Lobo Ibérico

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por Jorge_scp 15 Mar 2009 às 14:19.

  1. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,902
    Local:
    Arroja, Odivelas (140m); Várzea da Serra (900m)
    Em Montemuro-Leomil-Lapa há bastante tempo que não oiço falar em lobos.
    Raposas sim, agora lobos...

    Há que referir que nos últimos 10 anos, as cabeças de gado devem ter caído para menos de metade na região. Deu-se a construção da A24 que passa entre Leomil e Montemuro e uma enorme desflorestação até ao final da década.

    Nos últimos 5 anos, ecludiram parques eólicos por todo o lado, mas também há muita floresta em crescimento. Nomeadamente em Leomil. Essencialmente pinhal e eucaliptal, sendo que estes últimos foram introduzidos recentemente.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Brigantia

    Brigantia
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    20 Jan 2007
    Mensagens:
    2,204
    Local:
    Norte de Portugal
    © RTP


    Relamente já era altura de fazerem novos censos nacionais.
     
  3. lreis

    lreis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Dez 2010
    Mensagens:
    185
    Local:
    Lisboa
    Sim, especialmente para se perceber melhor como estão os números a evoluir nas zonas de maior fragilidade Montemuro-Leomil-Lapa, Trancoso-Guarda-Sabugal, e a zona mais litoral de Viana do Castelo (a poente da A3, salvo erro). Também tenho curiosidade para perceber no global como evoluem os números na zona sul do eixo Marão-Alvão e na serra da Padrela.
     
  4. DMigueis

    DMigueis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Jun 2011
    Mensagens:
    138
    Local:
    Figueira da Foz/Aveiro
    Apesar de não ser algo global, que acho que era o que deveria haver, ainda assim, a ACHLI e o Grupo Lobo continuam a monitorizar, pelo menos, algumas das populações.

    http://www.loboiberico.org/pt/projectodetalhe/16/54
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. lreis

    lreis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Dez 2010
    Mensagens:
    185
    Local:
    Lisboa
    Agradeço a informação que tem elementos muito interessantes.
    Esperemos agora que vão tornando público alguns resultados, mesmo que sujeitos a algum "filtro orientado" para proteção das alcateias visadas.
    Os projetos aparentam ser consistentes e adequados.
    Talvez a maior interrogação surgiu da leitura relativa ao projeto de "Áreas sem atividade venatória (....O objetivo principal deste projeto é a criação de áreas sem atividade venatória para a fauna onde estas não existam e/ou a sua relocalização de forma a criar zonas mais efetivas para o lobo na sua localização e dimensão....)".
    Acho que se justifica em pleno, mas tal como a situação atual no terreno se apresenta, isto é como assim dizer, um "objetivo intangível" ou uma "utopia positiva" (para o caso dos que acham que algumas não são positivas...).
    De qualquer forma, forma são estas as ideias que nos devem mover.
     
  6. Blooder.PT

    Blooder.PT
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    8 Abr 2008
    Mensagens:
    46
    Local:
    Amora (19m)
    Reportagem sobre o lobo iberico daqui a nada na SIC!
     
  7. Blooder.PT

    Blooder.PT
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    8 Abr 2008
    Mensagens:
    46
    Local:
    Amora (19m)
    Excelente reportagem da sic :) imparcial a contar tudo tal como é a mostrar os "dois lados" e a passar a mensagem de que é possível lobos e humanos coabitarem lado a lado :)
     
  8. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,969
    Local:
    Porto
    Vi a reportagem. Afinal os pastores têm boa parte da culpa nos ataques. Deixam os rebanhos sem cão de guarda e sem vigilância, fora de cercas. É fundamental aumentar as populações de veado e corço, pena terem focado pouco a questão da recuperação das populações de presas. Recordo que devido à caça, desflorestação e campanhas do trigo o veado esteve quase extinto em Portugal!
     
  9. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Gostei da reportagem. Boa maneira de limparem a imagem depois daquele desastre que foi uma reportagem sobre ataques de lobos há uns meses atrás.

    Gostava que tivessem referido um pouco melhor a questão das presas naturais (apenas apareceu um veado numa imagem rápida), em vez do típico cliché "acabaram com as presas naturais por isso o lobo passou para os rebanhos". Isso é conversa completamente desactualizada, há mais de um século que não haviam tantas presas naturais como há hoje em dia. Aí sim os rebanhos eram as únicas opções.

    Quem acompanha os tópicos do corço e veado aqui no forum sabe que há 100 anos atrás essas espécies simplesmente não existiam no país (com a excepção de algumas tapadas cercadas no caso do veado e o PNPG e Alvão no caso do corço). A autentica recolonização do javali (quase em forma de praga em alguns sítios) também é bem conhecida.


    Gostei muito de ouvir os números do lobos na área do Montesinho. Cerca de 40% da população do país e apenas 7% dos ataques. Não ligaram isso ao facto de ser a única área do país onde o lobo encontra corços e veados com abundância, mas apenas aos programas feitos com os pastores. De certeza que ambos os pontos são importantes e devem ser seguidos no resto do país.
     
  10. lreis

    lreis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Dez 2010
    Mensagens:
    185
    Local:
    Lisboa
    Não vi a reportagem. Tenho pena, pode ser que volte a dar.
    Concordo com a opinião que temos de aumentar esforços com vista a aumenta presas naturais: veado e corço, uma vez que relativamente ao javali já não é necessário muito mais.
    Faço no entanto uma pergunta, sem grandes estudos de base: e o gamo? nunca falamos de gamo como possibilidade de presa para o lobo.
    Em termos de território potencial de ocupação penso que existe uma sobreposição assinalável.
    No passado, do meu conhecimento, já existiu um ensaio/cercado na região Norte dedicado a estes animais.
    Existem razões superiores para não se falar desta espécie?
    Será que pode ser um fonte de prejuízos grandes como o veado e portanto menos adequada?
     
  11. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,969
    Local:
    Porto
    Vi ontem no site da SIC, mas paga-se 60 cêntimos.
     
  12. Johnny

    Johnny
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    19 Dez 2007
    Mensagens:
    781
    Local:
    Agora... em Braga (Tibães, a 50m alt.)
  13. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Muito bom, deve ser uma maravilha quando alguém se depara com uma situação dessas. :D


    É interessante também saber que os lobos andam no topo das serras do parque, exactamente nos mesmos sítios que as cabras montês frequentam. Pena ainda não termos acesso a estudos que nos mostrem a importância desta espécie na dieta dos lobos do PNPG.

    Isto não só é relevante para o lobo como para a própria população de cabras montês. Todos conhecemos os malefícios de termos uma espécie "nova" num habitat sem um predador natural.
     
  14. Bergidum

    Bergidum
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Dez 2009
    Mensagens:
    118
    Local:
    Comarca del Bierzo. León. España.
  15. DMigueis

    DMigueis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Jun 2011
    Mensagens:
    138
    Local:
    Figueira da Foz/Aveiro

    São poucas, e ainda recentes, as populações de cabra-montês em território de lobo. Por outro lado, o terreno onde a cabra-montês se refugia é de difícil acesso para o lobo, dificultando a sua predação. É preciso dar tempo ao lobo para se adaptar a uma nova presa, uma vez que são já muitas décadas sem a ter disponível.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página