Veado-Vermelho (Cervus elaphus)

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por Seattle92 30 Set 2010 às 15:09.

  1. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,128
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    Penso que 5 coelhos bravos por ha, já é mais que bom. Mais que isso já é praga, se pensarmos que 1ha é como um quadrado com 100m de lado! Se existem por lá, tantos coelhos, deverá ser por falta de predadores.. No limite urbano de castelo branco assim como na zona industrial encontro com frequência coelhos bravos e até lebres, assim como perdizes! No limite do meu bairro há moradores que se queixavam há uns anos atrás de passagem de javalis pelas suas hortas. Para ver veados por aqui basta passar o rio ponsul em direcção a monforte da beira ou malpica do tejo, linha recta a 15km da cidade. Também observo na cidade bastantes aves de rapina (peneireiros, milhafres, águia de asa redonda ou de bonelli não as distingo bem). Existem ainda aves que passam pela cidade de manhã e ao fim da tarde, bandos de carraceiros - uma espécie de garça branca pequena. Se por aqui existe tal diversidade, porque não na malcata onde apenas restam uns 2 lugarejos com poucos habitantes?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,062
    Local:
    Sintra
    Muito interessante o seu testemunho, PauloH.
    Mas não me parece que exista uma correlação de elevada densidade de coelhos com falta de predadores. Aliás, pelo menos para o caso do lince-ibérico (espécie ainda presente na Malcata), em Andujar, por exemplo, não tem impacto directo na densidade de coelhos, que se mantém até bem elevada.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,128
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    Ou talvez haja raposas a menos.. Relativamente aos linces talvez hajam outras razões para que não prosperem como seria desejável, como sejam doenças naturais ou até indirectamente induzidas (já por aqui se falou da diabetes dos linces), outra razão poderá ser a já muito escassa diversidade genética (também é importante)!

    Uma praga de coelhos só se combate com predadores naturais, ou caçando-os. Apenas por curiosidade, os coelhos já foram praga na austrália, foi necessária uma verdadeira batalha contra os coelhos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,062
    Local:
    Sintra
    E dessa batalha resultou uma doença gravíssima ( mixomatose) desenvolvida para combater a praga de coelhos na Austrália mas que acabou por chegar à Península Ibérica e colocar o coelho-bravo nativo e toda a cadeia alimentar em colapso.
    Onde há lince, há menos raposa, mangusto, gineto, gato-bravo e outros tantos pequenos predadores, porque o grande felino controla os seus números sempre que tem a oportunidade.
    Uma vez que o lince é um animal que mesmo em situação ideal não apresenta uma densidade elevada, dificilmente terá um efeito crucial no número de coelhos.
    Normalmente até produz um aumento, pois elimina facilmente os animais mais fracos ou doentes, que poderiam contagiar ou propagar maus genes a outros.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    http://biblioteca.sinbad.ua.pt/Teses/2009001237
     
  6. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Ainda do mesmo estudo:


    Pensava que neste momento já estariam distribuídos por todo o parque, afinal ainda estão concentrados apenas na metade leste.
     
  7. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Seguindo a minha busca pelos veados de Portugal (isto soa muito mal se dito por um brasileiro :lol:), encontrei algumas boas referências.

    Parece que a população da serra da Lousã (apesar de já ser caçada) está a expandir-se para leste, o que significa estar cada vez mais próxima da serra da Estrela :thumbsup:

    Um exemplo de 2008, apesar de não ser muito cientifico:

    http://arganil.blogspot.com/2007/10/algum-viu-o-veado.html
     
  8. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Em relação à zona do Gerês, encontrei no site da câmara de Cabeceiras de Basto esta referencia

    http://www.cm-cabeceiras-basto.pt/145


    Devem ter desistido da ideia, passados estes anos todos não se encontram nenhuns sinais que andem veados em estado selvagem na serra da Cabreira ou em qualquer outro local perto do parque do Peneda-Gerês
     
  9. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    A semana passada fiz uma viagem de avião que voou sempre ao lado da "cordilheira" que vai desde a serra da Lousã até à serra da Estrela. Realmente todas essas serras fazem parte da mesma cordilheira.

    Claro que lá de cima era um bocado difícil perceber por que serras é que estava a passar (a serra da Estrela era a única óbvia :)). Mas foi fácil de perceber que toda aquela zona forma uma continuo de vários km quadrados que pode manter uma boa população de fauna selvagem.

    Realmente é apenas uma questão de tempo até termos os corços e veados da Lousã a ocupar todas aquelas serras do centro de Portugal. Para quando lobos? ;)
     
  10. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,062
    Local:
    Sintra
    Excelente essa reportagem! :D
    Quanto aos lobos logo se vê...
    Eu ainda não tomei muita atenção em relação à população de lobos do Sul do Douro, mas vou começar a estar mais atento.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. DRC

    DRC
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    15 Set 2008
    Mensagens:
    1,599
    Local:
    Póvoa de Santa Iria // Sabugal
    Sei que existem lobos na zona raiana do concelho do Sabugal, nomeadamente junto á Serra das Mesas (serra onde nasce o rio Côa) tendo ocorrido um ataque há não muitos meses de um lobo ao rebanho de um pastor não me recordo se em Vale de Espinho ou nos Fóios.

    Quanto á presença de veados naquela zona, sei de um acidente também á relativamente pouco tempo na zona de Caria (Belmonte). Um veado atravessou-se na estrada e um carro atropelou-o tendo a viatura ficado bastante amolgada.
     
  12. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Belas notícias DRC :)

    Caria fica já na base da serra da Estrela, mas seria mesmo um veado ou apenas um corço? Sei de uma reintrodução de corços na Caria, mas desconhecia que já por lá andavam veados. Melhor assim ;)
     
  13. DRC

    DRC
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    15 Set 2008
    Mensagens:
    1,599
    Local:
    Póvoa de Santa Iria // Sabugal
    Pelo que me disseram foi mesmo um veado.
    O acidente ocorreu na estrada que liga Caria ao Sabugal (não muito longe da localidade cariense numa zona de vegetação relativamente densa).
     
  14. Seattle92

    Seattle92
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    22 Set 2010
    Mensagens:
    668
    Local:
    Portugal
    Sim, é bem capaz de ter sido. Afinal em Penamacor e na Malcata já começam a ser mais numerosos (apesar de não tanto como os corços).

    Nessa zona a A23 tem muitos viadutos ou túneis, ou forma mesmo uma barreira difícil de passar? Neste momento as autoestradas são um dos principais factores de isolamento das populações selvagens de diferentes espécies.
     
  15. DRC

    DRC
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    15 Set 2008
    Mensagens:
    1,599
    Local:
    Póvoa de Santa Iria // Sabugal
    De acordo com o que me disseram o veado saltou para a estrada na estrada municipal, mas muito perto de zonas habitadas, julgo que foi perto da vila de Caria ou de alguma pequena quinta.
     

Partilhar esta Página