Seguimento Meteorológico Livre - 2021

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por SpiderVV 1 Jan 2021 às 11:00.

  1. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    13,902
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    O défice de precipitação não é sinónimo de morte generalizada das plantas, mas que afecta muitas culturas isso é um facto. Historicamente, e falando apenas do Algarve, a vegetação autóctone sempre sobreviveu a todas as secas. O dado novo é o uso cada vez maior que se faz da água superficial e dos aquíferos e a extensão de culturas que não são de sequeiro. Sim, houve períodos muito mais secos, há mesmo registos (vou pesquisar os dados que tenho em arquivo desde o século XIX) de até 8 meses sem acumulação de precipitação em estações do Algarve. Mas referi-me particularmente ao mês de Março e ao declínio da média de precipitação nesse mês, não compensada com os meses seguintes de primavera: o conteúdo de água no solo tende a atingir valores baixos mais cedo no ano agrícola e sublinho novamente, em média.
     
    N_Fig, joselamego e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  2. Aurélio Carvalho

    Aurélio Carvalho
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Out 2018
    Mensagens:
    911
    Local:
    Faro
    Boas,
    Em relação a esse tema, devo dizer sobre tema e falando unicamente do Algarve, o mais normal ou mais comum e períodos chuvosos intercalando com longo períodos secos.
    Na década 70, senao estiver a equivocarme tivemos Outonos secos, Invernos muito chuvoso e Primaveras muito secas.
    Agora estamos no período de Outonos e Primaveras normais e Invernos muito secos.
    Na prática quer dizer que é bastante comum termos bastantes meses secos ao longo do ano.
     
  3. StormRic

    StormRic
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jun 2014
    Mensagens:
    13,902
    Local:
    Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
    Precisamente, as médias pluviométricas no Algarve são feitas à custa de períodos curtos intensos e períodos longos secos, ou seja uma irregularidade mais marcada do que nas outras regiões do continente.
     
    Cesar, joselamego e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  4. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,975
    Local:
    Porto
    O Algarve teve de facto um período muito seco no início do século XX mas depois a partir dos anos 30 a precipitação recuperou.

    A precipitação média a 30 anos chegou a ser de 250 mm para Albufeira e pouco mais de 300 mm para Faro. Nesse período houve muita seca em todo o país. O Porto teve pouco mais de 1000 mm de precipitação média, quando agora tem cerca de 1250 mm. A minha bisavó falava dessa época, em que faltou água nos poços e secaram muitas figueiras... parece que apenas as alfarrobeiras pareciam aguentar a falta de água. Este período seco coincidiu também com um período de muita instabilidade política e pobreza. Portugal era ainda mais pobre que nos tempos do Estado Novo e havia uma enorme emigração para o Brasil. Tive familiares algarvios que nessa época foram para o Rio de Janeiro.

    Estas normais antigas estão na Biblioteca Municipal de Faro para quem quiser consultar.

    No entanto parece que as últimas décadas do século XIX foram húmidas, a crer pelos registos de cheias históricas e por extrapolação de dados do Observatório de Gibraltar, que evidenciam intensa instabilidade no Estreito. O montado terá recuperado bem nesta época, ocupando as chamadas charnecas, terras de matos usadas para pastagens de gado.

    A grande diferença do momento actual para o período seco que ocorreu há um século está nas temperaturas!
     
  5. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,975
    Local:
    Porto
    Mas agora não sobrevive. As plantas estão muito mais sensíveis ao stress hídrico que há cem anos. Por um lado as temperaturas subiram, por outro há a questão das novas pragas, e ainda as aberrções das podas.
     
  6. Santofsky

    Santofsky
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    10 Nov 2020
    Mensagens:
    191
    Local:
    Portugal
    Primeira quinzena de maio deverá ser na média no que diz respeito às temperaturas, acima da média até sábado, para depois a partir de domingo descer para temperaturas um pouco abaixo do normal devido à passagem de um sistema frontal... E assim deverá ser até dia 15. A partir daí talvez o tempo comece a aquecer definitivamente, até porque começa a chegar a altura de aparecerem os primeiros 30°C do ano. Convém relembrar que o período junho-setembro é relativamente banal as temperaturas atingirem os 30°C em grande parte do território, sobretudo entre 15 de junho e 15 de setembro.
    Quanto à chuva só mesmo no domingo, quiçá com alguma trovoada associada devido à passagem do sistema frontal mencionado anteriormente. Depois... venham as cut-offs de verão. Isto porque é a partir do 15 de maio que normalmente aparecem as mais fotogénicas e melhores trovoadas, período que se prolonga até 15 de outubro. Ou não fosse este o período mais quente do ano... por isso venham elas. ;)
     
    "Charneca" Mundial, Thomar e joselamego gostaram disto.
  7. Norther

    Norther
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    25 Nov 2010
    Mensagens:
    1,919
    Local:
    Tortosendo 600m Encosta sul Serra da Estrela
    Esta próxima depressão que nos vai afetar através de uma superfície frontal fria, é capaz de lhe darem nome, Mathieu.
     
    joselamego, Thomar e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  8. Aurélio Carvalho

    Aurélio Carvalho
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Out 2018
    Mensagens:
    911
    Local:
    Faro
    Pois calor nem vê lo so uma amostra até dia 8 Maio!
     
    joselamego e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  9. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    19,305
    Local:
    Açores
    [​IMG]

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. "Charneca" Mundial

    "Charneca" Mundial
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Nov 2018
    Mensagens:
    3,607
    Local:
    Corroios (cota 26); Aroeira (cota 59)
    Tenham calma que ele ainda virá! ;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    joselamego e Cesar gostaram disto.

Partilhar esta Página