Seguimento Meteorológico Livre 2016

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por actioman 5 Jan 2016 às 13:08.

Estado do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. raposo_744

    raposo_744
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    14 Out 2008
    Mensagens:
    410
    Local:
    venda nova ( Amadora )
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. The Weatherman

    The Weatherman
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    10 Fev 2009
    Mensagens:
    440
    Local:
    Braga
    Manuel Coelho faz previsão para Março tirando a roupa como sinal de protesto contra o AA e o calor que aí vem
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. james

    james
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2011
    Mensagens:
    4,541
    Local:
    Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)

    O calor que aí vem? Onde?
     
    dopedagain gostou disto.
  4. The Weatherman

    The Weatherman
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    10 Fev 2009
    Mensagens:
    440
    Local:
    Braga
    A questão não será onde mas quando. Todos sabemos que o segundo painel do GFS não é mais que futurologia mas o Manuel Coelho não sabe.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. james

    james
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2011
    Mensagens:
    4,541
    Local:
    Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)
    Para já, vejo um pouco mais de frio para os próximos dias.
    Depois, em principio, teremos AA, que é normal. Vamos entrar na transição inverno / Primavera. As temperaturas máximas terão um bom esticão e a amplitude térmica será bastante acentuada.

    Mais tarde, aparecerão períodos de instabilidade e a temperatura baixa de novo.

    Esta é a situação típica na primavera cá no Norte. Ainda vai chover muito até ao Verão e aparecerão novos períodos de temperaturas mais baixas ( e se calhar até mais frio que em janeiro, onde as temperaturas foram quase amenas) .
    Isto, evidentemente, em condições normais.

    O calor há - de aparecer lá para o verão. Ou até antes. No ano passado , o " Verão " " decorreu " em maio e Junho.
     
    TekClub gostou disto.
  6. miguel

    miguel
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    4 Fev 2006
    Mensagens:
    13,487
    Local:
    Setúbal
    Eu vejo é o calor a vir em força a partir do dia 10 e para ficar pelo menos uns 6 dias no mínimo... ai vem as primeiras máximas acima dos 25ºC...chuvas de jeito nem as vejo tão cedo infelizmente! espero que este calor nos traga alegrias tormentosas que é o tempo que interessa...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Topê

    Topê
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    4 Dez 2015
    Mensagens:
    920
    Local:
    Negrais
    Bem já estamos no inicio de Março é natural que comecem aparecer os primeiros sinais de primavera.
    Vimos num período prolongado instável, o mês de Fevereiro terá temperaturas abaixo da média, o cenário de seca desapareceu no nosso territorio. Agora é natural que venham ai dias mais amenos e estáveis.
    Do que vejo nos modelos e por o que vejo na atmosfera não vejo ainda condições para periodos prolongados de estabilidade anticiclonicos, teremos uns dias amenos temperaturas um pouco acima dos 20º graus, mas não se deslumbra dias consecutivos com temperaturas altas, nem dois ou três dias de temperaturas amenas possam traduzir-se num padrão mensal, e a médio e longo prazo aposto no regresso da instabilidade, porquê? Não vejo a atmosfera suficientemente estável para períodos prolongados de temperaturas altas.
    Portanto acho que a prudência deve ser o mote, para este período de mudança de estação.
    Já vi cenários para o mês de Março bem mais quentes e secos que este que estamos a verificar agora.
     
    Tiagolco e TekClub gostaram disto.
  8. Tiagolco

    Tiagolco
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Jul 2015
    Mensagens:
    5,265
    Local:
    Carnaxide, Oeiras/ Sta Mta de Penaguião, Vila Real
    "Mês de fevereiro foi um dos mais chuvosos do século
    [​IMG]
    Cheias em Águeda. Lusa
    O IPMA conclui que nos primeiros 15 dias do mês de fevereiro, os valores da quantidade de precipitação excederam o correspondente valor médio mensal em algumas estações do norte e do centro

    O mês de fevereiro foi chuvoso, tendo o valor médio da quantidade de precipitação sido o mais alto desde o ano 2000.

    De acordo com o boletim climatológico do IPMA, publicado pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o valor médio da quantidade deprecipitação (150.0 milímetros) foi superior ao valor médio (150%), sendo o terceiro valor mais alto desde 2000.

    O instituto salienta que nos primeiros 15 dias do mês de fevereiro, os valores da quantidade de precipitação excederam o correspondente valor médio mensal em algumas estações do norte e do centro.

    O IPMA destacou também que, entre 7 e 15 de fevereiro, houve chuva diária persistente, com valores acumulados acima dos 300 milímetros em alguns locais das regiões noroeste e do centro(superiores a 400 mm na Serra da Peneda-Gerês e na Serra da Estrela).

    Segundo o organismo, no dia 14 de fevereiro registou-se ocorrência de vento forte: maiores valores de rajada de 118,8 quilómetros/hora e de 116,6 km/hora, respetivamente no Porto e no Cabo Carvoeiro, em Peniche.

    O IPMA fez também referência para os últimos dias do mês, entre 26 e 28, que registaram temperaturas “bastante abaixo do normal”, tendo ocorrido chuva forte, vento muito forte, granizo, trovoada e queda de neve.

    “Nos dias 26 e 27 de fevereiro verificou-se queda de neve nas regiões do norte e centro, em alguns locais a cotas de 600 metros, no dia 26, e 300 metros no dia 27.

    Neste último dia ocorreu também neve nas regiões mais a sul, nomeadamente nas Serras de Aire, Candeeiros, Montejunto, São Mamede e Monchique”, adianta o instituto."
    Fonte: http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/chuva/mes-de-fevereiro-foi-um-dos-mais-chuvosos-do-seculo
     
    guisilva5000 e TekClub gostaram disto.
  9. dopedagain

    dopedagain
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    2 Jan 2016
    Mensagens:
    484
    Local:
    Fornelos - Ponte de Lima(200m)
    [​IMG]

    Bem vamos lá a ver se hoje de madrugada este evento é salvo! para já esteve muito fraquinho. pelo que tenho visto.

    Meteograma de arcos de Valdevez
     
    Tiagolco gostou disto.
  10. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    14,274
    Local:
    Fatima
    Olá a todos, boa noite. Não existe nenhum tópico aberto para seguir tempestades solares auroras boreais? Neste momento decorre uma forte tempestade solar Kp7 com auroras boreais lindíssimas sobre a Inglaterra... postei fotos no tópico Europa por não saber onde pôr... :inocente:
     
    Tiagolco, The Weatherman e MSantos gostaram disto.
  11. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,631
    Local:
    Arroja, Odivelas (140m); Várzea da Serra (900m)
    Em termos de temperatura, o mês acabou na média, como se pode ser no boletim de Fevereiro:

    "O valor médio da temperatura média do ar em Portugal Continental, 10.11 °C, foi próximo do valor normal (+0.03 °C), Figura 1. O valor médio mensal da temperatura máxima, 14.27 °C, apresentou um desvio de -0.31 °C em relação ao valor normal e o valor médio da temperatura mínima, 5.95 °C, foi 0.38 °C superior."

    Em relação à precipitação, o mês de Fevereiro foi de facto um mês muito chuvoso, mas no norte e centro do país.
    A seca a sul mantém a sua presença.

    Aliás, o noroeste e o sudeste do continente estão com um enormíssimo contraste.

    Há, literalmente, uma linha que separa...

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. Topê

    Topê
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    4 Dez 2015
    Mensagens:
    920
    Local:
    Negrais
    A situação de seca desagravou-se estrondosamente, neste Outono/ Inverno apesar de ter sido um Inverno quente, com meses com uma grande anomalia positiva da temperatura principalmente Novembro,Dezembro,Janeiro, foi um Inverno razoavelmente instável, chuvoso a norte, e suficientemente no centro e centro-sul.
    A situação de seca fraca no 1/3 sul do pais a mim pessoalmente não me deixa alarmado, acho até normal a área sul estar neste índice, pois a pluviosidade nesta região é menos regular, mais concentrada e menor, o que permite se a Primavera for razoavelmente generosa desagravar a situação de um momento para o outro, 3-5 dias de chuva mensais a partir de agora por mês chegam, para que isso aconteça.
    Relativo aos modelos, vão no sentido que desconfiava que pudessem ir, não vai ser ainda, que vamos mudar para um padrão prolongado quente e mais seco, teremos um período diria curto de temperaturas amenas perfeitamente normais, e depois vemos a atmosfera muito instável com geopotenciais baixos, interessante ver massas frias a entrar de Leste e também ver o anticiclone enfraquecido no Atlântico a médio prazo.
    Ainda não cheira a Primavera, muito menos aquelas primaveras quentes e secas com bloqueios anticiclonicos que muitas das vezes somos brindados precocemente no nosso territorio.
     
  13. trovoadas

    trovoadas
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    3 Out 2009
    Mensagens:
    1,990
    Local:
    loule-caldeirao
    Pelo contrário é óbvio que a seca ameniza-se no período Outono-Inverno especialmente se tivermos alguns mm's em todos os meses. À superfície a seca amenizou-se e não existe pelo menos para já seca agrícola mas em termos de reservas hídricas estamos francamente pior. No Baixo Alentejo e Algarve incrivelmente algumas reservas até perderam armazenamento.
    Esperemos para ver o comportamento de Março-Abril mas para já as notícias não são boas. Março-Abril abaixo da média e vão ver o alarme a soar. Para além disso para o ano teremos de ter um "dilúvio" ou o mesmo que dizer precipitação claramente acima da média.
    Recordes a norte são a nossa desgraça no Sul! creio que foi há 2 anos que tivemos dos anos mais chuvosos de sempre em Portugal Continental isto em média claro porque no Sul não foi bem assim.
     
    joralentejano gostou disto.
  14. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,167
    Local:
    Olhão (24 m)
    Março está perdido e já é uma carta fora do baralho, o GFS só mostra alguma coisa no meteograma a partir do dia 20, logo isso é pura futurologia, porque sempre aconteceu isso este Inverno, a larga distância apresentava algo interesse, quando chegava a 3 ou 4 dias desaparecia tudo.

    As albufeiras do Algarve estão iguais a Setembro de 2015, logo o armazenamento foi nulo, quando acaba-se o Inverno climatológico e estamos em seca moderada, se Março for seco entramos em seca severa, segundo a antevisão do IPMA.

    Agora, a grande incógnita será o próximo ano hidrológico e se for mais um ano miserável como tem sido estes últimos anos, então, é melhor que o governo comece a ficar preocupado com a falta de água no Algarve se as coisas correrem mal para o ano, mesmo com 3 barragens a falta de água será uma realidade, nem os aquíferos nos salvam que esses estão pela hora da morte.

    O Algarve precisa de um Outono como o de 1989 urgentemente.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    joralentejano gostou disto.
  15. Topê

    Topê
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    4 Dez 2015
    Mensagens:
    920
    Local:
    Negrais
    Logicamente que no período de Outono-Inverno a seca desagrava-se. Não estou em condições de inferir a situação, mas penso que o cenário pós seca meteorológica é muito improvável no nosso territorio, mesmo no sudeste(Baixo Alentejo e Algarve) de Portugal, acho que é bom para "vender" o aquecimento global (estranho quando as secas desagravam ou desaparecem nunca são noticia nem ninguém demostra satisfação por isso nos media, nem especialistas vêm aos Media comentar o assunto) mas mais difícil de se materializar na realidade, devido e muito á irregularidade e sazonalidade do nosso clima, reparemos teremos logicamente o período estival típico do clima da região entre Maio-Outubro, mas após esse período os meses de Outono são sempre imprevisíveis e com forte probabilidade de precipitação aumentam significativamente o que evitam sempre cenários mais catastróficos se concretizem na realidade.
    Para todos os efeitos não é preciso chover muito para desagravar a seca nessa região, sabemos que o sistema de superfícies centrais de Noroeste beneficiam praticamente todo o territorio(inclusive o extremo do Barlavento Algarvio) mas não tanto a parte sudeste do territorio, logo existe sempre o efeito de imprevisibilidade,lembro-me á cerca de 4,5 anos em 2012 salvo erro num período de seca bem mais grave que a seca fraca que se verifica actualmente, no final de Março o Algarve teve valores altíssimos de precipitação o que fez com que a situação se desagravasse totalmente. Logo ninguém nos garante que essa imprevisibilidade não possa surgir.
    Para todos os efeitos, por exemplo na minha região a que eu apelido por chamado centro-sul o eixo que entre Santarém-Abrantes-Portalegre até Setubal-Evora, Alto- Alentejo, Estremadura,Ribatejo a situação desagravou-se ou deixou mesmo de existir até ao momento. O que vêm ai ninguém sabe, se não chover nada até ao Verão pouco servirá, mas se tivermos meses dentro da média a questão da seca nesta região deixa de ser sequer assunto.
     
    #975 Topê, 10 Mar 2016 às 09:34
    Última edição: 10 Mar 2016 às 10:02
    Gerofil gostou disto.
Estado do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Partilhar esta Página