigueis

    DMigueis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Jun 2011
    Mensagens:
    138
    Local:
    Figueira da Foz/Aveiro
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Thomar e CptRena gostaram disto.
  12. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    8,864
    Local:
    Foros Charneca (Benavente) / Mte. Barca (Coruche)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. lreis

    lreis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Dez 2010
    Mensagens:
    185
    Local:
    Lisboa
    Parabéns, muito interessante.
    Será que este modelo não podia ser alargado para outras espécies animais?
    Cada espécie é um referencial e se calhar existem prós e contras a ter em conta, mas no global a ideia é simples e bem conseguida.
     
  14. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Ainda em relação à tal página do facebook, vamos ver se com esta notícia o projecto ganha algum fulgor.

    http://www.publico.pt/local/noticia...ersidade-de-aveiro-tenta-descobrir-1627258#/0
     
    CptRena gostou disto.
  15. Thomar

    Thomar
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    19 Dez 2007
    Mensagens:
    1,984
    Local:
    Cabanas - Palmela (75m)
    Notícia do jornal Público hoje sobre este estudo.

     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    CptRena e DMigueis gostaram disto.

Partilhar esta Página