Sismologia e Vulcanismo nos Açores

Tópico em 'Sismologia e Vulcanismo' iniciado por Raquel 10 Jun 2008 às 15:11.

  1. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    15,679
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Wessel1985 gostou disto.
  2. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,221
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    Muitas erupções explosivas causam relâmpagos, já tornados/trombas de água nem tanto.

    Numa das pinturas da erupção de 1811 Sabrina (ao largo de São Miguel), está ilustrado uma tromba de água..
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Azor, StormRic, nelson972 e 4 outras pessoas gostaram disto.
  3. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    15,679
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Aqui deixo um artigo (em Francês) que aborda a probabilidade estatística de uma erupção nos Açores:

    https://www.dropbox.com/s/t3rnh580jpx99gc/Caniaux_2005_Bsgf.pdf?dl=0

    As tabelas mais relevantes:

    [​IMG]

    [​IMG]

    Infelizmente, e como o caso do Chile demonstra, ter uma rede de monotorização por vezes é inútil. Quando a natureza assim o quer, o vulcão explode sem avisar.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    2,936
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    Ou seja, o Pico daqui a 40 Anos será o vulcão com maior probabilidade de sofrer uma erupção!! Ou estou completamente errado?
     
    Wessel1985 gostou disto.
  5. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    15,679
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Estás. O Pico mesmo AGORA é o vulcão com maior probabilidade de erupção :lol: A única diferença daqui a 40 anos é que podes prever a erupção (se ainda não tiver acontecido) atirando uma moeda ao ar.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,221
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    O vulcão Calbuco (Chile) não entrou em erupção sem aviso (tal como o do Japão o ano passado).

    Horas antes da erupção do Calbuco, a autoridade em sismologia/vulcanologia do Chile emitiu um aviso:
    http://www.sernageomin.cl/reportesVolcanes/20150426095630137REAV_ Los Lagos_22-04-2015_1730.pdf

    Só que infelizmente manteram o nível de alerta a verde, e horas depois o vulcão entrou erupção..mas devem ter aprendido, e para a próxima já sabem que este vulcão poderá ter um comportamente semelhante antes de uma erupção..este é um dos grande problemas destes vulcões com erupções "centenárias" é que na última vez que entraram em erupção, não se sabe o comportamento sísmico.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #111 fablept, 29 Abr 2015 às 21:36
    Última edição: 29 Abr 2015 às 21:42
    StormRic, Wessel1985 e lserpa gostaram disto.
  7. Azor

    Azor
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    8 Out 2011
    Mensagens:
    1,477
    Local:
    Ilha de São Miguel - Açores (Eiras Velhas)
    Penso que não há notícias do Vulcão do Pico ter entrado em erupção desde o povoamento dos Açores.
    Já em outras ilhas o caso muda de figura, havendo mesmo algumas que viram explodir mais de 4 erupções (em terra e no mar) desde que as mesmas são habitadas, como é o caso de São Miguel e Terceira
     
    Wessel1985 e lserpa gostaram disto.
  8. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    2,936
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    As erupções do Pico são havaianas e tem como origem o centro da ilha, são acima de tudo fissurais. Como é o caso, o mistério da Prainha, o mistério de São João, santa luzia etc... Foram erupções muito efusivas e destruidoras por onde passava. Um exemplo "recente" disso é a zona do Cabrito.
     
    Azor e Wessel1985 gostaram disto.
  9. Azor

    Azor
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    8 Out 2011
    Mensagens:
    1,477
    Local:
    Ilha de São Miguel - Açores (Eiras Velhas)
    As erupções havaianas por norma costumam ser mais calmas, sem descarga de gases tóxicos.
    Já as plinianas (como foi o caso do Fogo, Furnas, Piquinhos, Sete Cidades, Sabrina, e mais recentemente Capelinhos), são extremamente destruidoras e bem mais violentas.

    Em 1630 morreram à volta de 200 pessoas na ilha de S. Miguel, mas a Terceira e Santa Maria foram também bastante afectadas.

    Basta referir que a última grande erupção das Furnas (1630) foi tão forte que segundo relatos de cronistas, foi avistada à noite das Flores.
     
    #114 Azor, 30 Abr 2015 às 01:51
    Última edição: 30 Abr 2015 às 01:57
    StormRic, Wessel1985 e lserpa gostaram disto.
  10. Azor

    Azor
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    8 Out 2011
    Mensagens:
    1,477
    Local:
    Ilha de São Miguel - Açores (Eiras Velhas)
    @fablept não sei se consegues confirmar pelas datas, mas como estou profissionalmente ligado à área da história, sabe-se que desde que o arquipélago foi povoado, foram registados inúmeras ocorrências sísmicas e vulcânicas nos Açores, com particular incidência em São Miguel, Terceira Faial e São Jorge.

    Por exemplo, Gaspar Frutuoso relata que no ínício, S. Miguel tinha dois picos muito altos, um em cada ponta das extremidades da ilha, os quais foram marcados pelo piloto do primeiro navio que aportou à ilha, e voltando ele tempos depois, com dificuldade a reconheceu, porque um dos picos havia desaparecido, em consequência de uma erupção vulcânica no lugar onde hoje há as Sete Cidades, isto entre os anos de 1432 e 1444.

    Anos mais tarde em 1522, um violento abalo de terra em São Miguel deslocou alguns montes que soterraram a recente povoação de Vila Franca do Campo.

    Daí por diante, excepto em Santa Maria, Graciosa, Flores e Corvo, muitas erupções e tremores de terra se têm dado.

    Em 1547, um forte abalo sísmico sacudiu a Terceira.
    Em 1562 deu-se uma erupção no Pico e sentiram-se tremores de terra em S. Jorge.

    Em 1563 em S. Miguel deu-se a grande erupção na Lagoa do Fogo, no Pico do Sapateiro e em Rabo de Peixe, e em 1564 novamente uma segunda erupção na dita lagoa. Anos mais tarde em 1580 uma outra erupção em S. Jorge, e em 1591 novamente tremores de terra em S. Miguel.

    No século XVII dá-se o terramoto na Terceira que destruíu a Praia da Vitória, mais precisamente em 1614.

    A grande erupção no Vale das Furnas em 1630 e a do Pico do Fogo, também em S. Miguel em 1652. Poucos anos mais tarde, em 1656 novamente em S. Miguel, ocorrem fortes tremores de terra, e em 1672 dá se uma erupção no Faial.

    Entrando pelo séc. XVIII temos também fortes abalos de terra novamente em S. Miguel, mais concretamente pelos anos de 1713 e 1755.
    Pela Terceira temos também registo de uma erupção vulcânica em 1760 e 1761, bem como tremores de terra no Faial em 1759 e em S. Jorge em 1757.
    No Pico temos registo de erupções pelos anos de 1718 e 1720.

    Na Terceira, deram-se ainda tremores de terra em 1800 e 1841, o último dos quais novamente destruíu a Vila da Praia da Vitória.
    Em São Miguel tremores de terra em 1848, 1852, e 1880. No Faial o mesmo cenário em 1862.

    Em S. Jorge deu-se uma erupção em 1808.

    Mais recentemente falando, há a mencionar os grandes tremores de terra do Faial em 1926, e em São Miguel em 1932 que destruíram diversas povoações nas duas ilhas, arrasando o de 1926 a cidade da Horta.

    Erupções submarinas, algumas das quais originaram tremores de terra nas ilhas, há as de 1638 em frente da Ponta da Ferraria em São Miguel, as de 1683 e 1720 entre São Miguel e Terceira, a de 1757 a leste de São Jorge, a de 1811 em frente dos Ginetes em São Miguel, que deu origem à ilha Sabrina, a pouco e pouco desfeita pelo mar, a de 1867 defronte da Serreta na Terceira, e a de 1902 ao pé de São Miguel.

    Fazendo um breve apanhado desta lista cronológica, por ilhas, rapidamente constata-se que a ilha de São Miguel, foi claramente a mais castigada e flagelada de todo o arquipélago, seguindo-se posteriormente a Terceira, Faial , S. Jorge, e por último Pico.
     
    #115 Azor, 30 Abr 2015 às 19:30
    Última edição: 30 Abr 2015 às 20:04
  11. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Exacto, inútil nunca é, cada vulcão tem o seu temperamento e é com a monitorização e estudo continuo que se pode perceber e tentar prever melhor os riscos futuros.
    No caso do Calbuco uma semana antes até houve um encontro entre várias autoridades públicas e acções de sensibilização da população, a que provavelmente poucas pessoas ligaram, alertou-se para riscos e necessidade de actualização de planos mas provavelmente nem as pessoas que alertavam estavam à espera de que ocorresse algo logo daí a poucos dias.

    Reparem na data do jornal:

    [​IMG]

    O Chile até é um país relativamente bem apetrechado neste campo, ou não fosse dos países com mais vulcões do mundo, mas esta erupção deve ter sido mais um daqueles casos clássicos em que se percebeu que se passa alguma coisa mas ninguém faz ideia se isso é suficiente para desencadear evacuações e alarmar a população em vão.
     
    lserpa, Wessel1985 e StormRic gostaram disto.
  12. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,221
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    Entrevista a Teresa Ferreira (CIVISA), no Telejornal RTP-Açores (21mnt e 15s) sobre a vigilância sismovulcânica nos Açores.



    Referem que dos 16 sistemas vulcânicos activos nos Açores, "alguns já apresentaram instabilidade", podiam ter referido alguns exemplos, só em São Miguel penso que Sete Cidades (1996), Fogo (anos 90 e 2003~2005), Furnas (2015?).
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Wessel1985, StormRic e lserpa gostaram disto.
  13. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,221
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    Recentemente foi lançado uma colectânea contendo artigos científicos relevantes sobre a vulcanologia na ilha de São Miguel, ainda não encontrei o livro por completo, mas no Google Books encontra-se quase na totalidade, e o que falta é só pesquisar na internet o artigo científico.

    [​IMG]
    Volcanic Geology of São Miguel
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    StormRic e Wessel1985 gostaram disto.
  14. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,221
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    [​IMG]

    Na imagem está ilustrada a erupção de 1563 do vulcão do Fogo (Agua do Pau) vista possívelmente da Praia do Pópulo (São Miguel), foi uma erupção VEI4/VEI5, originou colunas que atingiu alturas superiores a 10km. Foi a segunda maior erupção nos Açores desde o seu povoamento, sendo que a erupção das Furnas em 1630 foi de maior magnitude.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Wessel1985 e StormRic gostaram disto.
  15. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,221
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    Sismicidade na ilha de São Miguel entre 1990 e 2015



    -São mais de 15000 eventos visualizados em clusters, quanto maior o número de sismos, mais a vermelho ficará essa localização.
    -Não havia muitas estações sísmicas entre 1990 e 2000, logo são menores os eventos registados durante este período.
    -Infelizmente apenas o IPMA partilha os dados sísmicos >2008 (?).
    -Podem diminuir o tempo de visualização ao clicar nas definições do video e colocar "0.25x".

    Quando tiver oportunidade irei fazer uma página dedicada com estes dados, permitindo a pesquisa, criação de layers "heatmap", etc. É interessante para consultar crises sísmicas como a do centro de São Miguel em 2005 e verificar que houve a sismicidade na caldeira do Fogo e na zona do Congro, mas raramente as duas zonas tinham simultaneamente sismicidade.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #120 fablept, 16 Jan 2016 às 17:41
    Última edição: 16 Jan 2016 às 17:53
    Wessel1985 e lserpa gostaram disto.

Partilhar esta Página