Urso-pardo de volta a Portugal?

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por belem 9 Mai 2008 às 20:04.

  1. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,145
    Local:
    Sintra
    Fazes bem! E eu até nem sou contra a apanha de um ou outro enxame selvagem, desde que seja feito de forma consciente, só me faz confusão é a hipocrisia de algumas pessoas.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    frederico gostou disto.
  2. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,754
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Mas são estes enxames selvagens, que nos tem muito para ensinar, pois ele está extremamente forte sempre todo o ano, não precisa de tratamento contra a varroa, e está ele numa oliveira, com o buraco da entrada, mesmo junto ao solo, e num lugar á sombra todo o inverno e primavera, e não é por isso que mesmo em dias nublado, que elas não deixam de trabalhar com mais força, do que qualquer outra colmeia, que tenha a mão do "Homem".
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    frederico, MSantos e belem gostaram disto.
  3. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
    Eu cheguei a ter um enxame desses debaixo de um balde de lixo voltado ao contrario! As abelhas entravam por um pequeno buraco no plastico. Infelizmente roderam a horta de predios e elas desapareceram. Bem perto havia uma alfarrobeira centenaria que teve uma colmeia pendurada mas tambem foi a vida com a urbanizacao.
     
    Pedro1993 gostou disto.
  4. Brigantia

    Brigantia
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    20 Jan 2007
    Mensagens:
    2,202
    Local:
    Norte de Portugal
    Durante a última semana um urso pardo, muito provavelmente o "tuga", andou na zona de San Ciprian de Sanabria, ainda perto de Portugal. :);)
     
    #739 Brigantia, 7 Jul 2019 às 21:55
    Última edição: 7 Jul 2019 às 22:08
  5. Brigantia

    Brigantia
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    20 Jan 2007
    Mensagens:
    2,202
    Local:
    Norte de Portugal
    Afinal o urso que apareceu na Sanabria em Julho não era o "tuga". Está confirmada a sua presença, tal como tinha sido confirmada a presença de um outro em Abril/Maio na alta Sanabria e Portugal. Afinal trata-se de dois ursos, um macho e uma fêmea.
     
    belem, Thomar, criz0r e 2 outras pessoas gostaram disto.
  6. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,304
    Local:
    Azambuja / Mte. Barca (Coruche)
    Boa notícia, talvez esses ursos possam ser as bases de uma futura população de ursos na zona de Sanabria/Montesinho. :thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    belem, Thomar, criz0r e 1 outra pessoa gostaram disto.
  7. Pek

    Pek
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    24 Nov 2005
    Mensagens:
    3,542
    Local:
    Menorca
  8. João Pedro

    João Pedro
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jun 2009
    Mensagens:
    4,673
    Local:
    Porto, Campo Alegre (50m)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    "Charneca" Mundial e bandevelugo gostaram disto.
  9. belem

    belem
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Out 2007
    Mensagens:
    4,145
    Local:
    Sintra
    E muito provavelmente mais exemplares irão aparecer, pois a população não pára de aumentar.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
    Penso que poderemos ter dentro de alguns anos uma pequena população transfronteiriça estável entre a Sanábria e o Parque Natural de Montesinho, que é aliás a única região do país que eu vejo com condições para acolher o urso-pardo.
     
  11. "Charneca" Mundial

    "Charneca" Mundial
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Nov 2018
    Mensagens:
    2,912
    Local:
    Corroios (cota 26); Aroeira (cota 59)

    Brevemente será transmitido uma longa-metragem sobre o assunto. O nome da longa-metragem é "Montaña ou Morte", e terá imagens do urso-pardo no Parque Natural do Invernadeiro (a mais ou menos 50 km de Portugal), que são bem raras. :thumbsup:
    Isto, pelo menos, é o que dizem no vídeo... :rolleyes:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #747 "Charneca" Mundial, 4 Mai 2020 às 03:00
    Última edição: 4 Mai 2020 às 03:06
  12. Crazyrain

    Crazyrain
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    16 Jan 2020
    Mensagens:
    123
    Local:
    Viana do Castelo
    Os ursos pardos já vão aparecendo esporádicamente no território português . É uma questão de tempo até se fixar uma população algures .
     
    "Charneca" Mundial e frederico gostaram disto.
  13. Crazyrain

    Crazyrain
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    16 Jan 2020
    Mensagens:
    123
    Local:
    Viana do Castelo
    Não só . O Parque Nacional da Peneda Gerês também tem perfeitamente . Tem zonas ainda quase inacessíveis com bosques algo extensos e ainda bem preservados . E ainda com bons corredores de ligação à Galiza .
    Aliás , alguns vestígios da presença do urso pardo têm ocorrido na Galiza perto do planalto da Mourela , no PNPG .

    E , ao contrário do que se pensa , só uma pequena parte do PNPG é explorada turisticamente de forma excessiva .
     
    "Charneca" Mundial e RStorm gostaram disto.
  14. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
    Eu devo dizer que não conheço o Parque de ponta a ponta, mas as zonas que conheço não me parecem reunir condições para a presença do urso. Quanto à presença excessiva de turistas, é um problema grave de gestão que há em Portugal, o de não se limitar o número diário de entradas em áreas muito sensíveis. Parece que no ano passado, se a memória não me falha, esse limite passou a existir nas Berlengas. A última vez que estive no Parque foi em 2014 ou 2015. Fiquei chocado com a quantidade enorme de invasoras, nomeadamente mimosas e acácias,em torno da Vila do Gerês, e com o excesso de turistas na Mata da Albergaria. Aquela fronteira internacional, aberta no Governo de Marcelo Caetano, não deveria existir naquele local. Felizmente não se chegou a fazer o que fizeram na Serra da Estrela, o Estado Novo ainda quis pôr uma estrada a cortar o maciço central do Gerês.
     
    "Charneca" Mundial gostou disto.

Partilhar esta Página