Seg. Previsão do Tempo e Modelos - Novembro 2013

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
Boas tardes :thumbsup:

Alguma atenção á região da Madeira na 5f e 6f ( pelo menos).

RAM 5f00h----6f00h

::::Sinóptica::::

No período em analise uma ondulação no jet subtropical aproxima-se da RAM, associada a um complexo sistema de baixas pressões na média troposfera do Atlantico subtropical.

Á superfície uma margem de frontogenese estabelece-se sobre o arquipélago, separando ar de origem polar continental a norte e tropical marítimo a sul.

Ao longo do dia a ondulação/máximo de vorticidade nos níveis altos e médios deverá exercer forçamento dinâmico excitando a área de frontogenese.

Uma pequena área depressionária forma-se em resposta, com uma frente quente de avança sobre a RAM, e posterior entrada de ar tropical que se instabiliza dado o ar mais frio nos níveis altos.

Durante a noite para 6f uma nova perturbação em movimento retrogrado aproxima-se da RAM vinda da Peninsula Ibérica, nova injecção de ar frio/vorticidade em altura deverão suportar/intensificar a depressão á superfície criando um ambiente sinóptico favorável á ocorrência de precipitação forte e convecção localmente organizada/severa.

::::Resumo:::::

Durante a manhã e até meio do dia esperam-se condições favoráveis á ocorrência de precipitação localmente forte e pressistente associada á frente quente, o fluxo previsto de SE/S é favorável a uma situação de potenciação orográfica da precipitação nas vertentes S/SE ( P. Sol, R.Brava, Funchal, Machico).

A partir da tarde e durante a noite o sector quente instável apresenta condições favoráveis de shear/cape para que surja actividade convectiva localmente organizada/severa com risco de precipitação exporadica/pontualmente forte, rajadas e um evento isolado de tromba de agua/tornado.
A rotação do vento para SW deverá limitar o efeito orográfico ás vertentes SW ( P. Sol para oeste).

É importante referir que por se tratar de um território pequeno, as chances de haver um impacto directo de uma célula mais forte ou de alguma área particularmente activa e de risco são baixas, e a previsão tem uma margem de erro superior ao normal!
 
  • Gosto
Reactions: Sunderlandz

cool

Cumulus
Registo
23 Nov 2012
Mensagens
139
Local
Grândola
Parece haver uma luz ao fundo do tunel...GFS e ECM na saida das 12.00 mostram uma mudança neste impasse metereológico...vamos ver se se confirma.
 

c.bernardino

Nimbostratus
Registo
31 Dez 2010
Mensagens
654
Local
Loures
Esqueci-me de referir que essa eventual mudança será para daqui a uma semana...com toda a incerteza que tal acarreta.

e há uma coisa importante: esta saída operacional parece um outlier do ensemble.
quer do ECM quer do GFS.
Há no entanto a hipótese, remota, de mudança de padrão... os modelos estão nervosos. E eu curioso.

vamos esperar pela run das 00h e acima de tudo deixar passar uns dias.
 
  • Gosto
Reactions: boneli

joselamego

Super Célula
Registo
22 Jan 2013
Mensagens
7,295
Local
Gondomar (105 metros alt)
Boa noite a todos,
Depois destas semanas de sol e frio e tempo seco...parece que os modelos GFS e ECM estão a modelar uma forte possíbilidade de vir instabilidade nos dias 5,6,7 de dezembro.
Poderá até ocorrer alguma neve em altitudes médias.
Vamos acompanhar...
 

Snifa

Furacão
Registo
16 Abr 2008
Mensagens
10,279
Local
Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
IPMA:

Informação especial

Comunicado válido entre 2013-11-26 19:28:00 e 2013-11-30 19:28:00

Assunto: Período prolongado de frio

A 2ª quinzena de novembro está a ser caracterizada por tempo frio, com temperaturas inferiores aos valores normais para esta época do ano em todo o território.

Até ao dia 26, salientam-se os seguintes valores mais baixos da temperatura mínima do ar: -0,6ºC em Vila Real e Castelo Branco, 2,8ºC em Beja e 2,7ºC em Sagres registados no dia 21; 2,5ºC no Porto e 6,4ºC em Lisboa no dia 24; -3.7ºC em Bragança no dia 25; -0.3ºC em Évora no dia 26. Os valores observados da temperatura mínima do ar são já próximos dos valores que apenas ocorrem em 10% dos casos neste período.

Nos próximos dias, e pelo menos até dia 5 de dezembro, prevê-se a continuação de temperaturas mínimas baixas, inferiores a 5ºC na generalidade do território, com valores entre -4ºC e 2ºC nas regiões do interior. As temperaturas máximas serão também baixas variando entre 3 e 14ºC na região Norte e no interior das regiões Centro e Sul e entre 9 e 17ºC nas regiões do litoral Centro e Sul. Salienta-se a formação de geada nos locais abrigados, em especial nas regiões do interior.

O vento soprará moderado a forte nas terras altas, em especial durante a noite e manhã, o que associado às baixas temperaturas aumentará o desconforto térmico.

Para mais detalhes sobre a previsão meteorológica para os próximos dias consultar:
http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.descritiva/
http://www.ipma.pt/pt/otempo/prev.significativa/

Data de edição: 2013-11-26 19:28:05

http://www.ipma.pt/pt/otempo/comunicados/index.jsp
 

trovoadas

Cumulonimbus
Registo
3 Out 2009
Mensagens
2,406
Local
loule-caldeirao
Boas,

A chuva prevista para os próximos dias essencialmente nas regiões do Sul praticamente se dissipou e era uma previsão já para o dia de amanhã. Se olharem à última saída do GFS e ECM as mudanças no médio/longo prazo vistas ontem agora nem miragem são pois nem aparecem. Quanto a mim parece-me que o AA ganha sempre nestes impasses que por vezes aparecem nos modelos, ou seja esta saída é mais correcta e ontem foi um pouco devaneio. Aguardemos por mais desenvolvimentos.
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
Boas tardes...
De novo alguma atenção á Madeira amanhã, 6f.


RAM 6f00h---Sab00h

Sinoptica

Uma cut-off em movimento retrogado desloca-se a norte da RAM vinda da PI ( 38-39ºN), entre a RAM e as Canárias um forte jet subtropical está presente dos 400 aos 200hpa.

Desde a cut-off para S extende-se uma short-wave, que cruza a RAM de W para E durante o dia, exercendo forçamento dinamico.

Á superficie uma frente estacionaria extende-se desde Gibraltar para WSW, passando a norte da RAM ( 33-35ºN), esta separa ar subtropical a sul de ar polar continental a norte.
Um vortice ciclonico encontra-se a SW da RAM, associado a uma outra cut-off a S dos Açores, e entre este e a referida frente establece-se um fluxo moderado de SE.

Durante o periodo em analise temos condições favoraveis á ocorrencia de instabilidade convectiva, incentivada pela short-wave/ar ais frio nos niveis altos, e pela presença de convergencia pré frontal de ar relativamete quente e humido á sfc.

Shear moderado e rotacional poderá assistir á genese de algumas células organizadas com risco isolado de precipitação excessiva e rajadas de vento moderadas a fortes.

A circulação de S á superficie poderá potenciar a precipitação orografica nas vertentes sul, e a proximidade da frente a norte poderá actuar no sentido de potenciar a precipitação convectivo-estratiforme a uma escala mais generalizada.

Resumo

Para o dia de 6f espera-se que algumas células convectivas de movimentem proximo ou sobre a RAM, com risco de precipitação localmente excessiva e rajadas de caracter pontual.

A presença de ventos de SE deverá maximizar a precipitação orografica/convectiva ao longo da vertente sul/sudeste ( Machico-Funchal-P.Sol)
 

Agreste

Furacão
Registo
29 Out 2007
Mensagens
10,015
Local
Aljezur (48m) - Faro (11m)
1 mês de bloqueio anticiclonico... o mês que vai entrar será um teste pra ver se saímos disto e atenuamos a seca que já se nota ou se a coisa se repete e então talvez seja melhor ligar os alarmes.
 

trovoadas

Cumulonimbus
Registo
3 Out 2009
Mensagens
2,406
Local
loule-caldeirao
O AA está imperioso e parece não querer arredar pé. Ambos os principais modelos colocam-no a reinar até às 240h. A hipótese a haver será após esta data em que parece querer desenhar-se algo. A ver se temos algo parecido com 2009 em que após um grande bloqueio calhou-nos a zonal em cima. Para já não se consegue ler cenário nenhum.
Quanto aos próximos dias penso que nem vale a pena comentar a hipótese vista pelo GFS de alguma precipitação para meio da próxima semana essencialmente no Sul. A hipótese é ténue e mais uma vez pode ficar tudo ao largo da costa.
 

marco_antonio

Cumulus
Registo
27 Dez 2010
Mensagens
134
Local
funchal
excelente análise caro stormy acerca da RAM, neste momento as zonas mais castigadas situam-se em machico,santa cruz e santo da serra.Entretanto o Ipma subiu o alerta para laranja nas zonas montanhosas.
 

Ruipedroo

Cumulonimbus
Registo
6 Out 2010
Mensagens
3,278
Local
Braga, Merelim (60m)
Esta última saída do GFS coloca água em excesso no Grupo Oriental dos Açores, onde especialmente para a ilha de Santa Maria teríamos um caso muito sério com 522,4 mm em apenas uma semana e 193,9 mm em 24h (3 dez).

É óbvio que na próxima run tudo se pode alterar e que aqueles valores que coloquei são apenas para demonstrar a intensidade do que o GFS tem modelado, mas a verdade é que o atlântico vai estar bem activo na próxima semana e convém o pessoal do arquipélago estar atento às próximas saídas.