Monitorização Clima de Portugal - 2008

Ecotretas

Cirrus
Registo
29 Jan 2008
Mensagens
80
Local
Lisboa
Finalmente chegou o gráfico de Outubro do IM. Não bate a bota com a perdigota. Pus no meu blog as imagens globais, a de Espanha e a de Portugal. Vejam como o clima de Portugal é uma autêntica jangada de pedra!

Ecotretas
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Relatório do IM do mês de Outubro
Este mês em destaque a temperatura média que ficou ligeiramente abaixo da normal, mas a mínima foi a mais baixa dos últimos 15 anos.
O relatório dá também destaque às cheias muito localizadas de 18 de Outubro em Lisboa (ver tópico dedicado), mostrando algumas imagens de radar com maior resolução e com estimativa da acumulação, produtos a que nós não temos acesso.


Outubro seco
Depois de seis anos consecutivos em que no mês de Outubro se
registaram quantidades de precipitação acima do valor normal 1971-
2000 (entre 2002 e 2006), este é o segundo ano consecutivo em que se
regista precipitação abaixo do valor normal no mês de Outubro (figura
2a), classificando-se este mês como seco em quase todo o território,
excepto no Algarve e na região de Lisboa onde foi normal.
No entanto, é de salientar que no dia 18 e em algumas zonas da grande
Lisboa, ocorreram aguaceiros fortes (figura 1), registando-se na estação
meteorológica de Lisboa/ G.C. 26.8mm de precipitação em 1 hora.
Quanto aos valores médios da temperatura, de salientar a temperatura
mínima que foi inferior ao valor normal de 1971-2000 (-0.9ºC), sendo
mesmo o valor de temperatura mínima do ar mais baixo dos últimos 15
anos para o mês de Outubro (figura 2b).
Quanto ao valor médio da temperatura máxima, este foi ligeiramente
superior ao normal de 1971-2000 (+0.1ºC) enquanto que a temperatura
média foi inferior ao respectivo valor médio de 1971-2000 (-0.4ºC).

No Funchal os valores médios da temperatura máxima, mínima e média do ar foram superiores aos
correspondentes valores médios (1971-2000) em +0.3ºC, +0.5ºC e +0.4ºC, respectivamente. Em
Porto Santo os valores médios da temperatura máxima, mínima e média do ar foram inferiores ou
próximos dos valores médios (1971-2000) em -0.7ºC, +0.1ºC e -0.3ºC, respectivamente. Os valores
da quantidade de precipitação foram, em todo o arquipélago da Madeira, bastante inferiores aos
normais (1971-2000).
Nos Açores o valor médio da temperatura do ar (máxima, mínima e média) foi superior ao
respectivo valor normal (1971-2000) e os valores da quantidade de precipitação foram inferiores
aos normais (1971-2000) em todas as estações do arquipélago, excepto nas Flores (Grupo
Ocidental) onde o valor registado foi próximo do normal

in Boletim Climatológico Mensal Outubro 2008



Anomalia Temperatura (Min,Med,Max)

temp-7.gif




Anomalia Precipitação e totais

prec-16.gif



in Instituto de Meteorologia - Acompanhamento do Clima
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,045
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
Finalmente chegou o gráfico de Outubro do IM. Não bate a bota com a perdigota. Pus no meu blog as imagens globais, a de Espanha e a de Portugal. Vejam como o clima de Portugal é uma autêntica jangada de pedra!

Ecotretas

O que não bate a bota com a perdigota é a analise e as comparações que fazes no teu blog.

Primeiro comparas temperaturas medidas por estações meteorológicas à superfície, com temperaturas medidas na atmosfera.

Depois dizes que foram batidos vários recordes históricos de temperaturas mínimas do mês em Espanha. É verdade. Mas viste os locais onde foram?
"Rota, Jerez de la Frontera, Santander e Reina Sofia em Tenerife".
Qual deles é que está perto da nossa fronteira? :p

espana.png


E por fim, neste mapa, o que vês junto à fronteira de Portugal são valores normais de 40 a 60%, e valores frios de 60% a 80%.
Ora, esses 60% corresponde mais ao menos aos nossos -0,5ºC de anomalia.

Comparando com o mapa do IM, o que é que afinal está mal?:confused::confused:
É uma verdadeira treta, o clima que tu teimas vês em Portugal.:p
 

Ecotretas

Cirrus
Registo
29 Jan 2008
Mensagens
80
Local
Lisboa
Pois é André, só não vê quem é cego ou precisa de óculos...
Em Portugal, o único espaço que tem uma anomalia inferior a -0.5ºC junto à fronteira é uma pequena faixa que corta sensivelmente Trás os Montes a meio na vertical. Em Espanha, e de sul para norte, todo o espaço compreendido a sul de Castelo Branco até Bragança, e toda a zona a norte do rio Minho tem um desvio negativo entre 60% a 80% do período de referência...
Ecotretas
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,637
Local
Olhão (24 m)
Anomalias do Mês de Novembro











Em resumo, podemos concluir Novembro foi um mês com temperaturas muito abaixo do normal, mas a anomalia foi mais acentuada em Bragança, Beja e Faro.
 

Dan

Staff
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
9,744
Local
Bragança (675m)
Já está disponível o Relatório de Clima para o mês de Novembro

Novembro foi caracterizado por valores baixos da temperatura do ar, em Portugal continental. De refereir que o valor média da temperatura mínima, 4,7ºC, é o 3º valor mais baixo desde 1931 com uma anomalia de -3,2ºC em relação à normal de 1971-2000. Os anteriores valores mais baixos são 4,35ºC em 1956 e 4, 69ºC em 1971.

Os valores mais baixos da temperatura mínima foram registados, a 28 de Novembro nas estações de Elvas, -7,7ºC, Carrazeda de Ansiães, -7,4ºC e Mirandela, -6,4ºC.

Os valores da quantidade de precipitação foram inferiores a 60% em quase todo o território, classificando-se Novembro como seco a extremamente seco em todo território. A situação de seca meteorológica estendeu-se a quase todo o território do Continente sendo moderada nas regiões do Ribatejo e Alentejo.

fonte

Parece no entanto haver um erro neste ponto.

Os valores mais baixos da temperatura mínima foram registados, a 28 de Novembro nas estações de Elvas, -7,7ºC, Carrazeda de Ansiães, -7,4ºC e Mirandela, -6,4ºC.

O valor de -7,7ºC, no dia 28, foi registado na estação de Miranda do Douro e não na de Elvas.
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Re: Seguimento Previsão do Tempo e Modelos - Janeiro 2009

sn08554_90.gif

Desculpem o Off-Topic mas é aquilo que sinto: :mad::mad::mad::surprise::surprise:
 
Última edição:

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Relatório de Dezembro:

RESUMO MENSAL
Continuação de situação de seca em Dezembro


O mês de Dezembro caracterizou-se, em Portugal Continental, por
valores médios da temperatura do ar inferiores ao da normal 1971-2000.
As médias da temperatura média e máxima do ar foram inferiores em
–1.4ºC em relação ao respectivo valor médio, enquanto que a
temperatura mínima foi inferior em –1.7ºC.
De salientar que em algumas estações do Continente, o número de dias
com temperatura mínima inferior a 0ºC, foi superior a 15 dias, como por
exemplo em Miranda do Douro (19 dias), Sabugal (18 dias) e Mirandela,
Macedo de Cavaleiros e Carrazeda de Ansiães (16 dias).
Quanto ao valor do total de precipitação em Portugal Continental este foi
inferior ao valor médio 1971-2000, classificando-se Dezembro como um
mês seco a normal.
Verifica-se que a situação de seca continua em todo o território com 68%
em seca fraca, 31% em seca moderada e 1% em seca severa.

Resumo Mensal

Destaca-se ainda a ocorrência de neve em algumas regiões do Norte e Centro em 2 períodos: no
início e no final do mês
No Funchal os valores médios da temperatura máxima, mínima e média do ar foram próximos aos
respectivos valores médios (1971-2000), com desvios de -0.2ºC, +0.2ºC e +0.0ºC, respectivamente.
Em Porto Santo os valores médios da temperatura máxima, mínima e média do ar foram inferiores
aos valores médios (1971-2000) em -1.1ºC, -0.9ºC e -1.0ºC, respectivamente. Os valores da
quantidade de precipitação foram superiores aos normais (1971-2000) em todo o arquipélago da
Madeira, nomeadamente no Funchal.
Nos Açores os valores médios das temperaturas máxima, mínima e média do ar foram superiores
aos valores normais (1971-2000) e os valores da quantidade de precipitação foram inferiores aos
normais (1971-2000) na maioria das estações meteorológicas do arquipélago. As excepções
registaram-se nas Flores (Grupo Ocidental) e Horta (Grupo Central) onde os valores registados
foram superiores aos normais.

http://www.meteo.pt/resources.www/d...QzaDJd/cli_20081201_20081231_pcl_mm_co_pt.pdf


temp-8.gif


prec-19.gif


seca.gif
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,045
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
Já está disponível na página do IM o Boletim Climatológico Anual - 2008.

2008 Seco​

O ano de 2008, em Portugal Continental, foi caracterizado por valores médios da temperatura máxima, mínima e média do ar ligeiramente inferiores ao valor médio (1971-2000), –0.1ºC, –0.4ºC e –0.2ºC respectivamente. Durante o ano apenas nos meses de Janeiro, Fevereiro, Abril e Junho os valores da temperatura média foram superiores aos respectivos valores normais, sendo nos restantes meses inferiores.

Em relação à quantidade de precipitação, os valores registados foram inferiores ao valor da normal 1971-2000, classificando-se 2008 como um ano muito seco a seco. Apenas nos meses de Abril e Maio os valores de precipitação foram superiores aos valores médios, sendo nos restantes meses inferiores, em particular Outubro, Novembro e Dezembro.

O ano de 2008 registou o 8º valor mais baixo do total de precipitação anual desde 1931 (2005 foi o ano mais seco).
O ano de 2008 termina em situação de seca meteorológica, sendo que em 31 de Dezembro de 2008, o índice de seca apresentava: seca fraca em 68% do território, seca moderada em 31% e seca severa em 1%.


Factos e Fenómenos Climáticos Relevantes em 2008​

- Em Janeiro registou-se o 2º valor mais elevado da temperatura máxima do ar para este mês desde 1931;

- O Inverno de 2007/08 foi muito seco e registou o 4º valor mais alto da temperatura máxima desde 1931;

- Em Fevereiro ocorreu no início da segunda metade do mês precipitação intensa que provocou cheias na região de Lisboa. Na estação meteorológica de Lisboa/Geofísico o valor registado no dia 18, 118 mm, passou a constituir um novo extremo absoluto desta estação;

- O valor médio da temperatura média do ar na Primavera foi o 15º valor consecutivo acima do valor médio da normal de 1971-2000;

- A Primavera de 2008 foi a mais chuvosa desde 2001;

- O Verão de 2008 foi seco, embora não se tenham registado ondas de calor;

- Em Setembro registaram-se valores de precipitação muito elevados na região Sul. Na estação meteorológica de Faro o valor registado no dia 29 (das 9UTC do dia 28 até às 9UTC do dia 29), 80.4 mm, constitui um novo extremo absoluto para o mês de Setembro. A este valor acresce uma estimativa de 28.8 mm apurada através de radar no período de 6 horas em que a estação automática esteve inoperacional. O total de precipitação ocorrida neste mês, 147.3 mm foi o valor mais alto registado desde o início da série em 1965;

- Em Outubro no dia 18 a estação meteorológica de Lisboa/Gago Coutinho registou um valor elevado de precipitação em 1h, 26.8 mm, que corresponde ao 4º valor de precipitação mais elevado ocorrido desde o início de funcionamento da estação em 1982;

- O mês de Novembro foi caracterizado pela persistência de valores muito baixos da temperatura mínima do ar, em particular nos últimos dias do mês. Em Portalegre ocorreu uma onda de frio que se iniciou a 26 Novembro e terminou a 2 de Dezembro (7 dias);

- Nos últimos dias do mês de Novembro e início de Dezembro verificou-se ocorrência de neve, em muitas regiões do Norte e Centro, nomeadamente nas zonas de Bragança, Chaves, Vila Real, Viseu, Mirandela, Miranda do Douro, Guarda e Penhas Douradas.

- O ano de 2008 termina em situação de seca meteorológica sendo que, em 31 de Dezembro de 2008 o índice de seca apresenta: seca fraca em 68% do território, seca moderada em 31% e seca severa em 1%.