Seguimento - Incêndios 2018

luismeteo3

Furacão
Registo
14 Dez 2015
Mensagens
17,112
Local
Fatima (320m)
Menos Luís, desculpa mas diz.me uma única parte do meu post em que eu tenha dito mal de alguém?! Para mim isso não é conversa, porque não faço parte do deporto nacional a que te referes!:buh:
Tenho amigos bombeiros próximos, respeito muita a sua profissão e conheço bem a realidade dos mesmos, acredita! Aquilo a que eu me referi é evidente para qualquer pessoa, o factor meteorológico pesa ,e que maneira para a evolução, ou não dos IF em qualquer parte do mundo! Básico...Estarmos a comparar este ano , com igual período do ano passado , é a mesma coisa que estarmos a comparar o dia com a noite! O ano passado infelizmente tudo correu mal, e não vale pena escamotear mais o assunto, tanto que já foi dito! Se existe um ponto forte , e bastante melhorado, ano após ano desde 2003 no DECIR, antes designado como DECIF é o ataque inicial, em contraste com o ataque ampliado que é o tendão de aquiles do dispositivo! E não vou falar do rescaldo, os números de ignições por vezes são tantos, que é impossível fazê.los da melhor forma! :facepalm: Mas olha que existe muita controvérsia acerca dos mesmos! Não estou a dizer mal de ninguém, estou apenas a constatar factos , e basta falares com alguém que ande terreno, mas penso que se aprendeu muita coisa o ano passado da parte de quem coordena, mal de nós se assim também não fosse com tudo o que aconteceu;)
Essa parte do dizer mal até nem era contigo... Eu só referi o facto de constatar que o ataque inicial está melhor bem como a vigilância. E não é uma questão de opinião. Dei exemplos na minha área que constatei. Aqui os carros da protecção civil andam sempre a correr as estradas da serra e do concelho... o que vejo é que as ignições não duram muito e são logo atacadas, mesmo nos dias que foram mais quentes... será que estou a dizer algum disparate? Faz-me confusão tratar-se mal os bombeiros, revolta-me!
 


Ricardo Carvalho

Cumulonimbus
Registo
23 Jul 2015
Mensagens
3,056
Local
Azeitão/Sesimbra
Essa parte do dizer mal até nem era contigo... Eu só referi o facto de constatar que o ataque inicial está melhor bem como a vigilância. E não é uma questão de opinião. Dei exemplos na minha área que constatei. Aqui os carros da protecção civil andam sempre a correr as estradas da serra e do concelho... o que vejo é que as ignições não duram muito e são logo atacadas, mesmo nos dias que foram mais quentes... será que estou a dizer algum disparate? Faz-me confusão tratar-se mal os bombeiros, revolta-me!

Mas o ataque inicial do DECIR é muito bom Luís! A grande falha do mesmo está ligada a Pedrogão, mas ai quem mandava não deixou que o tivesse sido, infelizmente para toda a gente! A vigilância depois do que aconteceu a 15 de Outubro teria também ela que ser melhorada! Tens registo de quantos dias já tiveste acima dos 30ºc em Julho?! Provavelmente nenhum, a HR sobe aos 80, 90% quase todas as noites , isso faz toda a diferença! Acredita que sim;) Nunca vi um comentário da parte de ninguém contra os bombeiros, esse coitados é que levam sempre com os embrulhos todos! é indigno o que fazem com eles! :facepalm: Agora já vi pessoas a constarem factos , isso já.
:cheers:
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: MSantos

vitamos

Staff
Registo
11 Dez 2007
Mensagens
5,454
Local
Estarreja
Essa parte do dizer mal até nem era contigo... Eu só referi o facto de constatar que o ataque inicial está melhor bem como a vigilância. E não é uma questão de opinião. Dei exemplos na minha área que constatei. Aqui os carros da protecção civil andam sempre a correr as estradas da serra e do concelho... o que vejo é que as ignições não duram muito e são logo atacadas, mesmo nos dias que foram mais quentes... será que estou a dizer algum disparate? Faz-me confusão tratar-se mal os bombeiros, revolta-me!

Eu seria incapaz de falar mal dos bombeiros e digo, igualmente, que o facto de não haver mais incendios de grande dimensao este ano não tem nada a ver com o ataque inicial. Mais seria um insulto para os bombeiros dizer que as centenas de incêndios extintos rapidamente em anos anteriores adversos foram irrelevantes.E foram milhares os incêndios extintos muito rapidamente.
Já não é a primeira vez que deturpas o que os outros dizem, sempre pelos mesmos motivos: serem contra aquilo que tu pensas do ponto de vista ideológico.
 

luismeteo3

Furacão
Registo
14 Dez 2015
Mensagens
17,112
Local
Fatima (320m)
Eu seria incapaz de falar mal dos bombeiros e digo, igualmente, que o facto de não haver mais incendios de grande dimensao este ano não tem nada a ver com o ataque inicial. Mais seria um insulto para os bombeiros dizer que as centenas de incêndios extintos rapidamente em anos anteriores adversos foram irrelevantes.E foram milhares os incêndios extintos muito rapidamente.
Já não é a primeira vez que deturpas o que os outros dizem, sempre pelos mesmos motivos: serem contra aquilo que tu pensas do ponto de vista ideológico.
Ideológico??? Eu só falei em bombeiros e que para mim o ataque inicial está a correr melhor este ano (podem concordar ou não mas é o que eu vejo), mas é trabalho deles! E para que conste nunca falei em governo nenhum, mas já agora para mim até se tem portado mal porque exige aos outros o que não faz! Mas por favor, dizeres que estou a levar a conversa para questões ideológicas é extremamente injusto!
 

MSantos

Staff
Registo
3 Out 2007
Mensagens
9,892
Local
Azambuja / Rio Maior
Essa parte do dizer mal até nem era contigo... Eu só referi o facto de constatar que o ataque inicial está melhor bem como a vigilância. E não é uma questão de opinião. Dei exemplos na minha área que constatei. Aqui os carros da protecção civil andam sempre a correr as estradas da serra e do concelho... o que vejo é que as ignições não duram muito e são logo atacadas, mesmo nos dias que foram mais quentes... será que estou a dizer algum disparate? Faz-me confusão tratar-se mal os bombeiros, revolta-me!

Tive o cuidado de ir reler os posts e não vi ninguém a falar mal ou tratar mal bombeiros nenhuns, confesso que não percebo o teu "nervosismo"...

É sabido que como referiu o @Ricardo Carvalho que o problema em Portugal não está no ataque inicial que chega a extinguir perto 99% dos fogos, o problema é que os pouco mais de 1% que escapam, resultam em perto de 90% da área ardida.
 
  • Gosto
Reactions: Ricardo Carvalho

bandevelugo

Cumulus
Registo
3 Jan 2008
Mensagens
319
Local
Lisboa
Esta troca de opiniões parecem-me ter origem em declarações recentes de funcionários da proteção civil de que não arde porque "o 'sistema' está muito melhor em 2018".

Em minha opinião, estes responsáveis (?) só deveriam "fazer prognósticos" no fim do jogo: quantas dúzias de vezes, em anos anteriores, já não vimos responsáveis políticos e etc. fazerem afirmações de que "tudo está bem e melhorou face aos anos anteriores" só para serem desmentidos nas semanas seguintes pela dura realidade dos incêndios???

Há quantos anos isto se repete? Por que é que não se limitam a "avaliar o sistema" no fim do ano, como qualquer pessoa sensata e prudente?

Pior do que isto, é ninguém perceber que o sucesso a apagar fogos só está a ajudar a acumulação de lenhas e combustíveis por todo o lado, porque o ritmo a que se tiram esses combustíveis é muito inferior ao da acumulação.

Portanto o pretenso sucesso da proteção civil, bombeiros, etc. em 2018, na ausência do que deveria ser feito ao mesmo tempo na gestão das matas e matos é, simplesmente, a nossa desgraça nos próximos anos.

Mas o dinheiro tem que ir sempre para os sítios certos. E não chega para tudo.
 

Duarte Sousa

Staff
Registo
8 Mar 2011
Mensagens
6,243
Local
Loures
2 IFs aqui na zona, distando 2km um do outro e 20 minutos entre o início de uma ocorrência e da outra :hmm:

38 operacionais, 10 viaturas e 1 MA no total das duas ocorrências, uma delas já resolvidas e a outra deve estar para breve. Apesar de haver informação de 1 MA, não o vi.
 

Ricardo Carvalho

Cumulonimbus
Registo
23 Jul 2015
Mensagens
3,056
Local
Azeitão/Sesimbra

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
20,288
Local
Açores
Outras realidades:

20,000

MSB says the wildfires cover a total area of over 20,000 hectares. This is already a bigger area than that affected by the 2014 forest fire in Västmanland, which at the time was the country's largest forest fire in several decades.

600 million

The Swedish Forestry Agency has estimated that 600 million kronor worth of damage has been caused to woodland by the fires, with around 2 million square metres of forest destroyed.

-> https://www.thelocal.se/20180720/swedens-wildfires-in-numbers-facts-firefighters & https://www.thelocal.se/20180720/some-sweden-wildfires-impossible-to-extinguish

---

Sweden's wildfires halved overnight and rain might be on the way

OJPPNXi.png