Seguimento - Incêndios 2010

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por AnDré 5 Mai 2010 às 12:28.

  1. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Mais de 68.000 hectares já arderam em Portugal

     
  2. FJC

    FJC
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    14 Dez 2009
    Mensagens:
    243
    Local:
    Marinha Grande
    Boa tarde! :(

    Pela pagina da Protecção Civil neste momento estão 5 incêndios activos no Parque Nacional da Peneda Geres! Para pessoas que como eu, adoram passar férias e passear naquele parque, até tenho receio em lá voltar!
    Infelizmente vejo que os Governantes nada aprendem com este descalabro! E vamos mesmo assistir à perda dos nossos parques naturais!!! Mais ano menos ano!!!!
    O que nos fará mais falta, submarinos ou 922 carros novos para os estado (alguns de muitos exemplos), ou equipar os bombeiros para esta ameaça!? E que tal mais uns canadairs!!!??? Com as condições que temos para eles abastecerem, não é com 2 que amenizamos o problema!!!
    Assim o nosso 1º Ministro evitava de interromper as férias.... tadinho!!!! :disgust:

    Desculpem, mas este assunto começa-me a enervar profundamente!!! Espero bem de não ter de faltar de novo ao trabalho, para ir ajudar a salvar a casa dos meus pais, como à uns anos nos grandes incêndios de Figueiró dos Vinhos!!!!
    Cumprimentos.
     
  3. jonhfx

    jonhfx
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    26 Set 2008
    Mensagens:
    409
    Local:
    Madeira-Calheta
    FJC...pare de bater na compra dos Submarinos ou antes de bater aconselho a ler isto: http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1534971
    O problema das Florestas no nosso País é o crescente despovoamento rural, falta de limpeza das matas, a impunidade que os pirómanos gozam; até poderia enumerar muitas mais,incluído a falta de meios, mas quando por dia acontecem mais de 400 incêndios não carro de bombeiro,corpo de bombeiros ou meio aéreo que nos valha!

    De volta ao assunto dos incêndios, o Funchal está coberto por fumo, o incêndios em Santa Cruz e zona do Curral das Freiras continuam muito activos ( visível pelas webcam's ) :sad:[​IMG]

    Uploaded with ImageShack.us [​IMG]

    Uploaded with ImageShack.us
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Sunderlandz

    Sunderlandz
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    29 Jul 2009
    Mensagens:
    506
    Local:
    Machico (ilha da Madeira) 35 m
    Zonas altas do Funchal em chamas!!!:eek::eek:
    O vento que se faz sentir nas zonas montanhosas é muito forte, o que vai dificultar ainda mais a tarefa dos bombeiros.
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. jonhfx

    jonhfx
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    26 Set 2008
    Mensagens:
    409
    Local:
    Madeira-Calheta
    O exercito está empenhado no combate a Incêndios e segue o exemplo da ANPC ao disponibilizar online os meios que têm empenhados no combate a incêndios:
    http://www.emgfa.pt/pt/operacoes/forcasarmadaeaprotcivil/apoioanpc

    Por aqui a situação continua preocupante :angry:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Incêndio ameaça Mata Nacional do Reboredo em Torre de Moncorvo

    [​IMG]
     
  7. ricardop120

    ricardop120
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    20 Jul 2009
    Mensagens:
    3,235
    Local:
    Santa Comba Dão
    aqui fica o registo das colunas de fumo na serra da estrela, a coluna mais visivel é em carvalhal da louça - paranhos da beira ( conçelho de seia)


    [​IMG]

    [​IMG]

    nao tenho a certeza mas acho que o helicopetro pesado que temos aqui em santa comba, esta com problemas, esteve quase toda a tarde na base cheio de pessoal de volta dele... esperemos que nao seja nada de mais, entretando ja levantou e foi virado a serra da estrela...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Quase 250 homens combatem fogo no Belas Clube de Campo
    Se antes de ontem ardeu hoje volta ao mesmo, e penso que não seja reacendimento.
     
  9. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,076
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    Mesmo assim considero que é pouco, 1090 efectivos. Quantos militares temos em Portugal nos seus quartéis? A ajuda dos militares no nosso país, é só comparavel à ajuda destes em missões fora do país, não chega! Mas é melhor que nada.. Desculpem mas, quando um incêndio como em S.Pedro do Sul demora mais de 1 semana a extinguir-se isto da-nos a volta à cabeça! E o do gerês para lá caminha..
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Activado protocolo que permite a bombeiros atravessar a fronteira

     
  11. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Uma pequena animação da webcam da NetMadeira entre as 18 e as 20h:

    [​IMG]
    (c) NetMadeira http://www.netmadeira.com/webcams-madeira


    A imagem de satélite desde manhã até ao final da tarde.

    [​IMG]
    (c) Eumetsat http://oiswww.eumetsat.org/IPPS/html/MSG/RGB/EVIEW/


    O tempo na Madeira nos últimos dias esteve sob influência duma massa de ar africana quente e seca (tempo de leste) tal como o continente esteve alguns dias, e na Madeira tal como sucedeu no continente, as grandes crises de incêndios acabam por estar quase sempre relacionadas a estas situações meteorológicas.

    Ironicamente hoje até está lá a chegar outra massa de ar mais fresca e húmida, mas não impediu todos estes incêndios, provavelmente até os agravou devido ao aumento da intensidade do vento associado à mesma.

    GFS de ontem 18z às 24z de hoje
    Temperatura e vento aos 850hPa (sensivelmente 1600 metros nestes dias)


    [​IMG] [​IMG]


    Modis ontem e hoje

    [​IMG]
    (c) Modis http://rapidfire.sci.gsfc.nasa.gov/


    Modis/Aqua esta tarde:

    [​IMG]
    (c) Modis http://rapidfire.sci.gsfc.nasa.gov/
     
  12. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Uma noção de como as coisas estavam esta tarde pela Madeira.

    [ame="http://www.youtube.com/watch?v=-XGBlgWxUss"]YouTube- Serras do Funchal[/ame]
     
  13. Hawk

    Hawk
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Nov 2006
    Mensagens:
    1,376
    Local:
    Funchal
    Ontem tive oportunidade de ligar dois dos picos mais altos (Pico do Arieiro ao Pico Ruivo) da Madeira, a pé. Já há muito que não fazia uma destas caminhadas que me habituei desde pequeno e como tal tirei centenas de fotos a contemplar as belas paisagens desta cordilheira central da ilha. Numa conversa entre amigos, felicitavamo-nos pelo facto deste estar a ser um ano calmo em termos de incêndios florestais, principalmente tendo como comparação o continente português.

    Infelizmente, nem 24 horas depois, a ilha acorda em chamas. Com particular intensidade no Funchal ao longo deste dia. Esta é uma foto que tirei do Pico dos Barcelos ao final da tarde:

    [​IMG]

    A cidade fica "amarela". O efeito da enorme nuvem de fumo a passar diante do sol devolve à cidade cores que os funchalenses estão pouco habituados. E assusta. Não tanto com medo que o fogo chegue à cidade mas porque se sabe que anos e anos de esforço para a protecção de áreas protegidas vão por água abaixo em instantes e que estes fogos potenciam o risco de aluviões no Inverno.

    É difícil falar em meios suficientes na Madeira. Os meios terrestres aparentam ser suficientes durante algumas horas, mas quando o cansaço aperta não há coluna de reforço de Lisboa, Santarém, Évora...que nos valha. Os que cá estão são os que cá estão. E segundo consta, em toda a ilha são pouco mais de 400 bombeiros. Os concelhos entreajudam-se, mas eventualmente cada um volta à sua base para acudir pequenos fogos que vão surgindo.

    Os meios aéreas seriam uma mais valia? Em determinadas condições sim. Com as condições de vento, orografia e visibilidade que se verificavam esta tarde no Funchal, só um kamikaze aceitaria combater a foice vermelha a partir do céu. Além disso, na ilha não existem albufeiras, nem rios nem barragens, pelo que o grosso do reabastecimento seria feito no mar. Como sabemos, a água salgada pode também ela ter efeitos nefastos em algumas espécies.

    Neste momento na ilha não está quente e a humidade é relativamente alta. Ainda assim são bastante visiveis focos de incêndio numa extensão de 5, 6 km ao longo do Funchal, para não falar nos fogos vizinhos de Câmara de Lobos e Santa Cruz que se podem juntar. Espero que amanhã tudo esteja mais calmo e apenas sobre a cinza sobre o solo funchalense. E limpar...mas não esquecer.
     
  14. jonhfx

    jonhfx
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    26 Set 2008
    Mensagens:
    409
    Local:
    Madeira-Calheta
    Impressionante mesmo!!!
    Ontem saí do Funchal por volta das 23 horas era uma linha de fogo que ia desde do Campo da Choupana (Nacional) até à Cabeceira da Ribeira dos Socorridos ( uns 5km de extensão).
    Para os lados de Santana, o Incêndio consome o Pico Ruivo, e zonas adjacentes...uma situação muito triste![​IMG]

    Mais imagens:
    http://berdades.blogspot.com/
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    5,625
    Local:
    Vila Chã de Sá - Viseu(441m)//Coimbra
    Área ardida já tem mais 29 mil hectares do que foi dito a Cavaco e a Sócrates


    Embora as informações tenham igualmente origem no sistema da União Europeia, a Protecção Civil avançou com uma estimativa entre 1 de Janeiro e 11 de Agosto que apontava para uma área de 45 mil hectares devorados pelo fogo - isto mesmo foi transmitido a Cavaco Silva e a José Sócrates através de um gráfico sobre as estatísticas de incêndios florestais entre 2000 e 2010.

    Mas, em apenas dois dias, a dimensão da área ardida alterou-se drasticamente. Segundo dados de ontem à noite avançados pelo EFFIS, que, através de vários satélites, regista incêndios com áreas ardidas superiores a 20 hectares em toda a Europa e Norte de África, de Março até ontem o total de área ardida em Portugal ascendia a quase 74 mil hectares. Através da mesma página é possível constatar que as actualizações da área devastada entre os dias 11 a 13 ascendem a mais de 20 mil hectares - uma contabilidade surpreendente atribuída aos incêndios na serra da Estrela, no concelho de São Pedro do Sul e no Gerês.

    Áreas agrícolas de fora

    A discrepância de números poderá ser justificada pela quantidade de incêndios que, concentrados no Norte, têm vindo a consumir milhares de hectares de terreno entre os dias 11 e 13. Mas não só. Ao que o PÚBLICO apurou, o Comando Nacional de Operações de Socorro não inclui, nos totais de área ardida, as zonas agrícolas, apesar de elas serem contabilizadas pelas estatísticas do EFFIS.

    Não admira, portanto, que ontem José Sócrates tenha sublinhado que, apesar das condições meteorológicas, a actual situação não era comparável com a catástrofe de 2003, quando arderam mais de 425 mil hectares de floresta. "Se compararmos o número de ignições, as condições meteorológicas que ocorreram em anos excepcionais como 2003 e 2005, verificaremos que o grau de eficácia de combate aos incêndios melhorou muito nestes últimos anos", disse, qualificando a capacidade operacional do dispositivo de combate como "muito positiva".
    (...)

    37% deflagram à noite

    Também ontem a ANPC tornou público que mais de um terço dos incêndios registados desde o início deste mês deflagraram durante a noite, num período de tempo interdito à utilização dos meios aéreos. Em menos de 15 dias, 37 por cento das ocorrências aconteceram entre as 20h e as 8h, quase sempre muito próximas de meios populacionais. Não se estranha, por isso, que 97 por cento dos fogos tenham origem humana, independentemente de serem consequência de actos dolosos ou negligentes.

    Estas informações da ANPC levaram Cavaco Silva a salientar que, apesar de ser "difícil encontrar a margem entre negligência e dolo", os comportamentos dolosos "devem ser punidos". "A Polícia Judiciária e as forças policiais penso que estão a fazer um bom trabalho nesse sentido", acrescentou (ver texto nesta página).
    (...)

    Quanto à esmagadora percentagem de incêndios provocados por pessoas, Gil Martins frisou que "50 por cento são fogos por negligência, que também é crime", e que as ignições intencionais "são cerca de 18 por cento a 20 por cento". O comandante adiantou ainda que desde 24 de Julho foram registadas 7222 ocorrências, o que representa uma média de 380 por dia.

    in Pùblico
     

Partilhar esta Página