Lince-Ibérico (Lynx pardinus)

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por Seattle92 30 Set 2010 às 14:54.

  1. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,062
    Local:
    Sintra
    Sim, ainda há pouco tempo num forum de caça, vi um caçador admitir que matava as pegas-azuis, por exemplo. Claro que levou uma reprimenda exemplar de outros caçadores, mas sempre confirma o que dizes, na verdade há sempre alguém que faz controlo de predadores. E sim, não pode continuar... Eu explico, os predadores têm muito melhor olho que os caçadores, são eles os agentes de limpeza da floresta, com a qual vivem há muitos milhares de anos, atacando sobretudo os animais fracos ou doentes. Se for só o caçador a gerir uma coutada, passado uns tempos, já não há caça.
    Agora claro que por vezes se deve gerir os excessos, mas a Natureza normalmente sabe lidar bem com isto, se há muita raposa ou mangusto, por alguma coisa deve ser, não deve ser certamente à pala das perdizes grandes e saudáveis ou dos coelhos sadios, mas antes de fontes alternativas, como roedores, restos do talho deixados em algum lado, animais doentes, etc...
    Para todo o caso, a presença do lince-ibérico acabava com todos estes problemas, pois controlam de forma eficaz todos os animais abaixo da cadeia alimentar, com os quais se relacionam troficamente.
    Conheço caçadores espanhois, que até protegem os linces das suas coutadas ( Doñana), para terem mais e melhores coelhos. Mas o problema é que a mentalidade dos caçadores varia... O ICN tem tentado alertar os caçadores da zona do Guadiana, com campanhas de sensibilização, mas sou um pouco céptico em relação a isto.
    Por isso, algumas zonas, nem deviam ter licença de caça... O que até pode ser possível, baseando em fontes de rendimento alternativas.



    Concordo perfeitamente.
    A caça é uma actividade periférica, não tem a dimensão da agricultura como actividade económica primária no mundo rural e tem cada vez menos pessoas, isto comparando com anos anteriores.


    Obrigado pelas referências que me dás, vou investigar um bocado sobre isso, embora já possa dizer que é possível esse corredor Costa Alentejana- Sierra Morena, tanto que ele já existe e devia ser melhor protegido.



    Sem dúvida, já tenho reparado que o facto de termos espécies únicas na P. Ibérica atrae a atenção e a curiosidade de outras pessoas.
    Penso que caminhadas para ver camaleões também deviam ser organizadas, sobretudo com a ajuda de guias e com o apoio de um centro de interpretação. Isto poderia dar mais postos de trabalho, era dinheiro melhor aplicado e um garante de um futuro mais sustentável.


    Sem dúvida e até acho que há espaço para todos os interesses, tanto dos caçadores como da maior parte das pessoas.
    Contudo, sem dúvida que certas zonas não poderão ser objecto de caça, porque existem interesses mais prioritários em torno da sua protecção.
    Com alguma creatividade até se pode tornar mais económica uma gestão ambiental do que uma gestão cinegética.
    A aposta no ecoturismo e nos produtos regionais, podem ser importantes trunfos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    :thumbsup:
     
  3. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,062
    Local:
    Sintra
    Pois, eu bem que tinha referido esse aspecto.
    E vamos ver se a «frutinha» cresce saudável! Ainda não foi baptizada mas já tem uma alcunha. lol
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    http://ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1491035

    Interessante :)
     
  5. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,062
    Local:
    Sintra
    Sim, sem dúvida.
    Ainda mais interessante é, quando na vizinha Sierra de la Culebra, também têm aparecido relatos de lince-ibérico.
    Agora resta averiguar o que existe de verdade nisso.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. DMigueis

    DMigueis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Jun 2011
    Mensagens:
    138
    Local:
    Figueira da Foz/Aveiro

    Aqui está uma boa oportunidade para o meu primeiro comentário aqui no fórum, e aproveito desde já para felicitar o mesmo, onde se discutem muito bem os assuntos relacionados com a Biosfera nacional! :)

    Ainda não tinha conhecimento desta notícia, de possíveis observações de lince em montesinho, mesmo tendo alguma ligação com o Parque desde há dois anos para cá.
    É uma notícia boa, que demonstra que Portugal tem boas condições para receber novamente espécies quase extintas ou em regressão no nosso território. Pena que algumas das espécies que se encontram em expansão resultem da melhor gestão que se faz em Espanha e que permite a expansão dessas espécies para território nacional, como é o caso do veado em Montesinho e no Tejo Internacional, e da cabra no Gerês, do caso da águia-real, abutres e cegonhas-negras, também em Montesinho, Douro Internacional, Tejo Internacional e Alentejo. Espero que as autoridades comecem a olhar para o potencial do território nacional e que comecem a gerir os recursos naturais com pés e cabeça, e não por interesses deste e daquele.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Bem vindo.

    Temos falado muito sobre esse tema. Efectivamente, muito do que de melhor tem acontecido em Portugal em termos de biodiversidade, apenas aconteceu devido ao esforço dos Espanhóis. É realmente triste...
     
  8. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Más notícias. Raisparta esta espécie tão frágil :angry:

    http://linceiberico.icnb.pt/newsdetail.aspx?eid=441&menuid=26
     
  9. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,062
    Local:
    Sintra
    Concordo com tudo! :)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. Lisboa001

    Lisboa001
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    25 Nov 2009
    Mensagens:
    70
    Local:
    Lisboa, Loures, Vale de Figueira
    Relativamente há 5 anos, a população aumentou?
     
  11. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    http://www.iberlinx.com/index.php?o...trolo-de-predadores&catid=4:noticias&Itemid=7

    Uns a trabalhar, para os outros estragarem :mad:
     
  12. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    http://ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1535862
     
  13. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,062
    Local:
    Sintra
    Muito boas notícias.

    E é verdade, que não se verifica reprodução de lince-ibérico, mas a sua presença no nosso país, tem sido confirmada.

    E quem quiser colaborar com sobreiros ou azinheiras, para o projeto de Contenda, pode contatar o ICN, a LPN ou o projeto LIFE para esse efeito.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. Brigantia

    Brigantia
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    20 Jan 2007
    Mensagens:
    2,198
    Local:
    Norte de Portugal
    Fez em Fevereiro 1 ano após a confirmação oficial do avistamento de um lince na Culebra (mesmo ao lado de Montesinho).
    Será que foi mesmo um erro?!!! Durante o último ano não se viram mais notícias da presença de linces nesta região.
     
  15. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,062
    Local:
    Sintra
    Não te sei dizer ao certo...

    Mas também ninguém tem andado a procurar por linces nessa zona ( foi um avistamente acidental), por isso se ninguém os viu no último ano, também não é de surpreender ( são animais muito difíceis de encontrar, mesmo quando são procurados propositadamente).
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página