Monitorização do Clima de Portugal 2016

criz0r

Cumulonimbus
Registo
11 Abr 2008
Mensagens
4,445
Local
C.Piedade/Belver/Porto

jonas_87

Furacão
Registo
11 Mar 2012
Mensagens
16,349
Local
Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
Belos valores. :cold:
Gostava de saber o local exacto da estação de Oriola,Portel.
Alguém sabe?
 

guisilva5000

Super Célula
Registo
16 Set 2014
Mensagens
5,113
Local
Belas
Com o ano a acabar, o IPMA já se adiantou:

Dezembro:

"No mês de Dezembro 2016 a temperatura média será cerca de +0.5 °C superior ao valor normal. A temperatura máxima em Dezembro, cerca de +1.0 °C superior ao valor normal, será possivelmente o 3º ou 4º valor mais alto desde 1931, depois de 2015 (+2.36 °C) e 1977 (1.21 °C). Valores da temperatura máxima superiores aos de dezembro 2016, ocorreram em cerca de 35% dos anos. Em Dezembro o valor médio da quantidade de precipitação será muito inferior ao normal, classificando-se este mês como seco."

  • Mais do mesmo, mal existe uma oportunidade para subir a temperatura temos sempre meses a ficarem no top 5 dos mais quentes a nível de máxima. Parece que é o destino de Portugal...

Ano:

"2016 classifica-se como um ano quente e o valor de temperatura média do ar será cerca de +0.6 °C superior ao valor normal.

Em 2016, a temperatura média do ar em Portugal continental foi, na generalidade dos meses, muito superior ao normal. Em particular, no mês de janeiro e no período de junho a outubro verificaram-se anomalias superiores a +1.0 °C. Março foi o único mês com uma anomalia bastante negativa (-1.43 °C). Os restantes meses (fevereiro, abril, maio, novembro e possivelmente dezembro) apresentaram valores de temperatura média próximos do normal.

A precipitação total anual será cerca de 110% do valor normal. Valores de precipitação superiores aos de 2016 ocorrem em cerca de 40% dos anos."

  • Digamos que a nível de precipitação não foi muito grave no geral, já a temperatura nos meses com anomalias positivas foi nível extremo.

http://www.ipma.pt/export/sites/ipma/bin/docs/relatorios/clima/Ano2016_Preliminar_vfinal.pdf

  • Pelos gráficos, cada vez é mais raro anos com anomalias negativas na temperatura. Acho que já todos sabemos porquê. Resta ter esperança que o nosso país se conforme com esta metamorfose climática.
 

Snifa

Furacão
Registo
16 Abr 2008
Mensagens
10,249
Local
Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
Valor brutal ontem em Miranda do Douro, mínima de -7 ºc :cold:

Rede IPMA:

chNYmCT.jpg
 

jonas_87

Furacão
Registo
11 Mar 2012
Mensagens
16,349
Local
Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
Valor brutal ontem em Miranda do Douro, mínima de -7 ºc :cold:

Rede IPMA:

chNYmCT.jpg

Sem dúvida bela minima. :cold:
Os ultimos registos da rede IPMA dessa ordem são de 2014 e 2015
  • Mirandela -7,4ºC : Dezembro 2014
  • Sabugal -6,7: Janeiro 2015
É assim o terceiro registo mais baixo da rede IPMA dos ultimos 2 anos.
Infelizmente a EMA de Mirandela encontra-se off, uma pena, dado tratar-se de uma das estações com uma das inversões mais agressivas, acredito que tenho descido aos -6ºC.
 

joralentejano

Super Célula
Registo
21 Set 2015
Mensagens
7,222
Local
Arronches (272m) | Leiria
Bem, e com 2016 a chegar ao fim está na altura de o resumir:
Foi um ano bastante quente, com um verão extremamente infernal, bem pior que 2003, pois nesse ano apenas houve aquela famosa onda de calor, onde na Amareleja a temperatura chegou quase aos 50ºC, 2016 foi muito pior devido à duração das elevadas temperaturas, praticamente aqui foi o verão todo com temperaturas máximas acima dos 35ºC. Ainda assim no verão houve aquelas trovoadas de verão que já à algum tempo que não apareciam. Em termos de precipitação foi um ano normal mas é um valor muito enganador, foi mais um ano em que as grandes barragens não encheram, a chuva era persistente mas miudinha, ou seja, daquela que fica toda no solo, boa apenas para a agricultura.
Dados:
Temperatura máxima: 43,0ºC (06/09)
Temperatura mínima: -3,4ºC (31/12)
Precipitação acumulada anual na estação do Assumar (desde Março e com perda de dados no inicio de outubro): 413.7mm (com os meses em falta o acumulado deverá andar à volta dos 600mm)
Nesta estação e por algo estranho que pareça o mês mais chuvoso foi Novembro com 105.3mm
Tendo em conta as médias, dezembro foi o mais seco com apenas 30mm
Estações meteorológicas fora da localidade onde se reporta são boas de seguir apenas nesta altura em que a chuva é mais generalizada. Assim a olho aqui em Arronches, abril deverá ter sido o mês chuvoso, pois durante uma semana, houve 4 dias seguidos com fortes trovoadas que ainda causaram estragos, enquanto que o acumulado nesta estação nesses dias nem mexia.

Este inverno não está ser nada famoso em termos de precipitação e não se vê grandes mudanças, neste momento o mais preocupante, e até já saíram notícias sobre isso, é a situação hidrológica.

Boa Entradas em 2017 :)
 
Última edição:

Meteo Trás-os-Montes

Cumulonimbus
Registo
28 Jan 2007
Mensagens
4,393
Local
Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
É triste trabalhar tanto para ter as coisas e no final...

Lá anda o meu pai e pelo 2º ano consecutivo preocupado com os castanheiros e oliveiras... quer os plantados no ano passado quer os deste ano... é necessário novamente recorrer à rega nos meses de inverno para não morrerem... mais custos, mais gasoleo e horas de maquinaria para manter as árvores vivas... todos os dias me pergunta se vai chover... os centeios não estão a crescer... parace o mesmo filme do ano passado... só falta chover potes em Abril para destruir o pouco que restar novamente...

O rio não tem água, as barragens e represas da zona não recuperaram absolutamente nada do Verão longo e tórrido de 2016, o Outono foi extremamente seco e o Inverno para já apenas nevoeiro e sincelo...

Isto que partilho não é cenário... está a acontecer... é real... os cenários esses não são animadores e não se prevê alteração nas próximas semanas.

Quem vive da agricultura volta a estar apreensivo... e com razões para estar... pelo menos no nordeste transmontano.

Os que moram nas cidades e tal como no ano passado não pensem que não vos afecta, os legumes e frutas devido à escassez estiveram todo o ano caríssimos, pode muito bem voltar a acontecer este ano.
 

joralentejano

Super Célula
Registo
21 Set 2015
Mensagens
7,222
Local
Arronches (272m) | Leiria
É triste trabalhar tanto para ter as coisas e no final...

Lá anda o meu pai e pelo 2º ano consecutivo preocupado com os castanheiros e oliveiras... quer os plantados no ano passado quer os deste ano... é necessário novamente recorrer à rega nos meses de inverno para não morrerem... mais custos, mais gasoleo e horas de maquinaria para manter as árvores vivas... todos os dias me pergunta se vai chover... os centeios não estão a crescer... parace o mesmo filme do ano passado... só falta chover potes em Abril para destruir o pouco que restar novamente...

O rio não tem água, as barragens e represas da zona não recuperaram absolutamente nada do Verão longo e tórrido de 2016, o Outono foi extremamente seco e o Inverno para já apenas nevoeiro e sincelo...

Isto que partilho não é cenário... está a acontecer... é real... os cenários esses não são animadores e não se prevê alteração nas próximas semanas.

Quem vive da agricultura volta a estar apreensivo... e com razões para estar... pelo menos no nordeste transmontano.

Os que moram nas cidades e tal como no ano passado não pensem que não vos afecta, os legumes e frutas devido à escassez estiveram todo o ano caríssimos, pode muito bem voltar a acontecer este ano.
O Alentejo está na mesma, o baixo Alentejo então nem se fala, no inverno passado o alto Alentejo ainda teve alguma chuva mas entretanto daqui para sul pouco choveu, têm as barragens muito baixas e ainda me lembro de quando fui para o Algarve no inicio do verão haver animais a pastar em locais que só tinham terra, só quem vive da agricultura e especialmente quem vive em meio rural sabe disso, é triste olhar para os campos e não haver quase erva nenhuma e os cursos de água quase secos. Tenho familiares que vivem da agricultura e sei o quão mau isso é, sem água na ribeira começa o desespero porque não se sabe como regar tudo. O que mais me preocupa em situações destas não é o facto de ter animação mas sim as consequências que tem na agricultura e noutras coisas, como por exemplo nas barragens.
 
  • Gosto
Reactions: Thomar

joralentejano

Super Célula
Registo
21 Set 2015
Mensagens
7,222
Local
Arronches (272m) | Leiria
Boletim Climatológico do mês de dezembro 2016: http://www.ipma.pt/resources.www/do...xvpVin/cli_20161201_20161231_pcl_mm_co_pt.pdf
DEZEMBRO DE 2016 COLOCA PAÍS EM SITUAÇÃO DE SECA FRACA

img_news_gelo_Inverno.jpg
2017-01-06 (IPMA)
O mês de dezembro de 2016, em Portugal Continental, classificou-se como muito seco em relação à quantidade de precipitação e normal em relação à temperatura do ar.

Na primeira metade do mês de dezembro o território esteve sob influência de situações depressionárias complexas com passagem de superfícies frontais, tendo-se verificado entre os dias 1 e 5 ocorrência de precipitação por vezes forte e acompanhada de trovoada, nas regiões do Centro e Sul. Já no período de 13 a 16, devido à aproximação e passagem de um sistema frontal de atividade moderada a forte, ocorreram períodos de precipitação por vezes forte sob a forma de chuva ou aguaceiros, pontualmente de granizo e acompanhados de trovoada. Nestes dias ocorreu também queda de neve, acima dos 800 a 1200 m, no interior norte e centro. Uma vez que na segunda metade do mês praticamente não ocorreu precipitação, o total de precipitação observada foi cerca de 46% do normal, o que permite classificar este mês como muito seco.

Deste modo, no final de dezembro houve um aumento da área em situação de seca fraca, com cerca de 78% do território na classe de seca.

O valor médio da temperatura média do ar em dezembro foi de 10.41 °C, 0.44 °C acima do valor normal. O valor médio da temperatura máxima, 15.26 °C, foi superior ao valor normal, com uma anomalia de +1.38 °C, sendo este mês o 2º mês de dezembro com o valor mais alto desde 1931. O valor médio da temperatura mínima do ar, 5.55 °C foi inferior ao valor normal, com uma anomalia de -0.50 °C.

A partir do dia 17, os valores médios da temperatura mínima do ar persistiram abaixo do normal até ao final do mês. De destacar o dia 20 que registou valores de temperatura mínima muito baixos em grande parte das regiões do Norte e Centro, na região do Nordeste e também no interior do Alentejo, sendo que em alguns locais do interior do Alentejo os valores de temperatura foram inferiores a 0 °C, tendo sido registado o menor valor de temperatura mínima, - 7°C, no dia 30 em Miranda do Douro.
________
Praticamente, já todo o país entrou em seca, e pelo andar de Janeiro, os poucos locais que não estavam em seca vão ficar.
 

guisilva5000

Super Célula
Registo
16 Set 2014
Mensagens
5,113
Local
Belas
Boletim Climatológico do mês de dezembro 2016: http://www.ipma.pt/resources.www/do...xvpVin/cli_20161201_20161231_pcl_mm_co_pt.pdf
DEZEMBRO DE 2016 COLOCA PAÍS EM SITUAÇÃO DE SECA FRACA

img_news_gelo_Inverno.jpg
2017-01-06 (IPMA)
O mês de dezembro de 2016, em Portugal Continental, classificou-se como muito seco em relação à quantidade de precipitação e normal em relação à temperatura do ar.

Na primeira metade do mês de dezembro o território esteve sob influência de situações depressionárias complexas com passagem de superfícies frontais, tendo-se verificado entre os dias 1 e 5 ocorrência de precipitação por vezes forte e acompanhada de trovoada, nas regiões do Centro e Sul. Já no período de 13 a 16, devido à aproximação e passagem de um sistema frontal de atividade moderada a forte, ocorreram períodos de precipitação por vezes forte sob a forma de chuva ou aguaceiros, pontualmente de granizo e acompanhados de trovoada. Nestes dias ocorreu também queda de neve, acima dos 800 a 1200 m, no interior norte e centro. Uma vez que na segunda metade do mês praticamente não ocorreu precipitação, o total de precipitação observada foi cerca de 46% do normal, o que permite classificar este mês como muito seco.

Deste modo, no final de dezembro houve um aumento da área em situação de seca fraca, com cerca de 78% do território na classe de seca.

O valor médio da temperatura média do ar em dezembro foi de 10.41 °C, 0.44 °C acima do valor normal. O valor médio da temperatura máxima, 15.26 °C, foi superior ao valor normal, com uma anomalia de +1.38 °C, sendo este mês o 2º mês de dezembro com o valor mais alto desde 1931. O valor médio da temperatura mínima do ar, 5.55 °C foi inferior ao valor normal, com uma anomalia de -0.50 °C.

A partir do dia 17, os valores médios da temperatura mínima do ar persistiram abaixo do normal até ao final do mês. De destacar o dia 20 que registou valores de temperatura mínima muito baixos em grande parte das regiões do Norte e Centro, na região do Nordeste e também no interior do Alentejo, sendo que em alguns locais do interior do Alentejo os valores de temperatura foram inferiores a 0 °C, tendo sido registado o menor valor de temperatura mínima, - 7°C, no dia 30 em Miranda do Douro.
________
Praticamente, já todo o país entrou em seca, e pelo andar de Janeiro, os poucos locais que não estavam em seca vão ficar.
Interessante como o IPMA sobrestimou a anomalia da temperatura na primeira quinzena, tendo previsto ser um mês quente, afinal acabou por ser normal, tudo graças à última semana gelada. Claro que acabou por haver anomalia na máxima, mas isso já é hábito.

Contudo, a situação de seca fraca é comum e não acho muito alarmante, desde que chova em Janeiro... Se não estamos feitos.
 
  • Gosto
Reactions: joralentejano

PTapadas

Cirrus
Registo
6 Jun 2017
Mensagens
1
Local
Lisboa
Olá boa tarde! Preciso de ter valores da temperatura máxima diária e caracterizar a variação diária da temperatura para a região de Belas nos últimos 4 ou cinco anos, alguém me pode dar uma ajuda? Obrigado
 

guisilva5000

Super Célula
Registo
16 Set 2014
Mensagens
5,113
Local
Belas
Olá boa tarde! Preciso de ter valores da temperatura máxima diária e caracterizar a variação diária da temperatura para a região de Belas nos últimos 4 ou cinco anos, alguém me pode dar uma ajuda? Obrigado
Acho que existe uma série de 30 anos de uma base aérea em Sintra relativamente perto, alguns membros do fórum devem lembrar-se. De Belas mesmo duvido que consigas, só procurando estações amadoras mas não deves conseguir andar muito para trás.