Seguimento Incêndios - 2020

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por MSantos 2 Jan 2020 às 11:31.

  1. criz0r

    criz0r
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    11 Abr 2008
    Mensagens:
    4,412
    Local:
    C.Piedade/Belver/Porto
    Sim percebo a tua ideia e na minha opinião é plausível dada a complexidade do cenário local nessa altura, mas a frente que avançou sobre chão de Codes/ Penhascoso e Aboboreira no Mação , teve início numa forte ignição em Mosteiro de São Tiago na Sertã em 2017. Recordo-me de discutir este incêndio em particular, com o CMPC de Almada numa reunião e chegámos à conclusão, que a ANEPC decidiu englobar os 4 (Vila de Rei, Sertã, Mação e Gavião) pela brutal extensão de área ardida que assumiu, isto apesar dos pontos de ignição serem diferentes.

    Tenho isto bem vincado na memória, por ter estado de férias na altura e andar em constante azáfama de comunicação com o smpc, devido ao perigo de aproximação a Belver, que infelizmente se concretizou.

    Abraço amigo.




    Enviado do meu POT-LX1 através do Tapatalk
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. SpiderVV

    SpiderVV
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2010
    Mensagens:
    7,980
    Local:
    Portalegre (400m) / Lisboa (60m)
    StormRic e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  3. carlitinhos

    carlitinhos
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    13 Jan 2009
    Mensagens:
    102
    Local:
    Fundão (540m)
    toda a manhã com tempo "encoberto" pelo fumo que vem do incêndio de Oleiros, imagino o inferno que se formou mais uma vez pela zona espero sinceramente que não nos traga mais números trágicos como em 2017.
     
    StormRic e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  4. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,137
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    Quando nem as habitações conseguem proteger, alguma coisa vai mal.. Digo isto, sem desvalorizar de forma alguma o trabalho de quem está no terreno. Digo isto porque sei que as condições de combate são as mais difíceis que podemos imaginar. Mas, quando a prioridade é garantir a segurança das populações e suas habitações, é o deixa arder da floresta. O incêndio cresce e depois só resta andar de aldeia em aldeia.

    Nestas circunstâncias, sendo também aldeias pequenas, com pequeno depósito de água, todos usam ao mesmo tempo para molhar o terreno à volta das casas, depois a pressão baixa e água não chega. Alguns têm furos, mas longe de casa. Depois a electricidade falta, é nem se conseguem ligar bombas, gera-se o caos, o pânico, os animais que estão nos seus currais, galinheiros, arriscar ir lá recolhe-Los ou solta-los à sua sorte.. É o caos!
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. SpiderVV

    SpiderVV
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2010
    Mensagens:
    7,980
    Local:
    Portalegre (400m) / Lisboa (60m)
    Penso que as habitações a que se referem são habitações isoladas, que são muito mais difíceis de proteger do que as aldeias, dependendo das condições do terreno.
     
    StormRic e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  6. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,137
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    O problema é que Oleiros, Proença a Nova e Sertã, têm muitas aldeias que na verdade são lugares, onde atualmente habitam menos de uma dúzia de pessoas.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    10,195
    Local:
    Olhão (24 m)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,869
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Todos os trabalhos rurais proibidos até à meia-noite de terça-feira
    Anúncio foi feito pelo ministro da Administração Interna. O governante frisou que os incêndios registados nos últimos dias se devem a atividades evitáveis.

    Temos verificado mais uma vez nos últimos dias que grande parte dos incêndios são evitáveis. Nesta semana, o incêndio de Vale de Cambra começou com um churrasco, incêndio de Vila Flor no sábado começou com trabalhos agrícolas, outros incêndios também fruto de atividades absolutamente evitáveis”, afirmou o ministro Eduardo Cabrita na sede da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (AENPC), em Carnaxide, Oeiras.

    https://tvi24.iol.pt/sociedade/ince...eFRX42QWH-ndLFIDqBlCQdwPk0xMBwHjadg1hXtnXPj6o


    Já na passada semana, quando estes mesmos trabalhos agrícolas estavam proibídos, continua pessoas que não respeitam, pois vi tractores a trabalhar com os corta-mato, ou grades de discos, e pior mesmo foi na quinta-feira passada, quando vi um tractor a fazer a limpeza da estrada, por onde passa a linha de água da EPAL, que leva água até Lisboa, sendo a mesma feita com um corta-mato, de correntes, ás 14 horas, e sabendo eu, que foi assim que começou um foco de incendios, há uns 3 anos atrás, muma zona, com muito seixo.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #413 Pedro1993, 26 Jul 2020 às 14:03
    Última edição: 26 Jul 2020 às 14:19
  9. criz0r

    criz0r
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    11 Abr 2008
    Mensagens:
    4,412
    Local:
    C.Piedade/Belver/Porto
    Mouriscas, ATI fortíssimo. Zona perigosa, com muita Biomassa disponível mas já em Conclusão. É o 4º ou 5º este ano no mesmo sítio, os artistas estão com "fome".
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    FSantos, Pedro1993, Pedro e 1 outra pessoa gostaram disto.
  10. Ricardo Carvalho

    Ricardo Carvalho
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Jul 2015
    Mensagens:
    2,611
    Local:
    Azeitão/Sesimbra
    Ainda tanto incêndio pela frente, e 4000ha já se foram

    [​IMG]

    Enviado do meu SM-A510F através do Tapatalk
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. AJB

    AJB
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Mar 2009
    Mensagens:
    978
    Local:
    Baião
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Ricardo Carvalho e StormRic gostaram disto.
  12. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,869
    Local:
    Torres Novas(75m)
    E se consumiu 5000 ha, em 24 horas, desde o seu inicio, já dá bem para se ter uma noção da velocidade com que progrediu.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. mecre90

    mecre90
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    26 Fev 2016
    Mensagens:
    48
    Local:
    Tomar
    Oleiros está outra vez com muito mau aspecto visto de onde vivo a 50km. À pouca tinha 2 pirocumulo bem marcados.
     
  14. jonas

    jonas
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jul 2015
    Mensagens:
    2,150
    Local:
    paredes (200 m) Mouriz (202 m) Bitarães (185 m)
    Já se nota no radar.
     
    Thomar e "Charneca" Mundial gostaram disto.
  15. Angelstorm

    Angelstorm
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    11 Out 2005
    Mensagens:
    357
    Local:
    Entroncamento
    Daqui nota-se que o if de Oleiros tem piorado com o aumentar do vento. Tem sido uma sucessão de pirocumulos. Nem imagino as condições no terreno.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Thomar, "Charneca" Mundial e Pedro1993 gostaram disto.

Partilhar esta Página