Seg. Previsão do Tempo e Modelos - Junho 2015

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por Vince 1 Jun 2015 às 08:04.

  1. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Nos próximos dias entrada de ar mais fresco a acalmar esta desagradável fornalha.

    [​IMG]


    Mas se calhar depois voltamos ao mesmo.
    A saída das 00z é um outlier, mas a tendência geral do ensemble GFS parece ser quente.

    [​IMG]
     
  2. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,116
    Local:
    Lisboa
    Boas tardes..

    Para amanhã espero actividade convectiva por vezes severa no interior, em especial da região centro, onde podem ocorrer eventos significativos.

    Analise/Discussão


    Em altura uma vigorosa cut-off coloca-se a NW da Galiza, com um forte jet de níveis altos a afectar o norte e centro de PT continental, durante a tarde e noite, uma nova perturbação aproxima-se de SW e entra pelo sul do território.
    Associadas a estas duas perturbações, campos de forçamento dinâmico deverão estimular movimentos verticais de larga escala, e uma dinamização notória do fluxo em altura deverá incentivar a ocorrência de shear vertical.

    Nos niveis baixos e médios uma camada de ar tropical marítimo avança de sul e sudoeste, com um low level jet a estabelecer-se abaixo dos 850hpa...este ar será tapado por uma capping layer saariana nos níveis médios, aquecendo fortemente durante o dia...a entrada de ar frio em altura em conjunto com este ar energético á superficie deverão gerar valores de CAPE pontualmente até 1000-2000J/Kg, acompanhado de gradientes higro-termicos fortes nos níveis médios.

    Uma frente fria deverá permanecer estacionária entre o litoral Norte e Centro até ao interior Norte..intersectando a baixa térmica que se formará durante a tarde...ao longo desta frente a convergência é maximizada, assim como o shear, que assumirá algum caracter rotacional em especial no interior centro.

    No interior centro, dada a abundância de CAPE, forçamento dinâmico intenso e shear com até 30kts aos 8km e 20m/s aos 6km e algum componente rotacional, várias rondas de convecção são possíveis, com estruturas organizadas em multicelulas e até supercélulas, que se poderão fundir num MCS para o fim da tarde.

    Espero, com esta actividade, precipitação excessiva, granizo e rajadas convectivas severas , pelo que garanto um nivel laranja.

    No interior sul, com a chegada da perturbação durante a tarde/noite, as condições dinâmicas melhoram, e algumas células fortes/severas deverão forma-se, com risco similar ao da região centro...no entanto, dado que esta 2a perturbação chega já em período de arrefecimento, e dado que as condições dinâmicas são menos propicias do que as verificadas no centro, apenas confio num nivel amarelo.

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #32 stormy, 9 Jun 2015 às 13:03
    Editado por um moderador: 9 Jun 2015 às 13:34
    LRamos, vamm, jotackosta e 4 outras pessoas gostaram disto.
  3. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,116
    Local:
    Lisboa
    ::::::UPDATE::::::

    3f15h----4f06h


    ( Para analise detalhada consultar a previsão lançada ontem)

    As observações de sat mostram um vortice secundário de niveis altos a evoluir sobre o litoral centro, e a aproximação de uma vigorosa short wave embebida num jet de niveis altos que se aproxima da região norte.

    Existe neste momento um reforço da circulação em altura em especial entre o Alentejo e o interior Norte e Centro, com perfis de shear ligeiramente melhores do que o esperado.

    A evaporação da precipitação que ocorreu nestes dias, e o efeito da brisa maritima elevaram em bastante o conteúdo em agua da Atmosfera, e os mesoescalas colocam agora valores de SB/MUCAPE até 2-2.5KJ/Kg...forte aquecimento diurno com dewpoints em subida já estão a ser verificados pela rede de observação á superficie.

    Dada a melhoria das condições, faço um upgrade para nível vermelho na região norte, com extensão do nível laranja até ao centro e do nível amarelo até ao Alentejo.

    Na região interior norte e centro, poderá ocorrer um outbreak significativo de tempo severo nas próximas 12 a 16h, com risco de precipitação excessiva ( localmente superior a 100mm/3h), granizo severo e rajadas severas ( até 100-120km.h).

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Célia Salta

    Célia Salta
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    10 Set 2013
    Mensagens:
    464
    Local:
    Sertã - Castelo Branco
  5. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,315
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Aparecimento repentino e mais ou menos generalizado.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    guisilva5000 e Célia Salta gostaram disto.
  6. guisilva5000

    guisilva5000
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2014
    Mensagens:
    4,705
    Local:
    Belas, Sintra | Lisboa
    Já está a acontecer, diria que actividade mais que explosiva!
    Pena o radar de Arouca falhar nas melhores alturas...
    O IPMA não tem aviso de trovoadas?

    [​IMG]
    [​IMG]

    Diria que só em 3 horas devem estar mais de 1000 DEAs naquela zona entre Espanha e Portugal!
    Quem se atrever que conte e encontre a mais potente! :D
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    vamm, Pedro1993, Geopower e 6 outras pessoas gostaram disto.
  7. guisilva5000

    guisilva5000
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2014
    Mensagens:
    4,705
    Local:
    Belas, Sintra | Lisboa
    Depressão continua sobre a Península Ibérica e sobe lentamente para Norte, dirigindo-se para o Golfo da Biscaia, ficando por lá alguns dias. Com isto o calor e a actividade forte vai toda para França e Espanha, chega ar mais fresco do Atlântico a Portugal o que consequentemente baixa as temperaturas. Depois disso temos a invasão do AA que há muito tempo que não dava sinal de vida. A partir daí parece ser outra luta entre uma depressão a norte de África e o AA e depois fica confuso.

    Posso dizer que até quinta continua o mesmo cenário até agora, a partir de sexta, quando a depressão dá a volta lentamente no Golfo da Biscaia até à Galiza começam a chegar chuviscos e no fim de semana passa a chuva mais forte, mesmo assim ainda é um bocado incógnito a direcção que a depressão vai seguir...

    Olhando para o Solstício do Verão como Futurologia:
    Parece que temos acalmia de tudo e explosão de calor
    [​IMG]
    [​IMG]

    Estes cenário de massas de calor vindas do sudoeste parece que são as que causam temperaturas excessivas.. Claro que pode mudar mas é sempre interessante ver este cenário possível acontecer, visto que ao longo dos meses vemos um aumento gradual da temperatura em Portugal e situações cada vez mais extremas.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    StormRic e MIGUEL_DKs gostaram disto.
  8. james

    james
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2011
    Mensagens:
    4,541
    Local:
    Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)
    Vendo os modelos , no fim de semana , o tempo deve arrefecer um pouco mas logo a seguir deve aquecer novamente . O padrão esta muito pronunciado , as temperaturas estão acima da media desde marco ,
    Temo que se estenda por todo o verão ( se assim acontecer , com tanto tempo sem chover na primavera e com o manto vegetal já quase em palha , acho que e escusado dizer que o verão vai ser um desastre em termos de incêndios , e ainda para mais com eleições , vai ser bonito vai , 2003 déjà vu ) .

    Aqui na minha zona , vou a caminho de 40 dias sem acumulação superior a 1 mm , uma perfeita anormalidade , ate no verão não e frequente isso acontecer .

    Mas também , ouvindo o português comum , a radio ou a TV , o que o pessoal gosta e disto , temperaturas tórridas e tudo a arder .
     
    guisilva5000 gostou disto.
  9. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Os EUA é que usam muito o termo tornado outbreak, ou severe weather outbreak. Um evento de tempo severo durante muitas horas ou dias, uma crise, surto, com imensos tornados e grandes inundações. Equivalente português mais próximo ao termo "outbreak" é por exemplo uma "crise" sísmica das que por vezes sucedem nos Açores, em que ocorrem centenas de sismos, ou o "surto" que houve de legionella por exemplo.
    Não é de todo ajustado ao que se passa aqui, exageros (ou entusiasmos) de linguagem dispensáveis...
     
    LRamos, vamm, SpiderVV e 1 outra pessoa gostaram disto.
  10. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,194
    Local:
    Inverness, Escocia
    Stormy, acho um pouco exagerada a tua previsão. Pelo menos para a zona centro no que diz respeito à zona laranja. O teu mapa faz sentido só na localização do nível vermelho, mas as restantes áreas do país acho que nem condições para nível amarelo tenham, quanto mais nível laranja.

    Neste momento, a célula que estava a formar em Viseu-Nelas deslocou-se para leste, parece que as células no interior norte e centro adoptaram desde há 2 horas essa direcção oeste para leste, e por conseguinte a célula de Nelas deslocou-se para a Guarda, onde efectivamente está com muita actividade eléctrica e precipitação.

    O resto da zona centro, a oeste e sudoeste da Guarda está toda calma. Aqui na zona de Viseu metade do céu está practicamente pouco nublado, sem qualquer convexão e não há sinais que se venha a formar, nem que as células do Pinhão e da Guarda venham para cá, já que se deslocam para a zona da fronteira.

    Conclusão, as trovoadas já formadas como a da Guarda e a do Pinhão poderão ser mais violntas que nos últimos dias, e persistentes, mas tenderão a evoluir para a fronteira, ou seja a área afectada é aquela entre Vila Real e Guarda para nordeste. As restantes áreas, como Viseu, Coimbra, Castelo Branco e Alto Tejo, terão provavelmente uma noite calma.

    Mas espero estar errado e que tu estejas certo. Tive os últimos dias a ver todas as células a passarem ao lado, e quando era trovoada, era trovoada seca. Bem precisava de uma boa chuvada..
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    guisilva5000 gostou disto.
  11. david 6

    david 6
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    22 Jan 2013
    Mensagens:
    7,710
    Local:
    Fajarda - Coruche(57m)

    não te esqueças que a previsão do stormy foi desde as 15h e não só agora para a noite :thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,116
    Local:
    Lisboa
    :::::UPDATE:::::::

    A extensa actividade ocorrida nas ultimas horas ( que apesar de tudo ficou aquem do critério para nivel vermelho) parece ter resultado numa estabilização da Atmosfera, as runs das 12z do WRF ( MG ) e do WRF (MC) reduziram o CAPE disponivel para a madrugada, pelo que vou descontinuar o nivel vermelho.

    Durante a madrugada é de esperar que se mantenha alguma actividade convectiva, com algumas células pontualmente fortes no interior norte e centro.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    LRamos, StormRic e guisilva5000 gostaram disto.
  13. james

    james
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2011
    Mensagens:
    4,541
    Local:
    Viana Castelo(35 m)/Guimarães (150 m)
    Todas as previsões para hoje , pelo menos na minha região , foram um tiro ao lado .

    E os modelos também andam a falhar muito , pelo menos na precipitação prevista .
     
  14. irpsit

    irpsit
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    2,194
    Local:
    Inverness, Escocia
    Deixa lá James. Já vão 4-5 dias de trovoadas, mas aqui em plena região interior centro (parte sul do Distrito Viseu) nada.
    Nenhuma precipitação, e algumas células mas passam todas ao lado.

    O problema deste totoloto das trovoadas é que normalmente são fenómenos pontuais, e num local pode estar a fazer tempo severo de granizo e a 20km de distância, está tudo seco.
    Nos últimos dias andam locais, como Ferreira do Zêzere, Sertã, Coimbra, Luso, Viseu, Trancoso e Guarda, Castro Daire e São Pedro do Sul, Chaves, Carrazedo de Montenegro, Pinhão, Foz Côa, e vários locais de Tras-os-Montes parecem ter tido várias vezes células com chuva intensa e trovoada. Quase como se fossem magnetes e levassem célula atrás de célula, e até em múltiplos dias com as células a seguirem o mesmo trajecto. Outros locais próximos como Mortágua (onde estou), Santa Comba Dão, penso que Vila Real, e Castelo Branco, não tiveram nada, viram tudo a passar ao lado. E penso que haverá mais locais assim no interior norte.

    Se fizéssemos um mapa da precipitação deste mês até agora, daria um mosaico muito errático, com sítios bem regados, e outros mesmo ao lado, ainda em seca.

    E nas regiões do litoral norte, então não me têm parecido nada favorável para trovoadas.
    A meu ver, vais ter que esperar pela chuva que vêm daqui por uns dias, quando a depressão actual puxar ar do atlântico de noroeste e trazer-nos tempo fresco e húmido.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Joaopaulo, james e Thomar gostaram disto.
  15. guisilva5000

    guisilva5000
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    16 Set 2014
    Mensagens:
    4,705
    Local:
    Belas, Sintra | Lisboa
    Aqui na região de Amadora e Queluz não chove mais de 2mm há 45 dias, e o padrão não parece melhorar, sim podem chegar chuviscos ao litoral mas nada de mais..., aqui quase nada chega. E pelo GFS nem no fim de Junho chega a chuva o que aumenta a seca para 2 meses. Tenho quase a certeza que vamos passar a seca extrema. Enquanto isso é bom que a chuva das últimas semanas no Norte e Centro reforce os rios, ribeiras e barragens que deviam estar já a pedir.

    Enquanto isso aqui nas ribeiras mal corre água, não sei como é que os peixes e patos sobrevivem... E a terra está completamente seca incluindo a calçada que em alguns sítios se vai tornando preta que mais parece basalto.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    StormRic e james gostaram disto.

Partilhar esta Página