Seguimento Meteorológico Livre - 2021

TxMxR

Cumulus
Registo
22 Jun 2018
Mensagens
135
Local
Viseu
Agradecia se alguém me pudesse esclarecer, por alto, o seguinte.

Tanto no comunicado Nº2, como na previsão descritiva do dia 22 e nos avisos laranja, o IPMA faz referência à possibilidade de ocorrência de fenómenos extremos de vento esta noite. Também vi ontem à noite isso referenciado no Estofex.. alguém tem ideia se a probabilidade de ocorrência desses fenómenos é elevada ou não? No estofex emitiram alerta nível 1 (5% de probabilidade de ocorrência). Pergunto isto mais pelos valores que tenho visto de CAPE (abaixo dos 400J/kg) e indíces SWEAT abaixo dos 300 na maioria das zonas. Sei que isso são apenas dois dos factores que podem ter alguma influência nestas situações, mas tinha ideia (do pouco que vou absorvendo) que tanto o CAPE como o SWEAT estão relativamente baixos. Porquê a ''insistência'' na previsão destes fenómenos neste caso?
 

c0ldPT

Nimbostratus
Registo
20 Out 2017
Mensagens
1,548
Local
Gandra, Paredes (132 m) | Foz, Porto (35 m)
Agradecia se alguém me pudesse esclarecer, por alto, o seguinte.

Tanto no comunicado Nº2, como na previsão descritiva do dia 22 e nos avisos laranja, o IPMA faz referência à possibilidade de ocorrência de fenómenos extremos de vento esta noite. Também vi ontem à noite isso referenciado no Estofex.. alguém tem ideia se a probabilidade de ocorrência desses fenómenos é elevada ou não? No estofex emitiram alerta nível 1 (5% de probabilidade de ocorrência). Pergunto isto mais pelos valores que tenho visto de CAPE (abaixo dos 400J/kg) e indíces SWEAT abaixo dos 300 na maioria das zonas. Sei que isso são apenas dois dos factores que podem ter alguma influência nestas situações, mas tinha ideia (do pouco que vou absorvendo) que tanto o CAPE como o SWEAT estão relativamente baixos. Porquê a ''insistência'' na previsão destes fenómenos neste caso?
Não sou o maior expert, mas no passado já se verificaram fenómenos convectivos extremos neste tipo de situações. O CAPE é baixo em parte devido à altura do ano (CAPEs elevados são mais comuns no verão), no entanto existem outros parâmetros a ter em conta (que aliás podes ver na previsão do estofex) indicadores de tempo severo. Neste tipo de frentes frias invernais vindas do atlântico, o litoral norte e centro registam ocasionalmente pequenos tornados muito isoladamente e geralmente junto à costa.
 

TxMxR

Cumulus
Registo
22 Jun 2018
Mensagens
135
Local
Viseu
Não sou o maior expert, mas no passado já se verificaram fenómenos convectivos extremos neste tipo de situações. O CAPE é baixo em parte devido à altura do ano (CAPEs elevados são mais comuns no verão), no entanto existem outros parâmetros a ter em conta (que aliás podes ver na previsão do estofex) indicadores de tempo severo. Neste tipo de frentes frias invernais vindas do atlântico, o litoral norte e centro registam ocasionalmente pequenos tornados muito isoladamente e geralmente junto à costa.

Pois, tenho ideia que de facto há muitos mais factores potenciadores destas ocorrências mas, por enquanto, pouco ou nada consigo interpretar a partir deles. De vez em quando dou uma olhada no material que está disponível no Estofex mas costumo ficar na mesma.. quando não fico pior haha

Pode-se afirmar com alguma certeza então (bem sei que é sempre pouca) que o expectável será (caso aconteçam), que sejam acontecimentos muito/mais limitados à zona do litoral..

Sendo com um expert ou não já aprendi mais qualquer coisa, obrigado!
 
Última edição:

TxMxR

Cumulus
Registo
22 Jun 2018
Mensagens
135
Local
Viseu
Nesta situação de tempo severo em particular, o wind shear também é bastante elevado, que é mais um factor importante a ter em conta para a ocorrência de fenómenos extremos de vento (tornados, downbursts, etc) :)

Pois, apesar de não saber propriamente como é que o shear afecta as coisas, já ouvi falar e sei que é relativamente necessário, mas pelas cartas disponibilizadas no estofex tem bastante mais shear na costa da galiza do que na nossa e só emitiram aviso para nós.. eventualmente hei-de conseguir decifrar qualquer coisa mas já não vai ser hoje :lol: só não sou grande fã de vento e chega-me bem o aviso laranja, ainda ter que pensar em downbursts e tornados pior.. mas se for mais junto à costa fico minimamente descansado... ainda me lembro em dezembro de 2019 já não sei se a 19 se a 21 passou por aqui (o que penso que foi) um downburst bem bruto.. e não achei muita piada :disgust:
 

"Charneca" Mundial

Cumulonimbus
Registo
28 Nov 2018
Mensagens
3,778
Local
Corroios (cota 26); Aroeira (cota 59)
Interessante essa depressão nos Açores.
A corrente de jacto estará bem activa nessa altura:
ZA9LSin.png

Veremos se por volta do dia 30 não poderá fazer descer a mesma para a zona noroeste da península:
R9gX0zM.png
Vendo pelos modelos parece que infelizmente este rio atmosférico é para continuar, o que significa que regiões como o Algarve ou o Baixo Alentejo até terão uma espécie de "Verão de São Valentim", com temperaturas em redor dos 20/22°C, sol e bastante humidade relativa. Já a norte deverá continuar a chover bem, pelo menos até ao início de fevereiro. :(

Seria interessante se ocorresse esse desvio para sul na corrente de jato. No início de abril de 2020 ocorreu algo semelhante a isso durante vários dias, o que resultou em ótimos acumulados por toda a metade ocidental da Península (enquanto isso, o Mediterrâneo e grande parte da Europa Central sofriam com a dorsal africana e um "tempo de verão"):
https://www.meteopt.com/forum/topico/seguimento-meteorologico-livre-2020.10233/pagina-43

Nesse evento, acumulei por aqui 47,1 mm, mais do que fevereiro e março de 2020 juntos. :rain:
 

Aristocrata

Super Célula
Registo
28 Dez 2008
Mensagens
6,164
Local
Paços de Ferreira, 292 mts
A atmosfera está muito dinâmica, pelo que teremos ainda motivos bons para seguimentos nas próximas semanas.
Esta situação é perfeitamente natural nesta altura do ano.
O mês de fevereiro parece que trará também uma entrada continental lá para dia 6. E essa pode também ser interessante para as zonas mais a sul do país.
 

jfo

Cirrus
Registo
30 Dez 2020
Mensagens
91
Local
Aveiro
Fonte: https://mkweather.com/2021/01/28/wi...-until-20-feburary-then-finally-early-spring/


WINTER SHOULD BE STRONG UNTIL 20. FEBURARY, THEN FINALLY EARLY SPRING?

Least this conclusions we should read from ensemble forecasts for Stockholm, where will persist Siberian air masses most of the time following minimally 3 weeks.

Similar conditions are forecasted for London and Warsaw, while southern parts of Europe won´t be so luckly such as northern and western half of Europe.

According to last runs of GFS, from 27.1.2021 12Z and 18Z, frosts only -17/-22°C should surprise Alpine and Carpathian basins and valleys between Sunday-Tuesday, 31.1. - 2.2. 2021, then will come next short warm spell, but...

Already following weekend, 6.-7. Feburary should Siberian air shift over Scandinavia, Poland and Germany up to British Island, Benelux, France and Spain, with promised strong frosts.

However, Wednesday´s outputs of main run are again little warmer than previous, with -20/-25°CC probability in Alpine and Carpathian basins, maybe -20°C in northern Poland, and around -40°C in central Scandinavia, too.

Approximately 1/3 of runs however for period between 5.-20. Feburary expect for Warsaw temperature in 850 hPa slightly below -15°C, what should mean 33% probability of even stronger frosts during the period.

After 20. February it looks like early spring preliminary, although in Iberian Peninsula are expected summer days (above +25°C) already during the next period.

Forecasts will be furthermore updated and Mkweather brings every day fresh news.


T850 hPa anomalies at the weekend 6.-7. February according to latest runs of GFS /wxcharts.com, wetterzentrale.de
image-613-1024x762.png

Ensemble forecasts for chosen cities in Europe /wetterzentrale.de
image-614-1024x536.png

image-616-1024x533.png

image-615-1024x540.png

image-617-1024x537.png

image-618-1024x543.png

image-620-1024x535.png