Torre Eólica danificada - Intensidade de vento

Tópico em 'Meteorologia Geral' iniciado por bartotaveira 15 Fev 2014 às 14:28.

  1. LMCG

    LMCG
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    28 Dez 2009
    Mensagens:
    477
    Local:
    Ponta Delgada
    A fórmula não é para usar dessa forma :) é usada para comparar valores de vento medidos a várias alturas em relação ao solo não em relação ao mar! :p
     
    Manditu gostou disto.
  2. bartotaveira

    bartotaveira
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    2 Fev 2010
    Mensagens:
    339
    Local:
    Carrazedo de Montenegro (770m)
    Esta a desconfiar que era esse o erro! :thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. bartotaveira

    bartotaveira
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    2 Fev 2010
    Mensagens:
    339
    Local:
    Carrazedo de Montenegro (770m)
    De qualquer forma podemos afirmar, com certeza, que o problema foi mesmo da torre.

    Fiquem bem.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Mr. Neves

    Mr. Neves
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    22 Jan 2013
    Mensagens:
    3,842
    Local:
    Tondela-290m
    Boa tarde. Eu como sou bastante ignorante na matéria fiquei a olhar para esses cálculos sem saber muito bem a sua função.

    Essa fórmula é algo semelhante a um gradiente de vento? Se alguém me pudesse explicar os vários significados da fórmula, agradecia:), fiquei curioso por tentar perceber.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. PauloSR

    PauloSR
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    14 Dez 2009
    Mensagens:
    913
    Local:
    Póvoa de Lanhoso
    Boas!

    Quanto a outras causas meteorologicas, devo referir que no parque eólico situado no alto do Merouço, na fronteira dos concelhos de Fafe e Póvoa de Lanhoso, uma torre eólica após uma noite de temporal (chuva, vento e trovoada) ficou com uma das helices danificada, tendo inclusive caído ao solo. Segundo um morador de uma freguesia vizinha (Sobradelo da Goma, Póvoa de Lanhoso), tal aconteceu após ter sido atingida por um raio.

    Cumprimentos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    CptRena gostou disto.
  6. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    10,472
    Local:
    Olhão (24 m)
    Essa deve ser a causa mais provável, porque as pás sofrem imenso devido às descargas atmosféricas.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,985
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    e se tiver sido vento descendente, um downburst? Pode não ter sido apanhado pela estação amadora.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. bartotaveira

    bartotaveira
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    2 Fev 2010
    Mensagens:
    339
    Local:
    Carrazedo de Montenegro (770m)
    Nesse caso deveria haver mais estragos perdo da torre, não deu para chegar perto dela, mas pelo que consegui ver não existiram mais estragos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    10,472
    Local:
    Olhão (24 m)
    Sabes dizer se existiu trovoada nesse dia/noite?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. bartotaveira

    bartotaveira
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    2 Fev 2010
    Mensagens:
    339
    Local:
    Carrazedo de Montenegro (770m)
    Tenho quase a certeza que não.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. jonas_87

    jonas_87
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    11 Mar 2012
    Mensagens:
    16,313
    Local:
    Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
    DEA do dia 24 de Dezembro de 2013

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    10,472
    Local:
    Olhão (24 m)
    A fórmula que o LMCG postou foi esta: v1/v2=(z1/z2)^(1/7)

    [​IMG]

    Zr - 10 metros
    Z- é a altura da torre eólica
    Vr- é a velocidade do vento a 10 metros de altura
    Alfa - é o coeficiente de atrito onde está instalada a torre

    o LMCG considerou o 2º tipo de terreno que está nessa lista
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    bartotaveira e Mr. Neves gostaram disto.

Partilhar esta Página