Estação Meteorológica: Condições e standards de instalação

Tópico em 'Instrumentos Meteorológicos' iniciado por ecobcg 21 Out 2008 às 11:00.

  1. Daniel Vilão

    Daniel Vilão
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    22 Mar 2007
    Mensagens:
    6,976
    Local:
    Ribafria-Alenquer / Moscavide / Degracia
    Foi exactamente a esta solução que me referi no último post, penso que é isto que o windmen procura, apesar de este integrar um termo-higrómetro e o respectivo radiation shield, para além do anemómetro (ultrasónico) que ele procurava. :thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. windmen

    windmen
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    9 Abr 2008
    Mensagens:
    3
    Local:
    viana portugal
    Boas Pessoal,

    antes de mais, quero agradecer toda a vossa ajuda.
    Já tenho diversa informação para estudar e escolher a melhor solução, preço /qualidade.

    Rui
    919053955
     
  3. Daniel Vilão

    Daniel Vilão
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    22 Mar 2007
    Mensagens:
    6,976
    Local:
    Ribafria-Alenquer / Moscavide / Degracia
    Mesmo estando à sombra, os sensores sofrem sempre a incidência de radiação difusa, embora, muitas vezes, esta não seja perceptível.
    Isso provoca inflações até bem perto dos 3 ºC, em determinados dias ou alturas do dia, dependendo isso da intensidade solar, resultante do mês em questão, e da quantidade e tipo de nebulosidade no céu.
    Quanto maiores forem os níveis de radiação solar UV e maior percentagem de céu estiver coberto de nebulosidade, maiores serão as inflações sofridas.
    Deste modo, nenhum sensor escapa à incidência desta radiação, que, em alguns casos, nomeadamente quando os sensores se encontram bem abrigados e arejados e o céu se encontra limpo não se manifesta, ou manifesta-se de forma muito ligeira, em cerca de 0,5 ºC, e, quando os sensores estão instalados com uma maior exposição à radiação solar, este é o principal problema, essa inflação pode chegar aos 3 ºC enunciados, principalmente quando o céu está muito nublado, pois as nuvens reflectem quase toda a radiação que nelas incide.
    Muitas vezes, grande parte do problema nem está na exposição dos sensores à radiação solar difusa, mas sim nos objectos que o envolvem, como paredes brancas, ou outro tipo de material susceptível a reflectir radiação para a sua envolvência e a provocar um possível aquecimento dessa envolvência e dos objectos que o rodeiam com essa radiação.
    Ainda assim, testa esse local onde colocaste hoje o sensor e vai vigiando as leituras que ele te permitir recolher.
    Se se justificar, deves mesmo construir ou comprar um radiation shield para acabar com esse problema.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Pacheco

    Pacheco
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    6 Mai 2009
    Mensagens:
    2
    Local:
    Rio Tinto
    Boa Noite a todos

    Acabei de ir buscar a minha primeira estação meteorológica: Oregon WMR100.
    Para começar achei que seria uma opção aceitável em termos de €.
    Contudo, após ter lido o que li, acho que não vou tirar o devido rendimento porque habito num 2º andar de um prédio... e isso anula a veracidade dos dados recolhidos, certo?
    Que me recomendam?

    Outra questão a quem me ajude: o pluviómetro em tempo seco não devia emitir sinal de comunicação a mesma com a estação?! ou só acontece quando há condições de precipitação?

    Cumprimentos
     
  5. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)
    Foi uma boa escolha essa estação. A veracidade dos dados (temperatura e humidade) é um pouco colocada em causa apenas porque não trás de fábrica uma protecção eficiente contra a radiação difusa. O aconselhável é construires um radiation shield (existe alguns tópicos no forum a explicar como construir um), ou então comprares, e terás esse problema resolvido. Com um bom radiation shield e instalado num local bem exposto ao vento terás dados muito fiáveis.
    Quanto ao pluviometro está sempre a emitir sinal.. quando não chove indica na consola 0,0 mm:D
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Daniel Vilão

    Daniel Vilão
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    22 Mar 2007
    Mensagens:
    6,976
    Local:
    Ribafria-Alenquer / Moscavide / Degracia
    Olá, Pacheco e, em primeiro lugar, bem-vindo ao MeteoPT. ;)


    De forma a difundires dados com o mínimo de fiabilidade, deves fazer o seguinte:

    1. Colocar o termo-higro numa parede arejada e virada a Norte, onde nunca bata o sol;

    2. Colocar o anemómetro 10 metros acima do solo, no caso de instalares a instrumentação ao nível do solo. Se moras num prédio, recomenda-se que o anemómetro fique pelo menos 1,50 metros acima do telhado, nesse caso, independentemente da altura do prédio. Assim, o efeito de bloqueio do vento por parte dos obstáculos não se vai fazer sentir.

    3. O pluviómetro deve ficar no telhado, livre de obstáculos que possam interferir na leitura da precipitação e deve estar bem nivelado, pois qualquer inclinação irá reflectir-se nos valores da precipitação.

    4. O termo-higro não deve apanhar calor artificial vindo chaminés ou algo do género. Se não tiveres nenhuma parede voltada a Norte ou uma parede permanentemente à sombra, deves colocar o termo-higro no telhado, protegido por um radiation shield, onde o sol poderá incidir sem que isso tenha influência nas temperaturas observadas e onde corra vento de todos os quadrantes. A altura mínima recomendada para a instalação do radiation shield num telhado é de 1,20 metros e de 1,50 metros se o instalares ao nível do solo, pois a concentração de calor junto ao solo é muito superior.


    ATENÇÃO

    Como a tua estação é a WMR100, deve ficar sempre num telhado, cumprindo-se as alturas de instalação anteriores, para que não venhas a ter problemas nas máximas, que ficariam exageradas de outra forma, com a ausência de vento e com a proximidade excessiva às telhas, paredes ou outros materiais susceptíveis à reflecção de radiação, seja esta em forma de luz ou de calor.
    Digo isto porque essas estações trazem um abrigo insuficiente para combater os problemas relacionados com a incidência de radiação directa na estação e não permitem a colocação de um radiation shield e, deste modo, a qualidade da instalação é crucial para poderes tirar o máximo partido da tua estação meteorológica.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. JPedroMR

    JPedroMR
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    13 Out 2009
    Mensagens:
    33
    Local:
    Lisboa
    Re: Apresentações

    Boas,

    É exactamente isso, de que me vale uma grande estação se não tenho condições para ela. Por outro lado também não queria uma reles...

    Aqui ficam umas fotos cá do sitio:

    Varanda da frente, que como podem ver tem aqueles mamarrachos a frente. Só para o lado direito é que a vista está mais desimpedida.
    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    Depois temos a varanda das traseiras. Quando está vento na frente do prédio, aqui atrás não se aguenta!!! É uma ventania cuidado!!!
    [​IMG]

    [​IMG]

    Cumps.
     
  8. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Eu sinceramente se estivesse no teu lugar JPedroMR compraria para inicio um termómetro ;)

    Porque nas condições que tu tens, os dados nunca poderão ser fiáveis devido aos obstáculos que tens um pouco por todo lado criados pelo próprio prédio.

    Tenta falar condomínio acerca do telhado :p eu já o fiz e consegui a aprovação ehehe embora claro, seja algo altamente estranho, pois como todos nos sabemos não é um hobby propriamente usual.
     
  9. JPedroMR

    JPedroMR
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    13 Out 2009
    Mensagens:
    33
    Local:
    Lisboa
    O grande problema é que cá o telhado são terraços. Não posso pedir ao vizinho para espetar um poste no meio do que é dele! :lol:

    Para além disso o prédio da frente é bastante mais alto, pelo que mesmo no telhado talvez alterasse.

    Em todo o caso penso que o único que iria ser mais afectado seria o anemómetro. Com os restantes sensores bem localizados talvez conseguisse retirar valores com um margem de erro minima.

    Bem, mesmo assim eu vou investigar o telhado do prédio a ver se tem lá algum sitio a que eu tenha acesso sem passar pela casa de ninguém. Se tiver, conseguirei retirar valores fiáveis ou o prédio da frente irá influencia-los na mesma?

    Cumps.
     
  10. Daniel Vilão

    Daniel Vilão
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    22 Mar 2007
    Mensagens:
    6,976
    Local:
    Ribafria-Alenquer / Moscavide / Degracia

    Bem-vindo, JPedroMR.

    Num ambiente tão densamente urbanizado, será muito mais vantajoso instalares a estação no topo do prédio.

    No caso de comprares uma estação completa a nível de instrumentação e com um abrigo para o termo-higrómetro, normalmente um radiation shield, tens apenas de a deixar exposta à luz solar, desde que o sol nasce até que se põe, de preferência, se podes colocá-la no telhado melhor ainda, e com o pluviómetro totalmente livre de obstáculos, para que possa recolher o máximo de precipitação sem influência de obstáculos.

    Convém que fique montada a «céu aberto», ou seja, sem nada por cima a constituir um obstáculo ao pluviómetro nem, por outro lado, nada que faça escorrer água para cima do mesmo, como tubos de escoamento de varandas.

    Por outro lado, não podem existir paredes nem solos muito artificiais, como os dos terraços muito perto da estação por questões de temperatura, humidade e deturpação dos valores de direcção e velocidade do vento, por também se gerarem vórtices causados pelos contornos dos prédios.

    Convém que o termo-higrómetro fique instalado pelo menos 1,20 metros acima da superfície do telhado, mas recomenda-se 1,50 metros. Convém que o instales no topo do prédio, num local bem exposto, para que possa arejar e não haja inflações na temperatura resultantes da recepção do calor das telhas pelo sensor de temperatura e humidade, nem reduções ao nível da humidade devido ao mesmo factor.

    Atenção que o tubo onde a estação for colocada não pode oscilar, para que não haja «precipitação falsa», que nunca existiu e é fruto dessas mesmas oscilações, que fazem balançar as conchas do pluviómetro.

    Outro conselho que te dou é que a estação fique devidamente nivelada, para que as conchas do pluviómetro balancem facilmente com a recolha da precipitação, caso contrário as leituras da precipitação serão afectadas por defeito, ou seja, estarão abaixo da realidade.

    De qualquer forma, convém ires-te ambientando àquilo que é uma estação meteorológica e para isso devias começar por um termómetro digital para poderes estudar o comportamento da temperatura consoante o local de instalação. Com esses erros muito se vai aprendendo até ter uma estação profissional e nessa altura terás uma noção muito melhor das coisas.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. JPedroMR

    JPedroMR
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    13 Out 2009
    Mensagens:
    33
    Local:
    Lisboa
    Hoje à tarde já fui tentar ver mais qualquer coisa do telhado. Fiz-me ao caminho e fui até uma rua que está um pouco acima da minha. Apartir dessa rua consegui ver as traseiras dos prédios e um bocado do telhado. Ao contrário do que pensava os terraços não ocupam por completo o topo do prédio. Ocupam para aí metade!

    De regresso ao meu prédio, subi as escadas até ao último andar e cheguei à portinhola que dá acesso ao telhado. Escusado será dizer que está trancada...A chave não faço ideia onde possa estar, mas o mais provável é estar na sala do condominio.

    Vou tentar ver e saber mais qualquer coisa, mas pelo pouco que vi o telhado tem muito sitio bom para pendurar os instrumentos!

    Eu queria começar a recolher dados já no inicio do próximo ano, mas como os câmbios andam baixos, não sei. Veremos.

    Cumps.
     
  12. joseoliveira

    joseoliveira
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    18 Abr 2009
    Mensagens:
    2,889
    Local:
    Loures (Moninhos) 128m
    olá Pedro

    Pelo que referiste até ao momento bem como pelas fotos que deixaste, se não existir qualquer inconveniente na instalação dos equipamentos por parte do condomínio, força aí...

    Período fraco para investimentos? Poucos se queixam do contrário...; tal como o Mário e o Daniel aconselharam, pelo menos para já tenta adquirir uma estação de baixo custo com registo de thermo/hygro, tendo em vista que existem à venda vários modelos com boa relação qualidade/preço e assim possas obter registos que com as condições que tens, comparadas a outras por aí, aparentam ser bem razoáveis, desde que respeites as regras mínimas que eles referiram.

    Será uma oportunidade para testares as condições que tens (que só podes ter essas!) na obtenção de valores suficientemente credíveis.

    De uma coisa podes ter a certeza, muitos tentam criar condições a 100% para a instalação destes equipamentos; infelizmente poucos o conseguem!

    Se a vontade e a persistência não andarem de mãos dadas... :thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Hoje comprei um tripé da Davis, custou cerca de 100€ na Gestel, a única representante da Davis em Portugal.

    É o ideal pra montar a estação ou um simples rs (radiation shield) seja em que sítio for.

    [​IMG]

    Aqui ficam umas fotos, coloco mais amanhã, devido a limitações de espaço e de ordem fotográfica não puder executar por completo a montagem do dito :D

    (Vuvuzela não incluída, é pra efeitos de comparação de tamanho :lmao:)

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  14. HotSpot

    HotSpot
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    20 Nov 2006
    Mensagens:
    3,613
    Local:
    Moita, Setubal
    Curiosidade: Vais montar no telhado do teu prédio?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    É portátil, será pra quando for à terra dos meus pais, assim escuso de pescar um sítio pra colocar o rs.
     

Partilhar esta Página