Seg. Previsão do Tempo e Modelos - Fevereiro 2014

snowadd

Cirrus
Registo
4 Fev 2014
Mensagens
36
Local
Passos Mirandela (490 m)
14021000_0800.gif


Já agora aqui fica aqui a run das 06 UTC de hoje do GFS, com a pressão à superfície e isotacas.. Muito interessante a faixa litoral Oeste e mesmo a costa Algarvia... A ver vamos se se concretiza, mas digamos que se está a aproximar a data...
 

Luso Meteo

Cumulonimbus
Registo
22 Set 2012
Mensagens
2,194
Local
Felgueiras, Porto (500 mts)
É impressão minha ou está a perder intensidade?:huh:

Não se trata de perder ou ganhar intensidade, pois a depressão ainda nem esta formada. Continua a ser modelado pelo GFS pressão mínima de 980 mb, e, para o litoral Centro e Sul ventos médios muito fortes. Para o Norte a situação parece ser menos gravosa. Sinceramente parecia-me aconselhável adiar o Bnefica-Sporting, com tanta gente na rua poderá haver problemas.
 
  • Gosto
Reactions: rbsmr e MicaMito

Geiras

Cumulonimbus
Registo
16 Jun 2010
Mensagens
4,247
Local
Qta. do Conde / Sintra
Mas os modelos estão constantemente a alterar valores, run após run.

Às tantas a run das 12 já volta a agravar tudo outra vez....
 
  • Gosto
Reactions: jonas_87

Snifa

Furacão
Registo
16 Abr 2008
Mensagens
10,256
Local
Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
IPMA:

Informação especial

Comunicado válido entre 2014-02-07 17:42:00 e 2014-02-10 17:42:00

Assunto: Agravamento do estado do tempo para Domingo e Segunda


O estado do tempo nos próximos dias continuará a ser caracterizado pela passagem sistemas frontais de forte atividade, prevendo-se que, no final de domingo e noite de segunda, uma depressão muito cavada atravesse o norte da Península Ibérica, junto da região Norte do território do Continente, originando aumento da intensidade do vento e da agitação marítima.

No sábado, dia 08, ocorrerão aguaceiros fortes nas regiões Norte e Centro até ao início da manhã, e queda de neve que atingirá cotas de 600/800 metros. O vento continua forte, do quadrante oeste, com rajadas da ordem dos 80/90 km/h no litoral oeste e 100/110 km/h nas terras altas, até ao início da manhã.

A partir da tarde de Domingo, dia 09, e até ao final da manhã de segunda-feira, dia 10, prevê-se agravamento do estado do tempo, com ocorrência de precipitação forte, queda de neve acima dos 600/800 metros e vento forte do quadrante sul, com rajadas da ordem dos 90 /110 km/h, podendo atingir os 120 km/h nas terras altas, incidindo com maior intensidade nas regiões a norte do Tejo.

Na Costa Ocidental, a partir da manhã de sábado, dia 08, prevê-se ondas 5 a 7 metros, temporariamente 7 a 8 metros a norte do cabo Raso durante a tarde.
A partir do final da tarde de domingo dia 09, as ondas atingirão 7 a 8 metros, altura significativa, podendo atingir durante a noite e madrugada de segunda-feira os 10 metros.

Data de edição: 2014-02-07 17:45:26


Previsão para domingo, 9.fevereiro.2014

INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA

Céu geralmente muito nublado.
Períodos de chuva ou aguaceiros, tornando-se fortes a partir da
manhã.

Queda de neve acima de 600/800 metros, subindo temporariamente a
cota para os pontos mais altos da Serra da Estrela durante a tarde.
Vento moderado (15 a 30 km/h) do quadrante sul, tornando-se
gradualmente forte (40 a 55 km/h) do quadrante oeste a partir da
manhã, com rajadas da ordem dos 90/110 km/h, e forte a muito forte
(50 a 75 km/h) nas terras altas, com rajadas da ordem dos
110/130 km/h.
Pequena descida da temperatura mínima.

GRANDE LISBOA:
Céu geralmente muito nublado.
Períodos de chuva ou aguaceiros, tornando-se fortes a partir da
tarde.
Vento moderado (15 a 30 km/h) do quadrante sul, tornando-se
gradualmente forte (40 a 55 km/h) do quadrante oeste a partir da
manhã, com rajadas da ordem dos 90/110 km/h.
Pequena descida da temperatura mínima.

GRANDE PORTO:
Céu geralmente muito nublado.
Períodos de chuva ou aguaceiros, tornando-se fortes a partir da
manhã.
Vento moderado (15 a 30 km/h) do quadrante sul, tornando-se
gradualmente forte (40 a 55 km/h) do quadrante oeste a partir da
manhã, com rajadas da ordem dos 90/110 km/h.
Pequena descida da temperatura mínima.

ESTADO DO MAR
Costa Ocidental: Ondas de noroeste com 5 a 7 metros, aumentando
para 8 a 10 metros no final do dia.

Temperatura da água do mar: 13/14ºC

Costa Sul: Ondas de sudoeste com 1,5 a 2,5 metros, aumentando
gradualmente para 4 a 5 metros, e para 5 a 6 metros no final do dia,
em especial no barlavento.

Temperatura da água do mar: 15ºC


METEOROLOGISTAS: Madalena Rodrigues/Bruno Café.
INFORMAÇÃO DO INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA.

Atualizado a 8 de fevereiro de 2014 às 7:8 UTC

http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.descritiva/
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
Boas tardes..

Para amanhã e 2f, situação muito complicada igualmente ao nível da convecção e em especial no litoral oeste e partes do interior centro/sul.


Sinóptica

Em altura, um novo e vigoroso cavado avança desde os Açores...associado a este um forte lobo de forçamento dinâmico está presente, assim como um fluxo muito forte nos níveis médios e altos ( Jet aos 300hpa até 120-150kts).

No núcleo do cavado, ar muito frio em altura está presente, até -28ºC aos 500hpa.

Á superfície, uma margem frontal extende-se desde os Açores até Cadiz, na fronteira entre ar subtropical e ar polar marítimo.

A margem frontal é activada/excitada pela perturbação em altura...o forte gradiente horizontal resulta em processos frontais muito intensos e consequente génese explosiva de um núcleo ciclónico.

A baixa em cavamento rápido deverá entrar pela Galiza/Minho em fase de maturação, com uns 975-985hpa segundo o consenso dos modelos...a dinâmica impressionante aumenta a margem de erro...é possível uma intensificação maior que o modelado.

Dom12h----Dom20h

Durante a tarde de Domingo, uma língua de ar subtropical ( dew até 15ºC) avança pelo sul e pelo centro litoral, na frente da depressão.
O sector quente será inestabilizado á medida que a perturbação em altura avança sobre este, com quedas rápidas do geopotencial, resultando no desenvolvimento rápido de até 500-800J/Kg de CAPE esp no litoral norte e centro e partes do vale do Tejo.

Um forte low/mid level jet estará presente, com um eixo de velocidade +- sobre o vale do Tejo ( 35m/s aos 850hpa), marcando a latitude até onde haverá um máximo de advecção quente.

Nos níveis altos, circulação vigorosa assim como divergência acentuada ao nível do jet stream deverão gerar forçamento dinâmico intenso e shear forte ( até 60-70kts de DLS e uns 35-45m/s de 0-6km shear).

Nos níveis médios e baixos shear muito forte estará também presente, com perfis rotacionais organizados especialmente na proximidade da frente quente.

As condições dinâmicas e termodinâmicas são favoráveis á ocorrência de convecção bem organizada, supercelulas e segmentos lineares de mesoescala, com um risco claro de rajadas severas ou muito severas ( 120-150km.h), tornados e precipitação excessiva.

Dom20h----2f12h

Uma frente fria deverá cruzar PT continental entre as 18-20h de Domingo.
Ar fio e seco em altura, e uma anomalia da tropopausa com um possível dry slot na retaguarda da frente proporcionam um ambiente de forte forçamento e instabilidade propicia á evolução de segmentos convectivos lineares com um risco claro de rajadas severas ou muito severas, precipitação excessiva e granizo.

No sector pós frontal, mantem-se uma dinâmica caracterizada por forte fluxo em todos os níveis, e algum retorno de humidade em torno á circulação depressionária ( back bent occlusion)...este retorno de humidade deverá e conjunto com o ar frio em altura, gerar bastante instabilidade, com até 400-700J/Kg de CAPE, e fortes gradientes térmicos nos níveis médios e baixos.

Um máximo de gradiente barométrico deverá extender-se pelo litoral centro até ao interior centro/sul, com ventos não convectivos já severos instalados á superfície ou logo acima.

A instabilidade presente neste ambiente deverá facilmente gerar rajadas muito severas ( 120-150km.h), e granizo... shear moderado a forte de caracter unidirecional deverá organizar a convecção em bandas/bowing lines que avançam desde NW/W para E/SE.

Resumo
Estamos perante a possibilidade de um outbreack de tempo severo, aconselha-se a maxima precaução e atenção durante o período indicado.

Pelos motivos assinalados, coloco um nível laranja de probabilidade moderada a elevada de tempo severo para boa parte do litoral oeste e partes do centro/sul.

Um nível amarelo rodeia o laranja, onde o CAPE não será tão elevado e a confiança é mais baixa.

Um nível cinzento é colocado para a meseta norte, onde não se espera convecção com base á superfície devido ao CAPE praticamente nulo.

No entanto em todas as regiões, rajadas severas não convectivas e precipitação abundante deverão ocorrer.

h9xUXma.png


Cinzento
- Aguaceiros e possibilidade de trovoada

Amarelo
- Aguaceiros e possibilidade de trovoada
- Rajadas
- Precipitação excessiva
- Granizo
- Tornados

Laranja
- Aguaceiros e possibilidade de trovoada
- Rajadas
- Precipitação excessiva
- Granizo
- Tornados
 

zaq1

Cirrus
Registo
11 Jun 2009
Mensagens
4
Local
Porto
Previsões para amanhã e madrugada de 2f, depressão muito cavada zona centro e sul poderão ser as mais fustigadas e especial atenção às zonas costeiras nesses locais.

0912.gif


1000.gif


Vento e ondulação:
A manter-se este cenário os ventos serão claramente superiores a 110 Km/h.

m0912.gif


m1000.gif