Biodiversidade

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por psm 15 Nov 2008 às 20:50.

  1. remember

    remember
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    14 Jan 2016
    Mensagens:
    783
    Local:
    Póvoa de Santa Iria
    Obrigado:thumbsup: é isso mesmo, vi bastantes com os filhotes atrás...
     
    Collapse Signature Expand Signature
    Pek, luismeteo3 e Pedro1993 gostaram disto.
  2. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    3,979
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Cegonha apaixonada volta sempre para a companheira que não pode voar

    Pelo 16ª. ano consecutivo, Kepletan, o macho, fez a migração da África do Sul até à Croácia e voltou para Malena, a fêmea, que não consegue voar.

    [​IMG]



    Acontece todos os anos durante o mês de Agosto: Klepetan, uma cegonha macho, deixa a sua alma gémea na Croácia para fazer a sua migração até à África do Sul. Não podem ir juntos porque ela, chamada Malena, não consegue voar: a sua asa foi ferida por um caçador há 22 anos. Então, espera pelo fim do Inverno até ao mês de Março ou Abril, há já 16 anos. E Kepletan chega sempre: este ano, a data escolhida foi 9 de Abril.


    Enquanto Klepetan viaja os mais de 12 mil quilómetros que separam a pequena vila de Brodski Varoš no este da Croácia à Cidade do Cabo, capital sul-africana, Malena é cuidada por Stjepan Vokic. Tudo começou em 1993, quando Malena feriu a sua asa e Stjepan a acolheu, tratando dela. Poucos anos depois o amor entre Malena e Klepetan floresceu e, a partir daí, todos os anos acontece o mesmo ritual de viagem e retorno.

    E Vokic não tem dúvidas de que é a mesma cegonha que volta todos os anos: "Mal chegou foi logo directo ao balde que tenho com peixes para ele. Estava vazio porque não o esperava tão cedo, mas só ele sabe onde o encontrar. Depois, claro, foi até ao ninho tal como faz todos os anos", contou Stjepan.

    Ao início, esta relação pareceu condenada devido aos quilómetros que os separavam e ao facto de Malena não conseguir migrar com Klepetan no fim do Verão. Ainda assim, o amor persistiu e hoje as duas cegonhas já tiveram 62 filhotes.

    http://www.sabado.pt/vida/detalhe/c...a-sempre-para-a-companheira-que-nao-pode-voar
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página