Auriol Weather Station

Tópico em 'Instrumentos Meteorológicos' iniciado por Pedro 24 Jan 2010 às 18:17.

  1. jpproenca

    jpproenca
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    7 Jan 2011
    Mensagens:
    126
    Local:
    Lajes do Pico - Açores
    ACERCA DO PLUVIÓMETRO (4)
    (No seguimento do comunicado 593 - página 40)

    PRECISÃO (1)

    Introdução:
    Do ponto de vista absoluto, a precisão global tem de ser apurada mediante ensaios significativos em comparação com as leituras de outro instrumento considerado padrão. Como instrumento padrão pode naturalmente ser utilizado um pluviómetro de fabrico artesanal e, para ensaios significativos, pode naturalmente ser utilizada a chuva real.
    Tal avaliação poderá vir a ser objecto de comunicado futuro.
    O presente comunicado limita-se, no entanto, apenas ao seguinte:
    - Apuramento do valor da precipitação por cada balanço da concha medidora basculante;
    - Relacionamento entre a 'chuva captável' e a correspondente medição;
    - Apreciação qualitativa sobre a 'precisão teórica' apurada.

    Precisão expectável: +/-(1 mm + 1 dígito) para 0 a 20 mm ; +/-(5% + 1 dígito) para 20 a 9999 mm
    Pressuposto de que não será melhor que uma 'Davis' nem pior que uma 'Oregon'.
    'Davis' – qualidade e fiabilidade psicologicamente reconhecidas.
    'Oregon' – prestígio psicologicamente reconhecido; referência objectiva ao modelo WMR-918.

    Área de captação: 9385 (+/-20) mm2
    Medição feita utilizando papel milimétrico sobre a boca do copo.
    Erro de medição: diferença entre a contagem de mm2 pelo interior e pelo exterior do molde.

    Volume de balanço da concha basculante: 2,500 (+/-0,077) ml = 2500 (+/-77) mm3
    Medição feita gota a gota utilizando uma pipeta graduada..
    Considerada a média de um balanço mais o seu contrabalanço.
    Rejeitado o 1.º balanço e o seu contrabalanço.
    Erro de medição: diferença entre os valores extremos no conjunto de 12 medições.

    Consequente precipitação por cada balanço da concha basculante:
    2500 (+/-77) / 9385 (+/-20) = 0,2664 (+/-0,0088) mm

    O volume de balanço da concha basculante pode ser afinado mediante actuação nos respectivos parafusos de batente, com acesso directo pelo lado inferior do pluviómetro.
    Para os presentes ensaios foi mantida a afinação de fábrica selada a verniz.

    Ensaio de simulação de chuvada com intensidade de precipitação de 26 mm/h durante 52 minutos
    Procedimento de 84 balanços da concha basculante, com a cadência de 37 s
    A cada balanço correspondeu (propositadamente) uma actualização de medida.
    Leituras mm/in = 0,2/0,00 ; 0,5/0,01 ; 0,7/0,02 ; 1,0/0,03 ; 1,2/0,04 ; 1,5/0,05 ; 1,7/0,06 ; 2,2/0,08 ; 2,5/0,09 ; 2,7/0,10 ; 3,0/0,11 ; 3,2/0,12 ; 3,5/0,13 ; 3,7/0,14 ; 4,2/0,16 ; 4,5/0,17 ; 4,7/0,18 ; 5,0/0,19 ; 5,2/0,20 ; 5,5/0,21 ; 5,7/0,22 ; 6,2/0,24 ; 6,5/0,25 ; 6,7/0,26 ; 7,0/0,27 ; 7,2/0,28 ; 7,5/0,29 ; 7,7/0,30 ; 8,0/0,31 ; 8,5/0,33 ; 8,7/0,34 ; 9,0/0,35 ; 9,2/0,36 ; 9,5/0,37 ; 9,7/0,38 ; 10,0/0,39 ; 10,5/0,41 ; 10,7/0,42 ; 11,0/0,43 ; 11,2/0,44 ; 11,5/0,45 ; 11,7/0,46 ; 12,0/0,47 ; 12,5/0,49 ; 12,7/0,50 ; 13,0/0,51 ; 13,2/0,51 ; 13,5/0,53 ; 13,7/0,53 ; 14,0/0,55 ; 14,0*/0,55* ; 14,7/0,57 ; 15,0/0,59 ; 15,2/0,59 ; 15,5/0,61 ; 15,7/0,61 ; 16,0/0,62 ; 16,2/0,63 ; 16,7/0,65 ; 17,0/0,66 ; 17,2/0,67 ; 17,5/0,68 ; 17,7/0,69 ; 18,0/0,70 ; 18,2/0,71 ; 18,7/0,73 ; 19,0/0,74 ; 19,2/0,75 ; 19,5/0,76 ; 19,7/0,77 ; 20,0/0,78 ; 20,2/0,79 ; 20,7/0,81 ; 21,0/0,82 ; 21,2/0,83 ; 21,5/0,84 ; 21,7/0,85 ; 22,0/0,86 ; 22,2/0,87 ; 22,5/0,88 ; 23,0/0,90 ; 23,2/0,91 ; 23,5/0,92 ; 23,7/0,93
    (14,0*/0,55* - Medida não actualizada no visor da consola devido a falha na recepção)

    Correspondentes erros majorados absolutos em mm, das medições em mm para as leituras até 20 mm (considerando como real o rácio de 0,2664 mm por cada balanço) = -0,07 ; -0,04 ; -0,10 ; -0,07 ; -0,14 ; -0,10 ; -0,17 ; 0,07 ; 0,11 ; 0,04 ; 0,07 ; 0,01 ; 0,04 ; -0,04 ; 0,21 ; 0,24 ; 0,18 ; 0,21 ; 0,14 ; 0,18 ; 0,11 ; 0,34 ; 0,38 ; 0,31 ; 0,35 ; 0,28 ; 0,31 ; 0,25 ; 0,28 ; 0,51 ; 0,45 ; 0,48 ; 0,41 ; 0,45 ; 0,38 ; 0,42 ; 0,65 ; 0,58 ; 0,62 ; 0,55 ; 0,58 ; 0,52 ; 0,55 ; 0,78 ; 0,72 ; 0,75 ; 0,68 ; 0,72 ; 0,65 ; 0,69 ; 0,42 ; 0,85 ; 0,89 ; 0,82 ; 0,85 ; 0,79 ; 0,82 ; 0,75 ; 0,99 ; 1,02 ; 0,96 ; 0,99 ; 0,92 ; 0,96 ; 0,89 ; 1,12* ; 1,15* ; 1,09 ; 1,12* ; 1,06

    Os erros assinalados com * (correspondentes às medidas relativas aos balanços 66, 67 e 70) ultrapassam ligeiramente a precisão expectada para a gama de 0 a 20 mm. Em todas as restantes medições, a precisão cumpre o expectável para a gama.

    Correspondentes erros relativos em %, das medições em mm para as leituras superiores a 20 mm (considerando como real o rácio de 0,2664 mm por cada balanço) = 5,7 ; 5,3 ; 6,4 ; 6,5 ; 6,1 ; 6,2 ; 5,8 ; 5,9 ; 5,5 ; 5,6 ; 6,6 ; 6,2 ; 6,3 ; 5,9

    Verifica-se que, acima de 20 mm, o erro percentual é ligeiramente superior à respectiva precisão expectada e com medições por excesso relativamente à precipitação simulada. Esta influência percentual já é observável a partir dos 18,7 mm

    Ensaio de simulação de nova chuvada de 22 minutos com a mesma intensidade de precipitação
    Procedimento de 36 balanços da concha basculante, com a cadência de 37 s
    Leituras mm/in = 24,0/0,94 ; 24,2/0,95 ; 24,5/0,96 ; 25,0/0,98 ; 25,2/0,99 ; 25,5/1,00 ; 25,7/1,01 ; 26,0/1,02 ; 26,2/1,03 ; 26,5/1,04 ; 27,0/1,06 ; 27,2/1,07 ; 27,4/1,08 ; 27,7/1,09 ; 28,0/1,10 ; 28,2/1,11 ; 28,5/1,12 ; 29,0/1,14 ; 29,2/1,14 ; 29,5/1,16 ; 29,7/1,16 ; 30,0/1,18 ; 30,2/1,18 ; 30,5/1,20 ; 30,7/1,20 ; 31,2/1,22 ; 31,5/1,24 ; 31,7/1,24 ; 32,0/1,25 ; 32,2/1,26 ; 32,5/1,27 ; 32,7/1,28 ; 33,2/1,30 ; 33,5/1,31 ; 33,7/1,32 ; 3,40/1,33

    Correspondentes erros relativos em %, das medições em mm (considerando como real o rácio de 0,2664 mm por cada balanço) = 6,0 ; 5,6 ; 5,7 ; 6,6 ; 6,3 ; 6,4 ; 6,0 ; 6,1 ; 5,8 ; 5,8 ; 6,7 ; 6,4 ; 6,0 ; 6,1 ; 6,2 ; 5,9 ; 5,9 ; 6,7 ; 6,4 ; 6,5 ; 6,2 ; 6,2 ; 5,9 ; 6,0 ; 5,7 ; 6,5 ; 6,5 ; 6,2 ; 6,3 ; 6,0 ; 6,1 ; 5,8 ; 6,5 ; 6,6 ; 6,3 ; 6,4

    Mantêm-se estável o erro percentual, ligeiramente superior à respectiva precisão expectada.

    Tratando-se de um erro sistemático, pode ser reduzido mediante afinação dos balanços da concha. Mas pode também tratar-se de estratégia do processo de medição para compensar o comportamento dinâmico do pluviómetro na situação de chuva real. Só um ensaio com chuva real pode esclarecer completamente o assunto.

    Observações:
    Durante a pesquisa de sinal horário DCF-77 não há actualização de leituras.
    Na presença de outras comunicações via rádio, pode ocorrer atraso na actualização de leituras.
    A precisão foi avaliada tendo em conta que a medição não é disponibilizada em tempo real.
    A precisão avaliada é de cariz teórico, na base de uma simulação de chuva por actuação mecânica sobre a concha basculante e considerando o valor de 0,2664 mm por cada balanço, valor este correspondente ao mais provável na medição efectuada para o efeito. Não foram tidos em conta eventuais efeitos secundários resultantes das condições reais da chuva sobre a mecânica do pluviómetro nem eventuais correspondentes compensações que o fabricante possa ter considerado no processo de medição.
    Se, em vez do valor mais provável (0,2664) de mm de precipitação por balanço da concha, for tida em conta a imprecisão (+/-0,0088) deste valor, então verifica-se que o pluviómetro CUMPRE INTEGRALMENTE a precisão expectada, no ensaio levado a cabo.
    Resultante do processo de medição e do histórico acumulado de medições, algumas leituras correspondentes à mesma precipitação parcial podem diferir ligeiramente de ensaio para ensaio. Este pormenor está em observação e poderá vir a ser objecto de comunicado futuro.

    Cumprimentos,
    J. P. Proença
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. jpproenca

    jpproenca
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    7 Jan 2011
    Mensagens:
    126
    Local:
    Lajes do Pico - Açores
    PESQUISA DO SINAL HORÁRIO DCF-77

    A minha Auriol pesquisa o sinal horário rigorosamente de hora a hora e exactamente durante 5 minutos, e já vi que o apanha, mas só de vez em quando e só de noite.
    Começa exactamente às X horas e 3 minutos e acaba às X horas e 8 minutos.
    Estou curioso em saber se todas as Auriol pesquisam à mesma hora e durante o mesmo tempo, e também se tal periodicidade e duração dependem de apanhar ou não o sinal.
    Este assunto não é abordado no manual.
    Alguém pode ajudar-me sobre esta questão?

    J.P.Proença

    Nota: Esta questão encontra-se esclarecida e pode ser vista noutras intervenções ao longo do Tópico e também a partir de um índice na página 47 / # 692
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    6,105
    Local:
    .
    A minha fazia-o até conseguir sinal estável, mas com a mudança de hora desactivei a procura da hora...;)
     
  4. Geiras

    Geiras
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Jun 2010
    Mensagens:
    4,247
    Local:
    Qta. do Conde / Sintra
    A minha também demora uns 5 minutos a encontrar o sinal, fica estável e umas horas depois volta a perder o sinal... desactivei-o. :thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. Estação SP

    Estação SP
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Fev 2011
    Mensagens:
    438
    Local:
    Gafanha da Nazaré (Aveiro)
    a minha estaçao nem o perde o sinal, mas a hora nao coincide e eu desativei


    Outro assunto
    hoje fui até à placa onde a minha mae mete a ropa a secar e onde tenho asseco ao telhado da casa e decidi ir dar um espreitadela no anemometro e o anemometro enconta se num mastro fixo á chaminé, que eu subi para cima da chaminé, e avanei um pouco o anemomtro, dai tenho uma voa vista

    desci e vim até ao local onde se encontra a consola, passado um empo fiquei sem dados, voltei a ir lá a cima e avanei um pouco o mastro e passou a ter os seus dados

    Nao mexer o maior possivel na caixa do anemometro, é que sao coisas muito senciveis e temos de dar o seu desconto a elas , temos é de cuidar bem delas

    Já nas outras estaçoes tambem tem de ser a mesma coisa, só quando faltar a pilha é que devemos de fazer a sua manutençao
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    6,105
    Local:
    .
    Que raio de português é esse?:confused::confused::confused:

    A hora não coincide com as UTC que são aquelas pelas quais nos regemos. Estão de acordo com as UTC+1, o horário europeu e que anda uma hora à frente da nossa hora.;)
     
  7. Estação SP

    Estação SP
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Fev 2011
    Mensagens:
    438
    Local:
    Gafanha da Nazaré (Aveiro)
    Desculpa do portugues, m as escrevo á pressa e depois dá nisto

    mas eu prefiro nao usar essa hora

    Agora a minha estaçao deixou outra vez de dar dados, nao sei o que se passa,
    o unico obstáculo que pode ter ou é uma parede ou uma janela
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    6,105
    Local:
    .
    Tente colocar a consola perto do mastro.;)
     
  9. Geiras

    Geiras
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Jun 2010
    Mensagens:
    4,247
    Local:
    Qta. do Conde / Sintra
    O que é que tu meteste no sensor externo ? :rolleyes:

    Se nada, prime o botão Search até encontrar os sensores :thumbsup:

    NOTA: Nunca tive qualquer problema com perda de transmissão de dados excepto uma vez em que meti uma caixa de cartão "colada" ao sensor externo e passado uns minutos deixou de transmitir. Saliento que tenho o anemómetro no telhado e a consola costuma andar no R/C de uma vivenda com 1 andar... (R/C e parte de cima) em que tem várias paredes e janelas na frente...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. Geiras

    Geiras
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Jun 2010
    Mensagens:
    4,247
    Local:
    Qta. do Conde / Sintra
    Pessoal, ontem à noite apareceu me 0.0ºC, 0%HR e sinal de pilha fraca no sensor externo. Sabem ao que é que isto se deveu ? Por incrível que pareça, ao facto de ter ligado um secador... :lmao:

    Uma coisa que também não sei se é normal é a pressão atmosférica se descalibrar facilmente com a mudança repentina de ambiente. Por exemplo na semana passada meti a consola na rua umas dezenas de minutos e a pressão passou dos 1021hPa para os 1018hPa (estando na realidade 1021hPa) voltei a meter a consola cá dentro e na nova actualização la foi para os 1021hPa de novo. :huh:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. Estação SP

    Estação SP
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Fev 2011
    Mensagens:
    438
    Local:
    Gafanha da Nazaré (Aveiro)
    Mas a estaçao perdeu mesmo o sinal apareceu me nao consola os trassinhos onde apareçem os números, mas eu igonorei, e no outro dia de manhã já tinha o sinal:rolleyes:


    e já arranjei um RS mas nao é um dos que costumao fazer é diferente mas até tem registados valores parcidos ao do istituto de meteorologia
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. Estação SP

    Estação SP
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Fev 2011
    Mensagens:
    438
    Local:
    Gafanha da Nazaré (Aveiro)
    já alterei o higrometro e o termometro aqui mostar na foto( desculpa da mal qualidade)
    e tem registado valores semelhantes a esta La Crosse da minha regiao http://www.wunderground.com/cgi-bin/findweather/getForecast?query=aveiro

    [​IMG]

    Virado a Oeste
    [​IMG]

    Virado a Norte( lá ao fundo encontram se prédios de 3 andares)
    [​IMG]

    Virado a Este
    [​IMG]

    Virado a Sul
    [​IMG]

    A estaçao encontra se mais ou menos a 8 metros de altura e a Noroeste encontra se um predio de 3 andares a cerca de 30 a 40 metros de distancia do anemometro
    Nestes dias para trás o cento soprou com rajadas fortes e a minha auriol registou 61,2 Km/h a maxima
    e a da La crosse registou 103,3 Km/h
    Ainda é uma grande diferença alguem sabe esplicar porque isto aconte se??


    Obrigado!
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Geiras

    Geiras
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Jun 2010
    Mensagens:
    4,247
    Local:
    Qta. do Conde / Sintra
    Confia na La Crosse pois a Auriol tem bastantes defeitos. :rolleyes:

    EDIT: Aliás, a La crosse está instalada em Gafanha da Nazaré que é uma localidade mais próxima do mar e talvez mais exposta que a cidade de Aveiro (não sei se moras mesmo na cidade).

    Isso também poderá influenciar bastante a velocidade do vento ;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. Estação SP

    Estação SP
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    1 Fev 2011
    Mensagens:
    438
    Local:
    Gafanha da Nazaré (Aveiro)
    Entao a minha estaçao enconta se na Gafanha da Nazaré, e é a rua prepedicular a minha rua que tem a estaçao meteorologica

    e eu acredito que tenha registado 103,3 Km/h pelas rajadas

    mas as estaçoes em que se pode confiar mais ou menos, quais sao??


    Obrigado!
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. c.bernardino

    c.bernardino
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    31 Dez 2010
    Mensagens:
    654
    Local:
    Loures
    Caro Senhor,

    anemometros montados a curtas distâncias podem perfeitamente mostrar valores dispares. Basta um prédio vizinho para alterar esses valores, mesmo que o seu anemometro esteja metros acima do solo... urbanização.

    há já neste forum muita informação sobre este assunto, eu próprio escrevi que, tendo uma auriol e uma la crosse, achei o anemometro da lacrosse muito mais "sensivel".

    cps e boas leituras

    bernardino
     

Partilhar esta Página