Dúvidas

jonas_87

Furacão
Registo
11 Mar 2012
Mensagens
16,369
Local
Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
A estação da Praia da Raínha fica no interior do recinto de um edifício do ICN.

gldl.png


Em precisão:

Latitude: 38º 37' 1.167''
Longitude: -9º 12' 46.3098''

Obrigado Gilmet.:thumbsup:
 

Danilo2012

Nimbostratus
Registo
18 Abr 2010
Mensagens
761
Local
Japao,Nagano 720m 36N
Raios negativos

A maior parte dos raios resultam da movimentação inicial das cargas negativas presentes nas nuvens. Quando o ar não mais consegue isolá-las, elas tendem a ir em direção ao solo, atraídas pelas cargas positivas. Geralmente a carga positiva existente na base da nuvem não é suficiente para neutralizar toda a carga negativa, que vai se acumulando e formando uma espécie de canal de ar ionizado. Então, esse canal sai da nuvem e começa a se dirigir ao solo, descendo por meio de etapas, que geralmente são segmentos de cerca de cinquenta metros, sendo que cada uma dessas etapas produz uma pequena quantidade de luz. Desses segmentos podem surgir ramificações que também vão "procurando" uma conexão com a terra. Esses segmentos que vão surgindo podem ser detectados somente por câmeras de alta velocidade. Cada segmento quando vai em direção ao solo possui uma velocidade de mais de 120 000 km/h. Todo esse processo leva em média 50 milissegundos.


Raios positivos

Alguns raios se originam da parte superior das nuvens de tempestades, onde se encontram quantidades gigantescas de cargas positivas. Por isso , as cargas que se movem em direção ao solo são positivas enquanto as cargas atraídas na terra são negativas. Esse tipo de raio é conhecido como "positivo" porque ocorre a transferência de cargas positivas do topo da nuvem para o solo.

Apesar da ocorrência ser muito mais rara (menos de 5% de todos os raios da Terra), os raios positivos são muito mais perigosos por diversos motivos. Uma vez que eles se originam nas partes mais altas da nuvem, a barreira de ar que eles têm que atravessar é muito maior e, portanto, sua energia também é muito maior. O campo elétrico de um raio como esse é muito mais forte do que o de um raio negativo. A duração do raio é maior e a quantidade de cargas transferidas é dez vezes maior do que a de um raio negativo, atingindo mais de 300 000 ampères e mais de um bilhão de volts. Esses raios podem acontecer logo abaixo da nuvem da tempestade, mas a maioria cai afastada da tempestade original, chegando a mais de 16 km de distância da nuvem. Além disso, os raios positivos são responsáveis pela maior parte dos danos à rede elétrica e dos incêndios florestais.


Retirado da Wikipédia. Pesquisar nunca fez mal a ninguém, o Google é nosso amigo;)


Isso quer dizer que em um raio positivo a potencia pode ser de 300Terawatts :surprise:

Quantas cidades podem ser abastecidas com isso ? em 1 hora ?

300,000A x 1,000,000,000V= 300,000,000,000,000W

O consumo anual do estado de Sao Paulo e de 125Terawatts um raio positivo consegue produzir 300Terawatts com isso o estado de sao paulo poderia ficar 2 anos com eletrecidade :surprise: com um raio de 1 segundo...

Meus cálculos estão correctos isso não e possível !
 

Danilo2012

Nimbostratus
Registo
18 Abr 2010
Mensagens
761
Local
Japao,Nagano 720m 36N
O problema é que você não consegue sequestrar 300 mil amperes instantaneamente. :)

A sim claro nossa tecnologia e muito atrasada no que toca auto sustentabilidade energética.

Afinal e tudo um plano para colocarmos a mercê da escravidão energética imposta pela agenda do poder capitalista.

Mais acredito que atraz da cortina ja temos muitos inventos que podem acabar com a escacez.

Hoje em dia ja e realidade os supercapacitores que conseguem acumular energia em velocidades assombrosas. E claro que custaria milhões desenvolver tal sistema...

Mais e muito interessante saber que um raio pode alimentar um estado por 2 anos :)
 

Agreste

Furacão
Registo
29 Out 2007
Mensagens
10,015
Local
Aljezur (48m) - Faro (11m)
o problema cubensis é eléctrico. Você não consegue criar nenhum condutor eléctrico por onde faça passar 300 mil amperes. Já imaginou a secção/área desse condutor? Já imaginou o aumento de temperatura que toda essa corrente instantanea criaria? Não é possível. :)
 
  • Gosto
Reactions: CptRena

Duarte Sousa

Staff
Registo
8 Mar 2011
Mensagens
6,021
Local
Loures
o problema cubensis é eléctrico. Você não consegue criar nenhum condutor eléctrico por onde faça passar 300 mil amperes. Já imaginou a secção/área desse condutor? Já imaginou o aumento de temperatura que toda essa corrente instantanea criaria? Não é possível. :)

Exacto, pelo que li na internet, a temperatura do raio de uma descarga eléctrica atmosfera é de aproximadamente 30.000ºC, cerca de 5 vezes a temperatura da superfície solar:hehe:
 
  • Gosto
Reactions: CptRena

Danilo2012

Nimbostratus
Registo
18 Abr 2010
Mensagens
761
Local
Japao,Nagano 720m 36N
o problema cubensis é eléctrico. Você não consegue criar nenhum condutor eléctrico por onde faça passar 300 mil amperes. Já imaginou a secção/área desse condutor? Já imaginou o aumento de temperatura que toda essa corrente instantanea criaria? Não é possível. :)

Realmente a bitola do fio teria que ser imensa mais talvez os supercondutores poderiam dar uma ajudinha...

Mais de fato não teria como armazenar a potencia nao temos tecnologia ou sairia totalmente inviável.

So to gastando:)
 

Mr. Neves

Cumulonimbus
Registo
22 Jan 2013
Mensagens
3,860
Local
Tondela-290m
Boa noite. Alguém me consegue explicar o que é o efeito de doopler, e de que forma é que isso está relacionado com os cálculos de velocidade, e até com o radar do IPMA?:huh:


Li artigos como na Wikipédia, mas não cheguei a nada de conclusivo. Obrigado pela atenção.
 

CptRena

Nimbostratus
Registo
16 Fev 2011
Mensagens
1,510
Local
Gafanha da Encarnação, Aveiro
Boa noite. Alguém me consegue explicar o que é o efeito de doopler, e de que forma é que isso está relacionado com os cálculos de velocidade, e até com o radar do IPMA?:huh:


Li artigos como na Wikipédia, mas não cheguei a nada de conclusivo. Obrigado pela atenção.

Bom dia

O efeito doppler é o que acontece quando uma ambulância com a sirene ligada passa por ti e tu sentes o som a aumentar de frequência e intensidade até que ela chega ao ponto mais próximo de ti depois quando se afasta a frequência sonora e a intensidade diminuem. A taxa a que a frequência varia serve para calcular a velocidade, o facto de a frequência aumentar ou diminuir serve para indicar se se está a aproximar ou a afastar.
Da mesma forma que o som se propaga através de ondas (mecânicas) o efeito também se aplica à radiação (ondas electromagnéticas) daí o senhor polícia ter um radar que utiliza microondas para medir este efeito e assim calcular a velocidade a que um veículo de desloca. O radar meteorológico faz a mesma coisa (também usa microondas) mas os veículos neste caso são as gotas de água ou bandos de pássaros/insectos ou mesmo as torres eólicas :p

Isto é o principio basico da utilização do efeito doppler
 

blade

Cumulus
Registo
23 Ago 2012
Mensagens
386
Local
grande lisboa (Best city in the world)
uma pergunta com é que paíse como a Coreia do sul que começa no paralelo 38 que tambem nos atravessa tem neve no inverno e calor e humidade no verão sendo um peninsula

=o não sou especialista mas é obvio que tem a ver com a direção dos ventos como no hemisfério norte vão em sentido do movimento da terra de oeste para este levam o ar frio continental para lá enquanto que nós temos o oceano atlântico ao lado tal como em são francisco não costuma nevar, no verão o continente aqueçe e levam com ar +quente.
 

Mr. Neves

Cumulonimbus
Registo
22 Jan 2013
Mensagens
3,860
Local
Tondela-290m
Boa noite. Por que motivo é que quando ocorreram os aguaceiros de hoje (19/12/013) a temperatura descia sempre bruscamente, a chuva empurrava o ar frio de maiores altitudes?:hehe:

Muito ao contrário do que aconteceu durante a madrugada, em que quanto mais chovia mais a temperatura subia, chegou aos 14ºc.

Que se passou?
 

CptRena

Nimbostratus
Registo
16 Fev 2011
Mensagens
1,510
Local
Gafanha da Encarnação, Aveiro
Boa noite. Por que motivo é que quando ocorreram os aguaceiros de hoje (19/12/013) a temperatura descia sempre bruscamente, a chuva empurrava o ar frio de maiores altitudes?:hehe:

Muito ao contrário do que aconteceu durante a madrugada, em que quanto mais chovia mais a temperatura subia, chegou aos 14ºc.

Que se passou?

Explicação simples - precipitação com origem em massas de ar diferentes.

Algum desenvolvimento:

- A primeira parte do episódio de precipitação era na sua maioria precipitação estratiforme com origem numa massa de ar sub-tropical (Theta-E @ 850hPa elevados) e daí o aquecimento que se notou.
->Theta-E @ 850hPa para 19 Dez 00Z (Run 18Dez 12Z) GFS Meteociel

-Atrás desta massa de ar vinha a frente fria que, após sua passagem mudou a massa de ar para uma mais fria (massa de ar polar marítima) e em altitude havia mesmo ar muito frio, daí quando se desenvolvia precipitação (célula convectiva) havia deslocações de ar mais quente para cima e ar frio para baixo mais ou menos intensas levando a um arrefecimento significativo do ar.
->Theta-E @ 850hPa para 19 Dez 18Z (Run 18Dez 12Z) GFS Meteociel
 
  • Gosto
Reactions: Mr. Neves

Mr. Neves

Cumulonimbus
Registo
22 Jan 2013
Mensagens
3,860
Local
Tondela-290m
Explicação simples - precipitação com origem em massas de ar diferentes.

Algum desenvolvimento:

- A primeira parte do episódio de precipitação era na sua maioria precipitação estratiforme com origem numa massa de ar sub-tropical (Theta-E @ 850hPa elevados) e daí o aquecimento que se notou.
->Theta-E @ 850hPa para 19 Dez 00Z (Run 18Dez 12Z) GFS Meteociel

-Atrás desta massa de ar vinha a frente fria que, após sua passagem mudou a massa de ar para uma mais fria (massa de ar polar marítima) e em altitude havia mesmo ar muito frio, daí quando se desenvolvia precipitação (célula convectiva) havia deslocações de ar mais quente para cima e ar frio para baixo mais ou menos intensas levando a um arrefecimento significativo do ar.
->Theta-E @ 850hPa para 19 Dez 18Z (Run 18Dez 12Z) GFS Meteociel

De facto tinha pensado mais ou menos assim, mas não me lembrei das correntes de ar convectivas:)

Obrigado pela explicação :thumbsup: