Seguimento - Incêndios 2017

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por bigfire 17 Jan 2017 às 18:18.

  1. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,750
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    menos bombeiros,
    menos aviões,
    menos pirotecnia de verão.

    já se percebeu que se um dia mau nos calhar fora da fase crítica, não há sistema.

    mais engenharia florestal.
    mais meteorologia do fogo.
    mais associativismo de proprietários.

    se o espaço rural é uma selva, então é preciso destruir a selva.
    façam-se queimadas controladas, destrua-se o combustível acumulado.

    acabar com o dogma da propriedade privada. Terras não cadastradas são terras abandonadas.

    e da propriedade privada que restar, combater a propriedade privada infinitesimal.
    Forçar os proprietários a associarem-se criando condomínios rurais de dimensão economicamente útil.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    joselamego e joralentejano gostaram disto.
  2. Lousano

    Lousano
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    12 Out 2008
    Mensagens:
    3,635
    Local:
    Lousã/Casais do Baleal
    Ninguém aqui parece compreeder, ou manifesta o problema real dos incêndios.

    O principal problema dos incêndios é a comunicação social, conseguiu multiplicar os incendiários. Têm de ter atenção ao perfil do incêndiario, está identificado e será impossível de o monotorizar. Apenas poderá se menorizar os danos se os incendiários identificados permanecerem presos ou confinados nos 6 meses mais secos.

    O segundo problema é a parcialização dos terrenos. Neste momento em grande parte do país existe uma divisão de terrenos absurda que leva a que grande parte dos proprietários não dêem importância aos mesmos, deixando-os ao abandono ou plantando em locais férteis árvores de corte.

    O terceiro problema é a desertificação do interior, retirada das árvores autóctones, que leva aos factores referidos no segundo problema.

    A partir daqui existe então os problemas das secas, protecção civil, etc.

    Nota: Num incêndio este ano em que me encontrava no concelho de Arganil (Seladas das Eiras), referi que aquele local nao iria ser destruído. E não foi, a barreira de carvalhos, e alguma limpeza do local (um local com carvalhos ou castanheiros nao carece de muita manutenção) proporcionou a quebra das chamas no local. O problema é que ladearam aquela mata.
     
    luismeteo3, criz0r e joselamego gostaram disto.
  3. criz0r

    criz0r
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    11 Abr 2008
    Mensagens:
    4,357
    Local:
    C.Piedade/Belver/Porto
    O mais triste no meio disto tudo, é que faça-se o que fizer há-de existir sempre uma ave rara a criticar. Ou é porque houve descoordenação (E houve muita), ou é porque as medidas tomadas pelo Governo não prestam. É lamentável que continuem a existir aqui membros do Fórum que sistematicamente levam o tópico para a Politiquice mesquinha.
    Com este tipo de Portugueses a coisa não vai lá.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3 e joselamego gostaram disto.
  4. Lousano

    Lousano
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    12 Out 2008
    Mensagens:
    3,635
    Local:
    Lousã/Casais do Baleal
    Eu não estou a desculpar nada.

    Eu até penso que não iria fazer qualquer diferença, mas no dia 1 Outubro fazer o que se faz num ano normal, sabendo que era o ano com mais problemas de seca desde 2005 e que o calor permanecia, reduzir meios por fim de época, isso é negligência pura.

    Em relação ao SIRESP, foi testado finalmente ( Em Pedrogão e Góis falhou, neste último incêndio nem existiu), algo que deveriam ter feito na adjudicação. Foi visto o valor do mesmo = 0 ( Como diferenciação, recentemente nos EUA foram colocados muros teste na fronteira com o México para serem avaliados, apenas depois da avaliação será adjudicado).
     
    luismeteo3, rick80 e joselamego gostaram disto.
  5. criz0r

    criz0r
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    11 Abr 2008
    Mensagens:
    4,357
    Local:
    C.Piedade/Belver/Porto
    @Lousano tranquilo, até porque concordo com muita coisa no teu post anterior. O comentário que fiz não foi individual.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    joselamego e luismeteo3 gostaram disto.
  6. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    17,112
    Local:
    Fatima (320m)
    Incêndios. Força Aérea diz que vai corresponder a tarefas e missões que forem atribuídas
    22 out 2017 11:27

    A Força Aérea afirma que irá corresponder às tarefas e missões que lhe forem atribuídas na gestão e operação dos meios aéreos de combate aos incêndios, embora ainda desconheça a forma de operacionalizar esta medida.

    “A Força Aérea irá corresponder a todas as missões e tarefas que lhe forem atribuídas”, declarou à agência Lusa o porta-voz da Força Aérea, Manuel Costa, num comentário à decisão tomada no sábado em Conselho de Ministros de que a Força Aérea “ficará com a gestão e operação dos meios aéreos de combate aos incêndios florestais".

    O porta-voz lembrou que ainda é desconhecida a forma como esta intenção ou medida vai ser operacionalizada, justificando assim não ter comentários adicionais a fazer.

    O primeiro-ministro anunciou no sábado que, na prevenção e combate a incêndios, as Forças Armadas vão ter um papel reforçado no apoio de emergência, ao nível do patrulhamento, e caberá à Força Aérea a gestão e operação dos meios aéreos.

    António Costa apontou estas medidas no final da reunião extraordinária do Conselho de Ministros, em São Bento, que durou mais de 11 horas, tendo ao seu lado o titular da pasta da Defesa Nacional, Azeredo Lopes.

    Segundo o primeiro-ministro, haverá "um papel alargado" das Forças Armadas no que concerne "ao apoio militar de emergência ao nível do patrulhamento, nas ações de rescaldo, na parte logística, no auxílio junto das populações e, ainda, no que respeita às capacidades no apoio ao processo de decisão".

    A gestão e operação, por parte da Força Aérea, abrangerá os meios próprios de que este ramo das Forças Armadas venha a dispor, mas, igualmente, "a gestão dos meios próprios do Estado e a gestão dos contratos de meios aéreos de combate aos incêndios", acrescentou o líder do executivo.
    http://24.sapo.pt/atualidade/artigo...nder-a-tarefas-e-missoes-que-forem-atribuidas
     
    joselamego gostou disto.
  7. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    5,184
    Local:
    Loures
    Antes de 17/06/2017 -> Antes de 15/10/2017 -> Actualmente

    [​IMG]
     
  8. guisilva5000

    guisilva5000
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2014
    Mensagens:
    4,843
    Local:
    Estocolmo, Suécia
    Aquele corredor SW-NE no centro do país mete respeito... nem se distingue os incêndios.
     
    luismeteo3 gostou disto.
  9. robinetinidol

    robinetinidol
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    30 Jun 2015
    Mensagens:
    601
    Local:
    Fátima / Coimbra
    IF Sao Pedro de Moel, 52/15/ 1 meio aéreo
     
  10. robinetinidol

    robinetinidol
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    30 Jun 2015
    Mensagens:
    601
    Local:
    Fátima / Coimbra
    SIC Notícias: IF Pinhal de Leiria, e pegou com força..
     
  11. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    17,112
    Local:
    Fatima (320m)
    Mas é o mesmo IF?
     
  12. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    17,112
    Local:
    Fatima (320m)
    IF em Chancelaria, Torres Novas e em Vinhais,Bragança.
     
    Pedro1993 gostou disto.
  13. robinetinidol

    robinetinidol
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    30 Jun 2015
    Mensagens:
    601
    Local:
    Fátima / Coimbra
    isso não sei
     
  14. jonas

    jonas
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jul 2015
    Mensagens:
    2,122
    Local:
    paredes (200 m) Mouriz (202 m) Bitarães (185 m)
    Dominado.:)
     
    luismeteo3 e joselamego gostaram disto.
  15. SpiderVV

    SpiderVV
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2010
    Mensagens:
    7,576
    Local:
    Portalegre (400m) / Lisboa (60m)
    IF Pinhal de Leiria/S. Pedro Moel dominado.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3 e joselamego gostaram disto.

Partilhar esta Página