Seguimento Meteorológico Livre - 2021

Aurélio Carvalho

Nimbostratus
Registo
5 Out 2018
Mensagens
1,059
Local
Faro
A chuva prevista praticamente se esfumou no sul ! É um cenário de seca que está sobre a mesa!

Na verdade está tudo mais ou menos igual, com incidências de aguaceiros e trovoadas nos dias 9, 10, 14, 15 e 16 mas com maior incidência nas regiões do interior.
Portanto nada de seca...
E as barragens continuam sem descer...
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

jamestorm

Nimbostratus
Registo
12 Jan 2010
Mensagens
1,886
Local
Lisboa e Alenquer
O período em que a expo esteve a funcionar não foi nada de especial em termos de calor, e o inverno de 2003 teve uma temperatura ligeiramente abaixo do normal se for o de 2002/03, se for o de 2003/04 foi realmente quentito e depois março de 2004 foi frio
(Não leves estas correções a peito, a memória meteorológica é tramada e eu só "sei" isto tudo porque estou a ver dados do IPMA :o)

pois isso é verdade, facilmente se misturam as coisas com o emocional a vir ao de cima. Tinha mesmo a ideia de uma Expo muito quente..:hehe:
 

trovoadas

Cumulonimbus
Registo
3 Out 2009
Mensagens
2,406
Local
loule-caldeirao
Na verdade está tudo mais ou menos igual, com incidências de aguaceiros e trovoadas nos dias 9, 10, 14, 15 e 16 mas com maior incidência nas regiões do interior.
Portanto nada de seca...
E as barragens continuam sem descer...
O previsto parece-me pouco expressivo e muito pontual no que ao sul diz respeito. Já fez um mês sem precipitação por estas bandas. Obviamente que com os terrenos saturados no ínicio de Março deu aqui uma margem de manobra que já se esgotou ou se está a esgotar. Gostava eu que o depósito do meu carro não descesse quando ando por aí às voltas...
 

Santofsky

Cumulus
Registo
10 Nov 2020
Mensagens
333
Local
Portugal
O ano de 1998 marcou Portugal pela EXPO 98 e muitos trabalhos da escola nesse ano andaram à volta do ambiente, dos Oceanos, da protecção do planeta e extinção das espécies. Talvez seja o ano em que se começa a falar destes assuntos de forma mais relevante. Por mim lembro-me bem das duas vezes que visitei o recinto da exposição, durante o Verão, esteve sempre bastante quente e a luz vibrante que vinha do Tejo e os edifícios brancos reforçavam essa sensação de trópicos. Um dos anos mais marcantes da minha adolescência. Mas só no ano de 2001 comecei a me interessar verdadeiramente pelo tempo, lembro-me bem de um inicio de Outono bem frio em 2001 que continuou até ao Natal. Uma pequena lagoa de extracção de areias aqui perto chegou a congelar em Dezembro. 2003 teve um inverno muito ameno, tendo chegado bem tarde - o frio chegou já quase só em Março, se bem me lembro.

O período em que a expo esteve a funcionar não foi nada de especial em termos de calor, e o inverno de 2003 teve uma temperatura ligeiramente abaixo do normal se for o de 2002/03, se for o de 2003/04 foi realmente quentito e depois março de 2004 foi frio
(Não leves estas correções a peito, a memória meteorológica é tramada e eu só "sei" isto tudo porque estou a ver dados do IPMA :o)

pois isso é verdade, facilmente se misturam as coisas com o emocional a vir ao de cima. Tinha mesmo a ideia de uma Expo muito quente..:hehe:

Por acaso agosto de 1998 foi bastante quente, quase 2°C de anomalia positiva, o que contribuiu para um verão quente de 1998. Junho e julho foram normais.
Quanto ao outono de 2001, setembro e outubro foram normais, o novembro é que esteve abaixo da média, mais de 1°C de anomalia negativa. O dezembro foi ainda pior: mais de 2°C de anomalia negativa.
O inverno de 2002/03 foi ligeiramente abaixo da média (dezembro quente, janeiro normal e fevereiro muito frio), houve queda de neve a cotas baixas nos meses de janeiro e fevereiro de 2003 e uma onda de frio nesse mesmo janeiro; o inverno de 2003/04 esse foi ligeiramente acima da média, com os três meses a apresentarem ligeiras anomalias positivas. O frio "a sério" apareceu no final de fevereiro de 2004, prolongando-se pelos primeiros dias de março
 

jamestorm

Nimbostratus
Registo
12 Jan 2010
Mensagens
1,886
Local
Lisboa e Alenquer
É provável que eu esteja a confundir com o inverno de 2004, sim. Lembro-me perfeitamente do inverno nunca mais chegar e depois ja perto de Março tivemos geadas fortes...deve ter sido 2004 então e não 2003.

O período em que a expo esteve a funcionar não foi nada de especial em termos de calor, e o inverno de 2003 teve uma temperatura ligeiramente abaixo do normal se for o de 2002/03, se for o de 2003/04 foi realmente quentito e depois março de 2004 foi frio
(Não leves estas correções a peito, a memória meteorológica é tramada e eu só "sei" isto tudo porque estou a ver dados do IPMA :o)

pois isso é verdade, facilmente se misturam as coisas com o emocional a vir ao de cima. Tinha mesmo a ideia de uma Expo muito quente..:hehe:
Por acaso agosto de 1998 foi bastante quente, quase 2°C de anomalia positiva, o que contribuiu para um verão quente de 1998. Junho e julho foram normais.
Quanto ao outono de 2001, setembro e outubro foram normais, o novembro é que esteve abaixo da média, mais de 1°C de anomalia negativa. O dezembro foi ainda pior: mais de 2°C de anomalia negativa.
O inverno de 2002/03 foi ligeiramente abaixo da média (dezembro quente, janeiro normal e fevereiro muito frio), houve queda de neve a cotas baixas nos meses de janeiro e fevereiro de 2003 e uma onda de frio nesse mesmo janeiro; o inverno de 2003/04 esse foi ligeiramente acima da média, com os três meses a apresentarem ligeiras anomalias positivas. O frio "a sério" apareceu no final de fevereiro de 2004, prolongando-se pelos primeiros dias de março
 

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
14,197
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
É isto que está ao largo da costa que vai chegar pela próxima madrugada e manhã. Norte e Centro.

Imagem do satélite Suomi às 13h46:
qC8wJzg.jpg
 

Albifriorento

Nimbostratus
Registo
4 Dez 2010
Mensagens
1,251
Local
Castelo Branco
Por acaso agosto de 1998 foi bastante quente, quase 2°C de anomalia positiva, o que contribuiu para um verão quente de 1998. Junho e julho foram normais.
Quanto ao outono de 2001, setembro e outubro foram normais, o novembro é que esteve abaixo da média, mais de 1°C de anomalia negativa. O dezembro foi ainda pior: mais de 2°C de anomalia negativa.
O inverno de 2002/03 foi ligeiramente abaixo da média (dezembro quente, janeiro normal e fevereiro muito frio), houve queda de neve a cotas baixas nos meses de janeiro e fevereiro de 2003 e uma onda de frio nesse mesmo janeiro; o inverno de 2003/04 esse foi ligeiramente acima da média, com os três meses a apresentarem ligeiras anomalias positivas. O frio "a sério" apareceu no final de fevereiro de 2004, prolongando-se pelos primeiros dias de março
Houve uma siberiana em 2003 se não me engano. O recorde absoluto do IPMA aqui em Cb foi obtido nessa siberiana, -4,8ºC. Eu recordo-me de ir na rua por volta das 8 da noite, um vendaval terrivel e de passar pelo termómetro da farmácia e este marcar -1,5ºC (não sei porque mudaram o termómetro, o velho marcava meios graus o actual é só inteiros), o windchill era terrível, não se podia andar na rua, o recorde foi obtido nessa noite, tenho quase a certeza que foi em 2003.
 

João Pedro

Super Célula
Registo
14 Jun 2009
Mensagens
5,169
Local
Porto, Campo Alegre (50 m) | Samora Correia (10 m)
Prognósticos de "landfall" e estado de conservação daqueles "monstros" quando chegarem à costa ocidental?

O eco maior da imagem de radar, a manter a trajetória atual, deve tocar terra algures entre o Porto e Aveiro. Caso que se conserve até lá, claro.
 

Thomar

Cumulonimbus
Registo
19 Dez 2007
Mensagens
2,451
Local
Cabanas - Palmela (75m)
Outras notícias falam que o que as matou foi um relâmpago, mas deve ser iliteracia meteorológica, certo? Não morriam todas com o susto apanhado pelo flash... :intrigante:

De uma forma ou de outra, são sempre de lamentar estas situações; pelos pobres dos animais e também pelo proprietário :(

Infelizmente a iliteracia meteorológica é o normal.
 

Serra do Açor

Nimbostratus
Registo
29 Nov 2012
Mensagens
674
Local
Arganil
A julgar pelo que os modelos têm vindo a mostrar desde há uns dias para cá, parece que poderemos ter uma sinóptica interessante para o próximo fim de semana (para a agricultura deverá ser tudo menos interessante...), com uma depressão vinda diretamente de nordeste a atingir a península ibérica, originando descidas acentuadas da temperatura, sobretudo as máximas, já a partir da próxima sexta-feira, podendo ser, no geral, na ordem dos 7/8°C (até quinta-feira as máximas prometem estar acima dos 20°C na larga maioria do país). A concretizar-se estas previsões, há quantos anos não tínhamos uma sinóptica destas no nosso território?
A memória por vez atraiçoa, mas já lá vão mais de 20 anos que caiu um nevão digno de registo na serra do Açor , isto em Abril.

Enviado do meu Core-X3 através do Tapatalk