Biodiversidade

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por psm 15 Nov 2008 às 20:50.

  1. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,673
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Hoje aproveitei a manhã que começou com neveoiro, para um passeio interpretativo, na Serra D'Aire, na zona do Vale da Serra, deu para observar grande parte da nossa flora autóctone, de destacar os vários tipos de Quercus, as murtas e aroeiras que mais chamavam a atenção devido ás suas bagas coloridas bem como os medronheiros que estavam lindos, com muita fruta e em plena floração.
    As fotos são da associação responsável pelo passeio, que tem feito um óptimo trabalho na área de preservação de fauna e flora, bem como a observação de aves.









     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,266
    Local:
    Azambuja / Mte. Barca (Coruche)
    Participem na votação na Árvore do Ano! :)

    https://portugal.treeoftheyear.eu/results

    Este concurso é uma boa forma de valorizar e dar a conhecer algumas das nossas maiores árvores, a vencedora vai depois participar no concurso da Árvore Europeia do Ano. Há 2 anos a árvore Portuguesa ganhou (Sobreiro Assobiador de águas de Moura) e no ano passado a árvore portuguesa ficou em 3º lugar (azinheira secular em Mértola). :)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    18,541
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    É uma emergência mas há não soluções fáceis. Vai ficar muito pior antes de melhorar (se é que isso vai acontecer).

     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    belem, "Charneca" Mundial e luismeteo3 gostaram disto.
  4. cool

    cool
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    23 Nov 2012
    Mensagens:
    125
    Local:
    Grândola
    A Hortelã foi uma borreguinha que um vizinho me deu porque a mãe deixou de a alimentar, e eu decidi criá-la desde bebé, logo nos primeiros tempos em que vim viver para o monte.
    Alimentei-a a biberão e nos primeiros dias até dormiu no nosso quarto porque fazia muito frio.
    [​IMG]
    Tornou-se numa bela ovelha e mais que isso tornou-se um membro de pleno direito da família.
    Exigia as mesmas regalias que o cão e os gatos da casa tinham...e fazia questão de também querer vir para a sala quando eles tinham ordem para entrar.
    Adorava e pedia mimos, mostrava contentamento e tristeza como os cães ou os gatos e deu-me muitos momentos de alegria e prazer.
    [​IMG]
    Morreu com uma doença provocada por uma carraça (Borreliose) já há uns anos.
    Retive a extraordinária capacidade de mostrar e expressar sentimentos de um ser que tendemos a ver apenas como alimento (eu inclusive).
    [​IMG]

    No entanto....por vezes penso nisso.
    ;).
     
  5. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    17,112
    Local:
    Fatima (320m)
    Que linda história, parabéns! :thumbsup:
     
  6. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,673
    Local:
    Torres Novas(75m)
    São estas acções, que podem ser pequenas para nós, mas são muito grandes para os animais, eu sinto o mesmo, quando me aprece por aqui algum cão ou gato, que são abandonada, e eles ficam-nos eternamente agradecidos.
    Como um pequeno borrego, se tornou de facto numa bela ovelha, e com uma história para contar, secalhar se não fosse voce a criá-la desde pequena o desfecho poderia ter sido outro, pense antes que fez o que deu o melhor de si, ao longo de todos os dias da vida da ovelha, e que apesar do desfecho fatal.
    A última adopção minha foi uma gatinha, que chegou cá, com pouco meses, e morria de medo só de nos ver, hoje em dia, anda a trás de nós, para todo o lado, como se fosse um cão, e até mia, para nos chamar, caso não esteja a ouvir-nos, mas não nos veja, e até dorme dentro da lareira, no fim das brasas se apagarem, hoje sei que foi a melhor atitude que tomámos e já lá vão uns 5 anos de convívio em conjunto.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    10,062
    Local:
    Viseu
    Noutras culturas os cães também são alimento. Há 'Humanidade' em praticamente todos os animais. Não será o caso de animais desprovidos de sistema nervoso central mas à excepção desses, a fome, o frio, o medo, a dor são características comuns a animais humanos e não humanos. E eu acredito que o afecto ou a capacidade de o sentir, também. Incluindo animais que comemos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    17,112
    Local:
    Fatima (320m)
    Tubarão-frade: um turista acidental nos Açores
    [​IMG]

    Ao seguirem manchas de grande densidade de plâncton, os tubarões-frade podem filtrar o equivalente a cinco mil toneladas de água por hora. Em busca de alimento, chegam por vezes às águas mais quentes dos Açores.

    O tubarão-frade é poucas vezes observado nos Açores, mas isso pode apenas querer dizer que a espécie é ainda mal conhecida…

    Texto e Fotografias: Nuno Sá


    o dia 10 de Fevereiro de 1956, num dos meses mais frios de que há memória em Portugal e que levaria inclusivamente neve ao Algarve, John Collins, telegrafista de profissão, estava prestes a assistir a um acontecimento inédito nos Açores. Do corpo de um enorme cachalote que ocupava a rampa de desmanche da fábrica da baleia do Porto Pim, no Faial, foi retirada uma presa inesperada: um exemplar de tubarão-frade, o segundo maior peixe do mundo. Este tubarão não era conhecido como presa de cachalote e os seus avistamentos eram uma raridade nos Açores. A primeira ocorrência documentada da espécie no arquipélago fora descrita apenas em 1939. Em que circunstâncias extraordinárias se encontrava ali aquele exemplar?

    Meio século mais tarde, ao largo da ilha de São Miguel, foi pela primeira vez fotografado um exemplar vivo desta espécie no arquipélago. De permeio, segundo documentaram os biólogos Filipe Porteiro e Pedro Niny, alguns tubarões-frade arrojaram em São Miguel e na Terceira, mas os avistamentos deste gigante no arquipélago dos Açores continuaram a ser acidentais. Observado com alguma regularidade junto à costa continental portuguesa, o animal continuou a ser visto nos Açores como uma raridade.

    [​IMG]

    O hábito de se deslocar vagarosamente junto à superfície e próximo da costa tornou o tubarão-frade um alvo para a pesca nas águas costeiras da maioria dos países onde é avistado. O método tradicional de captura desta espécie era igual ao da baleia, através do arremesso de um arpão. Esta prática abrandou na década de 1910.

    O nome tubarão-frade é uma derivação da sua designação original – tubarão-peregrino. Este nome resulta do seu hábito de deambular, aparentemente sem rumo definido, à superfície da água. O nome científico Cetorhinus maximus provém do grego e designa um monstro marinho de grande rostro. É provável que esta injusta descrição se baseie na percepção que os primeiros naturalistas tiveram de uma enorme silhueta que pode medir 12 metros de comprimento, muitas vezes observada junto à superfície, com a sua boca de tal forma aberta que o nariz parece saltar fora de água.
    ...
    https://nationalgeographic.sapo.pt/...tubarao-frade-um-turista-acidental-nos-acores
     
  9. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    9,545
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Descoberta Impressionante e interessante, com 18 mil anos ( datação através do método carbono 14), neste estado de conservação, tudo graças ao gelo:

    Cachorro "congelado" com 18 mil anos surpreende cientistas na Sibéria

    Um corpo de um cachorro com 18 mil anos foi encontrado congelado no leste da Sibéria por cientistas russos. Algumas feições do animal estão completamente preservadas como os dentes e o nariz. Falta apenas descobrir se o cachorro é um cão ou um lobo.

    O animal teria cerca de dois anos de idade quando morreu. Os cientistas acreditam que este pode ser um exemplar da evolução das espécies do lobos e dos cães. Embora queiram provar afinal a qual "família" o cachorro pertence, os testes de ADN ainda não permitiram uma conclusão definitiva.


    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    "Temos muitos dados, e com essa informação, vamos esperar saber se é um ou outro [cão ou lobo]", explicou o investigador Dave Stanton à BBC, do Centro de Paleogenética na Suécia, que agora lidera a investigação científica deste caso.

    O grupo conseguiu, porém, confirmar que o animal era do sexo masculino. Deram-lhe o nome de "Dogor", que significa "amigo" na língua oficial de Yakutsk, cidade da Sibéria onde foi encontrado o cachorro.

    O corpo conseguiu ficar preservado até aos nossos dias através do "permafrost", um tipo de solo encontrado no Ártico, constituído por rochas, gelo e terra.

    Além de conclusões mais claras sobre as duas espécies animais, os investigadores esperam saber quando ocorreu o período de domesticação dos lobos. Acredita-se que os cães, como hoje os conhecemos, derivam dos lobos.

    Em 2017, segundo a BBC, um estudo refere que essa domesticação pode ter acontecido há pelo menos 20 mil anos.

    Os cientistas vão continuar a fazer testes no "Dogor" para finalmente perceber quem é que ele é, de onde veio e o que pode ensinar.



    https://www.jn.pt/mundo/cachorro-co...eende-investigadores-na-siberia-11563183.html
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. João Pedro

    João Pedro
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jun 2009
    Mensagens:
    4,615
    Local:
    Porto, Campo Alegre (50m)
    Não são todas iguais, algumas têm um comportamento incrivelmente "canino" :D
    Trabalhei cerca de 10 anos num sítio onde nasciam ovelhas regularmente. Geralmente fugiam quando me aproximava, outras vezes ficavam indiferentes. Até que um belo dia nasceu uma exceção, exceção essa que sempre que me via, só a mim, vinha a correr para eu lhe fazer festas. Era uma coisa quase inacreditável, deixava-me sempre bem disposto aquele borrego :lol:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #3175 João Pedro, 28 Nov 2019 às 22:04
    Última edição: 28 Nov 2019 às 22:09
  11. João Pedro

    João Pedro
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jun 2009
    Mensagens:
    4,615
    Local:
    Porto, Campo Alegre (50m)
    18000 anos... Incrível...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,510
    Local:
    Bragança (675m)
    Ao início da tarde de hoje, rio Fervença, mesmo no centro de Bragança. Duas lontras no rio.

    Fotos de telemóvel.
    [​IMG] [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,673
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Estamos na recta final da época, para a colocação de ninhos artificiais, para a próxima semana irei fazer a colocação do meus, para aumentar ainda mais a presença de aves no meu terreno.

     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,107
    Local:
    Sintra
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    João Pedro e luismeteo3 gostaram disto.
  15. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,673
    Local:
    Torres Novas(75m)
    É verdade, é incrível, como passados esses milhares de ano, o corpo está praticamente em perfeitas condições, e claro o gelo, deu uma velente ajuda nesse processo.
    Resta esperar então que saem mais notícias acerca do assunto.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    João Pedro e luismeteo3 gostaram disto.

Partilhar esta Página