Aquecimento Global

Tópico em 'Climatologia' iniciado por Minho 23 Set 2007 às 19:38.

  1. Camone

    Camone
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    25 Jan 2009
    Mensagens:
    40
    Local:
    Serra do Muradal, a 550m
    Antigamente o latim era a lingua franca da ciencia, hoje e' o ingles. Se tu nao sabes ingles paciencia, ignora a mensagem, ninguem te obriga a le-la.

    > E que motivos justificam que, num Fórum Português, um forista se
    > dirija a outro em Inglês, para um diálogo banal e corrente?


    Mas entao tu agora ja' sabes ingles suficiente para dizer que o (nao) dia'logo foi "banal e corrente"? Sera' que esta's a gozar?

    > A arrogância e a "persporrência" não são aliadas do conhecimento....A
    > humildade ... essa....sim... afasta do nosso juízo o perigo da
    > parolice...

    Sim e' verdade, mas e' pena que nao apliques esses principios a ti pro'prio e 'a quantidade imensa de artistas que passam a vida a postar neste thread falsa, irrelevante, inconsequente e por vezes difamato'ria informacao. Um peso, duas medidas.
     
  2. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Vai meio mundo morrer gelado e vocês andam preocupados a picarem-se uns aos outros em inglês :confused::confused: que tal sentirem o pulsar da natureza ??
     
  3. vitamos

    vitamos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2007
    Mensagens:
    5,431
    Local:
    Estarreja
    Ontem chamei a atenção para a intolerância relativamente aos textos em Inglês. Continuo a afirmar que mesmo num diálogo banal, se um interlocutor sente dificuldades em se expressar em Português, deve fazê-lo na língua que domina melhor! O fórum é em Português sim, mas temos visitantes de outras nacionalidades também que têm todo o direito de se expressarem!

    Infelizmente, como o insulto tanto pode vir em Português como em Inglês arrependo-me já de ter falado! E poucas vezes falarei num tópico que sinceramente, atinge muitas vezes um baixo nível e grosseria inqualificáveis!

    Aprendam a discutir os assuntos civilizadamente!
     
  4. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,921
    Local:
    Arroja, Odivelas (140m); Várzea da Serra (900m)
    Estamos num fórum português é verdade, mas isso não significa que nos fechemos ao diálogo entre outras línguas que não a portuguesa.
    Não é por não se saber escrever em português que não se pode participar no meteoPT.com

    Já por várias vezes chegaram ao fórum informações, reportagens, mensagens em espanhol, em francês, em inglês, etc, que tornaram esta casa mais rica.

    Às vezes mais vale que se escreva numa dessas línguas, do que recorrer a traduções que acabam por friamente (e muitas vezes erradamente), transmitir algumas das mensagens que pretendemos transmitir.

    Penso que quando aqui se escreve numa outra língua que não a portuguesa, não é por "mania" ou por "desprezo para com quem não a percebe", mas porque é nessa língua que conseguimos transmitir aquilo que realmente queremos.

    Nesse ponto, sejamos compreensivos, e quando tivermos alguma dúvida, nada como mandar uma MP a perguntar o que quer dizer frase "x" ou expressão "y".

    E continuo a dizer, antes isso, do que uma tradução fria e impessoal daquilo que queríamos realmente dizer.



    E que o "Há mesmo aquecimento Global?" continue!
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. rozzo

    rozzo
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2006
    Mensagens:
    2,454
    Local:
    Montijo/Lisboa
    Ó Camone não me leves a mal..
    Eu até concordo com o que tu dizes, e acho que aparentas ter base científica e conhecimento do que que é o procedimento científico, e do que é credível ou não, do que é válido ou não.. E da maior parte da discussão do tema em si concordo contigo e com os teus argumentos contra os defensores do frio.. Sem dúvida.. Mas acho que com os teus conhecimentos ou argumentos, te fica algo mal uma "aparente" falta de compreensão para os participantes que estão menos dentro de linguagem científica.. E mesmo que seja sem intenção, por vezes fazes transparecer uma certa "arrogância" na forma como comentas as coisas de "cima para baixo", do tipo, "se não sabes física baza daqui"..
    Não quero entrar em guerras, longe disso.. Mas sei lá, acompanhando o tópico, e nem eu sendo responsável do fórum, mas custa-me um bocado ver alguém que até sabe do que fala, entrar nessas "guerrinhas pessoais", e com algum nível de insulto...
    Mas pronto.. Sou só eu a falar.. ;)
     
  6. Laredo

    Laredo
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    1 Jan 2009
    Mensagens:
    45
    Local:
    Aveiro
  7. Orvalho

    Orvalho
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    14 Nov 2007
    Mensagens:
    59
    Local:
    Vila Nova De Poiares e Serra da Estrela (400 m)



    Poderia por favor dizer-me qual a proveniência ou os estudos que deram origem aos gráficos por si colocados? Obrigado
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. Camone

    Camone
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    25 Jan 2009
    Mensagens:
    40
    Local:
    Serra do Muradal, a 550m
    Claro que digo, e nao e' preciso agradecer, o prazer e' meu, e' sempre bom ver pessoas a quererem confirmar os factos com base na vastissima evidencia so'lida do AGW em vez de perderem tempo em sites negacionistas cheios de lixo.

    Os gra'ficos acima foram publicados pelo IPCC Working Group 1 (WG1): The Physical Science Base of Climate Change. Como a Climatologia e' uma ciencia que se iniciou ha' mais de 100 anos a bibliografia e' muito vasta.

    Esta e' a pa'gina do suporte te'cnico do WG1. Toda a informacao esta' em ficheiros PDF, clica nos links para fazer o download. As muitas referencias (papers, books, etc) estao no fim de cada documento. Muitas dessas referencias podem ser obtidas de borla na Web (Google) se nao, pede numa biblioteca da universidade.


    Num desses documentos (Technical Summary) esta' um grafico que todos deveriam pendurar em casa, a monument to human folly:

    Variacao na concentracao de Greenhouse Gases obtidas a partir de Ice Cores e medicoes recentes, desde 'a vinte mil anos atra's ate' agora (ver legenda abaixo). Pode-se ver que nesta escala de tempo o recente *ra'pido* aumento de greenhouse gases parece um Dirac delta pulse:

    [​IMG]
    [​IMG]
    Figure TS.2. The concentrations and radiative forcing by (a) carbon dioxide (CO2), (b) methane (CH4), (c) nitrous oxide (N2O) and (d) the
    rate of change in their combined radiative forcing over the last 20,000 years reconstructed from antarctic and Greenland ice and fi rn data (symbols) and direct atmospheric measurements (panels a,b,c, red lines). The grey bars show the reconstructed ranges of natural variability for the past 650,000 years. The rate of change in radiative forcing (panel d, black line) has been computed from spline fi ts to the concentration data. The width of the age spread in the ice data varies from about 20 years for sites with a high accumulation of snow such as Law Dome, Antarctica, to about 200 years for low-accumulation sites such as Dome C, Antarctica. The arrow shows the peak in the rate of change in radiative forcing that would result if the anthropogenic signals of CO2, CH4, and N2O had been smoothed corresponding to conditions at the low-accumulation Dome C site. The negative rate of change in forcing around 1600 shown in the higher-resolution inset in panel d results from a CO2 decrease of about 10 ppm in the Law Dome record. {Figure 6.4}
     
  9. Camone

    Camone
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    25 Jan 2009
    Mensagens:
    40
    Local:
    Serra do Muradal, a 550m
    Rozzo, nao te preocupes, como ja' tinha dito antes, e' preciso mesmo muito para que eu me chateie ;)

    > E mesmo que seja sem intenção, por vezes fazes transparecer uma certa
    > "arrogância" na forma como comentas as coisas de "cima para baixo",
    > do tipo, "se não sabes física baza daqui"

    E' precisamente ao contra'rio, se eu quisesse encerrava-me na minha torre de marfim (por acaso ate' e' de betao) e nem sequer vinha para aqui postar. Aqui e' tudo mais igualita'rio, ningue'm esta' acima (ou abaixo) de ningue'm (a nao ser claro quando se olha para a ordem dos posts num display vertical). Aqui e' tu ca', tu la'.

    > Não quero entrar em guerras, longe disso.. Mas sei lá, acompanhando o
    > tópico, e nem eu sendo responsável do fórum, mas custa-me um bocado
    > ver alguém que até sabe do que fala, entrar nessas "guerrinhas
    > pessoais", e com algum nível de insulto...

    Nao sei a que insulto te referes, talvez ter chamado "moron" ao tretas anti-eco (ecotretas). Neste caso eu ate' fui bastante simpa'tico. Mas nao ha' du'vida que com tretas e insultos nao vamos a lado nehum, ou pior, vai-se 'a guerra.
     
  10. vitamos

    vitamos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2007
    Mensagens:
    5,431
    Local:
    Estarreja
    Nem mais...

    Deixo à vossa consideração extraído do artigo:

    “This is just one example where scientific evidence has been selectively chosen to support a cause. In the 1990s, global temperatures increased more quickly than in earlier decades, leading to claims that global warming had accelerated. In the past 10 years the temperature rise has slowed, leading to opposing claims. Again, neither claim is true, since natural variations always occur on this timescale. For example, 1998 was a record-breaking warm year as long-term man-made warming combined with a naturally occurring strong El Niño. In contrast, 2008 was slightly cooler than previous years partly because of a La Niña. Despite this, it was still the 10th warmest on record."

    Ora isto serve de análise para todos independentemente do lado desta estúpida barricada que se gerou! Neste caso as "ecotretas" resultam em tiros nos próprios pés! Estas afirmações provenientes do metoffice são a meu ver muito educativas e são uma chapada de luva branca para muita gente, que defende diferentes ideias!
     
  11. Orvalho

    Orvalho
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    14 Nov 2007
    Mensagens:
    59
    Local:
    Vila Nova De Poiares e Serra da Estrela (400 m)


    O que se passa é que não há consensos no Mundo Cientifico nesta tematica, já vi muitas inverdades cientificas do lado do Aquecimento.
    Provavelmente também as haverá do lado do Arrefecimento.
    mas o que eu vi do lado do Aquecimento faz-me questionar, não posso simplesmente aceitar a informação que me é dada nos meios de comunicação social, (até porque eles manipulam a sociedade como querem e lhes apeteçe)
    Existe uma quantidade de cientistas que têm outras teorias alguns deles cientistas de topo.
    Exemplo:Petição entregue ao governo dos Estados Unidos contra o Aquecimento Global provocado pelo Homem, assinado por 31000 cientistas só nos Estados Unidos
    http://www.oism.org/pproject/

    Portanto tem que se questionar

    Ainda não tive qualquer resposta por parte dos defensores do Aquecimento
    aos estudos que aqui deixei de cientistas crediveis.
    Vitamos diz-me tu ou quem saiba porque é que nestes gráficos os niveis de co2 pouco subiram no ultimo seculo e existe uma correlação entre o TSI(valores da insolação) e as subidas e descidas das temperaturas, ultimos anos incluidos. http://biocab.org/Solar_Irradiance_Climate_Change.html

    Esta página arrasa os fundamentos da teoria do CO2. Diga-me por favor quem souber mais que eu, o que é que está errado.
    Existem uma leis da Física e da Quimica, certo?
    http://www.geocraft.com/WVFossils/greenhouse_data.html

    Quem mente afinal ou será que estão todos errados?

    ps: Dizerem que se trata de lixo...,de facto, não chega.....


    http://www.mitosyfraudes.org/Calen9/Co2-Jaworowski.html



    Não chames nomes(tretas) ou mentirosos ou lá o que quiseste dizer só porque há pessoas que têm têm uma visão diferente da tua.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. Camone

    Camone
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    25 Jan 2009
    Mensagens:
    40
    Local:
    Serra do Muradal, a 550m
    It is curious and very revealing that one of your "credible" references is the www.oism.org, The Oregan Insititute of Science and Medecine (OISM).

    The OISM, which has no affiliations to any recognized scientific body, is a far right fringe body that markets a home-schooling kit for “parents concerned about socialism in the public schools”. They are linked to the Association of American Physicians and Surgeons (AAPS) which have their own journal, Journal of American Physicians and Surgeons (JPandS, originally Medical Sentinel), where they publish their "peer reviewed" papers on climate (?!). Amongst the many policies they advocate, "the AAPS condemns the concept of universal health care and rejects the argument that health care should be deemed a fundamental human right. Those who promote such goals are presumed ignorant or participants in a multigenerational conspiracy to oppress the populace over generations.". By now it should be very easy to guess where those 31000 "scientists" came from.

    My guesses about your posts here are:

    1) Someone is paying you to pollute this forum/thread with all this rubbish from overwhelmingly far right linked web sites (probably some obese American who is only interested in plundering the resources of less powerful countries and propagating its own DNA.)

    2) You suffer from some kind of delusional desorder which unfortunately revolves around AGW.

    3) Just for the fun

    Either way, there is no point discussing the science of Climate with you because you are not even wrong.

    > Não chames nomes(tretas) ou mentirosos ou lá o que quiseste dizer só porque há pessoas que têm têm uma visão diferente da tua.

    Pathetic, what a waste of time.
     
  13. Lousano

    Lousano
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    12 Out 2008
    Mensagens:
    3,635
    Local:
    Lousã/Casais do Baleal
    Uma coisa verifica-se:

    1 - Cientistas que apenas deveriam apresentar factos ou suspeitas sobre o aquecimento global (ou não), fazem campanhas semelhantes a fanáticos;

    2 - Os média que deveriam apresentar os facto reais, apenas apresentam o que o "povo" quer ver (não o que por vezes é real);

    3 -Um assunto que começou por ser um apenas ecológico foi para outra dimenção, como por exemplo - Os americanos usaram e usam o aquecimento global (ou não) como factor de interesses económicos e principalmente como combate político, tendo até sido cientistas rotulados de "Democratas" ou "Republicanos" porque teriam um tipo de opinião ou por factos que apresentariam;

    4 - Um instituto (IPCC) criado para estudar o aquecimento global (ou não), que seria de guia para todo o mundo foi criado através de escolha de cientistas com um nexo duvidoso e que já causou vários embaraços, retirando alguma credibilidade no mesmo;

    5 - Por último, que este tema, aqui no fórum, é mais comentado pelo coração do que pela razão.
     
  14. vitamos

    vitamos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2007
    Mensagens:
    5,431
    Local:
    Estarreja
    Em 1º lugar a minha visão não é favor de nenhum aquecimento ou arrefecimento global. Continuo à espera de evidências que me mostrem que uma ou outra coisa está a acontecer consistentemente. Portanto não percebo a que visão te referes.

    Em 2º lugar não chamei nomes a ninguém. Fui claríssimo ao referir ecotretas a artigos que um utilizador que se chama exactamente ecotretas colocou. E que claramente não soube (como quase sempre) ler aquilo que o próprio colocou.

    Rest my case.
     
  15. abrantes

    abrantes
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Jan 2008
    Mensagens:
    237
    Local:
    Rio de Janeiro
    Permafrost Is Thawing In Northern Sweden

    ScienceDaily (Feb. 19, 2009) — Areas with lowland permafrost are likely to shrink in northern Sweden. Warmer summers and more winter precipitation are two of the reasons. This is shown in a new dissertation from Lund University in Sweden.

    [​IMG]

    Permafrost is ground that is frozen year round at least two years in a row. North of the Arctic Circle permafrost is common due to the cold climate. For several years, physical geographer Margareta Johansson at Lund University has studied lowland permafrost in peat mires surrounding Abisko. Permafrost is on the edge of its range there. Johansson states that permafrost is being affected by climate changes.

    “At one of our sites, permafrost has completely disappeared from the greater part of the mire during the last decade,” she says.

    In areas where permafrost is thawing the ground becomes unstable and can collapse. This can be a local and regional problem in areas with cities and infrastructure. Moreover, the thaw can cause increased emissions of the greenhouse gases carbon dioxide and methane from the ground. Roughly 25 percent of all land surface in the northern hemisphere are underlain by permafrost.

    The thawing of permafrost that occurs today is likely to continue, in Margareta Johansson’s view. She regards it as probable that there will be no permafrost in lowland areas around Abisko in 50 years.

    “With the present climate it is likely that the changes seen in permafrost in the Abisko area will also occur in other areas, and my study can therefore provide a basis for studies in other geographic areas that are next in line,” she says.

    Margareta Johansson’s research shows that the permafrost in the Abisko area is thawing both from above and from below. From above it is thawing primarily because the summers have become warmer and because the snow cover has become thicker in winter. A thicker snow layer acts as an insulating blanket, which means that the ground does not get as cold as it would under a thinner layer of snow.

    From below the permafrost is thawing probably as a result of greater mobility in the groundwater. Margareta Johansson explains that the annual precipitation of both rain and snow has increased dramatically during the last decade. More rain and more melted snow create more movement down in the groundwater, which thaws the permafrost. Between 1997 and 2007 a total of 362 millimeters of precipitation fell annually in Abisko, which is a 20-percent increase compared to the mean annual precipitation for the years 1961 and 1990.

    The dissertation will be presented and defended at Lund University on February 26, 2009.

    http://www.sciencedaily.com/releases/2009/02/090218081629.htm
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página