Biodiversidade

Tópico em 'Biosfera e Atmosfera' iniciado por psm 15 Nov 2008 às 20:50.

  1. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,840
    Local:
    Porto
    No sotavento algarvio havia tantas centenárias mas estão a dar cabo delas com podas radicais, uma desgraça.

    Em Portugal nas ditas limpezas retirar as árvores que constituem sebes ou galerias, é curioso mas em França ou Inglaterra isto não ocorre.

    As copas das oliveiras ou alfarrobeiras centenárias paulatinamente vão desaparecendo e trata-se de um fenómeno que não compreendo.
     
  2. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,880
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Por aqui também acontece o mesmo, não vejo qualquer tipo de respeito pelas oliveiras centenárias, com podas radicais, onde até por vezes chegam a secar, os carvalhos tem levado da mesma "receita". As alfarrobeiras acho uma excelente árvore, apesar de por este lados não se verem praticamente, aliás só conheço aqui dois vizinhos que tem 4 árvores já com mais de 3 metros de altura, e pelo que me tenho apercebido, elas já estão completamente adaptadas, pois o pior o é o gelo.
    No Algarve pelo que vou lendo cada vez mais estão a arrancar as alfarrobeiras centenárias, para dar lugar a novas plantações, como os abacateiros.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,880
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Morcegos atormentam moradores junto ao Hospital de Santarém

    A presença de morcegos junto à Praceta Augusto Brás Ruivo, em Santarém, junto ao hospital da cidade, está a dar dores de cabeça aos moradores da zona. A situação tem vindo a piorar nas últimas semanas e as queixas sucedem-se, porque os animais aproveitam as janelas abertas para se introduzirem nos apartamentos. Alguns moradores já deixaram de dormir de janela aberta para prevenirem visitas indesejadas durante a madrugada.


    Fátima Rodrigues tem 54 anos e reside na zona há três décadas. Já tinha sido avisada por uma vizinha para essa situação mas só acreditou quando viu. Numa madrugada de sábado estava no seu quarto a dormir quando ouviu um barulho de algo que tinha batido na persiana. Abriu a luz e foi nessa altura que viu um morcego a voar por cima da sua cama.


    https://omirante.pt/sociedade/2018-10-11-Morcegos-atormentam-moradores-junto-ao-Hospital-de-Santarem

    Daqui a pouco já só faltam dizer que é uma praga de morcegos, o facto é que eu por aqui também nunca vi tantos morcegos como agora, a "caçarem", debaixo dos candeeiros das estradas sem medo dos carros e de pessoas, o meu tio, ainda a semana passada entrou-lhe uma para dentro de casa.
    Do meu ponto de vista é uma espécie auxliar, pois consome muito insectos nefastos para a agricultura biológica, e é uma espécie que se deve preservar.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. cookie

    cookie
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    20 Set 2014
    Mensagens:
    1,224
    Local:
    Azurara - Vila do Conde
    Boa noite. Tenho esta "amiga" no terraço. O meu marido tem pânico e nem se chega perto. É uma comum aranha de jardim certo?[​IMG][​IMG]

    Enviado do meu Redmi 3 através do Tapatalk
     
  5. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,880
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Vi esta foto no facebook, que retrata bem a destruição que o Leslie provoucou no património arbóreo, ontem no nosso país, mas ao mesmo tempo, olhei para o tronco desta árvore, e não corresponde o seu tamanho ás suas raízes, ou seja explicando melhor, as árvores que estão nestas pequenas caldeiras nas cidades, estão muito enfraquecidas, aliás esta parece mais que estava dentro de uma vaso, e depois são logo as primeiras a sofrerem as consequecias, não quero com isto desvalorizar também a intensidade do vento, pois sei que a cima de 100 km/h, já exerce muita força, e ainda para mais numa altura em que a árvores ainda tem muitas folhas, logo aí o atrito é muito maior.
    As suas raizes são poucas para suportar a árvore e também já estão em estado avaçado de decomposição.
    O cenário numa floresta seria diferente pois, é mais fácil exister quedas de ramos, do que queda total da arvore, pois a concentração de árvores é muito maior, o que ajuda a criarem uma verdadeira "teia", de raizes debaixo do solo.

    Em Vila Real



     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,880
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Como o ser humano é "tão pequeno", em comparação ás obras-primas da mãe natureza, é mesmo um belíssimo exemplar, daqueles que ainda dão algum trabalho a descobri-los.

     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,880
    Local:
    Torres Novas(75m)
    CORREDOR PARA A VIDA SELVAGEM EM PORTUGAL RECEBE 2,6 MILHÕES DE EUROS

    Um corredor com 120.000 hectares, entre a Serra da Malcata e o Canhão Fluvial do Douro, vai ser criado no Vale do rio Côa para ajudar a trazer de volta lobos, linces, veados, corços e abutres.

    Os 2,6 milhões de euros serão disponibilizados pelo Endangered Landscapes Programme (ELP), entre 2019 e 2023, foi revelado na semana passada.

    “Queremos ampliar aquilo que já estamos a fazer na Reserva da Faia Brava a toda a área do Côa”, explicou hoje à Wilder Pedro Prata, líder da equipa do Rewilding Western Iberia.

    A Reserva da Faia Brava, com cerca de 1.000 hectares nos concelhos de Pinhel e Figueira de Castelo Rodrigo, é uma das nove áreas piloto do projecto europeu Rewilding Europe – Making Europe a Wilder Place.

    Esta é uma região com escarpas íngremes, florestas de sobreiro e azinho, matagal mediterrâneo e olival e amendoal tradicional. Ao abandono da terra pelo Homem tem-se seguido o regresso da vida selvagem, como abutres, águias-reais, águias-de-bonelli, corço e javali.


    https://www.wilder.pt/historias/cor...CuzNh0fwu18ZP49g_8YxUiA9F0kAz3W7nt5Z4P8K6Wa2E

    Excelente iniciativa, de louvar mesmo, esperemos que corra tudo da melhor forma nesta iniciativa.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    9,376
    Local:
    Azambuja / Mte. Barca (Coruche)
    Orgulho em ter feito parte deste projecto durante o ano de 2016 em que fiz parte da equipa da ATN! :thumbsup:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,880
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Parabéns @MSantos, eu sigo de perto, através do facebook o trabalho da Reserva da Faia Brava, e é de facto um excelente trabalho de preservação, quer de fauna, quer de flora.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #2184 Pedro1993, 18 Out 2018 às 18:12
    Última edição: 18 Out 2018 às 19:10
    João Pedro e luismeteo3 gostaram disto.
  10. RStorm

    RStorm
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Dez 2017
    Mensagens:
    1,692
    Local:
    Montijo (18 m)
    É uma araneus didadematus, mais conhecida como aranha de jardim ou aranha de cruz. São bastante comuns nesta altura do ano e completamente inofensivas ;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Cinza, remember e luismeteo3 gostaram disto.
  11. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,880
    Local:
    Torres Novas(75m)


    Um belo expemplar, que deve ser bem respeitado por todos nós, e pelas próximas gerações.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Cinza, João Pedro, belem e 3 outras pessoas gostaram disto.
  12. rokleon

    rokleon
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    2 Abr 2016
    Mensagens:
    586
    Local:
    S. M. da Feira
  13. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    7,880
    Local:
    Torres Novas(75m)
    Magnífica foto, daquelas que nos deixam de queixo caído, ou melhor que nos deixam sem palavras.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    João Pedro e luismeteo3 gostaram disto.
  14. João Pedro

    João Pedro
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jun 2009
    Mensagens:
    4,750
    Local:
    Porto, Campo Alegre (50m)
    lol...
    A generalidade da população portuguesa está tão afastada da Natureza que dói...
    Se lhes dissessem que os morcegos comem parte do seu peso em insetos todas as noites, mosquitos incluídos, se calhar já deixavam as janelas abertas. Por mim podem vir cá comer os que continuam a importunar-me todas as noites! :huhlmao:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. João Pedro

    João Pedro
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Jun 2009
    Mensagens:
    4,750
    Local:
    Porto, Campo Alegre (50m)
    Sim, é uma das várias "aranhas-de-jardim" que temos em Portugal. Parece-me uma tecedeira-angulosa (Araneus angulatus) por causa dos dois altos no abdómen; "tubérculos" como lhes chamam os experts :D

    Vêem-se bem na terceira foto:
    http://naturdata.com/Araneus-angulatus-13052.htm
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Cinza, RStorm e luismeteo3 gostaram disto.

Partilhar esta Página