Seguimento - Incêndios 2008

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por Mário Barros 17 Fev 2008 às 12:59.

  1. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,547
    Local:
    Olhão (24 m)
    Incêndio em Vale de Boi, Monchique, já está circunscrito

    O incêndio que deflagrou às 18h32 numa zona de matos em Vale de Boi, no sopé da Serra de Monchique, foi declarado circunscrito às 20h10, menos de duas horas depois do seu início.

    No local, ainda se mantêm os 58 homens das corporações de bombeiros de Monchique, Silves e Portimão, apoiados por 15 veículos, bem como os dois helicópteros e um helibombardeiro da AFOCELCA, embora com o cair da noite se preveja que os meios aéreos deixem de ser utilizados.

    No terreno, continua também uma equipa do Grupo de Intervenção Protecção e Socorro (GIPS), bem como quatro equipas da AFOCELCA.

    Neste momento, este é o único incêndio activo em todo o território nacional, de acordo com o site da Autoridade Nacional de Protecção Civil.



    Fonte: Barlavento Online
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,547
    Local:
    Olhão (24 m)
    Barranco da Vaca a arder

    Mais de uma centena de bombeiros combate um incêndio que deflagrou em Barranco da Vaca, Aljezur.

    Um incêndio na zona de Barranco da Vaca, Aljezur, está a ser combatido por 120 bombeiros mas não há casas em perigo, disse hoje fonte do Comando Distrital de Operação de Socorros (CDOS) de Faro.

    O fogo teve início cerca das 16h00 e no local estão elementos de 14 corporações, apoiadas por 23 veículos e quatro helicópteros, disse a mesma fonte.

    Segundo o CDOS, o fogo "ainda não está circunscrito", mas não coloca nenhuma casa em risco, ardendo apenas “mato, floresta e pinhal”.

    Várias corporações de bombeiros, GNR, Serviços Florestais, Protecção Civil (com três helicópteros) e um helicóptero da Afocelca (Agrupamento de Empresas Aliança Florestal) estão no local a combater o incêndio.


    Fonte: Observatório do Algarve
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,547
    Local:
    Olhão (24 m)
    Canadairs já chegaram a Aljezur, incêndio tem duas frentes a avançar para Sudoeste

    Os dois aerotanques pesados Canadair já estão a combater as chamas na zona de Aljezur, mas o vento está a dificultar o trabalho de todos os meios envolvidos. O barlavento.online apurou no local que já há duas frentes de fogo, uma a avançar em direcção a Bensafrim, outra para Alfambras.

    Abel Gomes, responsável pelo comando operacional, disse ao barlavento.online que o incêndio já está a ser combatido por 140 bombeiros, de onze corporações do Algarve e Baixo Alentejo.

    Também já está a caminho o Grupo de Reforço Incêndios Florestais de Évora e a Coluna Nacional de Intervenção Florestal de Lisboa.

    No terreno, há ainda equipas do GIPS da GNR, sapadores da AFOCELCA e ainda da Associação Terras do Infante.

    Além dos aviões-tanque, estão a combater as chamas também um helibombardeiro pesado Kamov, um helicóptero da AFOCELCA e dois outros helicópteros da Protecção Civil.

    Todo este reforço de meios no terreno destina-se a tentar conter o avanço das chamas, que já se dividem em duas frentes que caminham para Sudoeste, segundo Abel Gomes.

    Devido ao vento forte que sopra, o trabalho dos bombeiros e dos meios aéreos - que só poderão actuar até ao cair da noite - está a revelar-se extremamente difícil, como constatou o barlavento.online no local.

    «O vento bastante forte é neste momento a nossa principal complicação», admitiu Abel Gomes.

    A grossa coluna de fumo já está a tapar o sol nas zonas costeiras do concelho de Lagos, nomeadamente no Burgau.

    O fogo começou cerca das 16h17 num eucaliptal no Barranco da Vaca, Aljezur, junto à EN 120, tendo passado para o outro lado da via.

    Neste momento, segundo Abel Gomes, o fogo desenvolve-se em duas frentes, uma a leste daquela estrada, que avança em direcção ao Espinhaço de Cão e a Bensafrim, outra a oeste, mais junto ao mar, no Vale do Corvo, que caminha para a zona das Alfambras.

    De qualquer modo, apesar da gravidade da situação, Abel Gomes garantiu que «não há casas em perigo», e que o fogo até agora apenas devorou eucaliptal, pinhal e mato.

    Já estão igualmente em acção desde meio da tarde três máquinas de rastos da Câmara de Aljezur, na tentativa de abrir clareiras e aceiros e assim tentar travar o avanço das chamas.

    O 2º Comandante Distrital, bem como o próprio presidente da Câmara de Aljezur estão no local.

    Também foram mobilizadas equipas do Grupo de Análise e de Uso do Fogo, com peritos em contra-fogo, segundo o site da Autoridade Nacional de Protecção Civil.

    Fonte: Barlavento Online

    1ºGrande Incêndio de 2008 a atingir a Região do Algarve.:sad:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,556
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Aljezur, nem sempre pelo melhor motivo...

    Começou a arder a única parte do Parque da Costa Vicentina que tinha escapado até hoje aos incêndios no concelho de Aljezur.

    Está a arder parte da freguesia da Bordeira. :sad:

    [​IMG]


    Felizmente correu melhor do que em ocasiões anteriores. O problema parece estar a caminho da resolução
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #34 Agreste, 15 Ago 2008 às 01:23
    Última edição: 15 Ago 2008 às 10:10
  5. ALV72

    ALV72
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    27 Nov 2006
    Mensagens:
    235
    Local:
    Vila Nova de Poiares
    Á cerca de 1 Hora tirei esta foto do incêndio que lavra no Colmeal concelho de Góis , e pelo aspecto diria que os bombeiros vão ter trabalho para toda a noite.

    PS : Esta foto foi tirada a cerca de 15 KM em linha recta +-

    Joao Alvarinhas


    [​IMG]
     
  6. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Realmente pela fotografia tem mau aspecto. Estará próximo de localidades ?
    Vai dando notícias.
     
  7. Brigantia

    Brigantia
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    20 Jan 2007
    Mensagens:
    2,198
    Local:
    Norte de Portugal
    De facto isso não tem nada bom aspecto.

    Pelo menos hoje o vento parece estar calmo...
     
  8. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,076
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)

    Apenas para dizer que, devido a este incêndio Castelo Branco ontem desde as 19h00 até à meia-noite ficou envolto numa cortina de fumo, uma espécie de neblina que até irritava a vista! Não tinha mais visibilidade que 4km!!

    Lembro-me às 19h de ontem que vi os bombeiros sairem para o incêndio. Não sabia a localização, mas verifiquei que o vento soprava moderado de Noroeste pelo que o incendio deveria proceder da zona da Serra da Lousã dado que não se observava luminosidade!

    Mas graças ao testemunho do João Alvarinhas, fiquei a saber a sua localização no Colmeal, que fica próximo de Pampilhosa da Serra entre Coimbra e Oleiros (C.Branco). De manhã já não há vestígios de fumo pelo que deverá estar extinto ou a direcção do vento mudou.. Mas a manter-se a direcção do vento NO, o incêndio já estaria nesta hora no distrito de Castelo Branco lavrando a zona de Orvalho (Concelho de Oleiros).

    Ainda bem que os bombeiros o apagaram a tempo, não deve ter sido nada fácil dadas as condições do terreno e o vento que se fazia sentir!!
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. Brunomc

    Brunomc
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    7 Abr 2008
    Mensagens:
    1,975
    Local:
    Vendas Novas - Alto Alentejo (132m)
    Incêndio consome área de mato

    Um fogo no Sabugal, distrito da Guarda, está a esta hora a consumir uma área de mato.


    O incêndio tem duas frentes activas e está a ser combatido por 68 homens apoiados por um helibombardeiro, dois aerotanques e 17 viaturas.

    Fonte do Centro Distrital de Operações e Socorro (CDOS) da Guarda garante que "não há casas nem povoações em perigo".

    Em fase de rescaldo estão o incêndio de Armamar, em Viseu, e o do parque da Peneda do Gerês, em Viana do Castelo, que foi combatido com a ajuda de um helibombardeiro espanhol.

    Fonte RFM
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. I_Pereira

    I_Pereira
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    21 Abr 2007
    Mensagens:
    117
    Local:
    Aveiro
    Também tenho fotos do incêndio no Colmeal, mas tiradas mais do lado de Coja. Estive pouco mais de 1 hora a tirar fotos, dava para ver o Dromader a sair do aerodromo de Coja, os Canadair também a chegarem do lado da serra da Lousã e depois também o Kamov vindo de Santa Comba Dão. Uma amostra, tirada às 19:37:

    [​IMG]

    Ainda muitas fotos por editar tanto do incêndio como das nuvens de trovoada a formar-se no dia 28;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. Gilmet

    Gilmet
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    12 Dez 2007
    Mensagens:
    8,953
    Local:
    Mira-Sintra (188 m)
    O dia está fresco e ventoso, é certo, mas... de repente começo a ver uma pequena nuvem de fumo... com o passar do tempo, esta vai crescendo...

    Já se ouvem sirenes...

    [​IMG]

    [​IMG]

    Desconheço a localização ou a causa deste incêndio...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,116
    Local:
    Lisboa
    :scared:
    puxa:shocking:isso ja parecem pirocumulus:trovao:.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,599
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Fogo circunscrito em Vila Verde e extinto em Ponte da Barca

    Os bombeiros conseguiram circunscrever cerca das 05:00 de hoje o incêndio que tinha deflagrado pouco depois das 00:00 em Michões, concelho de Vila Verde, distrito de Braga, anunciou a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).
    No combate às chamas, em zona de mato num local de difícil acesso, estão envolvidos 19 bombeiros e quatro viaturas. De acordo com a ANPC o incêndio está a ser combatido por uma equipa do Grupo de Intervenção e Socorro da GNR e tinha sido pedida a presença de uma brigada do Grupo de Análise e Utilização do Fogo.
    Também cerca das 05:00 foi dado como extinto o incêndio em Lugar da Igreja, concelho de Ponte da Barca, distrito de Viana do Castelo, numa zona de mato. As chamas tinham irrompido pouco depois das 23:15 e estavam a ser combatidas por 23 bombeiros e oito viaturas. Às 03:50 o incêndio tinha entrado em fase de rescaldo e dado como extinto cerca de uma hora depois.

    © 2008 LUSA
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Incêndios: Dois fogos no distrito de Bragança, um no Parque Natural de Montesinho

    Dois incêndios deflagraram hoje em meia hora no distrito de Bragança, mobilizando mais de meia centena de bombeiros, três helicópteros e dois aviões, segundo informação disponibilizada pela Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).

    O primeiro fogo começou cerca das 11:30, na localidade de Aveleda, concelho de Bragança, na área do Parque Natural de Montesinho, e lavra actualmente em três frentes activas.

    Nas operações de combate participam 22 bombeiros, apoiados por cinco veículos e dois helicópteros espanhóis, indica a ANPC na sua página na Internet.

    Mobilizado para o combate às chamas foi também um helicóptero bombardeiro pesado KAMOV.

    O segundo incêndio começou às 12:00, na localidade de Felgueiras, concelho de Torre de Moncorvo, estando envolvidos no seu combate 46 bombeiros e 10 veículos.

    O fogo que lavra em mato tem duas frentes activas, tendo uma circunscrita e outra por cirscunscrever.

    Para o combate a este incêndio foram mobilizados ainda dois aviões bombardeiros pesados CANADAIR, segundo a ANPC.

    In:Lusa

    Claro, claro nesta altura do ano é normalissimo :angry::angry:
     
  15. Brunomc

    Brunomc
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    7 Abr 2008
    Mensagens:
    1,975
    Local:
    Vendas Novas - Alto Alentejo (132m)
    Guarda: Mais de 50 bombeiros combatem incêndio florestal há três horas


    Lisboa 26 Nov (Lusa) - Mais de cinquenta bombeiros de Trancoso, de outros regimentos próximos e duas equipas dos Bombeiros da Guarda combatem há três horas um incêndio florestal que deflagrou hoje em Venda do Cepo, Distrito da Guarda.

    Segundo a Autoridade Nacional de Protecção Civil o incêndio começou às 17:40 e o Centro de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda ainda não consegue prever "quando é que as chamas vão estar controladas".

    Em declarações à Agência Lusa, fonte do CDOS da Guarda disse que os bombeiros procuram "mobilizar mais elementos de outros regimentos próximos" na tentativa de acelerar o combate ao fogo.

    Os bombeiros do Trancoso ainda não conseguem prever a área ardida até ao momento, contudo, fonte da corporação afirmou que "não existem habitações em perigo".

    Fonte : Agência Lusa
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página