Furacão SANDY (Atlântico 2012 #AL18)

Tópico em 'Tempo Tropical' iniciado por adiabático 23 Out 2012 às 00:29.

  1. adiabático

    adiabático
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    315
    Local:
    Lumiar
    É preciso ter a noção da escala das coisas... Tentar fazer um mesociclone/supercélula passar por um furacão de dimensões gigantescas, como o Sandy, é no mínimo...

    Mesmo o núcleo quente que o furacão manteve antes de perder definitivamente as características tropicais, que chegou a esboçar um princípio de formação de uma parede, seria muito maior do que aquilo que aparece na imagem.
     
  2. jpalhais

    jpalhais
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    15 Nov 2006
    Mensagens:
    80
    Local:
    almada

    O nosso território é uma tristeza e não só no aspecto meteorológico. As únicas coisas que parecem ser atraídas para cá são os políticos incompetentes e corruptos.

    Desculpem o desabafo.
     
  3. criz0r

    criz0r
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    11 Abr 2008
    Mensagens:
    4,289
    Local:
    C.Piedade/Belver/Porto
    Imagens impressionantes que percorrem os Média por todo o mundo...

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Zapiao

    Zapiao
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    20 Set 2006
    Mensagens:
    882
    Local:
    Coimbra - 135m alt.
    Tá tudo dito!!!:thumbsup: É que essa "banal" tempestade de certeza que em area cobre o nosso PT inteiro. Cá seria a desgraça total, mas enfim ainda há pessoas que riem-se do mal dos outros.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. adiabático

    adiabático
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    315
    Local:
    Lumiar
    Mais uma fotorreportagem impressionante.

    http://www.dailymail.co.uk/news/article-2225112/Superstorm-Sandy-devastates-East-Coast-leaving-Atlantic-City-underwater-16-people-dead.html?ICO=most_read_module


    Muita tinta já corre e há-de correr acerca da intensidade da tempestade, da combinação (improvável?) de factores atmosféricos, etc... Mas destas imagens saltam à vista coisas simples e óbvias... Olhem para aquelas urbanizações à beira-mar plantadas... Como muitas que temos neste nosso país. É que a preparação para estas eventualidades não começa uma semana antes, começa por conhecermos e respeitarmos o nosso meio ambiente e minimizarmos os riscos na nossa política de uso do território.
     
  6. trovoadas

    trovoadas
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    3 Out 2009
    Mensagens:
    2,057
    Local:
    loule-caldeirao
    Eu vejo é os próprios norte-americanos a rirem-se de si próprios com focas, tubarões e imagens ao estilo "the day after tomorrow".
    99,9% da população de países desenvolvidos dão a sua segurança neste mundo por garantida
     
  7. Rainstorm

    Rainstorm
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Ago 2012
    Mensagens:
    541
    Local:
    Massamá
    Isso não é verdade, já tivemos grandes tempestades a passar por cá, tal como a de Fevereiro 2010;) muito parecida com esta ou a chuvada na madeira e ...
     
  8. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,546
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    O Japão tem talvez 3 tufões por ano. É 2x mais densamente povoado e não existe esta anarquia.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. Teles

    Teles
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    7 Dez 2007
    Mensagens:
    2,210
    Local:
    Rio Maior
    Mais umas fotos tiradas do FB:
    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  10. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Se cada vez que se pensasse em fazer alguma coisa, se pensasse em furacões de grau 5, terramotos, marmotos, tornados ou qualquer coisa do género, então neste mundo não se fazia nada ou então o custo da obra seria 4 ou 5 vezes superior !

    Quem para aqui diz, e parece que se tornou um hábito nos ultimos dias, e compara esta tempestade de lá com zonas em que choveu mais de 300 litros por metro quadrado em 24 horas, sendo que em alguns casos houve precipitação superior a 200 litros em cerca de 3 horas, ou menos do que isso, com as nossas tempestade, é no minimo ser um bocado inconveniente.

    Obviamente que na categoria de furacão este é um furacãozinho (categoria I ), mas tomando em atenção que por exemplo a maior parte da costa leste dos EUA, está ao nível aqui das praias do Algarve (relação nivel do mar com a terra), então meus caros não queiram um Furacão por aqui, pois a maior parte das vezes o problema não é o vento, mas sim a chuva localmente com valores extraordinários, e a maré tempestade ......

    E não, ao nível da precipitação nunca tivemos nada igual nem lá perto ...... nem na Madeira, nem em Portugal.

    Obviamente que na Madeira já tivemos em Montanha estes valores, mas se um furacão passe em cheio pela Madeira, por exemplo, que era enorme, então os 300 mm seriam no Funchal e nas zonas mais altas teria se calhar valores superiores a 600 ou 800 mm !!
     
  11. adiabático

    adiabático
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    315
    Local:
    Lumiar
    Assim matas qualquer discussão...

    O fenómeno das megalópoles como a que foi ontem atingida pelo Sandy é complexo mas leva quase inevitavelmente ao crescimento urbano uniforme independentemente das características do meio...

    Por outro lado, o que vemos nalgumas fotografias associadas ao Sandy são mansões na Florida construídas sobre a praia (seja lá isso da "praia" o que for), destruídas por erosão costeira desencadeada pelos ventos do Sandy, ainda que o centro deste tivesse passado muitas centenas de quilómetros ao largo. Outras são de urbanizações construídas da mesma forma, isto é, com a "primeira linha" de casas praticamente a bordejar o oceano.

    Eu nunca poria as coisas em termos de construír para furacões de categoria 5, mas se tivessemos mais consciência do meio que ocupamos/transformamos, poupávamos chatices.

    A avaliação do risco de catástrofe ambiental deve ser subvalorizada face a outro tipo de riscos (digo "deve ser" porque desconheço a situação). Se o custo de construir nas aplanações costeiras entrassem em conta com o risco real que impende sobre essas zonas e se esse mesmo custo fosse cobrado ao cliente final no preço de uma casa numa dessas urbanizações, a urbanização destas zonas seria pouco competitivo, face à urbanização em áreas mais seguras sob o ponto de vista ambiental. Só isto teria um efeito regulador... Mas como neste país de fantochada a economia se fundamenta em apetites, não em realidades... Inconveniente? Pois, certo...
     
  12. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Que queres dizer com isso ? :huh:
     
  13. adiabático

    adiabático
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    315
    Local:
    Lumiar
    Desculpa, submeti por engano e estava a escrever o resto do post, ficou lá na mesma mensagem. Mil perdões :)
     
  14. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Só uma achega .... o inconveniente não era para ti ;) , mas para alguém que compara esta tempestade a tempestades que já tivemos aqui, e na Madeira !

    Mas pronto é a opinião de cada um ... :lol::lol::lol:
     
  15. Rainstorm

    Rainstorm
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Ago 2012
    Mensagens:
    541
    Local:
    Massamá
    Mas eu não estava a comparar directamente as tempestades de cá com as de lá!!
    Disseram que o mau tempo no nosso país é uma brincadeira comparado com lá, mas o que quero dizer é que nós também temos grandes tempestades para o nosso país, que podem não ser assim tão grandes nos E.U.A quando comparadas com as de lá, mas para o que o nosso país está preparado!
    Perceberam?

    E também cada país ou zona tem o seu clima extremo, e se virmos bem os E.U.A são um país do tamanho da Europa, onde é normal por isso ter um clima mais extremo, e mesmo Portugal, para um país pequeno podemos ter desde secas e vagas de calor intensas até tempestades atlânticas fortes e grandes nevões no interior norte e centro!!! Este ano é que está mais calmo.
     

Partilhar esta Página