Seg. Previsão do Tempo e Modelos - Abril 2015

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por Fernando Costa 31 Mar 2015 às 14:51.

  1. guisilva5000

    guisilva5000
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Set 2014
    Mensagens:
    5,097
    Local:
    Viena
    Cheguei à conclusão que já nem percebo Abril, olho para os modelos do GFS e não se percebe nada, tudo uma confusão, depressões do lado e para outro, anticiclone a brincar também... A única coisa que posso prever é que vai haver bastante instabilidade
     
  2. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    14,019
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    O problema é que a anomalia não está nos Açores mas a sudoeste, o que faz o anticiclone descair para Leste/nordeste, como se tem observado desde há quatro meses; a seca lá prolongar-se-á, na minha opinião, se se mantiver este padrão.
    A acalmia associada a nortada poderá realmente ter trazido muita areia de volta, ainda não verifiquei isso nas praias de Sintra que me servem de referência, mas já se nota em Carcavelos por exemplo.
     
    CptRena, vamm, guisilva5000 e 1 outra pessoa gostaram disto.
  3. james

    james
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2011
    Mensagens:
    4,541
    Local:
    Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)
    O " ECM " volta a dar uma " machadada " na possibilidade de alguma chuva de jeito nos próximos 10 dias no Norte e as temperaturas , salvo um ou outro intervalo, andar ao bem altas .

    Apesar de ver muita gente a achar normalissimo , eu não estou a achar normal termos o verão em abril . E que o tempo vai passando e não tarda vem o verão a serio e de certeza não e ai que vai chover a potes .

    Não tarda entramos oficialmente em seca no Norte .
     
  4. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Não é normal, é anormal, mas quem conhece o nosso clima como tu deves conhecer sabe que volta e meia acontece ciclicamente.
    Já não me recordo bem, mas acho que foi em 2011 ou 2012 que aconteceu o mesmo, houve um ano em que foi quase "Verão" de Abril até Outubro. Um desses anos houve mesmo seca a noroeste, o Gerês estava irreconhecível, ribeiras todas secas, vegetação com visível stress hídrico. Os últimos Invernos foram generosos, seria surpreendente não acabar por acontecer isto, fosse agora, ou mais tarde.

    Percebo a frustração de ver gente todos os dias a achar normal ir para as praias em Abril e a chatear-se com a chuva de trovoadas nesta altura. Mas isso é para ignorar, sempre foi assim.

    De qualquer forma nada está perdido, também houve anos em que nesta altura estava seco e quente, e depois até veio mesmo muita chuva "chata" para a malta das praias e esplanadas, por vezes até bastante "frio", relativo.
     
  5. boneli

    boneli
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Jan 2008
    Mensagens:
    871
    Local:
    Braga. Lomar
    Fazer um cenário tão negro, sem um fundamento lógico ainda por cima com certezas que vai ser assim, não leves a mal mas se calhar não é a melhor abordagem.

    Se reparares os modelos estão uma incógnita completa. Um tira e põem constante o que torna uma análise de meia dúzia de dias difícil quanto mais para o Verão.

    Não tenho tempo para andar a procurar anos em que tivemos Abril com temperaturas assim....Abril, Março e até Fevereiro com temperaturas aqui para o Norte acima dos 20/25º durante vários dias, já aconteceu diversas vezes.

    Abraço
     
    guisilva5000 gostou disto.
  6. james

    james
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2011
    Mensagens:
    4,541
    Local:
    Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)
    Boneli ,

    Eu não quero ser profeta da desgraça , eu fundamento - me no facto de , alem de termos tido um inverno abaixo da media na precipitação , marco praticamente não choveu , abril esta a ter um constante adiamento da precipitação e a previsão mensal do IPMA indicia um mês pouco chuvoso . Estamos a falar de 2 dos meses mais chuvosos do ano , resta - nos maio . Se não for chuvoso , penso que já não e recuperável e caminharemos para uma situação de mais de meio ano com precipitação abaixo da media ( não acredito que recupere no verão ) .

    Certo ou errado , e nisto que eu sustento o que disse anteriormente .

    Também sei que ciclicamente ocorrem estas situações , nunca disse o contrario .
     
  7. Norther

    Norther
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    25 Nov 2010
    Mensagens:
    1,920
    Local:
    Tortosendo 600m Encosta sul Serra da Estrela
    Deus te ouça Vince eheheh, mas é verdade, é o nosso clima, e de vez em quando o GFS la manda uma destas, embora não seja de confiar mas já viram se isto acontece! :-) depois dizem que o clima anda doido :-)

    [​IMG]

    mas vamos vendo esta semana, promete ser de aguaceiros e trovoadas com descida das temperaturas embora por aqui pouco tem chovido
     
  8. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,322
    Local:
    Inverness, Escocia
    O vince disse tudo. Um Março e Abril secos e quentes não são a norma, mas ocorrem ciclicamente a cada meia dúzia de anos. Pelo menos eu lembro-me de anos assim.

    E os modelos, apesar de incertos, provêm até uma segunda quinzena potencialmente chuvosa, quando o anticiclone se mover para nordeste, algo que pode, claro, ocorrer.

    Eu não me preocupo muito, o ano de 2015 vai ser claramente um ano potencialmente seco, mas caramba o clima Mediterrâneo é isso mesmo: secas periódicas. Já nos devíamos ter habituados a isso.E com as mudanças climáticas previstas, as próximas décadas trarão mais deste tipo de secas fora de "época". Há que contarmos mais com isso.

    Ao mesmo tempo, vivemos junto ao Atlântico. E logo os caprichos e a variabilidade do clima ensina que de volta e meia, temos comboios de depressões durante semanas - chuva sem parar - algo que pode ocorrer desde o inverno até Junho. Basta o AA se mover.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    guisilva5000 e Thomar gostaram disto.
  9. Fernando Costa

    Fernando Costa
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    2 Ago 2014
    Mensagens:
    197
    Local:
    Alfena - Valongo (Porto)
    Calma minha gente. É verdade, que estamos perante um ano potencialmente seco. Mas isto é mesmo assim. É o nosso clima e toda a sua variabilidade inter-anual e intra-anual. Mas nada está perdido e tenho alguma esperança na segunda metade da primavera, que espero que possa ser mais fresca e mais chuvosa (fim de Abril e Maio). Ainda pode chover em Maio. As famosas cut-offs com bastante frio em altitude podem aparecer. E para isso não é preciso muito, basta que o anticiclone altere a sua posição de maneira que permita a aproximação ao continente de uma ou outra depressão.
     
  10. 1337

    1337
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    26 Jun 2010
    Mensagens:
    2,046
    Local:
    Ponte de Lima (centro)
    Não percebo, eu vejo boas possibilidades para quinta feira de apanharmos alguma coisa, e até nem descarto quarta feira, mas se calhar sou eu que vejo mal..
     
  11. james

    james
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2011
    Mensagens:
    4,541
    Local:
    Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)
    [QUOTtambém l7, post: 482930, member: 3025"]Não percebo, eu vejo boas possibilidades para quinta feira de apanharmos alguma coisa, e até nem descarto quarta feira, mas se calhar sou eu que vejo mal..[/QUOTE]



    Deve ser mesmo esse o problema . . .

    Eu disse que não acredito que chova alguma coisa de jeito , não disse que não ia chover nada de nada .
     
  12. 1337

    1337
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    26 Jun 2010
    Mensagens:
    2,046
    Local:
    Ponte de Lima (centro)
    Para completar o que digo, previsão da Meteogalicia para Quinta Feira:

    Nesta xornada Galicia continuará baixo os efectos dunha zona de aire frío nas capas medias e altas da atmosfera que volverá a deixar unha atmosfera moi inestable. Os ceos estarán en xeral anubrados e con chuvias, illadas e febles no sur durante a mañá, pero máis xeneralizadas e de intensidade ocasionalmente forte, acompañadas de aparato eléctrico, pola tarde.
     
  13. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa
    Boas..

    Para amanhã teremos um dia que poderá ser particularmente activo no Algarve, onde coloco um nível laranja em especial por rajadas, precipitação excessiva e em menor grau tornados e granizo.

    Analise/Discussão

    O núcleo da cut-off finalmente começa a deslocar-se para NE, colocando-se a oeste do Algarve durante a tarde/noite de amanhã.
    Ar frio até aos -22ºC aos 500hpa deverá afectar grande parte do sul do território, e um forte jet de níveis altos vai-se instalar entre a cut off e uma dorsal no sueste de Espanha...forçamento dinâmico abundante associado a vários núcleos de vorticidade transitórios ao longo do jet deverão criar um ambiente favorável á ocorrência de movimentos verticais profundos.

    Á superfície uma massa de ar seco progride desde Espanha e torna-se estacionária durante a madrugada , revertendo o rumo para norte durante o dia.
    Na fronteira do ar seco, uma frente quente pronunciada estará estacionada no Algarve durante grande parte do dia, movendo-se para norte durante o meio da tarde e a noite.
    Ao longo da frente, um forte low/mid level jet, com até 50-90km.h nos primeiros 1000m, deverá transportar uma massa de ar humida vinda do Mediterrâneo/Golfo.Cadiz com pontos de orvalho á superfície entre 12 e 15ºC, o arrefecimento nos níveis médios e altos deverá em conjunto com este ar húmido á sfc gerar valores de SBCAPE até 600-1200J/Kg.

    Os perfis termodinamicos favoraveis, com LI700 até -2ºC e gradientes de 7-7.5ºC/km entre os 800 e os 600hpa deverão garantir a libertação da energia retida á superficie, com varios nucleos convectivos a surgir em especial junto da frente quente e posteriormente em linhas de convergência que entrarão desde sul e sueste.

    A sobreposição entre o LLJ de sueste e o jet de níveis altos deverá criar shear até 20-25m/s aos 0-6km com perto de 50-60kts de DLS, este shear terá um forte carácter rotacional, com valores de srh3km até 150-250m2/s2, criando um ambiente propicio á organização de segmentos em arco ( bow echoes), LEWP e supercélulas.

    As células que surgirem, nomeadamente aquelas que interajam melhor com a região frontal quente, deverão assim tornar-se severas com capacidade de gerar rajadas severas, precipitação excessiva e não se pode excluir um tornado ou um episodio pontual de granizo severo.

    Durante o meio da tarde e noite, a actividade deverá avançar para norte até ao Alentejo, onde se esperam condições termodinamicas algo menos favoraveis..no entanto as células continuarão activas e potencialmente severas.

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. Névoa

    Névoa
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    16 Set 2013
    Mensagens:
    686
    Local:
    Senhora da Hora
    Acho que foi em 2011, ano de primavera e outono quentes mas de verão relativamente ameno. Em 2012 fez bastante calor logo no início de Março, situação que se estendeu exactamente até a Páscoa, quando começou a chuva. O verão de 2012 teve alguns dias quentes, por falar nisso, e o outono foi frio. Já agora, a primavera de 2014 também foi quente, mas depois daquele inverno ninguém reparou muito nisso.


    Pouco usual para o Norte é que a chuva, e mesmo as temperaturas mais amenas, estejam mais concentradas no Centro e Sul, situação que perdura desde aquela vaga de calor de Outubro passado. Quer me parecer que desde então o Norte tem estado, de forma geral, mais quente que o Centro e o Sul do país.
     
    #74 Névoa, 7 Abr 2015 às 15:27
    Última edição: 7 Abr 2015 às 16:39
  15. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa
    Boas..

    Para amanhã espera-se um novo dia com actividade pontualmente forte/severa em especial no interior sul


    Analise/Discussão

    Em altura o núcleo da cut-off retira-se para norte, e uma massa de ar mais quente em altura entra pelo sul.
    Entre as duas, uma forte circulação zonal de níveis médios e altos estabelece-se, com uma short wave transitória a avançar de SW para NE sobre o centro/sul.

    Á superfície uma área de baixa pressão alongada está presente a oeste/SW de Lisboa, com um eixo de advecção de humidade a entrar desde o Golfo de Cadiz/Mediterrâneo até ao interior Alentejano, com fluxo de S/SE nos níveis baixos.

    Durante a manhã alguma convecção deverá já estar em acção em especial junto á short wave, sendo esta actividade de base elevada e não severa.
    Para a tarde, a nebulosidade deverá não ser muito impeditiva, e o fortalecimento do fluxo em altura confere alguma confiança em que haverá pelo menos algumas boas abertas, pelo que se espera aquecimento diurno razoável com temperaturas previstas até 22ºC e pontos de orvalho entre 13 e 15ºC.

    Nestas condições, SBCAPE até 500-1000J/Kg deverá desenvolver-se....a convergência em torno ao eixo de humidade/ frente de brisa deverá em conjunto com o suporte dinâmico associado á short wave, garantir iniciação convectiva durante a tarde.

    As células que surgirem beneficiarão ainda de shear até 15-20m/s aos 6km e DLS até 40kts, com carácter rotacional, pelo que há condições para a organização de sistemas multicelulares/ clusters e segmentos em arco...uma supercélula não é de excluir.

    As células terão assim capacidade para produzir precipitação excessiva, granizo e rajadas pontualmente severas.
    Há no entanto algumas duvidas relativas ao posicionamento da região de melhor sobreposição entre o CAPE/convergência á sfc/shear assim como também existem algumas duvidas quanto ao estabelecimento ou não de um low level jet mais robusto...dado isto está para já excluído um nível laranja.


    No resto do território a convecção será em principio de carácter pulsante, num ambiente de fraco shear por baixo do cold core em altura..apesar de haver condições pontuais para a ocorrência de granizo, um nivel amarelo não será introduzido porque a maioria da actividade será desorganizada e as condições termodinâmicas não favorecem a ocorrência de granizo a uma escala suficiente para garantir um nível de risco efectivo.

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Mr. Neves, CptRena, eLeM e 5 outras pessoas gostaram disto.

Partilhar esta Página