Tornado em Carvoeiro, Lagoa e Silves – 16 de Novembro de 2012

Tópico em 'Eventos Meteorológicos' iniciado por ecobcg 16 Nov 2012 às 13:36.

  1. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa
    Quem??

    Que eu saiba toda a gente aqui, especialmente os mais entendidos, olham com muito respeito o ESTOFEX, uma entidade sem fins lucrativos composta de voluntarios profissionais especializados no ramo do tempo convectivo severo!

    Já apanhei alguns erros de vez em quando..é verdade, e é verdade que por vezes eles cometem erros, mas isso é normal!
    Desta vez acho que eles substimaram um pouco o potencial, talvez por e deixarem ir pelo facto do CAPE não estar assim tão alto...e então não lançaram o nivel 1.

    Mas reparem..eles analisam a situação na Europa toda, não conhecem todas as caracteristicas locais e é extenuante estudar todas a variaveis para um evento aqui em Pt, e outro no mediterraneo, etc etc..

    O que me faz confusão é o IM, como entidade nacional ter mostrado tanta falta de competencia ao nivel do conhecimento do nosso contexto...e não é só nisto das trovoadas severas ( que sim são mesmo complicadas de prever!), noutros campos eles volta e meia saem-se com coisas inadmissiveis...por exemplo quando preveem as temperaturas no verão de modo contraditorio ( fluxo de leste comtempertauras baixas, ou colocam brisas maritimas de tarde mas com temperaturas altas..)...por vezes o IM é gritante:calor:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Stinger

    Stinger
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Mar 2008
    Mensagens:
    1,288
    Local:
    Gondomar (188m)
    O IM foi ridiculo nesta situaçao , mais embaraçosa foi que só quando aconteceu as coisas é que la meteram alerta laranja mas sem dizerem nada de tornados .


    Já repararam que nao é a 1ª vez que acontece , e depois veem dizer que foi um fenomeno extremo de vento e devem pensar que tornados é só nos EUA.


    Como ja disse pelo sim ou pelo nao , era alerta laranja/vermelho
     
  3. David sf

    David sf
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Jan 2009
    Mensagens:
    5,023
    Local:
    Oeiras / Portel
    Vamos imaginar que a célula que originou este tornado tinha passado umas dezenas de km a oeste, e tinha afectado somente o mar. Não teria acontecido absolutamente nada.

    A diferença entre acontecer um evento problemático ou não acontecer absolutamente nada é muito ténue, e não se justifica emitir um aviso por uma situação destas, pois causaria duas reacções na população:

    - a primeira de alarmismo excessivo, teríamos uma ou mais regiões do país à beira de um ataque de nervos, provavelmente seria um dia em que a vida normal das pessoas seria afectada, inclusive através do fecho de alguns estabelecimentos, com todos os prejuízos económicos que isso acarretaria. Imaginem o que aconteceria ao turismo no Algarve, se todos os meses fosse um emitido um aviso de tornado.

    - a segunda, após alguns eventos em que não acontecia nada (mesmo que houvesse um ou dois tornados, a zona afectada seria ínfima), seria a despreocupação e o desprezar dos avisos, sendo que numa situação mais gravosa, e em que fosse necessário mobilizar a população, esta ficaria despreocupada e nem ligaria ao aviso.

    Face ao previsto pelos modelos de manhã, o aviso amarelo no Algarve justificava-se. Não estavam previstos acumulados extraordinários, se bem que todos, inclusive os técnicos do IM (vou chamar assim, apesar de já ter mudado de nome), acredito eu, soubéssemos que sendo um evento essencialmente convectivo, havendo modelos globais a preverem 10 mm em 3 horas, era bastante provável que houvesse lugares afectados por eventos severos de precipitação. Mas também haveria outros cujos acumulados seriam irrisórios. E a pergunta põe-se, o que pensariam os habitantes desses lugares, após ser emitido um aviso laranja de precipitação, quando chegasse ao fim do dia e tivesse apenas passado um rápido aguaceiro?

    Não isento com isto tudo o IM de críticas. Porque após o lançamento do aviso amarelo, como já referi justificado, se percebeu pelas imagens de radar que se aproximava uma linha de instabilidade com manchas de precipitação excessiva, e nesse momento a cor do aviso deveria ter sido imediatamente alterada, e não apenas umas horas depois. Já num evento há umas duas semanas atrás o IM lançou o aviso laranja de precipitação para os distritos de Lisboa, Santarém e Portalegre, a coincidir com as previsões do ECMWF e do Aladin, e houve uma excessiva demora a mudar esse aviso para os distritos de Évora e Beja, quando se notou claramente pelas imagens de radar que a maior quantidade de precipitação iria acontecer nesses locais. Poderia haver mais celeridade e mais acompanhamento em tempo real, mas de resto não me parece que se possa apontar qualquer outra crítica ao IM.

    Isto de fazer avisos para a população é algo bastante complicado, exige uma gestão do risco ponderada, entre não criar alarmismo desnecessário, não descurar a segurança das populações e não lançar avisos excessivos, que poderiam criar um efeito de "Pedro e o Lobo". Por essa razão acho que todos nós devemos neste fórum evitar substituirmo-nos à Protecção Civil, e mesmo perante a previsão de eventos severos, não devemos prever derrocadas, incêndios, inundações, pois mesmo quem percebe muitíssimo de meteorologia não possui os conhecimentos necessários no que toca à estabilidade dos terrenos das áreas afectadas, da capacidade de infiltração dos solos, do estado de conservação da drenagem pluvial, etc., para poder fazer uma análise das consequências do mau tempo que prevê. Principalmente agora, com a notoriedade que o fórum tem vindo a ganhar (ontem batemos largamente o recorde instantâneo de visitantes), temos que ter alguma ponderação naquilo que escrevemos.
     
  4. Zapiao

    Zapiao
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    20 Set 2006
    Mensagens:
    882
    Local:
    Coimbra - 135m alt.
    Sou da opiniao que se deve pecar por excesso e assim salvaguarda-se vidas e bens. É preferivel haver alerta de possiveis tornados (que é o que faz o Extofex) do que nao os haver, e depois as pessoas terem a legitimidade de "exigir" responsabilidades.
    O IM deveria começar a ter em conta os "sinais dos tempos" e rever a sua posiçao quando anuncia "mau tempo". É que queiramos ou nao este tipo de evento ja começa a nao ser novidade por cá.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Que eu saiba nenhum serviço meteorológico europeu faz previsões para fenómenos como Tornados. São raros, difíceis de prever e quando um se forma o tempo de reacção para fazer algo é extremamente baixo, não existindo qualquer estrutura que permita sequer alertar a população, nem sequer cultura da mesma para tal. E a fazer previsões, deve ser sempre algo probabilístico, e não fazer previsões de tornados quase semana sim semana não como alguns fazem, isso só iria gerar uma enorme confusão na população.

    É matéria bastante complexa, e bastante discutida entre as entidades (oficiais/académicas/cientificas) a nível europeu, discussão feita num outro nível e não com a ligeireza com que alguns a fazem. Como parece que a incidência de tornados destruidores parece estar a aumentar pro cá, ou estamos numa qualquer fase ou padrão mais activo, o próprio IM como ontem um responsável da instituição referiu, o próprio IM naturalmente está a analisar toda esta problemática e a melhor forma de lidar com previsões de fenómenos deste género e da melhor forma de as comunicar ao público. Mas não é assunto simples.
     
  6. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,322
    Local:
    Inverness, Escocia
    O vídeo postado atrás é brutal e sem dúvida o MELHOR vídeo filmado de um tornado até hoje em Portugal!

    Parece pelo menos um F2 e mais provavelmente um F3. Estimo rajadas de 250km/h. Lembrem-se do que junto ao tornado o vento ainda é mais violento do que se vê no vídeo. É simplesmente espantosa esta filmagem, e gostei do pormenor da calma do autor do vídeo! Tem bastante coragem!

    È claramente muito mais violento do que o tornado que vi (de longe) em 1990 e tal, em Matosinhos (Porto) (esse só deveria ter sido um F1). Quando comparo com outros vídeos de tornados este parece-me um tornado de categoria pelo menos F3.

    Quanto à previsão, bem é difícil prever tornados mas...

    Uma das situações ideais é haver entrada de ar convectivo, quente e húmido em Portugal de SUDOESTE, enquanto (e isto é essencial) uma entrada de AR POLAR vinda de norte colide com essa massa quente.

    No satélite é bem vísivel as duas massas. Eu até diria que hoje ainda é possível ocorrer mais um ou outro fenómenos violento na Península Ibérica.

    Porém os tornados também podem ocorrer com frentes frias de oeste, mas parecem ser claramente mais frequentes quando acontece a entrada húmida e quente de sudoeste, em simultâneo com uma entrada fria polar, que alimenta a depressão convectiva. Embora só ocorram tornados em algumas dessas situações.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Zapiao

    Zapiao
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    20 Set 2006
    Mensagens:
    882
    Local:
    Coimbra - 135m alt.
    Correçao: digamos que em certas situaçoes "mencionam" a possibilidade de ocorrer tornados.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. ct5iul

    ct5iul
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    27 Mar 2008
    Mensagens:
    780
    Local:
    Lisboa Ajuda (110m)
    Bom dia
    Não há duvida que é um F2 na escala Fujita, mas na minha opinião estava a ganhar força para um F3. Tive a analisar vários vídeos/fotos e até comentários de alguns amigos que vivem perto de Silves e tudo indica que o ponto mais alto do Tornado tenha atingido a escala F3 para levantar tantas árvores, carros etc., o vento deve ter atingido uma velocidade média de 160km\h, tendo atingido uma velocidade máxima de aproximadamente 200km\h.
    Parabéns a todos os corajosos que conseguiram filmar e fotografar este fenómeno da Natureza.
    Agora cabe as entidades competentes ajudarem a população nos locais atingidos, boa sorte para todos e que tudo se resolva da melhor maneira.
    Cumprimentos,

    PAGINA DO METEO AJUDA
    http://meteoct2iul.webnode.pt/

    WEBCAM METEO AJUDA
    http://ww.com/CT2IUL

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    10,140
    Local:
    Olhão (24 m)
    Eu vou deixar uma sugestão ao IM que é uma ideia que o IM vai ter que adoptar mais cedo ou mais tarde. O IM tem que dividir os distritos em sub-áreas, senão o aviso nunca é correspondido. Ontem, aqui em Olhão, foi um dia normal, com chuva por vezes fortes, vento forte com algumas rajadas e trovoada, mas nada de anormal e já assisti a situações bem piores.

    Eu diria que o IM teve bem no geral, aviso amarelo, de facto, só na área entre Lagos e Albufeira é que se passou algo que justificaria, outro tipo de aviso. Se o IM dividir o Algarve em 3 áreas, sendo a parte ocidental de Vila do Bispo a Albufeira, outra área entre Albufeira e Olhão e outra área entre Olhão e VRSA, ou seja, o IM aí emitiria os avisos conforme essas áreas. Agora, lançar um aviso laranja no Algarve, só porque uma área entre Carvoeiro e Silves viu uma situação rara, não tem muita lógica a meu ver.

    Se formos ver, fenómenos destes sempre existiram e há anos atrás não havia os meios que haviam hoje. Se o IM tivesse aviso laranja ou vermelho, será que existia menos prejuízos é claro que não.

    Certamente, haverá aqui membros do Algarve e mesmo fora do Algarve, que lembram-se do ano em que o Benfica veio jogar a Faro e passado uma hora depois de acabar o jogo, caiu uma torre de iluminação no Estádio de São Luís. Todos se lembram da ciclogénese que afectou o Alentejo em Novembro de 1997, também a rádio e a televisão alertaram a população, foi uma tarde inteira em que os meios de comunicação social davam tempo severo no sul do país, depois foi o que todos sabemos. Eu lembro-me bem desse dia que estava em Ferreira do Alentejo e vim para o Algarve, lembro-me como fosse hoje.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,117
    Local:
    Lisboa
    O Evento de ontem segundo os modelos poderia ter ocorrido em toda a faixa litoral a sul do C Carvoeiro, e numa porção para interior que afectaria o vale inferior do tejo, vale do sado, distrito de beja e vale do guadiana.

    Sucede que a linha de instabilidade só se organizou e tomou mais pujança na região do Barlavento algarvio, Barrocal e em algumas faixas do vale do Sado e do Guadiana, que foi onde tivemos as maiores reflectividades e os topos mais altos.

    A questão não é somente dividir os distritos em areas, neste caso para haver uma prevenção como deve de ser toda a area favoravel a fenomenos extremos devia ter estado em alerta pelo menos 12 a 24h antes do evento ( que foi o periodo em que se começou a deinear a situação mais severa)...e não falo em dizer ás populações que veem ai tornados, mas sim fazer referencia á possibilidade de ventos fortes, chuvadas, etc e indicar as precauções a ter, de modo a que as pessoas se sintam mais seguras e conheçam melhor aquilo que vai ocorrer.

    Por outro lado, e mais importante, seria fazer um briefing completo ás unidades de protecção civil/bombeiros indicando que está iminente a uma situação que deve ser seguida com cuidado e preparada rapidamente.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    6,073
    Local:
    Viseu//Coimbra
    Claro que não se poderia prever com um dia de antecedência esse evento, mas decerto que o IM tem acesso a dados quase em tempo real de satélite e radar de de certeza dariam para prever que andaria algo a formar-se junto à costa de extrema violência, e isso é possível constatar pelas imagens de radar de ontem.

    Acho incrível como a população não tem acesso a esses dados. Decerto nós teríamos mais facilidade em avisar a população pelo efeito passa-a-palavra e nas redes sociais que o IM pelo aviso à Proteção Civil. Quando se tornou possível esse evento, o que o IM devia ter feito era comunicar às rádios, televisões, fóruns meteo, e colocar no próprio website e facebook aviso com 10minutos de antecedência.

    Era o suficiente para parar trânsito, tirar as pessoas da rua, colocar carros em garagens, sair de espaços abertos e refugiar. Pelo sim, pelo não. Mas este país tem que evoluir! Não sei se tenho razão ou não, mas estou ontem fiquei desiludido com a inação do IM.
     
  12. ecobcg

    ecobcg
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Abr 2008
    Mensagens:
    4,811
    Local:
    Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
    Mais um video. Este terá sido filmado na Via do Infante, antes da saída para Lagoa (no sentido Portimão-Faro).

     
    #117 ecobcg, 17 Nov 2012 às 14:32
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 03:52
  13. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    6,073
    Local:
    Viseu//Coimbra
    QUE MONSTRO! :surprise::surprise::surprise:
     
  14. amando96

    amando96
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    16 Fev 2010
    Mensagens:
    966
    Local:
    Düsseldorf
    Então e se isto deixar de ser eventos isolados? será preciso preparar infra estruturas capazes de resistir tempo muito severo? caves e afins.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    6,073
    Local:
    Viseu//Coimbra
    http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=604079&tm=8&layout=123&visual=61



    Eh pá, pelo amor de Deus. "(...) sabemos que ele ocorreu, com base em imagens de radar(...)", "(...) nós sabíamos que haviam condições para que se formassem este tipo de fenómenos".

    E ainda sim bastou um amarelo, e não avisaram ninguém que iria dar à costa um tornado! Para mim, perderam a credibilidade, como instituto público... :disgust:
     

Partilhar esta Página