Seguimento Meteorológico Livre - 2021

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por SpiderVV 1 Jan 2021 às 11:00.

  1. "Charneca" Mundial

    "Charneca" Mundial
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Nov 2018
    Mensagens:
    3,653
    Local:
    Corroios (cota 26); Aroeira (cota 59)
    Junho de 2017 foi talvez o pior junho dos últimos anos, não só pelos incêndios mortíferos como também pelo começo duma seca que iria durar até fevereiro de 2018. Eu peço desculpa, mas tenho que discordar totalmente...
    Junho de 2019 foi exatamente o oposto - bastante fresco em todo o país, talvez com exceção dos primeiros e dos últimos dias. Junho de 2020 foi um mês ótimo ao nível das temperaturas - tivemos tempo de praia, sol, nevoeiro, tempo ameno e trovoadas, logo não vejo qual o problema... :hmm:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    N_Fig e joselamego gostaram disto.
  2. Davidmpb

    Davidmpb
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    7 Jul 2014
    Mensagens:
    4,202
    Local:
    Portalegre( 600m)/ Fundão
    Concordo.
     
    N_Fig, joselamego e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  3. Santofsky

    Santofsky
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    10 Nov 2020
    Mensagens:
    229
    Local:
    Portugal
    O incêndio de Pedrogão Grande teve dimensões bastante trágicas (já tinha lido aqui um post do @Davidmpb que entretanto desapareceu) mas ainda hoje é muito estranho a forma como deflagrou e as proporções dantescas que veio a atingir. Acho, na minha opinião, que uma simples trovoada seca não explica tudo... :intrigante:
    Junho de 2017 pode ter sido o pior junho a nível de incêndios - e foi - mas a nível de temperaturas (quando falo em temperaturas falo em dias de praia/piscina, mergulhos na água, passeios à noite, ao lusco-fusco, etc) foi o último grande junho que houve, praticamente do princípio ao fim. Só foi pena a precipitação não ter sido grande coisa - foi muito seco esse junho, apesar de ter havido uma ou outra trovoada... Em 2018 a primeira quinzena foi um desastre, a pior e a mais fria de sempre que já vivi como já tinha referido no meu post anterior, nem no fresco junho de 2019 houve tal coisa, entre 1 e 10 junho as máximas mal passavam dos 20°C em todo o país - nalguns locais do norte houve dias em que nem sequer aos 15°C (!!!) chegavam - só a partir de meados do mês é que começou a aquecer bem, em 2019 tirando os primeiros e os últimos dias do mês (e talvez um ou dois dias no restante período) o mês não foi grande coisa, fresco, com muita nortada e nalguns casos bastante fria, em 2020 até ao dia 20 o mês não estava a ser grande coisa, tirando meia dúzia de dias, só a partir do dia 20 é que começou a aquecer bem. Veremos como será este ano - até lá ainda falta toda a segunda quinzena de março e os meses de abril e maio... :rolleyes:
     
    joselamego gostou disto.
  4. David sf

    David sf
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Jan 2009
    Mensagens:
    5,131
    Local:
    Oeiras / VN Poiares
    É consensual que não se iniciou com uma trovoada. O mais provável é que tenha sido o contacto entre linhas de média tensão e as copas das árvores agitadas pelo vento forte desse dia.
    Apesar de logo após o incêndio, ainda antes da equipa de investigação do Prof. Xavier Viegas ter lá ido, terem cortado as árvores para não tocarem nos cabos, eu estive no local da ignição no outono passado e estava tudo de novo bastante próximo...
     
  5. Davidmpb

    Davidmpb
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    7 Jul 2014
    Mensagens:
    4,202
    Local:
    Portalegre( 600m)/ Fundão
    Sim, muito provavelmente o incêndio não foi provocado pela trovoada, porque quando o mesmo se iniciou, não havia descargas elétricas registadas, no entanto, as fortes rajadas de vento associadas às trovoadas, foram determinantes para o alastrar do fogo.
     
    joselamego e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  6. slbgdt

    slbgdt
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    31 Jan 2015
    Mensagens:
    447
    Local:
    Barcelos
    Segundo o relatório e com estudos nas linhas de alta tensão que foram feitos, terá sido uma sobrecarga nas linhas.

    @Santofsky a dimensão do incêndio de Pedrogão explica-se facilmente.
    São 2 fenómenos distintos..
    Ao contrário do que se pensa houve mais que uma ignição, quando esses 2 fogos se juntaram o incêndio ganhou intensidade.
    Isto numa fase precoce do fogo.
    Só ao fim da tarde com o colapso da coluna de fumo e consequente downburst, o incêndio ficou o caos que levou às mortes.
    A partir desse momento deixou de ser possível combate e quem foi apanhado no meio ficou.
    Há mais umas questões técnicas como os Canadair de Seia sem activação e o Kamov a ir combater um incêndio em Loures.
     
  7. Santofsky

    Santofsky
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    10 Nov 2020
    Mensagens:
    229
    Local:
    Portugal
    Quanto à precipitação, pelo menos a curto prazo, não se vislumbra uma gota de chuva para os próximos tempos em praticamente todo o território. A continuar assim este março de 2021 arrisca-se a ser dos mais secos de sempre. Desta forma não tardará muito e agora que as temperaturas começam a subir... a seca meteorológica estará novamente aí à porta. Depois quero ver as reações do pessoal que em fevereiro já estava farto da chuva... Aqueles que diziam estava a ser "um ano de muita chuva"
     
    joselamego gostou disto.
  8. "Charneca" Mundial

    "Charneca" Mundial
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Nov 2018
    Mensagens:
    3,653
    Local:
    Corroios (cota 26); Aroeira (cota 59)
    Não será um dos mais secos de sempre porque algumas zonas do Sul de Portugal têm, neste momento, um acumulado superior à média devido àqueles dias de chuva no início do mês. Quanto ao ano, fogo, ainda estamos em março! :unsure:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    N_Fig, joselamego, belem e 1 outra pessoa gostaram disto.
  9. Santofsky

    Santofsky
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    10 Nov 2020
    Mensagens:
    229
    Local:
    Portugal
    Dizes bem, o sul de Portugal. O problema é que, pelo contrário, o interior norte e centro - e mesmo o litoral - segue com um acumulado muito abaixo da média. Neste momento, no geral, todo o interior norte e centro nem 5 mm tem de acumulado de precipitação neste março. E não está prevista qualquer gota de chuva para os próximos dias... :unsure:
    Quanto às temperaturas, os próximos dias serão algo quentes para a época para depois no fim de semana voltar a refrescar. Mas para o início da próxima semana a tendência é para as temperaturas voltarem a subir, veremos como os modelos evoluem... O que é certo é que chuva... nem vê-la... :unsure:
     
    joselamego gostou disto.
  10. Jorge_scp

    Jorge_scp
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    17 Fev 2009
    Mensagens:
    1,023
    Local:
    Casal do Rato (Odivelas)
    Ao ler este post, fica a sensação que estamos perante um problema. Se Março for seco no litoral/ interior Norte e Centro, qual é mesmo o problema na prática? Os solos estão bem carregados de água, as barragens muito bem abastecidas. Não estou a perceber... no sul, apesar de Março ter já alguma precipitação, é que não faria mal nenhum ir chovendo de vez em quando. Já faz algum tempo fiz um reparo por aqui que por vezes se dá demasiado ênfase à estatística, menos à questão prática da coisa. A estatística por vezes pode ser enganadora e convém interpretá-la no contexto que verdadeiramente interessa. Se quiser, posso "pintar a estatística" da forma como mais me convém!
     
  11. Luis Martins

    Luis Martins
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    25 Mai 2019
    Mensagens:
    50
    Local:
    Quinta do Conde
    Quase todo o Portugal está com precipitação acumulada acima do normal ou normal , isto pelo boletim do IPMA de Fevereiro . Apenas partes do Baixo Alentejo e o Algarve é que um pouco abaixo do normal, como tal se em Março nao chover grande espingarda no Norte e Centro nao tem problema nenhum . Em contrapartida o Algarve e Baixo Alentejo apesar de terem tido mais chuva que nos ultimos anos ainda precisam de mais uns bons milimetros para compor a coisa.



    Precipitação acumulada desde 1 de outubro de 2020


    O valor médio da quantidade de precipitação no presente ano hidrológico 2020/2021, desde 1 de outubro 2020 a 28 de fevereiro de 2021, 600.6 mm, corresponde a 106 % do valor médio 1971-2000.

    Em termos espaciais, os valores da quantidade de precipitação acumulada no ano hidrológico 2020/2021 são superiores ao valor normal em grande parte do território, sendo inferiores em alguns locais da região Centro, do Baixo Alentejo e em toda a região do Algarve.

    Os valores da quantidade de precipitação acumulada variaram entre 267.9 mm em V. R. Sto António e 1664.5 mm em V. Nova de Cerveira; e os valores da percentagem de precipitação entre 79 % em V. R. Sto António e 165 % em Miranda do Douro (Fig.9).
     
    RStorm, StormRic, N_Fig e 3 outras pessoas gostaram disto.
  12. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    19,348
    Local:
    Açores


    ---

    -> http://www.meteociel.fr/modeles/gfse_cartes.php

    -> https://twitter.com/NOAAComms
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    19,348
    Local:
    Açores
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #958 Orion, 19 Mar 2021 às 16:01
    Última edição: 19 Mar 2021 às 16:14
    joselamego e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  14. trovoadas

    trovoadas
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    3 Out 2009
    Mensagens:
    2,340
    Local:
    loule-caldeirao
    Bem para quem estava farto de chuva algo me diz que vamos desesperar por ela!
    Já suspeitava que Março pudessse ser seco mas não tanto. Pensei que a última semana pudesse trazer algo mas está dificíl!
     
  15. Marco pires

    Marco pires
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    23 Out 2017
    Mensagens:
    425
    Local:
    Pinhal novo
    desolador, não espero nada de relevante até ao fim do mês, já estava achar sorte a mais.
    isto quando a esmola é muita o pobre desconfia.
     

Utilizadores a ler este tópico (Membros: 3, Visitantes: 2)

  1. Cesar

Partilhar esta Página