Seguimento Meteorológico Livre - 2021

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por SpiderVV 1 Jan 2021 às 11:00.

  1. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    14,014
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    O défice de precipitação não é sinónimo de morte generalizada das plantas, mas que afecta muitas culturas isso é um facto. Historicamente, e falando apenas do Algarve, a vegetação autóctone sempre sobreviveu a todas as secas. O dado novo é o uso cada vez maior que se faz da água superficial e dos aquíferos e a extensão de culturas que não são de sequeiro. Sim, houve períodos muito mais secos, há mesmo registos (vou pesquisar os dados que tenho em arquivo desde o século XIX) de até 8 meses sem acumulação de precipitação em estações do Algarve. Mas referi-me particularmente ao mês de Março e ao declínio da média de precipitação nesse mês, não compensada com os meses seguintes de primavera: o conteúdo de água no solo tende a atingir valores baixos mais cedo no ano agrícola e sublinho novamente, em média.
     
    N_Fig, joselamego e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  2. Aurélio Carvalho

    Aurélio Carvalho
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Out 2018
    Mensagens:
    946
    Local:
    Faro
    Boas,
    Em relação a esse tema, devo dizer sobre tema e falando unicamente do Algarve, o mais normal ou mais comum e períodos chuvosos intercalando com longo períodos secos.
    Na década 70, senao estiver a equivocarme tivemos Outonos secos, Invernos muito chuvoso e Primaveras muito secas.
    Agora estamos no período de Outonos e Primaveras normais e Invernos muito secos.
    Na prática quer dizer que é bastante comum termos bastantes meses secos ao longo do ano.
     
  3. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    14,014
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Precisamente, as médias pluviométricas no Algarve são feitas à custa de períodos curtos intensos e períodos longos secos, ou seja uma irregularidade mais marcada do que nas outras regiões do continente.
     
    Cesar, joselamego e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  4. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,976
    Local:
    Porto
    O Algarve teve de facto um período muito seco no início do século XX mas depois a partir dos anos 30 a precipitação recuperou.

    A precipitação média a 30 anos chegou a ser de 250 mm para Albufeira e pouco mais de 300 mm para Faro. Nesse período houve muita seca em todo o país. O Porto teve pouco mais de 1000 mm de precipitação média, quando agora tem cerca de 1250 mm. A minha bisavó falava dessa época, em que faltou água nos poços e secaram muitas figueiras... parece que apenas as alfarrobeiras pareciam aguentar a falta de água. Este período seco coincidiu também com um período de muita instabilidade política e pobreza. Portugal era ainda mais pobre que nos tempos do Estado Novo e havia uma enorme emigração para o Brasil. Tive familiares algarvios que nessa época foram para o Rio de Janeiro.

    Estas normais antigas estão na Biblioteca Municipal de Faro para quem quiser consultar.

    No entanto parece que as últimas décadas do século XIX foram húmidas, a crer pelos registos de cheias históricas e por extrapolação de dados do Observatório de Gibraltar, que evidenciam intensa instabilidade no Estreito. O montado terá recuperado bem nesta época, ocupando as chamadas charnecas, terras de matos usadas para pastagens de gado.

    A grande diferença do momento actual para o período seco que ocorreu há um século está nas temperaturas!
     
    RStorm, N_Fig, trovoadas e 3 outras pessoas gostaram disto.
  5. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,976
    Local:
    Porto
    Mas agora não sobrevive. As plantas estão muito mais sensíveis ao stress hídrico que há cem anos. Por um lado as temperaturas subiram, por outro há a questão das novas pragas, e ainda as aberrções das podas.
     
  6. Santofsky

    Santofsky
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    10 Nov 2020
    Mensagens:
    229
    Local:
    Portugal
    Primeira quinzena de maio deverá ser na média no que diz respeito às temperaturas, acima da média até sábado, para depois a partir de domingo descer para temperaturas um pouco abaixo do normal devido à passagem de um sistema frontal... E assim deverá ser até dia 15. A partir daí talvez o tempo comece a aquecer definitivamente, até porque começa a chegar a altura de aparecerem os primeiros 30°C do ano. Convém relembrar que o período junho-setembro é relativamente banal as temperaturas atingirem os 30°C em grande parte do território, sobretudo entre 15 de junho e 15 de setembro.
    Quanto à chuva só mesmo no domingo, quiçá com alguma trovoada associada devido à passagem do sistema frontal mencionado anteriormente. Depois... venham as cut-offs de verão. Isto porque é a partir do 15 de maio que normalmente aparecem as mais fotogénicas e melhores trovoadas, período que se prolonga até 15 de outubro. Ou não fosse este o período mais quente do ano... por isso venham elas. ;)
     
    "Charneca" Mundial, Thomar e joselamego gostaram disto.
  7. Norther

    Norther
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    25 Nov 2010
    Mensagens:
    1,920
    Local:
    Tortosendo 600m Encosta sul Serra da Estrela
    Esta próxima depressão que nos vai afetar através de uma superfície frontal fria, é capaz de lhe darem nome, Mathieu.
     
    joselamego, Thomar e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  8. Aurélio Carvalho

    Aurélio Carvalho
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Out 2018
    Mensagens:
    946
    Local:
    Faro
    Pois calor nem vê lo so uma amostra até dia 8 Maio!
     
    joselamego e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  9. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    19,353
    Local:
    Açores
    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. "Charneca" Mundial

    "Charneca" Mundial
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Nov 2018
    Mensagens:
    3,656
    Local:
    Corroios (cota 26); Aroeira (cota 59)
    Tenham calma que ele ainda virá! ;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    joselamego e Cesar gostaram disto.
  11. Santofsky

    Santofsky
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    10 Nov 2020
    Mensagens:
    229
    Local:
    Portugal
    Ao contrário de outros anos parece que o calor a sério propriamente dito (leia-se temperaturas na casa dos 30°C) ainda vai demorar a chegar este ano... Pelo menos até dia 20 as temperaturas não deverão ser nada de especial para a época do ano, cifrando-se apenas em valores normais para a altura em questão. Depois daí... Logo se verá.
     
    StormRic e joselamego gostaram disto.
  12. Cesar

    Cesar
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    21 Nov 2016
    Mensagens:
    619
    Local:
    Aguiar da Beira
    Mas depressa as previsões mudam drasticamente acontece sempre.
     
    "Charneca" Mundial e joselamego gostaram disto.
  13. Aurélio Carvalho

    Aurélio Carvalho
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Out 2018
    Mensagens:
    946
    Local:
    Faro
    Nesta altura os modelos ainda estao muito instáveis porque o Atlântico está bastante activo e o anticiclone anda a ondular bastante.
    Esta depressão que aí vem também não ajuda as previsões, por isso, teremos que esperar essa depressão passar, para que os modelos estabilizem nas previsões das temperaturas!
     
    joselamego, "Charneca" Mundial e N_Fig gostaram disto.
  14. Marco pires

    Marco pires
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    23 Out 2017
    Mensagens:
    425
    Local:
    Pinhal novo
    quanto mais tarde melhor, e se não vierem então ainda seria bem melhor.
     
    joselamego e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  15. Davidmpb

    Davidmpb
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    7 Jul 2014
    Mensagens:
    4,203
    Local:
    Portalegre( 600m)/ Fundão
    Concordo, então no Alentejo mais cedo ou mais tarde o calor vem, não há hipótese infelizmente.
     

Partilhar esta Página