Seguimento Açores e Madeira - Abril 2016

racevw

Cirrus
Registo
3 Mar 2013
Mensagens
13
Local
Santo António, Funchal (Cota:~360m)
Pelas 21h30 trovejou bastante ao largo do Funchal (a sudoeste) por cima do mar. A julgar pelo intervalo de tempo entre relâmpago/trovão, estava algo distante, mas deu pra contar bem mais de uma dezena de raios. A trovoada trouxe alguma chuva que entretanto já cessou. O vento continua moderado à cota ~300m com umas rajadas fortes. O termómetro marca 13°C.
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
20,038
Local
Açores
Pelas 21h30 trovejou bastante ao largo do Funchal (a sudoeste) por cima do mar. A julgar pelo intervalo de tempo entre relâmpago/trovão, estava algo distante, mas deu pra contar bem mais de uma dezena de raios.

Escrevi 2 porque é o que aparece na AEMET:

ez7lzQd.gif
 
  • Gosto
Reactions: racevw

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
20,038
Local
Açores
Pois, eu também vi isso e achei estranho porque com os meus olhos testemunhei vários relâmpagos como referi no post anterior. É normal um desfasamento tão grande? Agradeço desde já o esclarecimento.

Não sei responder. Nos sites por mim utilizados não há assim tantos raios. Mas não vou por em causa a veracidade do relato :p

A parte mais difícil de prever neste evento são as linhas de instabilidade e os seus efeitos. Tanto podem ser nuvens irrelevantes como chuva localmente forte e trovoada.
 
  • Gosto
Reactions: TekClub e racevw

racevw

Cirrus
Registo
3 Mar 2013
Mensagens
13
Local
Santo António, Funchal (Cota:~360m)
Não tenho a certeza sobre a existência de detetores em território insular, mas muito provavelmente dever-se-á à sua inexistência. Se o detetor estiver nas Canárias, é normal que seja impreciso a longas distâncias.
Julgo que não existem, segundo informação de outros membros aqui do fórum, mas não posso confirmar. A ideia q tenho é que o mais próximo será o tal das Canárias. Obrigado pelo esclarecimento :)
 
  • Gosto
Reactions: TekClub

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
20,038
Local
Açores
A linha de instabilidade que há algumas horas estava a sul de S. Miguel está perto da Madeira. Assiste-se a convecção concentrada e algo intensa. A parte mais ativa da linha ainda está longe da ilha. Ainda assim, e localmente, chuva moderada a forte pode ocorrer nas próximas horas. Há bocado houve atividade elétrica na linha. Como tal, há uma maior probabilidade de ocorrência de trovoada.
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,299
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Há alguns minutos que se vê chover com muita intensidade na Calheta, Madeira.
SBiFpLR.jpg


A célula que está a descarregar na Calheta, vista da Ribeira Brava (uns quilómetros a leste):

jrcJEBW.jpg
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
20,038
Local
Açores
Não obstante a sua reduzida dimensão, a linha de instabilidade atingiu em cheio a ilha da Madeira. Essa mesma linha encontra-se agora em dissipação. Ocorreu alguma atividade elétrica.

Desconheço se o IPMA lançou um aviso. Quando escrevi de madrugada não havia nada.

A convecção na Madeira parece-me ter sido muito semelhante à dos Açores (excluindo a que ocorreu no dia da depressão). Convecção fraca a moderada. Aguaceiros e trovoada muito localizados.

Era um bocado difícil prever no que é que se ia tornar a linha de instabilidade. Acabou por ter e, mais importante, manter alguma intensidade desde os Açores até à Madeira. Mas excluindo este fenómeno (muito localizado) nada de relevante ocorreu nas redondezas.

Complementando o que escrevi no tópico das previsões, nas próximas 24 a 36 horas ocorrerá a ciclogénese a sudoeste dos Açores. A massa de ar extremamente saturada e rica em água precipitável é facilmente visível no satélite:

WqCrBTRl.jpg


O cenário ainda está incerto. O GFS sugere a redução da intensidade da depressão aquando da chegada desta à Madeira mas indica chuva excessiva ao largo da ilha poucas horas antes:

 
Última edição:

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
20,038
Local
Açores
O IPMA publicou um aviso amarelo para a Madeira no que concerne à chuva (zonas altas e costa sul).

Parece haver um consenso nos modelos de que a chuva mais intensa passará entre os Açores e a Madeira.

Contudo, há outros aspetos importantes:

- A depressão é pequena com uma intensidade fraca a moderada. Os seus efeitos serão mais visíveis à medida que ela se aproxima. O sistema frontal irá afetar a Madeira diretamente;

- Há uma disconecção entre a humidade relativa nos vários níveis. A massa de ar vai perdendo a homogeneidade com o tempo. Às vezes um nível está saturado enquanto o de cima (ou o de baixo) tem muito menos saturação (bastante claro a 500 hPa). Ainda assim, há alturas em que a massa de ar tem uma saturação mais ou menos homogénea. A água precipitável estará elevada (>30 milímetros).

Como tal:

- Nos momentos que antecedem a chegada da massa de ar tropical e da depressão (próximas horas) há muito ar seco em altitude e pouca convecção. A possibilidade de aguaceiros é baixa e deverá estar intimamente ligada à orografia;

- Na madrugada de amanhã, a nebulosidade irá aumentar bem como o vento. Durante o evento a chuva deverá ser persistentemente fraca a moderada podendo ser moderada a forte ocasionalmente. Acumulados muito acima do aviso amarelo podem ser verificados nas zonas altas, havendo a possibilidade da ocorrência de inundações locais. A falta de humidade a 500 hPa será compensada pela excessiva saturação nos níveis inferiores;

- Não parece haver condições para fenómenos meteorológicos severos exceptuando a precipitação excessiva;

- O tempo irá melhorar a partir do final do dia de amanhã.
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: racevw e Thomar

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,299
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Bastante chuva, esta tarde, nas vertentes sul da ilha da Madeira.

Ribeira Brava e Funchal
CYGj7j4.jpg


hP2S8Pl.png


Nas vertentes norte o cenário é de aguaceiros fracos.

Ponta Delgada
DikuKG3.jpg
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
20,038
Local
Açores
A depressão está a mais ou menos sobre a Madeira. Assiste-se agora à intrusão de ar seco em altitude. A chuva terá agora, tendencialmente, menor intensidade.

Este foi um evento que afetou desproporcionalmente a costa sul/sudeste da Madeira. Desconheço as condições da instalação da estação do Areeiro, claro vencedor nas acumulações. Entre as 8h e as 14h choveram, oficialmente, 39.4 milímetros (muito perto do aviso laranja). Noutras localizações, o acumulado pode ter sido superior.