Aquecimento Global

filipept

Cumulus
Registo
11 Out 2006
Mensagens
492
Local
Bico-Amares-Braga
Antes de mais referir que a minha posição desde o inicio desta discussão mantem-se, simplesmente não acredito no "aquecimento manmade", aliás em vez de "aquecimento" prefiro utilizar o termo "alterações climáticas" pois as variações não são apenas para um lado. Claro que também prefiro as energias limpas e renovaveis, e de viver sem poluição. A meu ver essa mudança tem de ser gradual, de forma a que o mundo, e em especial a economia global, se adptar a esse factor. Impor a mudança através das profecias da desgraça é que me parece errado.

Relativamente à noticia ainda estou :surprise: Não fosse o comprometimento das agencias noticiosas e esta seria, talvez, a noticia do ano, quando estamos mesmo perto de Copenhaga. BRUTAL

Mas sendo eu das RI conheço bem o cinismo que existe, é uma das primeiras coisas para a qual somos chamados à atenção :D
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Ontem li algumas centenas de emails e já posso falar mais à vontade.

Não encontrei até ao momento a tal «bomba atómica» de que falam nalguns sites cépticos. Recomendo a leitura integral e não meia dúzia de emails especialmente seleccionados, por exemplo ler aqui. Parte dessa leitura até é fascinante as discussões que tem, o debate, dúvidas, etc. Outra parte é embaraçoso para quem lê pois é muito triste e lamentável as conversas privadas das pessoas serem assim expostas na Net.

Essa leitura integral mostra alguns defeitos das pessoas, mostra algumas coisas embaraçosas, mostra algumas más práticas como tentar influenciar publicações, mostra uma guerra entrincheirada contra o McIntyre, mas muita coisa parece-me normal em conversações entre pessoas, são mails privados e há obviamente uma forte actividade de grupo em se defender e em tentar influenciar no que podem.

Penso até que quem julgava que existia uma enorme conspiração de manipulação de dados vai ficar muito desiludido, a existir ela teria aparecido exposta nestes emails, e de facto não existe aparentemente nada disso. Aquela questão do "trick" não é nada, na minha área de actividade é um termo que usamos muita vez.

Óbvio que algumas coisas são más práticas e se vão tornar um pesadelo em termos de relações públicas e os cépticos vão usá-las de forma hábil. Mas no essencial parece-me que não há nada, apenas no acessório.

Quando acabar de ler, escrevo mais detalhadamente sobre o assunto. E aguardar por outras opiniões e a análise ao tal código fonte.
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Olá Vince e Ecotretas,

Obrigado pelos vossos esclarecimentos.
Pois, eu também noto que possa haver alguma manipulação e politização dos dados, o que é muito chocante, mas por outro, também creio que existam muitos cientistas que são honestos, tanto do lado dos proponentes, tanto do lado dos cépticos.

É uma situação normal em ciência, haver diferentes posições, e perante tantos interesses económicos (renováveis versus petróleo) é natural que ambos os lados se aproveitem e manipulem a verdade a seu favor.
Mas é triste ver essa manipulação.

Nada disto invalida no entanto qualquer uma das teorias, quer a dos proponentes, quer a dos cépticos. Continuámos sem saber o quanto este aquecimento das últimas décadas é devido ao Homem e devido à natureza.

Parece-me muito óbvio que tem arrastado o efeito da actividade solar para segundo ou terceiro plano, o que é algo grave. E parece-me que tem existido artefactos resultantes da influência do factor ilha urbana. Ou que se tem descurado o facto de ter havido uma pequena idade glacial e o máximo medieval, e outros períodos similares anteriormente.

Mas isso não invalida que exista ainda assim aquecimento global (mudanças climáticas para ambos os sentidos) e estas sejam causados em parte (considerável) pelo Homem.

Ciência é assim, desafiar, colocar à prova as diversas teorias.
E estar aberto.

Ontem li algumas centenas de emails e já posso falar mais à vontade.

Não encontrei até ao momento a tal «bomba atómica» de que falam nalguns sites cépticos. Recomendo a leitura integral e não meia dúzia de emails especialmente seleccionados, por exemplo ler aqui. Parte dessa leitura até é fascinante as discussões que tem, o debate, dúvidas, etc. Outra parte é embaraçoso para quem lê pois é muito triste e lamentável as conversas privadas das pessoas serem assim expostas na Net.

Essa leitura integral mostra alguns defeitos das pessoas, mostra algumas coisas embaraçosas, mostra algumas más práticas como tentar influenciar publicações, mostra uma guerra entrincheirada contra o McIntyre, mas muita coisa parece-me normal em conversações entre pessoas, são mails privados e há obviamente uma forte actividade de grupo em se defender e em tentar influenciar no que podem.

Penso até que quem julgava que existia uma enorme conspiração de manipulação de dados vai ficar muito desiludido, a existir ela teria aparecido exposta nestes emails, e de facto não existe aparentemente nada disso. Aquela questão do "trick" não é nada, na minha área de actividade é um termo que usamos muita vez.

Óbvio que algumas coisas são más práticas e se vão tornar um pesadelo em termos de relações públicas e os cépticos vão usá-las de forma hábil. Mas no essencial parece-me que não há nada, apenas no acessório.

Quando acabar de ler, escrevo mais detalhadamente sobre o assunto. E aguardar por outras opiniões e a análise ao tal código fonte.
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
Se no Atlântico parece que este ano tem um número mais reduzido de tempestades tropicais e furações, parece que acontece o inverso no Pacífico onde já se formaram pelo menos 26 tempestades tropicais, algumas das quais deram origem a potentes tufões que já provocaram milhares de vítimas e prejuízos imensuráveis (estou-me a lembrar por exemplo de países como Taiwan ou as Filipinas).
 

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
Les "points de non-retour" liés au réchauffement climatique et leurs conséquences économiques:

CATastrophes NATurelles

Environ 28'000 milliards de dollars de biens seraient menacés dans les 136 plus grandes villes si le point de non retour de la hausse des océans était atteint, selon le WWF et l'assureur Allianz qui ont aussi examiné les 12 principaux phénomènes (appelés "point de non-retour) concernés par des effets de seuils et chiffrés leurs coûts financiers. Dans certains pays, plus de 70% de la population active serait en danger en raison des évolutions rapides du climat.
(...) Les 12 régions concernées par les phénomènes de non-retour (tipping points):
-Fonte de la banquise arctique;
-Fonte de l’inlandsis de l’Antarctique occidental;
-Fonte de l’inlandsis du Groenland;
-Fonte des glaciers de l’Himalaya;
-Rupture de la circulation thermohaline dans l’Atlantique;
-Sécheresse et incendies de forêt dans le sud-ouest des Etats-Unis, principalement en Californie;
-Décalage de la mousson d’été en Inde;
-Disparition de la forêt amazonienne;
-Destruction des forêts boréales;
-Renforcement du courant marin El Niño;
-Dégel du pergélisol et dégagement de méthane;
-Affaiblissement de la mousson et baisse des précipitations en Afrique de l’Ouest.
(...) Actifs exposés sur la côte Nord des Etats-Unis.
(...) Le phénomène de sécheresse et dépérissement de l'Amazone - dépérissement de la forêt amazonienne et une augmentation signifcative de la fréquence de la sécheresse dans les parties occidentale et méridionale du bassin de l'Amazone.
(...) Le phénomène de transition vers un climat aride au Sud-Ouest de l'Amérique du Nord (SWNA) - un changement important vers une climatologie très aride au Sud-Ouest de l'Amérique du Nord (SWNA).
 

filipept

Cumulus
Registo
11 Out 2006
Mensagens
492
Local
Bico-Amares-Braga

joseoliveira

Cumulonimbus
Registo
18 Abr 2009
Mensagens
2,889
Local
Loures (Moninhos) 128m
Alarmismo justificado ou não, nas entre-linhas por vezes podem surgir pormenores eventualmente úteis que podem escapar numa primeira análise, mas quiçá poderão servir de apoio ou de simples base de suporte a dados novos mas acima de tudo devidamente fundamentados!
Bem, acho que desta vez não foi o caso...:rolleyes:

De qualquer forma, quanto a este tipo de "news", vamo-nos habituando e extrair ou separar o essencial do acessório. :p
 

Iceberg

Nimbostratus
Registo
5 Jun 2006
Mensagens
817
Local
Braga
Mas não é verdade que no período da Idade Média chamado "Óptimo Climático Medieval", as temperaturas eram semelhantes às actuais, ou até eventualemente superiores, e onde estava então a industrialização e o CO2 ... ?

Apenas um apontamento para reflectir. ;)
 

Minho

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2005
Mensagens
4,091
Local
Melgaço
Emails pirateados afastam director de centro climático britânico

O climatologista britânico Phil Jones decidiu afastar-se do cargo de director da Unidade de Investigação Climática da Universidade de East Anglia, enquanto estiver em curso uma investigação sobre o conteúdo de emails internos da organização pirateados por hackers e publicados na Internet.

Vários anos de correspondência, incluindo milhares de emails e documentos, foram divulgados no dia 20 de Novembro passado.

Alguns emails revelam animosidade de renomados climatologistas, incluindo Phil Jones, contra os chamados "cépticos", que contestam a teoria de que o actual aquecimento global é causado sobretudo por influência humana. O conteúdo de algumas mensagens tem sido apontado como alegada evidência de que Phil Jones e outros climatologistas terão manipulado dados ou tentado evitar a sua divulgação.

Uma nota da Universidade de East Anglia informa que Phil Jones decidiu afastar-se temporariamente do cargo de director daquela que é uma das mais conhecidas unidades de investigação climática do mundo. "O que é importante é que a CRU [Climate Research Unit] continue a sua investigação líder a nível mundial com o mínimo de interrupção e distracção possível. Depois de muita consideração, decidi que a melhor forma de o garantir é afastando-me do papel de director durante o decurso da revisão independente [do caso]", afirma Jones, citado na nota da universidade.

O reitor da universidade, Edward Acton, disse que anunciará, dentro de dias, os detalhes da investigação.
Fonte: Público