1. Postagens no fórum Off-Topic
    Para combater registos que têm por único objectivo o de participar em tópicos controversos, o acesso às postagens está condicionado a membros com um número mínimo de 100 mensagens. Membros que não tenham esta quantidade de mensagens não poderão submeter mensagens ou criar tópicos nesta secção.
    Condições Gerais de Utilização do MeteoPT

Política e economia internacional

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por David sf 19 Dez 2011 às 21:19.

Estado do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,217
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    O mais infeliz da compilação é que o Bush, em certos momentos, mal consegue conter o riso abordando tópicos sérios.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. camrov8

    camrov8
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Set 2008
    Mensagens:
    2,414
    Local:
    Oliveira de Azeméis(278m)
    Não é preciso ir muito longe para ter exemplos de pais do ano, basta lembrar o caso do pai que leva o filho para um assalto e o filho é morto na perseguição por um tiro de um gnr que os tentava parar
     
  3. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,217
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Como hoje é dia festivo, dia 24, vou dissecar um artigo de propaganda ridículo. Verdade que está num site tipo tablóide mas também é verdade que muita agência noticiosa copia. O artigo está aqui:

    http://www.businessinsider.com/john-schindler-putin-planning-wave-of-special-war-in-2015-2014-12

    O título é sugestivo:

    Os russos vão entrar no ano novo com dificuldades que não tinham no ano passado. Verdade.

    Um motivo pelo qual os russos são perigosos é porque não têm diversificação internacional:

    Um outro motivo é que têm uma resistência mental acima da média:

    O caos económico foi causado pelo "Putinismo":

    O ocidente nada fez. A agressão é inteiramente russa:

    A Rússia gosta de ser um estado pária:

    É feita uma comparação com o Japão (que declarou guerra devido às sanções):

    Há mais mas desisti de ler. Quem quiser 'deliciar-se' o sítio está acima. Bom Natal a todos e desliguem a TV por uns dias. A sanidade mental agradecerá :)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,217
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    A minha contribuição natalícia para este tópico será focada no drones. Algumas informações já mencionei e outras serão novas.

    Toda a gente já conhece a utilização dos drones como arma militar:

    No Paquistão os ataques de drones trazem mais malefícios do que benefícios. A população civil é traumatizada e os indivíduos que tentam ajudar os feridos são agraciados com mais ataques. Paralelamente, os EUA têm a tendência para manter aprisionados os inocentes em Guantanamo e libertar os culpados. Quem diria que alguns deles recrutam para a ISIS? Tudo, como é habitual, com a conivência saudita.

    Fica a pergunta. Como é que um terrorista:

    É enviado para um programa de reabilitação e reintegração?

    Isto num país em que tribunais especializados em casos de terrorismo vão julgar mulheres que conduzem e em que já houveram mais de 59 decapitações este ano. Desses, 22 foram por acusações de tráfico de droga. Infelizmente, estes não têm direito a programas de reabilitação.

    "Teorias da conspiração" à parte, o inevitável já aconteceu, ou seja, os drones armados caseiros. Isto associado a impressoras 3D que permitem a construção de armas de fogo caseiras sem qualquer tipo de registo, não auguram coisas boas para o futuro.



    Será inevitável uma tragédia envolvendo drones. Desde 2001, mais de 400 drones militares já caíram. Mesmo nos EUA, já caiu um drone perto de uma escola primária.

    Houve também casos de drones perto de centrais nuclares na França, drones quase a colidir com aviões, drones que caem em cima de atletas e até drones a serem usados dentro de restaurantes e que ao cair em cima de uma mulher, quase que lhe desfigurava a cara.

    Até lá, ficam os vídeos 'cómicos' do Youtube:



    Continuação de um excelente Natal :)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #1234 Orion, 25 Dez 2014 às 19:31
    Última edição: 25 Dez 2014 às 19:37
  5. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,217
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    E já agora, deixo aqui o resultado de meses de guerra de propaganda e antagonizações:

     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,217
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,217
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    A Inglaterra, ao contrário da França, decidiu incluir no cálculo do PIB a prostituição e as drogas ilegais. Resultado? A Inglaterra ultrapassa a França como 5ª maior economia do mundo.

    Telegraph
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Há bom .. então está explicado porque é que nós temos um PIB tão baixo, não contabilizamos a prostituição e as drogas, bem me parecia que a crise em Portugal era por causa disso !
    Se passarmos a contabilizar chegamos ao nível da França certo ??
    As relações sexuais com a nossa parceira também conta ??
     
  9. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Agora a sério .....

    Sem ler a noticia, parece-me que existe aí algo que está muito mal contado nessa noticia. Em muitos sitios por essa Europa fora a prostituição é legalizada, havendo "casas" para isso em que as mesmas têm que cumprir regras de funcionamento e pagam impostos como qualquer outra atividade.
    Ao mesmo tempo existem aquelas chamadas drogas leves ou drogas autorizadas, que é autorizado em alguns países por essa Europa. Obviamente drogas como heroina ou cocaina que apenas são transacionadas no mercado "negro" e sem qualquer conhecimento por partes das autoridades, não podem pertencer ao PIB porque ninguém tem noção do que é transaccionado.

    E não me venham falar em moral senão vou falar na hipocrisia da sociedade no que toca ás bebidas "fortes", tabaco e outras actividades que o Estado recebe enormes quantidades de dinheiro, e todas elas fazem imenso mal á saúde.
    Para além de ainda matarmos com subsidio do Estado !

    E já agora acho que em Portugal a prostituição e as drogas leves (não faço ideia quais são) deviam ser legalizadas conforme se falou há uns anos atrás !
     
    #1239 Aurélio, 26 Dez 2014 às 19:25
    Última edição: 26 Dez 2014 às 19:30
    frederico gostou disto.
  10. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,217
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Dois títulos de notícias, duas ênfases muito diferentes. Mais uma vez, onde estão as diferenças?

    A primeira notícia é da SIC, onde as mortes civis são empurradas para segundo plano:

    A segunda notícia é do Público. Não se diz quantos jihadistas morreram. Só as baixas civis têm atenção:

    Sim, porque o exército sírio não mata jihadistas, só os curdos:

     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,217
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Aquando do anúncio da FED que ia terminar os estímulos à economia, o dito QE, escrevi aqui que era mentira pois os juros iriam continuar a ser investidos. Ora, cortesia da Reuters:

    Mais de 11 mil milhões de dólares investidos em duas semanas. Fora o que já deve ter sido comprado nos últimos meses.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    7,352
    Local:
    Porto

    Um dos maiores vícios que há em Portugal com direito a patrocínio estatal é o vício do jogo!

    Qualquer menor pode ir a um quiosque jogar em jogos de fortuna e azar pois ninguém pede BI quando se compra uma raspadinha e o tema não é discutido.

    Para além disso não há políticas de proteção e apoio ao jogador e os mais viciados nestes jogos são os mais pobres!

    O grosso de fatia dos lucros dos jogos sociais não vai para a caridade, vai sim para o financiamento de Ministérios e de gabinetes da Santa Casa de Lisboa cuja função não passa pela ajuda aos pobres... mas sim pela criação de «jobs for the boys».

    No dia em que tivermos uma legislação igual à inglesa então acabará a hipocrisia em relação ao jogo que vigora na nossa sociedade. Na presente situação perdem os consumidores, que não estão protegidos, perdem os viciados, e ganha e muito o Estado e a Santa Casa, que de santa já muito pouco tem.
     
  13. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,217
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    No resumo de hoje, o Japão aprova mais um pacote de estímulos porque a sua economia está a afundar-se irremediavelmente:

    Reuters

    Bloomberg

    Na Europa:

    AB

    Nos EUA, o Obama, na sua mensagem de Natal, afirma que:

    WT

    Esta afirmação completamente falsa serve para desconstruir o crescimento do PIB dos EUA de 5% no 3º trimestre (revisão dos 3.9 anteriormente divulgados). Razão? Aumento brutal do investimento governamental:

    E aumentam as suspeitas de que a Coreia do Norte poderá não ser a responsável pelo ataque à Sony (aqui e aqui).

    Por fim, na China mais engenharia financeira está a ser feita:

    Bloomberg (notícia alterada - mais completa)

    Reuters

    A economia chinesa está em perfeitas condições mas contínuos estímulos estão a ser impostos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #1243 Orion, 27 Dez 2014 às 16:23
    Última edição: 27 Dez 2014 às 16:39
  14. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,217
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Já fiz referência a isto, mas agora deixo as fontes. Dezenas de soldados russos estão a morrer e os governantes russos estão a dar detalhes confusos às famílias. Obviamente que estão a combater na Ucrânia. Da mesma maneira, mercenários americanos estão a ser enviados para o mesmo local:



    As guerras modernas são encobertas e disputadas através de terceiros. Só que a imprensa dá atenção aos atos de uns e não aos outros.

    As provocações continuam até alguém atacar (EUA ou Rússia). Depois o outro será visto como o inocente e que apenas se limitou a ripostar.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #1244 Orion, 28 Dez 2014 às 18:25
    Última edição: 28 Dez 2014 às 18:34
  15. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    7,352
    Local:
    Porto
    Amanhã é um dia decisivo para a Grécia:

    http://internacional.elpais.com/internacional/2014/12/28/actualidad/1419804626_808965.html

    Se vencer a extrema-esquerda viver-se-ão dias interessantes. É provável que a Alemanha já se tenha preparado para que a Grécia saia do euro... e quem sabe Portugal... para aguentar a Espanha e a Itália.

    Entretanto o Reino Unido começa a discutir a saída da UE.

    Neste momento as sondagens demonstram que os eleitores só votarão maioritariamente «sim» se a UE aceitar as condições de David Cameron.

    O Reino Unido quer um maior controlo fronteiriço, menos regulamentação comunitária e mais abertura comercial a países fora da UE. Alguns sectores conservadores consideram que as regras europeias prejudicam o comércio com a Commonwealth.

    Na Holanda se houvesse neste momento um referendo o «não» à UE poderia também vencer. Já na Alemanha, França, Itália ou Grécia a larga maioria dos eleitores quer permanecer no espaço comunitário.
     
Estado do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Partilhar esta Página