Seguimento Meteorológico Livre 2018

Estado
Fechado para novas mensagens.

SpiderVV

Staff
Registo
26 Ago 2010
Mensagens
8,302
Local
Portalegre (400m)
Este tópico destina-se ao seguimento meteorológico do tipo "conversa de café", que não pertence aos tópicos de seguimento das regiões do país.

Desabafos, críticas, desejos, e outro tipo de conversa que não se enquadre nos outros seguimentos enquadra-se só e apenas neste tópico, e todas as mensagens off-topic que sejam encontradas nos outros tópicos serão movidas para este mesmo tópico ou mesmo eliminadas.

Para facilitar a leitura do tópico, apelamos ao mínimo de spam, triple/quadruple-posting (mensagens sucessivas do mesmo membro) e discussões sem nexo que "poluem" o tópico (i.e. repetições do mesmo desabafo, discussões sem fim sobre uma opinião contrária, etc.)

Insultos e outro tipo de discussão pejorativa será punida, desde advertências, até banimentos temporários ou permanentes, tal como os membros que façam spam ou trolling serão alvo de advertências aplicadas à sua conta do fórum, ou uma punição à discrição da moderação após avaliação da situação.
 

c0ldPT

Nimbostratus
Registo
20 Out 2017
Mensagens
1,550
Local
Gandra, Paredes (132 m) | Foz, Porto (35 m)
Últimas runs do dia (ECM 12z e GFS 18z) a aumentar o frio, ECM com pelo menos isos -3º/-33º e GFS a aproximar-se das -4ºC/-34ºC, isto no Norte. Agora lá está, principalmente o GFS põe precipitação muito escassa, e ECM tem um pouco mais. O carrosel do costume portanto. :lol: As cotas traduzem-se assim, por hoje, entre os 300-400m no seu máximo.
 

Pek

Cumulonimbus
Registo
24 Nov 2005
Mensagens
4,008
Local
Menorca
A Carmen passou forte em França

Está levantando cierta polémica esta imagen porque en los foros se habla de defectos y fatiga del metal y de que resulta una chapuza. En mi opinión, o se trata de un problema en la estructura o se debe a algún fenómeno severo muy localizado (se habla de un pequeño tornado en ciertos foros de meteorología). Posibilidades para formación de pequeños tornados y existencia de reventones sí había. En ningún caso las rachas máximas asociadas puramente a la tempestad justifican estos daños (rodeo la zona en que se situaba el aerogenerador derribado) y tampoco hay relieve que lo justifique:

ccb715209d77f00b616c2150da7d2fcbo.jpg


Como dato, añadir que la racha máxima medida en estación oficial en la costa atlántica francesa con Carmen ha sido de tan sólo 133 km/h (en la Punta de Raz y en la Punta de Penmarch, ambas en Bretaña), con 98 km/h de viento sostenido diezminutal máximo. Digo tan sólo porque en el norte de Galicia, por ejemplo, muy poco afectado en esta ocasión por el paso de Carmen, se ha alcanzado prácticamente la misma cifra: 129 km/h y viento sostenido diezminutal de 107 km/h en Punta Candieira (131 km/h de racha máxima en Penedo do Galo). Todo esto confirma lo que ya hemos ido viendo en pasadas tempestades en las costas atlánticas francoespañolas. Estoy preparando una tabla resumen de todo ello.
 
  • Gosto
Reactions: luismeteo3

Mr. Neves

Cumulonimbus
Registo
22 Jan 2013
Mensagens
3,860
Local
Tondela-290m
Curioso, o frio instalado que o ecm prevê, segundo o mesmo, poderá baixar muito as cotas e as temperaturas. Máximas de 8/9ºC com sol no Porto/Braga e na manhã de dia 9, prevê precipitação com temperaturas de 2ºC aos 200m! A acompanhar :)

A que dia te referes e onde encontraste estes valores para as máximas:intrigante:? Se estivermos a falar de dia 5, numa análise rápida à temp. 2m do ECMWF às 12UTC há isos de 11ºC e 10ºC a passar pelo Porto e Braga respetivamente. Já se estivermos a falar de dia 6, o ECMWF até mete máximas a rondar os 7ºC e 8ºC em Braga e no Porto, seria de facto importante a parte inicial do dia se manter fria, no entanto, e dos eventos que já presenciei raramente as máximas se mantêm muito baixas em situações de aguaceiros diurnos (por mais frio que haja em altura:(), vem uma aberta mais prolongada e lá vai a temperatura em subida galopante, esta é a realidade das regiões de baixa altitude:( e depois tendo em conta que para já não está previsto um pós-frontal muito vigoroso...

Este evento a meu ver não tem muitas pernas para andar em termos de cotas baixas, primeiro aquilo que se está a modelar em termos de frio não é nada de muito extraordinário à vista de outros eventos semelhantes, para além de que tanto GFS como o ECMWF foram progressivamente ao longo das últimas saídas mostrando uma entrada com traços mais oceânicos, como se não bastasse a frente fria entra muito cedo e bastante desfasada do período mais frio, embora tenha que haver sempre desfasamento, esta frente chegará à partida ainda com temperaturas positivas em altura, o que por si já provoca um menor arrefecimento, adicionando a questão do pós-frontal modelado não ser muito prolongado e adicionando ainda o facto da parte mais ativa do mesmo ser durante o dia, acho que não resta muito a dizer... Deverá ser um evento jeitoso para cotas acima dos 700m/800m, abaixo disso a lotaria ditará.

Voltando ainda às máximas:
Deixo o caso de Braga para dia 5
lxhBLBi.png


Como se vê não há assim tanto frio instalado (antes houvesse:rolleyes:), até porque antes da passagem da frente fria (que de acordo com os modelos, deverá passar algures entre o período das 6h e das 9h) há temperaturas em altura (850hPa) a rondar somente os -1ºC, tendo em conta que também haverá bastante nebulosidade a entrar na madrugada de quinta para sexta, não há espaço para a temperatura cair muito, tanto que por exemplo o ECMWF mete 12ºC em Braga antes da chegada da frente.

Relativamente ao dia 9, seria interessante sim se as mínimas caíssem bem antes da chegada da precipitação, mas não acredito que isso pudesse ajudar a haver alguma coisa de neve no Porto ou em Braga, já em regiões de maior altitude pode ser um adjuvante. Nesse dia em altura já haverá temperaturas positivas ou ligeiramente positivas, para além de que a altura e espessura das camadas de maior frio aos 500hPa serão maiores, por isso em teoria é muito díficil nevar a cotas médias, quanto mais a cotas baixas.
 
Última edição:

Meteo Trás-os-Montes

Cumulonimbus
Registo
28 Jan 2007
Mensagens
4,393
Local
Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
Bom dia ao Forum...

Os modelos estão a fazer as afinações que de alguma maneira já se esperavam, vão cortando no frio e por consequência as cotas previstas vão subindo.
Vão continuar as oscilações, mas parece-me que acima dos 1000 metros poderá ser uma nevada considerável uma vez que só apartir desta cota vão ter precipitação consistente em forma de neve, abaixo disso e até aos 600 metros podem ver alguns borrifos, nada de assinalável.

AEMET:

Viernes 5 a domingo 7: Es muy probable que se produzca una inestabilización general con precipitaciones en casi toda la Península y en Baleares. Un frente atlántico recorrería la Península de oeste a este a lo largo del viernes, con precipitaciones que serían más abundantes en el extremo norte y la vertiente atlántica. Tras el paso del frente se espera un descenso generalizado de las temperaturas y de las cotas de nieve que el sábado pueden descender hasta 800-1000 metros y el domingo, en caso de confirmarse el escenario más probable, hasta los 500-800 metros. El sábado y el domingo las precipitaciones serían más abundantes en el extremo norte peninsular y en Baleares, sin descartarlas en cualquier otro punto. En Canarias es muy probable que los vientos giren a componente norte con aumento de la nubosidad y algunas precipitaciones en el norte de las islas.

Validez: viernes, 05 enero 2018 de 0 a 24 horas (oficial)
Predicción:

Cubierto con lluvias y chubascos generalizados, localmente fuertes al principio y localmente persistentes, sin descartar que vayan acompañados de tormentas. Probabilidad baja de bancos de niebla en el interior. Cota de nieve en torno a 2000 metros al principio, bajando a 800-900 metros al final, incluso 600-700 metros en el sureste. Temperaturas en descenso, más acusado el de las mínimas, que puede ser notable y que se alcanzarán al final del día. Heladas débiles en puntos altos del sureste. Viento del oeste y suroeste, flojo en el interior, arreciando al final y rolando a noroeste fuerte en el litoral, con rachas muy fuertes.
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: luismeteo3 e Thomar
Registo
23 Abr 2017
Mensagens
901
Local
Lisboa
Os modelos andam a cortar na precipitação e também o frio já começa a ser cortado, sempre foi assim o modelo gfs ainda prevê cotas baixas, mas falta a precipitação nos momentos mais frios e o pós frontal também não me parece vigoroso, o pós frontal vai ser rápido, já não vejo um pós frontal bom desde o dia 27 de fevereiro de 2016, esse sim foi um grande pós frontal.
 

c0ldPT

Nimbostratus
Registo
20 Out 2017
Mensagens
1,550
Local
Gandra, Paredes (132 m) | Foz, Porto (35 m)
Bom dia ao Forum...

Os modelos estão a fazer as afinações que de alguma maneira já se esperavam, vão cortando no frio e por consequência as cotas previstas vão subindo.
Vão continuar as oscilações, mas parece-me que acima dos 1000 metros poderá ser uma nevada considerável uma vez que só apartir desta cota vão ter precipitação consistente em forma de neve, abaixo disso e até aos 600 metros podem ver alguns borrifos, nada de assinalável.

AEMET:

Viernes 5 a domingo 7: Es muy probable que se produzca una inestabilización general con precipitaciones en casi toda la Península y en Baleares. Un frente atlántico recorrería la Península de oeste a este a lo largo del viernes, con precipitaciones que serían más abundantes en el extremo norte y la vertiente atlántica. Tras el paso del frente se espera un descenso generalizado de las temperaturas y de las cotas de nieve que el sábado pueden descender hasta 800-1000 metros y el domingo, en caso de confirmarse el escenario más probable, hasta los 500-800 metros. El sábado y el domingo las precipitaciones serían más abundantes en el extremo norte peninsular y en Baleares, sin descartarlas en cualquier otro punto. En Canarias es muy probable que los vientos giren a componente norte con aumento de la nubosidad y algunas precipitaciones en el norte de las islas.

Validez: viernes, 05 enero 2018 de 0 a 24 horas (oficial)
Predicción:

Cubierto con lluvias y chubascos generalizados, localmente fuertes al principio y localmente persistentes, sin descartar que vayan acompañados de tormentas. Probabilidad baja de bancos de niebla en el interior. Cota de nieve en torno a 2000 metros al principio, bajando a 800-900 metros al final, incluso 600-700 metros en el sureste. Temperaturas en descenso, más acusado el de las mínimas, que puede ser notable y que se alcanzarán al final del día. Heladas débiles en puntos altos del sureste. Viento del oeste y suroeste, flojo en el interior, arreciando al final y rolando a noroeste fuerte en el litoral, con rachas muy fuertes.

Da maneira que os modelos andam a cortar fia-te nessas cotas fia-te :lol: Já estou a ver o flop total. Além disso não vejo um evento muito bom, mesmo acima dos 1000m. Precipitação + Frio = Error 404:suicidio:
 

c0ldPT

Nimbostratus
Registo
20 Out 2017
Mensagens
1,550
Local
Gandra, Paredes (132 m) | Foz, Porto (35 m)
A que dia te referes e onde encontraste estes valores para as máximas:intrigante:? Se estivermos a falar de dia 5, numa análise rápida à temp. 2m do ECMWF às 12UTC há isos de 11ºC e 10ºC a passar pelo Porto e Braga respetivamente. Já se estivermos a falar de dia 6, o ECMWF até mete máximas a rondar os 7ºC e 8ºC em Braga e no Porto, seria de facto importante a parte inicial do dia se manter fria, no entanto, e dos eventos que já presenciei raramente as máximas se mantêm muito baixas em situações de aguaceiros diurnos (por mais frio que haja em altura:(), vem uma aberta mais prolongada e lá vai a temperatura em subida galopante, esta é a realidade das regiões de baixa altitude:( e depois tendo em conta que para já não está previsto um pós-frontal muito vigoroso... Este evento a meu ver não tem muitas pernas para andar em termos de cotas baixas, primeiro aquilo que se está a modelar em termos de frio não é nada de muito extraordinário à vista de outros eventos semelhantes, para além de que tanto GFS como o ECMWF foram progressivamente ao longo das últimas saídas mostrando uma entrada com traços mais oceânicos, como se não bastasse a frente fria entra muito cedo e bastante desfasada do período mais frio, embora tenha que haver sempre desfasamento, esta frente chegará à partida ainda com temperaturas positivas em altura, o que por si já provoca um menor arrefecimento, adicionando a questão do pós-frontal modelado não ser muito prolongado e adicionando ainda o facto da parte mais ativa do mesmo ser durante o dia, acho que não resta muito a dizer... Deverá ser um evento jeitoso para cotas acima dos 700m/800m, abaixo disso a lotaria ditará.

Voltando ainda às máximas:
Deixo o caso de Braga para dia 5, no que confere a máximas:
lxhBLBi.png


Como se vê não há assim tanto frio instalado (antes houvesse:rolleyes:), até porque antes da passagem da frente fria (que de acordo com os modelos, deverá passar algures entre o período das 6h e das 9h) há temperaturas em altura (850hPa) a rondar somente os -1ºC, tendo em conta que também haverá bastante nebulosidade a entrar na madrugada de quinta para sexta, não há espaço para a temperatura cair muito, tanto que por exemplo o ECMWF mete 12ºC em Braga antes da chegada da frente.

Relativamente ao dia 9, seria interessante sim se as mínimas caíssem bem antes da chegada da precipitação, mas não acredito que isso pudesse ajudar a haver alguma coisa de neve no Porto ou em Braga, já em regiões de maior altitude pode ser um adjuvante. Nesse dia em altura já haverá temperaturas positivas ou ligeiramente positivas, para além de que a altura e espessura das camadas de maior frio aos 500hPa serão maiores, por isso em teoria é muito díficil nevar a cotas médias, quanto mais a cotas baixas.

Sim, concordo com o que falaste. Ontem vi essas temperaturas baixas com chuva no dia 9 no site yr.no (output do ECM). Mas tendo em conta os modelos hoje não faz sentido continuar a falar no assunto, diga-se que a entrada deverá fracassar :lmao:
 
Estado
Fechado para novas mensagens.