Gado bovino português e o Auroque

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,342
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
DSC_1275+%5B640x480%5D.JPG




20070324_IMG_0487.jpg



Brandas ( casa de verão para pastores) no Gerês.
Construções de caraterísticas milenares.
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,342
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Além do gado primitivo oriundo do Auroque, uma outra espécie de bovino vive um momento crítico da sua história na Terra, o Kouprey, que foi aqui filmado em 1951:



Segundo algumas fontes, o último foi avistado em 1988.
Existem rumores de que ainda perdura em lugares remotos, mas várias expedições têm falhado o objetivo de documentar e provar cientificamente, tais alegações.
 
Editado por um moderador:

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,342
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
não sei por fotos peço desculpa, mas vejam a raça mirandesa é quase perfeita no que se refere a morfologia que se pensa que os auroques teriam.

Não é má, mas já foi muito melhor.

A ver se depois ponho aqui fotos de bovinos de Raça Mirandesa de tipo menos adulterado.

Mas atenção que também há a Maronesa e há a raça Brava, bem melhores, na minha opinião, nesse aspeto.


3366207.jpg



A raça Barrosã tem também animais muito interessantes.
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,342
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
A raça Cachena deriva da Barrosã e ao que parece tem origem na região de Vila Real.

Hoje já se estende até a Galiza (os espanhois compraram muitos exemplares desta raça a Portugal).

Geneticamente são praticamente idênticas, mas fenotipicamente têm algumas diferenças.


Penso que o que temos que fazer é conservar estas raças autótones e se possível evitar cruzamentos com outras raças menos adaptadas às serras.
 

belem

Cumulonimbus
Registo
10 Out 2007
Mensagens
4,342
Local
Sintra/Carcavelos/Óbidos
Os auroques tinham uma distribuição geográfica enorme, decerto que variavam de cor e tamanho (há provas científicas sobre tal).

A lista dorso-lombar, que foi observada em animais vivos (touros) na Europa Central, foi descrita sobretudo como branca.