Lince-Ibérico (Lynx pardinus)

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por Seattle92 30 Set 2010 às 14:54.

  1. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    10,159
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Venda de lince-ibérico no OLX investigada pelo Ministério Público

    [​IMG]

    O Ministério Público está a investigar uma possível venda online de um lince-ibérico, espécie em vias de extinção.

    Na origem da investigação - confirmada à Lusa pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) - está um anúncio de venda "urgente" de um lince-ibérico por um preço "negociável" de 1500 euros, publicado no OLX.

    O autor do anúncio referia também que o exemplar para venda tinha sido capturado com uma armadilha para raposas no concelho de Alcoutim, no Algarve.

    "O animal é muito bravo, mas com o tempo irá ficar mais manso", prometia o anunciante, acrescentando que vendia o animal porque não queria "ser apanhado com ele em casa" e porque já teria atacado o filho "inúmeras vezes".


    A Lusa questionou o ICNF sobre o caso, por ser o organismo do Ministério do Ambiente que coordena em Portugal o programa ibérico de conservação, reprodução e libertação na natureza desta espécie em risco de extinção, e o Instituto respondeu que "o caso se encontra em tramitação junto do Ministério Público".

    A tramitação pelo Ministério Público foi também invocada pela ICNF para não adiantar, de momento, mais detalhes sobre o caso.

    A Lusa questionou também a GNR e fonte do Comando Territorial de Faro da GNR confirmou que "o SEPNA está a cargo do caso", mas escusando-se a avançar mais informações por a investigação estar a decorrer.

    Uma fonte policial disse à Lusa, no entanto, que a fotografia que acompanhava o anúncio foi retirada de uma reportagem televisiva, havendo a hipótese de o autor do anúncio nem ter o animal para vender.

    "Mas sabe-se que desapareceu um lince em agosto na zona de Alcoutim e em setembro foi encontrada uma coleira, que pode pertencer a esse animal e foi entregue ao Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) para determinar a quem pertencia. Isto já permite também pensar que o animal possa mesmo ter sido capturado e posto à venda", afirmou a mesma fonte.

    Alcoutim é um dos 16 concelhos do distrito de Faro, situado no nordeste algarvio e que faz fronteira com o município de Mértola, onde se encontra o território português escolhido para acolher os primeiros linces-ibéricos libertados no âmbito do programa de recuperação da espécie realizado por Espanha e Portugal.

    O ICNF gere também o Centro de Reprodução do lince-ibérico que existe em Portugal e que está localizado em Silves, também no Algarve, mas preferiu não avançar mais detalhes, além da informação de que o Ministério Público está a tramitar o caso.


    https://www.jn.pt/justica/interior/...ga-venda-de-lince-iberico-no-olx-8985970.html
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    ct1gnd, Thomar, luismeteo3 e 1 outra pessoa gostaram disto.
  2. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,976
    Local:
    Porto
    Estou farto de dizer que ha controlo de predadores na zona de Alcoutim por parte de cacadores. Infelizmente ha autarquias no Algarve que estao cheias de boys e girls a viver as custas de quem trabalha, sao uns parasitas e conheco muitos exemplos no sotavento algarvio, especialmente para as bandas do Guadiana... mas nao ha dinheiro para por guardas no terreno a vigiar estas coisas. Se o Estado cumprisse o seu papel de vigilancia do territorio... mas nao cumpre, prefere alimentar o parasitismo de alguns tipos de funcionarios publicos e do Estado paralelo.


    E como a ASAE, parece que so sabe andar em cima de quem tem negocios junto a praia, mas nao poe os pes na serra e no Baixo Alentejo.
     
    algarvio1980, Thomar e Pedro1993 gostaram disto.
  3. lreis

    lreis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Dez 2010
    Mensagens:
    185
    Local:
    Lisboa
    Nada disto me surpreende, e muito embora, me custe dizer isto, esta situação é só uma ponta do icebergue...um lince no OLX, tinha tudo para correr mal. Não nos iludamos o Estado não quer saber do território, estão por conta dos locais ou de organizações destes. Uns bem intencionados, outros nem tanto. Como se muda este estado de coisas? Para já, só vejo através de eleições , para que o paradigma da visão do território mude.
    Controle de predadores? eu acho que só deixará de ser questão quando deixar de haver caça, até lá será "via verde" para o que se queira apanhar, vivo ou morto e como se quiser, como está bem de ver.
     
    algarvio1980, Thomar e frederico gostaram disto.
  4. lreis

    lreis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Dez 2010
    Mensagens:
    185
    Local:
    Lisboa
    Atenção que a ASAE não tem qualquer competência nesta matéria. Isto é assunto para uma acção conjunta de GNR, ICNF, Policia Judiciária
     
    frederico gostou disto.
  5. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,976
    Local:
    Porto
    Mencionei a ASAE porque e um exemplo de outra area em que o Estado se demite de vigiar o interior.

    Entretanto ja me disseram que nas aldeias da serra ja andam caes vadios de novo. Final de epoca de caca. Todos os anos a mesma coisa. Abandonam os caes velhos. Consequencia? Daqui a uns tempos comecam a aparecer galinhas mortas e alguem no silencio da noite colocara venenos. Morrem gatos, caes, passaros, raposas, e quem sabe, se um dia tambem nao morrera um lince. A triste e infeliz saga continua e mantemos habitos que cheiram a Terceiro Mundo.
     
    Micael Gonçalves e Pedro1993 gostaram disto.
  6. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,976
    Local:
    Porto
    Em algumas dessas reservas de caca da zona de Alcoutim e do Alentejo nao cacam so coelhos e lebres. Em algumas cacam umas flamingas brasileiras ou romenas que andam em migracao por estes meses pela zona e costumam pousar aos fins-de-semana a noite. As autoridades andam infelizmente a dormir. Isto nao mete apenas armadilhas, venenos, caca furtiva, e triste e degradante.
     
    Pedro1993 gostou disto.
  7. ct1gnd

    ct1gnd
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    7 Jan 2010
    Mensagens:
    432
    Local:
    Gouveia
    Já se soube se apanharam esta besta que o estava a vender?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,581
    Local:
    Azambuja / Mte. Barca (Coruche)
    Choca-me a forma como sempre meteste os caçadores todos no mesmo saco, sou caçador há mais de 10 anos e nunca vi cães a serem abandonados, nem vi "flamingas brasileiras", não digo que isso não ocorra, mas está longe de ser a regra...

    Nunca te vi a falar dos inúmeros locais em que os caçadores com criam pontos de alimentação ou abeberamento artificiais e fazem sementeiras para a caça, não fosse isso e em anos de seca as mortalidades ao nível da fauna silvestre seriam enormes.

    Nem que a introdução dos linces no Vale do Guadiana só foi possível graças à colaboração das organizações de caçadores.

    Nem da colaboração que os caçadores fazem na monitorização da doença hemorrágica viral dos coelhos

    Nem do lince de nome Hongo que viveu na Herdade dos Aivados em Vila Nova de Milfontes durante meses com total apoio da Z.C. Associativa Local. (infelizmente acabou por dispersar e foi atropelado na A23).

    Tens uma visão algo enviesada da caça em Portugal, talvez tenhas tido azar com os caçadores com quem te cruzaste e eles sejam de facto umas bestas...

    A caça e os caçadores estão a mudar! A nova geração de caçadores olha para a caça numa perspectiva ecológica e sustentável, olhando para a caça como uma excelente ferramenta de gestão, conservação de fauna silvestre e de valorização económica das regiões mais desfavorecidas do Interior do País.

    P.S. Os cães que dizes abandonados, são na maioria das vezes cães que se perdem durante a caça, nenhum caçador que se preze abandona o seu cão!
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    belem, WHORTAS e The Weatherman gostaram disto.
  9. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    8,192
    Local:
    Torres Novas(75m)
    População de lince ibérico superará 500 animais este ano

    A população de lince ibérico em Portugal e Espanha ultrapassará os 500 animais no fim do ano, afirmou esta terça-feira o conselheiro do Meio Ambiente e Ordenamento do Território da região da Andaluzia.

    Em declarações aos jornalistas, José Fiscal indicou que há um aumento de 25 indivíduos em relação a 2016 e que, só naquela região, o número de lince-ibérico supera os 400, registando-se aumentos em várias áreas.

    No próximo ano serão libertados 31 animais nas áreas de reintrodução no habitat selvagem para continuar a fazer aumentar a população dos felinos.

    "No início da década havia 95 exemplares em liberdade", disse à margem da abertura de uma passagem inferior para animais na autoestrada que liga Almonte a El Rocío.

    http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2017-12-19-Populacao-de-lince-iberico-superara-500-animais-este-ano
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    belem, MSantos e Micael Gonçalves gostaram disto.
  10. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,976
    Local:
    Porto
    MSantos, o meu pai e cacador e director de uma reserva, nao sou fundamentalista contra a caca... mas no Sul ao longo dos anos vi estas coisas. Toda a gente sabe que diferencas existem em todo o lado. Mas no Sul vi coisas que por exemplo em Espanha nunca vi. E ja acompanhei cacadas em ambos os paises. Devo dizer-te que para minha revolta vi caes serem abandonados, por serem velhos, e ja nao terem o faro tao apurado. Hoje em dia ja e raro, ha 20 anos nao era tanto. E os caes com medo dos tiros tambem ficavam ... fala com pessoas idosas das aldeias algarvias e confirmaras. E para ser feita justica, ha malta da Columbofilia que tambem nao se porta bem. Conheco um que ha 10 dez anos matou dois corvos a tiro porque voavam com o bando dos pombos!
     
    Pedro1993, ct1gnd, Thomar e 1 outra pessoa gostaram disto.
  11. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,299
    Local:
    Sintra/Carcavelos/Óbidos
    Não sei se foi isto que o Frederico viu no Sul e não em Espanha, mas na Espanha também existe abandono de cães de caça e não só (até existe tortura de cães de caça (feita por «galgueros»))...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    10,242
    Local:
    Viseu
    É raro uma ova. Continua a acontecer amiúde! Há algo de errado com pessoas que dizem gostar muito de aves e outros animais e andam aos tiros a eles. E para que não haja dúvidas, o meu pai foi caçador imensos anos. Deixou depois de muitos anos de insistência minha. Muitos anos a implorar para que deixasse (para além do óbvio tinha imenso medo de tiros acidentais, quedas, poços, etc) e muitos anos a chamar-lhe a atenção para o óbvio: não se mata o que se ama. Felizmente lá surtiu efeito. Nunca teve cão e era o caçador mais incompetente do país. As coisas erradas não deixam de ser erradas se forem praticadas por alguém que amamos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    8,192
    Local:
    Torres Novas(75m)
    ENTREVISTA: “VAMOS ATINGIR OS OBJECTIVOS QUE TRAÇÁMOS PARA O LINCE-IBÉRICO”

    [​IMG]


    WILDER: O Projecto Life Iberlince, com um orçamento total de mais de 34 milhões de euros, termina este ano. O que se segue na conservação do lince-ibérico?

    Miguel Angel Simón: De facto, o Life Iberlince termina a 31 de Dezembro de 2018. É um projecto ibérico que juntou Portugal, Extremadura, Castilla-La Mancha, Murcia e Andaluzia. Neste momento as várias administrações têm orçamento para continuar a trabalhar. Ainda assim, já começámos a preparar um novo projecto Life, o Iberlince II, que será apresentado à Comissão Europeia em meados de Setembro de 2018 e que começará nos primeiros meses de 2019.

    W: E quais serão os objectivos prioritários na conservação do lince?
    Miguel Angel Simón: Em 2018 vamos finalizar o projecto e espero que alcancemos os objectivos que definimos para o Iberlince I. Ou seja, conseguir 115 fêmeas territoriais na Andaluzia (90 fêmeas na Serra Morena e 25 em Doñana) e, pelo menos, cinco fêmeas territoriais por cada nova área de reintrodução fora da Andaluzia. Para o futuro projecto Life Iberlince II, que vai coordenar as acções de conservação futuras, os objectivos serão manter a população andaluza, consolidar as áreas de reintrodução fora da Andaluzia e estabelecer uma ligação efectiva entre todas as zonas de presença e reintrodução. Para isso trabalharemos em duas novas zonas: Río Hortiga (Extremadura) e Sierra Harana (Andaluzia) para tentar iniciar novas reintroduções.

    http://www.wilder.pt/historias/entrevista-vamos-atingir-objectivos-que-tracamos-para-lince-iberico/
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos gostou disto.
  14. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    8,192
    Local:
    Torres Novas(75m)
    HOJE É DIA DE SOLTAR LINCES EM PORTUGAL

    [​IMG]

    Odelouca, uma fêmea, e Ouriço, um macho, nasceram em cativeiro em Silves e serão libertados hoje, dia 1 de Março, na natureza, em Serpa. Pela primeira vez, a reintrodução de lince-ibérico acontece fora do concelho de Mértola.

    Estes dois linces vão juntar-se à única população selvagem de lince-ibérico em Portugal, no Vale do Guadiana, no Alentejo. Aqui vivem 41 felinos de uma espécie Em Perigo de extinção.

    Ambos nasceram na Primavera de 2017 no Centro Nacional de Reprodução do Lince-ibérico (CNRLI), em Silves. Odelouca é filha de Erae integra a primeira ninhada desta fêmea em oito anos de cativeiro. Ouriço tem menos de um ano de idade e ascendência genética de Hermese Fresa.



    http://www.wilder.pt/historias/hoje-dia-soltar-linces-portugal/
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos, Thomar e Dan gostaram disto.
  15. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,976
    Local:
    Porto
    A serra de Serpa tem boas condições aparentes. Bons Matos , baixa presença humana e solos ruins de xisto, o que deve afastar os grandes projectos de olival intensivo.
     
    MSantos, Thomar e Pedro1993 gostaram disto.

Partilhar esta Página