Seguimento - Incêndios 2018

Paulo H

Cumulonimbus
Registo
2 Jan 2008
Mensagens
3,171
Local
Castelo Branco 386m(489/366m)
https://www.bps.pt/2018/08/05/opiniao-os-fogos-a-lei-e-a-economia/

Ou este gajo é doido varrido ou metade dos colegas deste forum que aqui postam, estão redondamente enganados...
Quem tera razao?
O homem tem razão! So quando for rentável a pastorícia generalizada e a resinagem voltar (pinheiros com 15cm de espessura, mais ou menos) e a bom preço, se resolve o problema. Adicionalmente, apostar na cortiça, na castanha e madeira de carvalho. Quando será isto possível e lucravel? Provavelmente, nunca..
 

Hawk

Cumulonimbus
Registo
26 Nov 2006
Mensagens
2,077
Local
Funchal
Talvez seja possível que nestes momentos as prioridades das autoridades estejam no terreno, deixando para segundo plano as informações no site, que são sobretudo usadas por curiosos como nós.

Ou será que acham que as pessoas que têem o fogo à porta andam a navegar na net para ver onde é ou não seguro estar? É óbvio que era melhor que estes erros não ocorressem, mas extrapolar que essas gafes são um indicador de incompetência e falta de profissionalismo por parte das autoridades, não tem outra leitura, a não ser a de que se procura um "aproveitamento politico" destas tragédias, até mesmo por parte de alguns users deste forum. E isso, acredite-se ou não, também é triste...

Vai ser o meu último post em relação a esta questão.

Como dito por outros users, este bug não apareceu ontem. É recorrente.

O site da PROCIV não é para curiosos. É uma fonte oficial de informação para o público em geral. É a ferramenta que a comunicacao social usa para divulgacao ao publico. Tal como é o IPMA. Se uma região do país tivesse em aviso vermelho por precipitação e de repente passasse a verde e toda a gente dissesse que já não havia risco só por causs de um bug isso não era criticável?

Eu podia perfeitamente telefonar a familiares meus hospedados num alojamento rural em Monchique a informar "acabei de ver nas notícias que já está comtrolado". E eles até podiam assumir uma posição menos segura com essa informacão. Tudo por causa de um bug.

Quanto ao aproveitamento político, não me lixem. Não foi o público em geral que nomeou os comandantes operacionais por via da militância política em vez da competência. E vêm acusar o público em geral de aproveitamento? Grande lata..
 

Ricardo Carvalho

Cumulonimbus
Registo
23 Jul 2015
Mensagens
2,970
Local
Azeitão/Sesimbra
Liguei agora para um restaurante que almocei em Junho na Aldeia da Fóia, e disseram.me que a situação agravou.se muito na última meia hora! Incêndio bastante ativo na encosta norte da Fóia! Um abraço de força para todo o staff deste belíssimo restaurante "O Luar da Fóia" que nos faz sentir em casa ,e que tem esta vista maravilhosa (por enquanto) :facepalm:

3eecc72b29b7c3f2df231e5fd633202f.jpg
 

weatherbox

Cumulus
Registo
31 Out 2016
Mensagens
117
Local
Ibéria
Não resisto desculpem mas tem que ser

Umas pessoas aqui como o cris e luismeteo tem claro viés pro-governo pelo que se lia aqui o ano passado, estão no seu direito, todos temos mas também têm que ter estomago para aguentar criticas.

E falar de ignorância dos outros é espantoso pois o ano passado alguns perpetuavam os mitos sobre incêndios e achincalhavam participações como a do @AJB que deve ser das pessoas por aqui com mais conhecimento cientifico sobre comportamento de fogo. O ano passado dei-me ao trabalho de ler toda as mensagens dele no forum dos últimos anos e aprendi imenso.

Ah, e ao ler uma resposta de ontem fico a pensar que os eucaliptos e os terroristas foram tirar uns dias de férias na Suécia e voltaram agora.
Tentemos ser independentes

Há muito que funciona mal mas também há que ver as coisas que melhoraram e dessas ninguém fala, no news = good news

- com uma onda de calor recordista quase todos os incêndios foram combatidos de forma bastante rápida nos últimos dias, de manhã quando acordei havia apenas um incêndio activo o que para Agosto na ressaca duma onda de calor é notável. Parabéns.

- Outras medidas como a limpeza do perimetro das habitações são positivas apesar de algumas falhas nada é perfeito, pela primeira vez na vida vi este ano a limparem-me terrenos perto da minha casa, um deles de um autarca que por várias vezes tinha que ser eu a dizer-lhe para cortar as silvas de 2 metros, muitos anos antes da tragédia do ano passado.

- O aldeia segura também é uma boa iniciativa, com muitissimo muitissimo mais para fazer a nível de auto-protecção com muito maior dedicação das autarquias, mas há que começar por algum lado e não deixar esquecer a tragédia do ano passado.

- Monchique, viram imagens? Incêndios em vales aonde os meios aereos tinham que largar água demasiado alto e evaporava tudo, vales com caminhos de carros de bois aonde é arriscado andar com um pequeno tractor quanto mais uma viatura média ou pesada de bombeiros.

Há muita incúria nos poderes locais, uma floresta destas desordenada arde em média de 14 em 14 anos se não estou em erro, tem que ter rasgados outros caminhos em pontos estratégicos com faixas largas aonde seja seguro esperar por uma frente.

Essas zonas depois no desenrolar dum incêndio podem ainda ser mais alargadas com máquinas de arrasto e corte de arvores de forma preventiva antes da chegada da frente. Este incêndio teve excelentes condições de vento fraco durante as madrugadas mas locais para o combater não havia.


Prioridade são as vidas, depois as habitações, só depois a floresta. Ter esperança que não haja perca de vidas, só no final se pode fazer o balanço sobre a protecção civil e/ou governo. Tentemos ser independentes, sempre com direito a fazer criticas.
 
Última edição:

weatherbox

Cumulus
Registo
31 Out 2016
Mensagens
117
Local
Ibéria
Ditas coisas positivas, querem um exemplo muito errado de hoje mesmo?

Por exemplo esta informação é tão tão mas tão errada mas tão errada, uma desgraça:

Incêndio de Monchique com 95% do perímetro dominado
6 ago 2018 13:33
O fogo rural que deflagrou em Monchique na sexta-feira já consumiu entre 15.000 e 20.000 hectares, mas já foi considerado dominado em 95% do seu perímetro, informou hoje o presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil de Faro.
... https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/incendio-de-monchique-com-95-do-perimetro-dominado

O perimetro está controlado depois de mais uma madrugada sem vento como foram as últimas, agora o vento intensifica-se e o incêndio descontrola-se novamente.

Porque é errado?
Porque quem leu pode pensar que as coisas está tudo sob controlo e pode baixar a guarda. Um perigo.!!
 

SpiderVV

Staff
Registo
26 Ago 2010
Mensagens
8,350
Local
Portalegre (400m)
Ditas coisas positivas, querem um exemplo muito errado de hoje mesmo?

Por exemplo esta informação é tão tão mas tão errada mas tão errada, uma desgraça:



O perimetro está controlado depois de mais uma madrugada sem vento como foram as últimas, agora o vento intensifica-se e o incêndio descontrola-se novamente.

Porque é errado?
Porque quem leu pode pensar que as coisas está tudo sob controlo e pode baixar a guarda. Um perigo.!!
Mas isso não depende mais dos órgãos noticiosos do que outra coisa? Os que estão a olhar para o site da ANPC em permanência quando não conseguem obter informação dita pessoalmente? O mesmo site que prontamente mudou o ponto de situação para a existência de reacendimentos devido ao vento forte?
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

bandevelugo

Cumulus
Registo
3 Jan 2008
Mensagens
319
Local
Lisboa
Não resisto desculpem mas tem que ser

Umas pessoas aqui como o cris e luismeteo tem claro viés pro-governo pelo que se lia aqui o ano passado, estão no seu direito, todos temos mas também têm que ter estomago para aguentar criticas.

E falar de ignorância dos outros é espantoso pois o ano passado alguns perpetuavam os mitos sobre incêndios e achincalhavam participações como a do @AJB que deve ser das pessoas por aqui com mais conhecimento cientifico sobre comportamento de fogo. O ano passado dei-me ao trabalho de ler toda as mensagens dele no forum dos últimos anos e aprendi imenso.

Ah, e ao ler uma resposta de ontem fico a pensar que os eucaliptos e os terroristas foram tirar uns dias de férias na Suécia e voltaram agora.
Tentemos ser independentes

Há muito que funciona mal mas também há que ver as coisas que melhoraram e dessas ninguém fala, no news = good news

- com uma onda de calor recordista quase todos os incêndios foram combatidos de forma bastante rápida nos últimos dias, de manhã quando acordei havia apenas um incêndio activo o que para Agosto na ressaca duma onda de calor é notável. Parabéns.

- Outras medidas como a limpeza do perimetro das habitações são positivas apesar de algumas falhas nada é perfeito, pela primeira vez na vida vi este ano a limparem-me terrenos perto da minha casa, um deles de um autarca que por várias vezes tinha que ser eu a dizer-lhe para cortar as silvas de 2 metros, muitos anos antes da tragédia do ano passado.

- O aldeia segura também é uma boa iniciativa, com muitissimo muitissimo mais para fazer a nível de auto-protecção com muito maior dedicação das autarquias, mas há que começar por algum lado e não deixar esquecer a tragédia do ano passado.

- Monchique, viram imagens? Incêndios em vales aonde os meios aereos tinham que largar água demasiado alto e evaporava tudo, vales com caminhos de carros de bois aonde é arriscado andar com um pequeno tractor quanto mais uma viatura média ou pesada de bombeiros.

Há muita incúria nos poderes locais, uma floresta destas desordenada arde em média de 14 em 14 anos se não estou em erro, tem que ter rasgados outros caminhos em pontos estratégicos com faixas largas aonde seja seguro esperar por uma frente.

Essas zonas depois no desenrolar dum incêndio podem ainda ser mais alargadas com máquinas de arrasto e corte de arvores de forma preventiva antes da chegada da frente. Este incêndio teve excelentes condições de vento fraco durante as madrugadas mas locais para o combater não havia.


Prioridade são as vidas, depois as habitações, só depois a floresta. Ter esperança que não haja perca de vidas, só no final se pode fazer o balanço sobre a protecção civil e/ou governo. Tentemos ser independentes, sempre com direito a fazer criticas.


Concordo plenamente.

A propósito de declarações (despropositadas) feitas pelo comandante da PC há umas semanas atrás comentei precisamente isto:
https://www.meteopt.com/forum/topico/seguimento-incendios-2018.9669/pagina-19#post-681593

"Prognósticos só no fim do jogo" era uma máxima que deveria estar na 1.ª página do manual de formação de quem trabalha ou comenta as matérias relacionadas com os fogos em cada verão, para não se cair no ridículo.
 
  • Gosto
Reactions: MSantos

luismeteo3

Furacão
Registo
14 Dez 2015
Mensagens
17,112
Local
Fatima (320m)
Não resisto desculpem mas tem que ser

Umas pessoas aqui como o cris e luismeteo tem claro viés pro-governo pelo que se lia aqui o ano passado, estão no seu direito, todos temos mas também têm que ter estomago para aguentar criticas.

E falar de ignorância dos outros é espantoso pois o ano passado alguns perpetuavam os mitos sobre incêndios e achincalhavam participações como a do @AJB que deve ser das pessoas por aqui com mais conhecimento cientifico sobre comportamento de fogo. O ano passado dei-me ao trabalho de ler toda as mensagens dele no forum dos últimos anos e aprendi imenso.

Ah, e ao ler uma resposta de ontem fico a pensar que os eucaliptos e os terroristas foram tirar uns dias de férias na Suécia e voltaram agora.
Tentemos ser independentes

Há muito que funciona mal mas também há que ver as coisas que melhoraram e dessas ninguém fala, no news = good news

- com uma onda de calor recordista quase todos os incêndios foram combatidos de forma bastante rápida nos últimos dias, de manhã quando acordei havia apenas um incêndio activo o que para Agosto na ressaca duma onda de calor é notável. Parabéns.

- Outras medidas como a limpeza do perimetro das habitações são positivas apesar de algumas falhas nada é perfeito, pela primeira vez na vida vi este ano a limparem-me terrenos perto da minha casa, um deles de um autarca que por várias vezes tinha que ser eu a dizer-lhe para cortar as silvas de 2 metros, muitos anos antes da tragédia do ano passado.

- O aldeia segura também é uma boa iniciativa, com muitissimo muitissimo mais para fazer a nível de auto-protecção com muito maior dedicação das autarquias, mas há que começar por algum lado e não deixar esquecer a tragédia do ano passado.

- Monchique, viram imagens? Incêndios em vales aonde os meios aereos tinham que largar água demasiado alto e evaporava tudo, vales com caminhos de carros de bois aonde é arriscado andar com um pequeno tractor quanto mais uma viatura média ou pesada de bombeiros.

Há muita incúria nos poderes locais, uma floresta destas desordenada arde em média de 14 em 14 anos se não estou em erro, tem que ter rasgados outros caminhos em pontos estratégicos com faixas largas aonde seja seguro esperar por uma frente.

Essas zonas depois no desenrolar dum incêndio podem ainda ser mais alargadas com máquinas de arrasto e corte de arvores de forma preventiva antes da chegada da frente. Este incêndio teve excelentes condições de vento fraco durante as madrugadas mas locais para o combater não havia.


Prioridade são as vidas, depois as habitações, só depois a floresta. Ter esperança que não haja perca de vidas, só no final se pode fazer o balanço sobre a protecção civil e/ou governo. Tentemos ser independentes, sempre com direito a fazer criticas.
Caro amigo eu nesta área não tenho partido ou governo. No ano passado vi incúria e total confusão, mas este ano vejo que as coisas já começaram a mudar como tinha de acontecer. Vejo mais coordenação e outra postura. Vejo o ataque inicial a ser diferente. Se é pouco não sei, os técnicos que digam. De resto o mérito do que correr bem não é do governo, é das forças no terreno que estão a dar o litro!
 
  • Gosto
Reactions: joselamego