Exemplares de plantas tropicais em Portugal que se dão bem e frutificam



Registo
24 Ago 2016
Mensagens
18
Local
Oliveira do Bairro
Olá boa tarde! sim, a groselha dos Açores é a Elaeagnus umbellata. Também tenho a Elaeagnus latifolia e a multiflora ou goumi. Também tenho 4 árvores da Hippophae rhamnoides (espinheiro marítimo) que é aparentada e nutricionalmente impressionante! De tudo o que tenho, ainda não estão muitas árvores a frutificar. Só estão o abacate reed, uma goiabeira (das 6 que tenho), todos os tipos de araçás, a anoneira cherimoya, a lucuma... mas para o ano começam as que faltam quase todas. São quase todas árvores adultas. :D

Boa noite, muito porreiro!
Imagino que em relação à minha zona tenha a vantagem de ter mais calor (até durante o Inverno) e a desvantagem de ter menos precipitação :rain:...

O Hippophae rhamnoides dá um fruto de que gosto bastante fresco, mas também se usa em sumos e geleias (sobretudo no Centro/Norte da Europa) mas atenção que é uma espécie dioica (há plantas macho e plantas fêmea), para dar fruto tem de ter um macho e algumas fêmeas!

Eu tinha comprado 3 vasos com uma planta fêmea e uma planta macho em cada (ou seja em, 3 vasos tinha 3 fêmeas - Leikora - e 3 machos - Pollimix) mas neste momento só tenho 2 plantas pois as outras morreram.

Para além de tentar arranjar sementes, vou voltar a comprar plantas certificadas de ambos os sexos.

De notar que tanto as sementes germinam muito bem como é bastante fácil fazer estacarias.
 
Registo
24 Ago 2016
Mensagens
18
Local
Oliveira do Bairro
eu tinha cuidado, pois acho que são venenosas mesmo animais, mas mais uma vez as bagas de azevinho são venenosas para nos mas um regalo para melros e afins, do que sei são muitas vezes confundidas com as bagas do sabugueiro que por si devem ser consumidas com moderação

Em relação às bagas de azereiro serem venenosas para animais, não sei mas, de facto, os pássaros não as deixam ficar muito tempo na árvore!

Nota: isto é uma constatação que fiz quando vivia no Luxemburgo onde esta espécie é utilizada em parques e jardins e, apesar do frio invernal produz sementes. As duas que tenho dão flor mas nenhuma baga até agora (excesso de chuva na floração????)
 
Última edição:
Registo
24 Ago 2016
Mensagens
18
Local
Oliveira do Bairro
É possível que as sementes do azereiro apreciem uma ajuda das aves, para germinar... Há sementes que germinam mais facilmente (algumas apenas germinam assim!) se passarem pelo sistema digestivo de uma ave ou de qualquer outro animal.
Será que perus ou galinhas, podem comer frutos de azereiro? Ou pombos? Essa é uma boa questão.

Sinceramente não sei, mas, se não, há sempre a possibilidade de estratificação e/ou escarificação mecânica ou química.
 
Registo
24 Ago 2016
Mensagens
18
Local
Oliveira do Bairro
Sobre o azereiro (que fazia efetivamente parte da laurissilva):

https://repositorio.ipcb.pt/bitstream/10400.11/341/1/1997_Ribeiro_Antunes_AZEREIRO.pdf

Também já cultivei azevinho e consegui reproduzi-lo (o azevinho curiosamente também é um sobrevivente da floresta subtropical do Terciário, mas que se adaptou a zonas temperadas e húmidas). Mas foi por divisão de plantas e estacas (que me pareciam que podiam dar raízes), tal como por vezes se faz com as heras (outra planta da laurissilva!).
Aconselho a fazerem estes plantios durante as fases mais frescas e húmidas do ano, pois pelo menos, foi assim que resultou comigo.

As murtas, são relativamente fáceis para mim de arranjar e cultivar... Até já consegui que enraízassem em água, tal como a hortelã e o agrião!

Eu com azevinhos fiz estacarias no período de Natal, (a minha tia tem um e dá à minha mãe para enfeites de Natal, carregados de bagas... e mesmo assim as estacarias pegam).

Tentei no mesmo período com o azereiro e nenhuma pegou. mas vou tentar outra vez lá para Outubro. Se não conseguir e continuar a não ter sementes vou tentar a alporquia...:malandro:

Fiquei surpreendido com o seu método de multiplicação das murtas, em que período fez as estacarias em água?
 

luismeteo3

Furacão
Registo
14 Dez 2015
Mensagens
17,112
Local
Fatima (320m)
Boa noite, muito porreiro!
Imagino que em relação à minha zona tenha a vantagem de ter mais calor (até durante o Inverno) e a desvantagem de ter menos precipitação :rain:...

O Hippophae rhamnoides dá um fruto de que gosto bastante fresco, mas também se usa em sumos e geleias (sobretudo no Centro/Norte da Europa) mas atenção que é uma espécie dioica (há plantas macho e plantas fêmea), para dar fruto tem de ter um macho e algumas fêmeas!

Eu tinha comprado 3 vasos com uma planta fêmea e uma planta macho em cada (ou seja em, 3 vasos tinha 3 fêmeas - Leikora - e 3 machos - Pollimix) mas neste momento só tenho 2 plantas pois as outras morreram.

Para além de tentar arranjar sementes, vou voltar a comprar plantas certificadas de ambos os sexos.

De notar que tanto as sementes germinam muito bem como é bastante fácil fazer estacarias.
Olá boa noite. Sim eu tenho 4 Hippophae rhamnoides adultas 3 femininas e uma masculina. Foram postas este ano, por isso ainda não deram. Costumo comprar o fruto congelado que se vende nas lojas Ukranianas / Russas.
 
  • Gosto
Reactions: Miguel Isidoro

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,373
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Em relação às bagas de azereiro serem venenosas para animais, não sei mas, de facto, os pássaros não as deixam ficar muito tempo na árvore!

Nota: isto é uma constatação que fiz quando vivia no Luxemburgo onde esta espécie é utilizada em parques e jardins e, apesar do frio invernal produz sementes. As duas que tenho dão flor mas nenhuma baga até agora (excesso de chuva na floração????)

A razão porque crescem e frutificam azereiros no Luxemburgo, deve-se sobretudo ao facto de estarmos a viver uma fase climática mais quente na Europa.
Por esta altura e se os humanos não andassem aqui, já se tinha observado uma expansão natural e gradual de uma flora de climas subtropicais, até zonas mais setentrionais, a partir dos seus refugios climáticos. Também nos nossos dias, crescem medronheiros e loureiros nas Ilhas Britânicas...
Mas assim que venha uma fase mais fria, a sua distribuição geográfica irá, muito provavelmente, reduzir-se drasticamente. Aliás mesmo uma fase de invernos mais frios, pode causar graves danos, não é preciso uma pequena ou grande Idade do Gelo.
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: Miguel Isidoro

Pedro1993

Super Célula
Registo
7 Jan 2014
Mensagens
8,249
Local
Torres Novas(75m)
Não consegui postar as fotos, por isso aqui vai o link com algumas das minhas árvores em flor. Não são tropicais pois perdi quase todas com as temperaturas negativas anómalas que tive. São algo exóticas umas, e outras muito bonitas.

http://tropicalfruitforum.com/index.php?topic=23147.0

Eu por aqui também sofri do mesmo mal do que tu, tinha plantado um abacateiro no inverno passado, já estava com cerca de 1 metro de altura, e simplesmente ficou queimado até á raiz, e estava ele bem protegido.
Isto já para não falar de que perdi também muitas outras espécies de plantas, essencialmente flores, que agora muito dificilmente consigo repor essas mesmas , algumas já eram muito antigas, e agora já não são muito fáceis de encontrar.
Os limoeiros também ficaram muito afectados, tenho um aqui em casa que já está a rebentar novamente, mas outro que tenho aqui na horta, que fica num vale, esse os ramos estão completamente secos, mas agora para o próximo mês , vou lhe dar uma poda para ver como ele se aguenta, se ainda não é desta que morre, apesar de já estar um pouco debilitado.
 

luismeteo3

Furacão
Registo
14 Dez 2015
Mensagens
17,112
Local
Fatima (320m)
Eu por aqui também sofri do mesmo mal do que tu, tinha plantado um abacateiro no inverno passado, já estava com cerca de 1 metro de altura, e simplesmente ficou queimado até á raiz, e estava ele bem protegido.
Isto já para não falar de que perdi também muitas outras espécies de plantas, essencialmente flores, que agora muito dificilmente consigo repor essas mesmas , algumas já eram muito antigas, e agora já não são muito fáceis de encontrar.
Os limoeiros também ficaram muito afectados, tenho um aqui em casa que já está a rebentar novamente, mas outro que tenho aqui na horta, que fica num vale, esse os ramos estão completamente secos, mas agora para o próximo mês , vou lhe dar uma poda para ver como ele se aguenta, se ainda não é desta que morre, apesar de já estar um pouco debilitado.
Pois um desastre por cá! Temos que nos virar para as espécies do frio. A única espécie tropical que resistiu totalmente foi a feijoa. Recomendo. Adoro este fruto e na Nova Zelândia até fazem champanhe dela.
 
Última edição:

António josé Sales

Nimbostratus
Registo
6 Out 2016
Mensagens
1,070
Local
Turquel, concelho de Alcobaça
Eu por aqui também sofri do mesmo mal do que tu, tinha plantado um abacateiro no inverno passado, já estava com cerca de 1 metro de altura, e simplesmente ficou queimado até á raiz, e estava ele bem protegido.
Isto já para não falar de que perdi também muitas outras espécies de plantas, essencialmente flores, que agora muito dificilmente consigo repor essas mesmas , algumas já eram muito antigas, e agora já não são muito fáceis de encontrar.
Os limoeiros também ficaram muito afectados, tenho um aqui em casa que já está a rebentar novamente, mas outro que tenho aqui na horta, que fica num vale, esse os ramos estão completamente secos, mas agora para o próximo mês , vou lhe dar uma poda para ver como ele se aguenta, se ainda não é desta que morre, apesar de já estar um pouco debilitado.
Eu também perdi algumas plantas com aquela maldita geada os maracujás secaram até a raiz, felizmente tenho alguns plantados em tabuleiros que sobreviveram perdi também pêra melão uma fruta que tem o sabor entre a pêra e o melão e perdi alguns fisális, só prejuízos enfim.:angry::(
 
  • Gosto
Reactions: Pedro1993