Seguimento - Incêndios 2017

luismeteo3

Furacão
Registo
14 Dez 2015
Mensagens
17,112
Local
Fatima (320m)
Sem comentários...:disgust:

Presidente da Câmara nega

Passos diz que há "pessoas que puseram termo à vida" por falta de apoio em Pedrógão

image.aspx


Passos Coelho diz saber que houve "pessoas que puseram termo à vida por falta de apoio" na resposta ao incêndio de Pedrógão Grande.

As declarações foram feitas aos jornalistas, esta segunda-feira, ao comentar a atuação do Estado na resposta ao incêndio em Pedrógão Grande.

"Não é necessária nenhuma auditoria para saber que o Estado falhou. O Estado falhou", afirmou. "Tenho conhecimento de que há vítimas indiretas, pessoas que puseram termo à vida, que em desespero se suicidaram, que não receberam apoio em tempo devido", declarou o líder do PSD, durante uma visita a Castanheira de Pêra, sem especificar onde e em que momento essas pessoas terão morrido.

Presidente da Câmara de Pedrógão nega

Valdemar Alves garante não ter conhecimento de qualquer caso de suicídio relacionado com o incêndio de Pedrógão Grande. "Há boatos, há muito boatos",a circular, diz o presidente da Câmara de Pedrógão Grande, que garante não ter tido qualquer informação nesse sentido. "Peço às pessoas que não acreditem em boateiros", acrescentou.

António Costa também reagiu às afirmações de Pedro Passos Coelho, recomendando cautela. "Devemos ser todos muito prudentes nas afirmações que fazemos", aconselha o primeiro-ministro. "Não com base em rumores, notícias avulsas e no diz-que-disse", concluiu.


http://www.jn.pt/nacional/interior/...a-por-falta-de-apoio-em-pedrogao-8591414.html
Isto é muito triste, já vale tudo! Até o padre e o presidente da camara o desmentiram! Vergonha! :facepalm:
 
  • Gosto
Reactions: ClaudiaRM

luismeteo3

Furacão
Registo
14 Dez 2015
Mensagens
17,112
Local
Fatima (320m)
Editado por um moderador:

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,542
Local
Açores
Isto é muito triste, já vale tudo! Até o padre e o presidente da camara o desmentiram! Vergonha! :facepalm:

É outro Marta Soares :rolleyes:

Profissionais da Guarda denunciam falta de meios

“Governo está mais preocupado em salvar a pele”

E questiona ainda a ausência imediata de uma comissão no terreno a investigar o que aconteceu: “o incêndio foi há uma semana. Ainda não há uma comissão no terreno a investigar. Há uma semana!”

Investigação já deve haver mas tem o objetivo da proteção do regime. Felizmente vai haver muita malta da GNR e da ANPC que não vai querer ser o bode expiatório. Que venha a peixaria. Zangam-se as comadres...
 

Luis Tovar

Cirrus
Registo
13 Jun 2017
Mensagens
5
Local
Porto

Não existe nenhum raio na zona de Pedrogão na hora indicada para o inicio do Fogo.

No site da meteogaliza da para voltar ao dia 17 para verificar os raios caídos na zona. O mais próximo é a este de Oleiros e depois das 16.00h.

Os testemunhos dizem que não houve nenhum trovão. Fala-se de um raio positivo e a km do local, mas um raio onde cai faz sempre barulho (expansão termica do Ar).
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: guisilva5000

ClaudiaRM

Furacão
Registo
2 Dez 2009
Mensagens
10,272
Local
Viseu
Isto é muito triste, já vale tudo! Até o padre e o presidente da camara o desmentiram! Vergonha! :facepalm:

Eu podia dizer que estou surpreendida mas estaria a mentir. Não espero mais desse verme, sem ofensa aos vermes verdadeiramente ditos. E podem vir os PPC lovers a correr arranjar desculpas que não pretendo gastar um minuto a explicar o óbvio. Há momentos na vida que nos definem.
 
  • Gosto
Reactions: luismeteo3

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,542
Local
Açores
É outro Marta Soares :rolleyes:

---

Presidente da Santa Casa da Misericórdia de Pedrógão Grande, João Marques, também candidato à câmara de Pedrógão Grande pelo PSD, admite agora que deu informação errada a Passos por ter sido induzido em erro por “pessoas da freguesia”.

http://observador.pt/2017/06/26/houve-pessoas-que-se-suicidaram-em-desespero-diz-passos-coelho/

Os trolls só se insurgem quando há malta de direita envolvida. Porque será?
 

ClaudiaRM

Furacão
Registo
2 Dez 2009
Mensagens
10,272
Local
Viseu
Às tantas o mapa com o número de vítimas aumentado inclui as vítimas do Canadair (no ar e no chão) e os suicidas. Como se a tragédia já não fosse suficientemente dolorosa, ainda temos destas indignidades dignas da revista Maria. Enfim.
 
  • Gosto
Reactions: luismeteo3 e criz0r

Snifa

Furacão
Registo
16 Abr 2008
Mensagens
10,222
Local
Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
A mim não me interessa se é alguém da esquerda, do meio, ou da direita, estas declarações do PPC são um aproveitamento político da tragédia, é nojento.
 

ClaudiaRM

Furacão
Registo
2 Dez 2009
Mensagens
10,272
Local
Viseu
Infelizmente estas coisas não são exclusivo nacional. Na sequência da tragédia da torre em Londres, vi um vídeo de uma maluca qualquer que dizia ter crescido na zona e que afirmava que não tinha encontrado nem um amigo ou conhecido da zona porque tinham morrido todos. Na altura, a 'contabilidade' oficial de mortos ia nos cinquenta e tal, segundo me lembro, e a maluca dizia que haveria mais de 500 mortos mas que o governo Inglês estava a esconder a realidade. Com toda a antipatia que tenho por Theresa May, é obra conseguir esconder 500 mortos. Terá subornado as famílias e amigos daquela gente toda? Enfm... A diferença é que aquela chanfrada não era líder da oposição nem jornalista. Era só mesmo chanfrada. Ou uma mistura entre chanfrada e "teorista" da conspiração, o que na verdade, muitas vezes é exactamente a mesma coisa.
 

dahon

Nimbostratus
Registo
1 Mar 2009
Mensagens
1,646
Local
Viseu(530m)

Não existe nenhum raio na zona de Pedrogão na hora indicada para o inicio do Fogo.

No site da meteogaliza da para voltar ao dia 17 para verificar os raios caídos na zona. O mais próximo é a este de Oleiros e depois das 16.00h.

Os testemunhos dizem que não houve nenhum trovão. Fala-se de um raio positivo e a km do local, mas um raio onde cai faz sempre barulho (expansão termica do Ar).

Se nem o detectores do IPMA detectam as descargas todas quanto mais os que estão em Espanha.
 
  • Gosto
Reactions: luismeteo3

Snifa

Furacão
Registo
16 Abr 2008
Mensagens
10,222
Local
Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
GNR diz que EN 236 não foi fechada por falta de comunicações e militares

A Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR) disse hoje que a Estrada Nacional 236-1, no centro do país, onde morreram 47 pessoas encurraladas pelas chamas, não foi fechada devido à falha de comunicações e falta de militares.

naom_5947d78c59d9b.jpg

© Global Imagens

O presidente da APG, César Nogueira, disse à agência Lusa que no dia 17 de junho, quando deflagrou o incêndio em Pedrógão Grande, o sistema de comunicações SIRESP (Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal) teve "falhas contínuas" e os militares também "não conseguiram utilizar o telemóvel pessoal" devido à falha de rede, impossibilitando-os de estabelecer qualquer contacto com o posto da GNR.

César Nogueira adiantou que o corte da estrada tinha que ser feito após ordens de quem estava a comandar as operações, que neste caso era a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

"Tem que haver procedimentos e não houve essa ordem [corte da estrada]", disse, sublinhando que "houve um grande período de tempo sem rede".

Sobre o SIRESP, César Nogueira realçou também que "é recorrente" esta rede falhar em vários pontos do país e, como alternativa, os militares da GNR utilizam o telemóvel pessoal.

"O SIRESP tem falhas contínuas. Em muitos locais do país não se apanha qualquer sinal", disse.

O presidente da APG afirmou também que, na tarde de 17 de junho, estavam ao serviço do posto de Pedrógão Grande dois homens num carro em patrulha e outro militar no posto, efetivo idêntico nos outros dois concelhos afetados (Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera).

"Numa primeira fase, estavam os dois homens a patrulhar as ocorrências", sustentou, avançando que só depois foram reforçados os meios da Guarda Nacional Republicana, inclusive com aqueles que estavam de folga.

César Nogueira disse igualmente que esta situação de falta de meios é "o normal em todo o país", uma vez que metade do efetivo está em funções administrativas.

O presidente da APG adiantou ainda que alguns dos militares envolvidos ficaram afetados pelos acontecimentos trágicos e estão de baixa psicológica, tendo recebido ajuda especializada dos técnicos no terreno.

César Nogueira disse ainda que resolveu agora denunciar a situações, porque os militares da GNR "sentem-se injustiçados" e "bodes expiatórios" como se fossem responsáveis pela morte das 47 pessoas.

A agência Lusa contactou o Comando-Geral da GNR, que se escusou a prestar declarações.

Os incêndios que deflagraram na região centro, há uma semana, provocaram 64 mortos e mais de 200 feridos, e só foram dados como extintos no sábado.

Mais de dois mil operacionais estiveram envolvidos no combate às chamas, que consumiram 53 mil hectares de floresta, o equivalente a cerca de 75 mil campos de futebol.

https://www.noticiasaominuto.com/pa...ification&utm_medium=push&utm_campaign=820906
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,542
Local
Açores
19420675_10208167407656777_4284699959393841227_n.jpg


isto nao da mais de 64 mortos?

Escusado é escrever que a matemática do artigo é uma trampa mas face ao dinamismo da situação precisa-se é de outro instrumento: uma animação.

Só se ouve e lê a palavra 'excecional' e 'saberemos tudo até ao último pormenor (mas nada inquéritos ainda)' mas o fogo não chegou às aldeias logo a seguir. A animação dá uma ideia mais clara ao zé comum do tempo que (não) houve para se ter feito as coisas. E tem semelhanças com as cronologias estáticas:

- Onde começou o fogo e qual foi o seu trajeto? Quais foram os focos secundários e respetivo trajeto?
- Qual foi a resposta da proteção civil em tempo real? Que meios haviam e para onde foram mandados? Qual foi a cronologia do corte das estradas? Qual foi a cronologia da evacuação das aldeias? Que buracos houveram nas comunicações que causaram uma desatualização da posição das frentes do fogo (exemplo da eventual aceleração convectiva do incêndio na EN 236)?
...

Isso também se aplica aos meios aéreos incluindo o Canadair que não caiu. Que eu saiba a Proteção Civil não precisa de mandar avisos de fumo para comunicar com os aviões. Mas pelo tempo que demorou a fazer a confirmação básica é bem possível que isso tenha acontecido. Onde estavam os aviões e onde é que ocorreu a (inexistente) queda do Canadair? Onde estão as gravações do SIRESP aquando desse evento? Houve também falhas (convenientes) nisso?

O autarca de Pedrógão devia, no mínimo, abandonar as eleições para tentar salvar a face. Contudo, a minha teoria continua na mesma. A indignação relâmpago é própria dos trolls de serviço. O país está perdido e não tem remédio. Qual é o cabimento do serviço de emergência ter uma componente lucrativa? Os portugueses de facto têm o que merecem começando por quem defendem por omissão.

Para terminar, deixo apenas uma opinião: Não publiquem artigos inteiros que no fim de contas só enchem a página (devido ao espaçamento) com (algumas) imagens, portais e dados desnecessários.
 
Última edição: