Seguimento Meteorológico Livre - 2022

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,833
Local
Açores
UQkMwrf.gif


Negativo :D

Fi6xt3n.png


Em contrapartida, há - ou parece haver - um ciclone em miniatura a afetar S. Miguel. É o primo do Alex 2016 (15 Jan) :D
AfgrsCc.gif
 

jamestorm

Nimbostratus
Registo
12 Jan 2010
Mensagens
1,941
Local
Lisboa e Alenquer
sinceramente tb não me lembro de um ano assim...alguém pode explicar melhor o que se está a passar? Temperaturas mínimas muito estranhas para um Janeiro praticamente sem chuva. É o continuar de Dezembro atípico, para um Janeiro muito atípico.

Aqui em Alenquer havia sempre geadas, nos anos secos a começar logo em Novembro. Agora um vento calmo começa sempre ao anoitecer e não ha qualquer possibilidade de geadas. Não deixa de ser realmente estranha toda esta mudança acelerada, a alteração climática parece estar a instalar-se definitivamente às nossas latitudes .
 

cactus

Nimbostratus
Registo
7 Jan 2009
Mensagens
569
Local
setubal (40 m)
sinceramente tb não me lembro de um ano assim...alguém pode explicar melhor o que se está a passar? Temperaturas mínimas muito estranhas para um Janeiro praticamente sem chuva. É o continuar de Dezembro atípico, para um Janeiro muito atípico.

Aqui em Alenquer havia sempre geadas, nos anos secos a começar logo em Novembro. Agora um vento calmo começa sempre ao anoitecer e não ha qualquer possibilidade de geadas. Não deixa de ser realmente estranha toda esta mudança acelerada, a alteração climática parece estar a instalar-se definitivamente às nossas latitudes .
Deve-se essencialmente ao potente AA , que nao faz as migracoes para a escandinavia com dantes fazia.
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,833
Local
Açores
Não é propriamente um AA 'potente' (relativamente ao continente).

É mais um AA 'estável'.

euratl.moy.PMER.CLIM.01.png


vs

X28EOVi.gif


Stratospheric aerosols from explosive tropical volcanic eruptions are known to cause an anomalous surface cooling within two years following the eruption. This cooling can induce atmospheric Kelvin waves and drive equatorial westerly wind anomalies over the western Pacific, thereby favouring El Niño conditions and shortening La-Niña periods32. Further, an El Niño signature after volcanic eruptions has been reported by several previous studies8,32. Also, 350 years of records show a large number of El Niño episodes associated with volcanic eruptions.

Ainda assim, é uma questão de tempo até ser escrito que a bomba de Tonga vai antecipar o regresso da era glaciar...
 

Thomar

Cumulonimbus
Registo
19 Dez 2007
Mensagens
2,500
Local
Cabanas - Palmela (75m)
Como não existem eventos meteorológicos relevantes no nosso quintal deixo aqui uma sugestão para próxima sexta-feira dia 21, passar 24h na Serra da Estrela, mais precisamente na Torre, segundo as previsões automáticas do IPMA teremos uma máxima de +2ºC :calor:e uma mínima de -6ºC:cold:, mas com vento!

XgAwY6O.png


reparem bem que com o vento a temperatura sentida é sempre negativa! :cold:
 
Última edição:

StormRic

Furacão
Registo
23 Jun 2014
Mensagens
14,355
Local
Póvoa de S.Iria (alt. 140m)
Não é Meteorologia mas não resisto a deixar aqui uma sugestão de pedido de explicação para quando encontrarem um "terraplanista": como é que eles explicam as direcções de propagação da onda de choque da explosão do vulcão de Hunga Tonga? Se se usar o mapa plano circular que eles "fanatisam" para a Terra, aparecem direcções que se encurvam mudando de direcção em pleno oceano aberto e algumas atravessam a supostamente "intransponível " Antártida. Mais ainda, as velocidades de propagação diminuem quanto mais se aproxima do Pólo Norte a passagem da onda, para depois voltar a aumentar acelerando ao afastar-se do Pólo. :huhlmao:
Mistérios da Natureza...

Outro "Mistério insondável" é o facto de a Lua e o Sol apresentarem praticamente sempre o mesmo diâmetro aparente apesar de as distâncias ao observador variarem imenso, uma vez que segundo o "terraplanismo" eles descrevem trajectórias circulares suspensas por forças ocultas, sobre o "plano" da Terra. No caso do Sol, as distâncias variam a ponto de ficar noite porque supostamente ele "foi lá para muito longe", na sua trajectória circular pairando sobre o plano circular da Terra, e no entanto nessa trajectória vê-mo-lo sempre do mesmo tamanho.
 

trovoadas

Cumulonimbus
Registo
3 Out 2009
Mensagens
2,443
Local
loule-caldeirao
Estamos a ter um Janeiro semelhante ao de 2005. Arrisco que se houver alteração do padrão será lá para final de Fevereiro ou Março. O ano hidrológico será provavelmente seco, a não ser que haja um "milagre" como ocorreu em Fevereiro de 2018.

A sucessão de anos secos em parte do Sul já vai demasiado longa.
Em teoria o ano chuvoso foi o ano passado...e digo em teoria porque ainda precisa ser confirmado! A este ritmo vamos colapsar mas ninguém quer acreditar nisso. Até agora tem havido sempre "milagre" para termos água no Verão mas não para o ano deixar de ser seco...