Seguimento Açores e Madeira - Dezembro 2018

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
Quanto ao vento, não há aviso para vento médio (só para rajada). Como tal, não há notificação para dias mais ventosos.

Erro meu :D Fui confirmar.

Screenshot_2018-12-03%20IPMA%20-%20ndice_zpsgs46n86x.png


Vento médio de 65Km/h é muita fruta. É o equivalente a Tempestade Tropical. Há muito dia ventoso (ventos nos 40/50 km/h) que não têm aviso.

Este ciclone - pelo menos no modelo - tem vento médio suficiente para a emissão de um aviso e - novamente em teoria - as ilhas devem ser afetadas por ventos intensos (o AROME mostra 50 nós no GOc -> 92 km/h). Porque é que o IPMA não emite aviso? É uma boa pergunta. Será pela (reduzida) duração?
 

Cagarro

Cirrus
Registo
23 Fev 2018
Mensagens
85
Local
Canadá
As ilhas são pequenas, estão (em geral) próximas (em cada grupo) e não tem orografias pronunciadas (como a Madeira). Assim, fazer previsões por ilha é - literalmente - como acertar na agulha do palheiro. Escrito isto, já ocorreram situações em que no aviso foi escrito que determinado evento (chuva, por exemplo) seria mais provável numa determinada ilha (isto aplica-se a Sta. Maria devido à maior distância para com SM).

As queixas da população são compreensíveis mas em alguns casos estão erradas. O que não faltam são situações em que há uma frente fria a oeste do GOc com chuva e trovoada e o IPMA (corretamente) emite o aviso correspondente. Quando a frente chega às redondezas das ilhas perde intensidade para depois voltar a gerar convecção intensa no canal. Mais um erro do IPMA, se dirá (mas é mesmo?)

Na questão dos avisos é preferível averiguar cada caso individualmente.

Não querendo muito me alongar nessa conversa dos avisos, basta referir que nos Acores pura e simplesmente não existem avisos para temperatura.... Quanto mais o resto.... Posto isto agora pergunto eu: Serão os avisos dados nos Açores credíveis? Será que o IPMA serve bem os Açorianos? Fica a resposta no ar...
E fico me por aqui!
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
O alerta de agora não tem nada a ver com o de ontem à tarde. Até porque a frente de hoje já é outra. Posso também referir que é recorrente no grupo Oriental os avisos entrarem em vigor depois da tempestade passar. Não seria a primeira vez... Nem a última. Por isso que aqui na ilha ninguém ja leva a sério os mesmos avisos. Se toda a gente fosse regir a sua vida pelos mesmos cada vez que fossem emitidos pelo IPMA Açores, ninguém saia de casa. É puro mediatismo/sensacionalismo. Nos Estados unidos não conheço a política de avisos, mas por menos os avisos sao accionados. Desculpem a minha critica, mas falo como mariense e açoriano, numa região em que para uns há excesso de alertas, e pra outros o desdém ou falta dos mesmos, quando as situações assim o justificam. Além disso penso que não sou o único a criticar os avisos do IPMA, quando ate ai no continente metem os pés pelas mãos em relação aos mesmos.

O problema dos avisos (aqui não estamos a falar de alertas, porque isso não é da competência do IPMA) já foi debatido muitas vezes neste fórum e já existem tópicos específicos para tratar esse assunto.

Mas este é um tópico de seguimento... Sobre a discussão há outro tópico onde pode levantar a pertinência dos avisos:

-> Avisos IPMA vs. Alertas ProtCiv, filosofia, critérios, etc
 
  • Gosto
Reactions: lserpa

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
Intensidade do vento...

xtrCoqb.gif


UCNJ6pW.gif


Tanto o ASCAT-A como o ASCAT-B registaram ventos a rondar os 25 m/s (90km/h) a sul ou a sudeste das Flores.

985.5 hPa foi a pressão mínima horária registada (Corvo).

O balão meteorológico de hoje coincidiu com a passagem da frente. A intrusão de ar seco entre os 2000-3500 metros deve ter reduzido bastante a precipitação na Terceira:

wFKMjgp.png


O melhor local para os meteomalucos está nas Flores:

CtPQUpT.png


Que venha o pós-frontal pois já basta de nevoeiro.
 

lserpa

Cumulonimbus
Registo
29 Dez 2013
Mensagens
3,449
Local
Horta, Matriz, (90m)
Portanto, aqui a rajada máxima registada nas estações do IPMA, 108,1km/h. O pior do mar aconteceu em plena baixa mar, o que veio prevenir alguns galgamentos. Ocorreram alguns aguaceiros pontualmente fortes. O quadrante do vento também não é/foi favorável ao registo de rajadas elevadas, pois, o fluxo de sw/w é de certa forma desacelerado pela morfologia da Ilha do Faial. (Relativamente ao observatório P. Alberto Mónaco).


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk