Seguimento Europa 2013

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Sigo com 0ºC após máxima de +2ºC.

Todo o dia com céu pouco nublado, e por vezes um ou outro aguaceiro fraco de chuvisco. Nada de mais. Continuámos sem neve e pouca acumulação somente acima dos 500 metros. E sem qualquer frio polar.
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Sigo com +4C e chuva forte hoje, após máxima de 0ºC durante a manhã. Mais uma frente que recusou trazer qualquer neve. E o Inverno continua assim, sem ser inverno.



Sigo com 0ºC após máxima de +2ºC.

Todo o dia com céu pouco nublado, e por vezes um ou outro aguaceiro fraco de chuvisco. Nada de mais. Continuámos sem neve e pouca acumulação somente acima dos 500 metros. E sem qualquer frio polar.
 

Ferreiro

Nimbostratus
Registo
3 Dez 2010
Mensagens
1,908
Local
A Corunha
Aquí na Espanha aínda há neve na cidade de Jaca 820 metros (Pirineus)



Nao há neve sem embargo em nenhuma capital ou cidade importante. Pouco a pouco a neve irá derretendo nos próximos días, ja que parece que voltam o sol e as temperaturas temperadas
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,049
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Há pouco nevou um bocado, mas era neve muito molhada e só foi curta duração. Sigo com temperatura pouco acima dos 0ºC novamente. Entrou uma massa mais fria em altitude e a humidade desceu um pouco. Tudo facilitou o regresso da neve, embora pouca.

Como podem ver, a relação humidade-temperatura na previsão de neve é bastante fiável. Com humidade elevada, acima dos 80%, geralmente só começa a cair neve abaixo dos +1ºC ou mesmo exactamente aos 0ºC (quando a humidade é muito elevada). Com humidade mais baixa, à volta dos 60-70%, a neve já pode cair aos +3ºC. Ao longo dos meus vários anos de seguimento metereológico, esta tendência têm-se aplicado tanto em Portugal como aqui na Islândia, ou tal como quando vivia na Áustria.

O outro factor é a temperatura em altitude. Se houver ar quente em altitude, associado a entradas de sudeste, sul, sudoeste ou mesmo oeste (frentes quentes), geralmente chove, inclusivé com temperatura à volta ou até abaixo dos 0ºC (ou geralmente começa com neve intensa, passando gradualmente a chuva, à medida que a temperatura sobe). Se houver muito ar frio instalado à superfície, então só costuma cair neve. Este tipo de comportamento costuma ser fácil de prever na prática diária.

Ar frio em altitude, geralmente associado a entradas polares do quadrante norte, é muito mais fácil para neve, mas essas massas de ar costumam ser mais secas, e tal como em Portugal, quase toda a precipitação fica retida nas montanhas do norte da Islândia.

E é com isto, que digo sempre que realmente é díficil nevar em Portugal. Vejo frequentemente muito optimismo para os episódios de neve, mas geralmente entradas de oeste dificilmente resultam em neve, somente entradas de noroeste ou norte ou até de leste, com ar polar associado (mas geralmente são massas que rapidamente trazem ar mais seco). Isto aplica-se à maioria da Europa. Podemos verificar uma entrada de leste nos últimos dias em Paris e Londres, que resultou em intensos nevões. Em Portugal essas massas chegam quase secas. Já as entradas de noroeste são mais promissoras, embora necessitem de ar bastante frio em altitude ou instalado à superfície. Já as entradas de norte costumam ficar retidas na Galiza, mas no resto da Europa resultam muito facilmente em nevões copiosos.

Este inverno tenho reparado que têm havido um fluxo quase constante de entradas de sudoeste, e as entradas de norte têm sido muito menos frequentes do que o habitual. Tudo isto têm resultado num inverno quase recorde na sua ausência de neve na Islândia.

Sigo com +4C e chuva forte hoje, após máxima de 0ºC durante a manhã. Mais uma frente que recusou trazer qualquer neve. E o Inverno continua assim, sem ser inverno.
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,049
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
Esta noite nevou abundantemente na região centro e leste do UK.

De manhã, no sat24, via-se bem essa cobertura de neve.

semttulo2twr.png


Durante a tarde de hoje, uma frente vai deixar bastante chuva na região, levando consigo toda a neve.
(Este tipo de coisas, como vemos, não acontecem só em Portugal :p)


------------------------

EDIT (17h30):

Imagem MODIS, dos satélites da NASA.

37971610151365624566306.jpg
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
André, e acontece na Islândia tb.

Ontem caiu um soberbo nevão/blizzard aqui, com -4ºC. Acumulou desde o zero até 30cm. Hoje entretanto passou a chuva durante a tarde, +2ºC, com a chegada da frente, embora só derreteu metade desta acumulação.

O bicho da tempestade tem agora 925mb!!!

Aqui na Islandia somente algum vento sustentado de 90km/h, rajadas um pouco superiores até aos 130km/h, e pressão a 967m.

Hoje houve alturas com visibilidade reduzida (blizzard), algo normal para o Inverno, mas que este ano ainda não tinha acontecido.
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
A depressão super-cavada Jolle já aqui chegou.

Afectou-nos ontem e hoje. Houve condições blizzard, blowing snow, sleet e neve intensa esta manhã, e rajadas violentas praticamente constantes.

O vento tem estado tempestuoso aqui, entre os 65 e 95km/h. A rajada máxima onde estou foi de 110km/h, e numa montanha próxima chegou aos 130km/h.

A rajada máxima no país, junto aos glaciares, foi confirmada em 159km/h. Muitas estações de montanha registaram rajadas nos 150km/h. Uma estação registou algumas rajadas acima dos 240km/h e até algumas rajada de 300km/h, mesmo no interior do glaciar, mas parece-me que sejam erros de leitura. Já a rajada de 159km/h é confirmada. O valor médio de vento nas montanhas têm sido de 90km/h, com quase todas as rajadas acima dos 120km/h. Junto à costa chegou a atingir um valor de vento sustentado de 118km/h esta madrugada, numa estação que em geral dá valores elevados mas de confiança (pois trata-se de um ds locais reconhecidos como dos mais ventosos do mundo).

A pressão atingiu um mínimo aqui de 955mb, mas já começou a subir.

A depressão deve ter atingido um mínimo de 925mb, mas esse valor não foi confirmado, que eu saiba.

hveradalir_1.jpg
 

ecobcg

Cumulonimbus
Registo
10 Abr 2008
Mensagens
4,862
Local
Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
Foi emitido um aviso (Torro Convective Discussion) para a possibilidade de tornados isolados, rajadas fortes, trovoadas fortes e granizo de 10-15mm de diâmetro, para a zona Norte da Irlanda e Ingaterra e Sul da Escócia.

TORRO CONVECTIVE DISCUSSION 2013/002

A TORRO CONVECTIVE DISCUSSION has been issued at 11:10GMT on Wednesday 30th January 2013

Valid from/until: 11:10 – 18:00GMT on Wednesday 30th January 2013 for the following regions of the United Kingdom & Eire:

Cent and N Eire

N Ireland

N England

IoM

S Scotland

THREATS

Isolated tornadoes; wind gusts to 60mph; occasional CG lightning; hail 10-15mm diameter

SYNOPSIS

Well mixed polar airmass is in place across the area. A short-wave trough is approaching causing forced lift for ascent. Scattered showers and a few thunderstorms are occurring and some are showing signs of organisation/possible low-topped supercell characteristics on radar across N England. The showers are more numerous across Eire and perhaps slightly less characteristic of supercells.

Isolated tornadoes are possible along with hail 10-15mm diameter. Some heavy hail is possible too, covering the ground in places. Gusts of 60mph are also possible along with CG lightning.

Forecaster: RPK

20berce.jpg


http://www.torro.org.uk/site/forecast.php
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Temperatura ontem nos -6ºC a -8ºC e céu pouco nublado, hoje entre -2ºC e 0ºC, mas céu mais nublado, ainda caiu um pequeno aguaceiro de neve.

Mas continuo sem grande neve no solo. Apenas neve 5cm nas encostas à sombra. O resto está de novo sem neve no solo, apenas solo congelado.

Amanhã, vêm novo gale. Depois vêm, parece, finalmente o frio.