Biodiversidade

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por psm 15 Nov 2008 às 20:50.

  1. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,237
    Local:
    Sintra
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,920
    Local:
    Porto
    Penso que o salmao se extinguiu no Lima com a construcao de um acude, seria importante repovoar o Lima e o Neiva numa primeira fase e melhorar a populacao do Minho.
     
    Gates, "Charneca" Mundial e Thomar gostaram disto.
  3. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,920
    Local:
    Porto
    Por falar em peixes...

    Ainda conheci saramugo na ribeira do Beliche. Como se extinguiu?

    - com a construcao da barragem do Beliche as especies invasoras passaram a subir a ribeira na Primavera.

    - o uso Agricola da agua dos pegos, com motores de rega, que secam a ribeira em tres tempos.

    - o assoreamento do leito.

    - a destruicao e abandono dos pequenos acudes das azenhas que conservavam a agua no Verao.

    - grandes secas Como a de 2005.

    Durante a estiagem o saramugo sobrevive nos pegos, charcos que conservam a agua Durante toda a estacao seca. A unica ribeira algarvia que conserva bons pegos e o Vascao.
     
  4. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,237
    Local:
    Sintra
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Gates, "Charneca" Mundial e frederico gostaram disto.
  5. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,920
    Local:
    Porto
    Gates, "Charneca" Mundial e belem gostaram disto.
  6. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    9,871
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Mais uma captação de ontem aqui na Aldeia de Azinhoso ao fim da tarde:

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Gates, João Pedro, cool e 6 outras pessoas gostaram disto.
  7. Mammatus

    Mammatus
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    27 Dez 2019
    Mensagens:
    361
    Local:
    Barreiro (actual) / Lisboa
    ^^Elegante pisco-de-peito-ruivo.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Gates, Thomar e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  8. Thomar

    Thomar
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    19 Dez 2007
    Mensagens:
    2,284
    Local:
    Cabanas - Palmela (75m)
    Nova espécie de borboleta descoberta no Algarve
    Por Green Savers 10:30 - 9 Janeiro 2021
    [​IMG]

    Partilhar
    Uma nova espécie de borboleta foi descoberta no Algarve. Tendo sido chamada Heterogynis cynetis, um nome que se refere a um povo pré-romano da Península Ibérica.

    A nova espécie foi descoberta por uma equipa liderada pelo alemão Josef J. de Freina e envolveu investigadores do Instituto de Biologia Evolutiva do Centro Superior de Pesquisa Científica de Espanha (CSIC-UPF) e da Associação Espanhola para a Proteção de Borboletas e o seu Meio (Zerynthia).

    Embora todas as espécies deste grupo sejam muito semelhantes na sua aparência externa, a borboleta descoberta é geneticamente diferente do resto do seus parentes conhecidos e mostra singularidades notáveis na sua biologia.


    O nome da nova espécie Heterogynis cynetis refere-se a um povo pré-romano da Península Ibérica que habitava uma região da costa do Atlântico Sul, entre o vale do Guadalquivir e o Cabo São Vicente até à sua conquista, o que corresponde ao território ocupado principalmente pelo Algarve nos dias de hoje.

    Os machos desta nova espécie voam de dia e as fêmeas não têm asas, pelo que mal se podem mover. Além disso, assemelham-se mais às suas lagartas do que a uma borboleta adulta: “É surpreendente que a cada ano que passa continuemos a descobrir novas espécies de lepidópteros na Península Ibérica, e a enorme biodiversidade de borboletas do território dá fé”, disse em comunicado Roger Vila, investigador do IBE e co-autor do estudo.

    Para o presidente do Zerynthia e também co-autor, Yeray Monasterio, o valor deste tipo de estudos reside na necessidade de identificar e conhecer a biodiversidade “como primeiro passo para a sua conservação e para o desenho de políticas ambientais que preservem os valores naturais”.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Cadito, Gates, Pek e 4 outras pessoas gostaram disto.
  9. Pek

    Pek
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    24 Nov 2005
    Mensagens:
    3,652
    Local:
    Menorca
  10. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,641
    Local:
    Bragança (675m)
    Esta manhã em Gimonde. Gralha preta numa árvore com sincelo.
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Thomar, belem, frederico e 3 outras pessoas gostaram disto.

Utilizadores a ler este tópico (Membros: 1, Visitantes: 3)

  1. CptRena

Partilhar esta Página