Biodiversidade

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por psm 15 Nov 2008 às 20:50.

  1. guerrilla

    guerrilla
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Dez 2016
    Mensagens:
    115
    Local:
    Aveiro
    Permitam-me recorrer aos vossos conhecimentos, e os sapos? Que beneficios têm numa horta por exemplo? Pergunto porque no Domingo passado encontrei um sapo enorme, inchado que parecia quase uma bola, juro que não é piada futebolística, numa horta minha que comecei a cultivar desde o outono passado e fiquei sem saber o que fazer. Deixei-o ir tranquilamente à vida, presumo que também tenha alguma tarefa útil para fazer numa horta biológica, será assim?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos, belem e PaulusLx gostaram disto.
  2. PaulusLx

    PaulusLx
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    9 Nov 2011
    Mensagens:
    136
    Local:
    Lisboa; Aeródromo de Tires, Cascais
    Cuide bem dele, é um bem maior. Afasta a ciganada!
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,020
    Local:
    Sintra
    Há sapos muito grandes em Portugal (dito a mim também por estrangeiros que vieram ao nosso país).
    A ver se para a próxima que eu encontrar um, se o fotografo com uma régua ao lado.

    Pelo menos em 2 regiões lembro-me de ver sapos enormes: Bragança e Sintra (na Serra propriamente dita e nos arredores).

    Claro que devem existir em mais partes (Aveiro, etc...).

    E sim os sapos, são muito benéficos para as hortas e não só.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #1488 belem, 17 Mai 2017 às 11:28
    Última edição: 17 Mai 2017 às 20:14
    PaulusLx gostou disto.
  4. Micael Gonçalves

    Micael Gonçalves
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    6 Mai 2017
    Mensagens:
    44
    Local:
    Portugal
    Sapo da terra, ou sapo comum. são os maiores por estes lados, pelo que diz a wikipedia, "Os adultos podem atingir os 18 centímetros", e confirmo, já vi 1 assim.

    Se estava inchado como uma bola, é uma estratégia de defesa, para parecer ainda maior.
     
    belem, Pedro1993 e luismeteo3 gostaram disto.
  5. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,020
    Local:
    Sintra
    Cerca de 600 peixes de duas espécies em risco de extinção vão ser na quinta-feira libertados na ribeira de Odelouca, em Alferce, concelho de Monchique, no Algarve, anunciou hoje a associação ambientalista Quercus.

    Em comunicado, a Quercus adiantou que os peixes a libertar, que foram reproduzidos em cativeiro, pertencem às espécies boga-do-sudoeste e escalo-do-Arade, ambas "criticamente em perigo" de extinção.

    A ação acontece no âmbito do projeto "Conservação ex situ de organismos fluviais", em curso desde 2008 e cujo objetivo é reproduzir e manter populações "ex situ" de algumas das espécies de peixes de água doce mais ameaçadas em Portugal, lê-se no comunicado.

    A reprodução de peixes em cativeiro é desenvolvida em instalações do Aquário Vasco da Gama, em Oeiras, e no Posto Aquícola de Campelo, disponibilizado pelo Município de Figueiró dos Vinhos, sendo gerida pela Quercus.

    "No final do processo de reprodução e ambientação em cativeiro, os repovoamentos de peixes são efetuados em troços dos rios de origem, dos indivíduos inicialmente capturados para reprodutores, que apresentem características favoráveis à sobrevivência e reprodução dos peixes", referiu a Quercus.

    Sempre que possível, os troços onde é feito o repovoamento estão associados a projetos de recuperação de linhas de água, envolvendo cidadãos e entidades que localmente possam fazer uma monitorização destas bacias hidrográficas, conclui.

    O projeto é dinamizado pela Quercus, Aquário Vasco da Gama, Centro de Investigação em Biologia Marinha (MARE-ISPA) e Faculdade de Medicina Veterinária, tendo como parceiros a Câmara de Figueiró dos Vinhos e a Águas do Algarve.


    http://www.dn.pt/lusa/interior/600-...a-na-ribeira-de-odelouca-algarve-6246522.html
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3 e MSantos gostaram disto.
  6. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,020
    Local:
    Sintra
    Amanhã, dia 16 de maio, a Quercus, o MARE-ISPA, o Aquário Vasco da Gama e a Faculdade de Medicina Veterinária vão proceder à libertação no meio natural de cerca de quatrocentos peixes reproduzidos em cativeiro, numa ação que ocorrerá no rio Alcabrichel, em Ramalhal, Torres Vedras. Os peixes a libertar pertencem à espécie ruivaco-do-oeste (Achondrostoma occidentale), espécie em perigo de extinção. Estarão presentes nesta ação de repovoamento a Secretária de Estado do Ordenamento do Território e da Conservação da Natureza, Dra. Célia Ramos, e o Presidente da Autarquia de Torres Vedras, Dr. Carlos Bernardes.



    Esta libertação de peixes ameaçados de extinção surge no âmbito do projeto ”Conservação ex situ de organismos fluviais”, dinamizado pela Quercus, Aquário Vasco da Gama, MARE-ISPA e Faculdade de Medicina Veterinária, e que conta como parceiro a Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos. O projeto está em curso desde 2008, com o objetivo de reproduzir e manter populações ex situ de algumas das espécies de peixes de água doce mais ameaçadas no nosso país, e foi este ano selecionado como projeto vencedor da iniciativa "Compensação Carbónica" da CTT Expresso.



    No âmbito deste projeto, a reprodução de peixes em cativeiro é desenvolvida em instalações do Aquário Vasco da Gama, situado em Oeiras, e no Posto Aquícola de Campelo, estrutura disponibilizada pelo Município de Figueiró dos Vinhos e gerida pela Quercus, no âmbito de uma parceria estabelecida.





    No final do processo de reprodução e ambientação em cativeiro, os repovoamentos de peixes são efetuados em troços dos rios de origem (dos indivíduos inicialmente capturados para reprodutores) que apresentem características favoráveis à sobrevivência e reprodução dos peixes. Sempre que possível, estes troços encontram-se associados a projetos de recuperação de linhas de água, envolvendo cidadãos e entidades que localmente efectuam uma monitorização mais ou menos formal destas bacias hidrográficas.



    A ação é amanhã, dia 16 de Maio onde serão libertados ruivacos-do-oeste no rio Alcabrichel. O encontro é às 17,00 horas, no Largo 1º de Maio (centro da povoação), junto ao coreto, na localidade de Ramalhal – Torres Vedras.



    Lisboa, 15 de maio de 2017

    http://quercus.pt/comunicados/2017/...anha-dia-16-de-maio-em-ramalhal-torres-vedras
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos, Micael Gonçalves e bluejay gostaram disto.
  7. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,479
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Ambas as introduções de peixes em ambiente natural parece-me bem apesar de terem sido reproduzidos de forma artificial, e é que se não fosse assim seria difícil a sua procriação no meio ambiente natural, e ainda para mais se se trata de uma espécie autóctone, e que poderia desaparecer de ambos os rios, por isso é uma ideia a felicitar as instituições que estão a levar a "bom porto" o decorrer dos repovoamentos dos peixes.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos gostou disto.
  8. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,172
    Local:
    Foros Charneca (Benavente) / Mte. Barca (Coruche)
    São ajudam numa horta biológica, são vorazes consumidores de insetos, alguns dos quais poderiam virar pragas! ;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Thomar e Pedro1993 gostaram disto.
  9. jonas_87

    jonas_87
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    11 Mar 2012
    Mensagens:
    15,791
    Local:
    Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
    Hoje vi um texugo, infelizmente morto na berma da estrada. Segundo pesquisei, está classificado como escasso aqui no parque natural sintra-cascais.
    No outro dia , à noite vi na estrada do pisão uma coruja das torres,tive que parar o carro, estava mesmo no meio da estrada.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. jonas_87

    jonas_87
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    11 Mar 2012
    Mensagens:
    15,791
    Local:
    Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
    Foto do texugo.
    Sinceramente nem sabia o que era realmente um texugo, quando o vi nem o associei.
    Talvez atropelado...
    [​IMG]photoupload
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3, Pedro1993 e guisilva5000 gostaram disto.
  11. Micael Gonçalves

    Micael Gonçalves
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    6 Mai 2017
    Mensagens:
    44
    Local:
    Portugal
    Pena estar morto, vi um, pela primeira vez há 2 meses (perto de figueira da Foz).
    Tenho também visto com muita frequência doninhas e toirões. Bem como esquilos vermelhos, que tanto quanto sei não existiam nesta zona até recentemente
     
    Pedro1993 e Thomar gostaram disto.
  12. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,479
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Governo vai abrir concurso para florestação de azinheiras, sobreiros e carvalhos - ministro



    O ministro da Agricultura disse hoje, em Coruche, que o Governo vai abrir novo concurso para a florestação de azinheiras, sobreiros e carvalhos, com uma dotação global de 27 milhões de euros.

    Luís Capoulas Santos falava na inauguração da 9.ª edição da Feira Internacional da Cortiça -- FICOR, que decorre em Coruche até domingo sob o lema "Mais cortiça para um planeta melhor -- dinâmica económica com consciência ecológica".

    O ministro realçou o peso económico "muito relevante" da cortiça e a "valia muito grande do ponto de vista ecológico e ambiental" do montado, que é "importante preservar e conciliar com a vertente económica".


    http://www.dn.pt/lusa/interior/gove...sobreiros-e-carvalhos---ministro-8508112.html
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Thomar

    Thomar
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    19 Dez 2007
    Mensagens:
    2,036
    Local:
    Cabanas - Palmela (75m)
    Praga de javalis em Portugal. Caçadores e veterinários alertam para acidentes e doenças

    Os javalis tornaram-se numa praga em Portugal e já provocam “centenas” de acidentes nas estradas, além de prejudicarem a pequena caça e transmitirem doenças, alerta uma associação de caçadores e várias entidades confirmam. (...)

    Noticia muito completa aqui.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    lreis e luismeteo3 gostaram disto.
  14. lreis

    lreis
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    22 Dez 2010
    Mensagens:
    185
    Local:
    Lisboa
    De conversa com pessoas de Nordeste (Bragança, Montalegre, etc) dizem-me que o estabilização das alcateias tem sido também à conta de presas de javalis juvenis/jovens. Ou seja, têm-me indicado que o lobo encontra nessas presas algum alimento e que por via disso os javalis lá para esses lados deixaram de ser tão preocupantes. Tomo estas noticias com cautela porque existem muitas outras questões que influem na pressão que possa existir sobre estes animais. Esta informação tem alguma base verídica? Os resultados de análises das fezes dos lobos dão nota disto? É sabido que o Nordeste de Portugal é a zona onde o javali ocorre há mais tempo sendo que agora já não se houvem tantas noticias de estragos causados por essas bandas. Por outro lado, as zonas referidas no artigo, exceptuando, Vila Real, são zonas onde não existem alcateias. Ou seja, existem evidências que o javali (jovem, juvenil, doente, velho, etc.) é uma presa frequente para as alcateias? ou estas só os atacam quando não existem mais presas? É também um facto que a caça furtiva (especialmente ao javali) ocorre com frequência por todo o território e que por via disso também existe algum controlo (embora ilegal) desta população animal? Qual a vossa opinião?
     
    Thomar e luismeteo3 gostaram disto.
  15. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,172
    Local:
    Foros Charneca (Benavente) / Mte. Barca (Coruche)
    Este titulo parece-me demasiado sensacionalista. Algum exagero talvez. :unsure:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    lreis e Micael Gonçalves gostaram disto.

Partilhar esta Página