Sistema Sintra-Montejunto -Estrela

Tópico em 'Meteorologia Geral' iniciado por psm 13 Mar 2008 às 06:59.

  1. GabKoost

    GabKoost
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    19 Jan 2009
    Mensagens:
    849
    Local:
    Longos, Caldas das Taipas (Entre Brg e Gmr) Altit
    Ninguém contesta a agregação dentro do grupo "Mediterrânico". Porém, a influência Atlântica no Noroeste é muito forte e insistir em dizer que é O MESMO clima é errado.

    Dentro do que pode ser mediterrânico há enormes diferenças e, para todos os efeitos, o clima do Noroeste não é em nada semelhante ao do Sul do país apesar de ser classificado dentro do mesmo grupo geral.

    Aliás, este mapa demonstra o óbvio. Influência do Atlântico. (precipitação media anual)

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. GabKoost

    GabKoost
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    19 Jan 2009
    Mensagens:
    849
    Local:
    Longos, Caldas das Taipas (Entre Brg e Gmr) Altit
    A diferença é que conheço bem o país no seu todo e não me deixo embalar por um termo geral como "Mediterrânico".

    Além do mais, o que existe tradicionalmente em Portugal, talvez por causa de uma influência cultural com origem estado novo, é a forte resistência á aceitação das diferenças regionais que impossibilita muita gente de abrir o espírito á realidade.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
    Mais uma vez, para desfazer equívocos, aconselho a leitura deste livro:

    [​IMG]

    Quanto ao galego, é considerado um dialecto do português na gramática do Celso Cunha e do Lindley Cintra, a qual é considerada a melhor gramática portuguesa pela nossa grande filóloga Maria Helena da Rocha Pereira.

    Atenção que na Galiza há duas correntes, uma que defende o galego como língua independente do português, e outra que defende a sua integração no mundo lusófono. Por razões de ordem política, penso que o galego foi um pouco corrompido pelo castelhano, aliás, consta que o Franco transferia galegos para trabalharem noutras regiões de Espanha, e enviava castelhanos para a Galiza, para tentar destruir a cultura galega e assim mitigar movimentos nacionalistas dentro da Galiza. A cultura do Noroeste é única, e distinta da que se desenvolveu na Meseta Norte ou nas terras a sul do Mondego, mormente no sudoeste ibérico. A antiga Lusitânia ocupava o Centro e Sul de Portugal, e parte da Estremadura espanhola, mas já o Norte do país faziaparte da Gallaecia. Os povos nativos da Península, ao longo dos séculos e dos milénios, apesar das invasões que foram sofrendo, foram mantendo algumas das suas características. Por exemplo, os santuários pagãos foram convertidos nas capelas que hoje vemos em cabos ou no alto de montanhas, aquando da introdução do Cristianismo...
     
  4. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
    Como disse um dia o historiador Rui Ramos, Portugal resulta de um forte projecto político centralizador que sempre tentou unificar todo o território.
     
  5. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
    Por falar na unificação do Estado Novo... o fado não é o estilo musical nacional. O fado é um estilo musical de Lisboa e de Coimbra. Just that.
     
  6. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    9,818
    Local:
    Porto
    Recordei-me agora. Existem dois grandes grupos de dialectos em Portugal Continental.

    1) Os setentrionais, presentes no Minho, Douro Litoral, Trás-os-Montes e Beira Interior.

    2) Os centro-meridionais, presentes nas restantes regiões.

    Fora de Portugal, acrescenta-se um terceiro grupo: galego...

    http://cvc.instituto-camoes.pt/hlp/biblioteca/novaproposta.pdf

    Mais um factor a diferenciar o Norte...
     
  7. N_Fig

    N_Fig
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Jun 2009
    Mensagens:
    2,999
    Local:
    Coimbra (Figueira da Foz aos fins de semana)
    E a dividir o Centro ao meio... Deixam-se dessa guerra Norte-Sul.
     
  8. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,548
    Local:
    Bragança (675m)
    Vigo Aeropuerto Período: 1971-2000

    Julho: Temperatura média 19,4ºC precipitação média 43mm
    Agosto: Temperatura média 19,4ºC precipitação média 40mm

    Viana do Castelo Período: 1971-2000

    Julho: Temperatura média 20,5ºC precipitação média 28,4mm
    Agosto: Temperatura média 20,3ºC precipitação média 30,6mm

    Vigo não tem meses secos e Viana do Castelo tem 2 meses secos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. SocioMeteo

    SocioMeteo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Fev 2010
    Mensagens:
    530
    Local:
    Seixal
    Realmente são umas diferenças brutais Dan... nunca vi nada assim..Gostava de ver o mesmo rigor quando se compara os valores entre cidades por exemplo Bordeus com Copenhaga ou Bilbau com Amesterdão...
     
  10. GabKoost

    GabKoost
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    19 Jan 2009
    Mensagens:
    849
    Local:
    Longos, Caldas das Taipas (Entre Brg e Gmr) Altit
    Não acho estas diferenças assim tão significativas. Além do mais, as Rias Baixas tem um micro clima que não representa toda a região...
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. SocioMeteo

    SocioMeteo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Fev 2010
    Mensagens:
    530
    Local:
    Seixal
    Frederico o Franco era Galego para que se conste...
    Mas concordo contigo em tudo o que dizes Castela tentou impôr uma cultura dominante em terras galegas a muitos niveis até atraves da inclusão da musica andaluza como o flamengo e as corridas de Touros... isso obviamente não foi feito por acaso.
    De referir ainda que a forma dos irlandeses e as populações da Galiza e norte e centro de Portugal viverem a religião catolica e as suas praticas são muito identicas com algumas divergencias para praticas mesmo pagãs que remotam as origens mais escondidas celtas.
    Até nesse aspecto as semelhanças entre a Irlanda e Galiza espanhola e portuguesa são imensas.. Penso mesmo assim que existe uma unidade cultural muito grande em Portugal que em Espanha e que faria muito mais sentido Galiza estar integrada em Portugal que propriamente com Espanha penso que existe uma muito maior proximidade e união cultural em Portugal de Norte a sul apesar das diferenças que existe no pais vizinho...mas a historia não quis seguir esse rumo.
     
  12. GabKoost

    GabKoost
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    19 Jan 2009
    Mensagens:
    849
    Local:
    Longos, Caldas das Taipas (Entre Brg e Gmr) Altit
    Obviamente. E é de Coimbra porque os estudantes para lá o levaram.

    Há imensos exemplos de instrumentos políticos que ainda hoje fazem os seus efeitos.

    Monsanto como aldeia mais portuguesa de Portugal . Ridículo

    Traje de Viana como o Traje nacional - Nem de Viana é como é possível desrespeitar os outros costumes.

    FNAT - Organização de propaganda nacionalista.

    etc etc.

    A política fascista da época visava criar um sentimento de unidade incontestável que acabava por fortalecer o estado central. Não era caso único pois também Espanha e viviam sob este modelo.

    Hoje em dia, inconscientemente, nota-se perfeitamente a dificuldade de alguns Portugueses recusarem determinante aceitar diferenças regionais.

    Não aceitam o facto de ter origens diferentes, culturas diferentes, hábitos diferentes, pronúncias diferentes, CLIMAS diferentes e o próprio direito em afirmar estas sub culturas muito próprias.

    Talvez por isso é que Portugal ainda é um estado centralizado e vemos a maioria dos outros com regiões autónomas.

    _______

    Voltado a inserir esses devaneios no assunto do clima, importa realçar que o ser humano é o reflexo do seu meio ambiente.

    O clima do Noroeste Ibérico e sua geografia é mais semelhante entre si do que o Noroeste e o resto de Portugal. Daí haverem desde sempre fortes ligações culturais e históricas.

    O sistema Sintra Nontejunto pode de facto ter um papel de assinalar pois cria uma divisão climática abrupta em Portugal.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. GabKoost

    GabKoost
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    19 Jan 2009
    Mensagens:
    849
    Local:
    Longos, Caldas das Taipas (Entre Brg e Gmr) Altit
    Quanto a isso é sabido desde há muito tempo que as trocas comerciais do Noroeste Iberico passavam maioritariamente pelo chamado "Mar Celtico" composto pela Bretanha, NOIberico e Ilhas Britânicas.

    As semelhanças entre as ornamentações encontradas entre a civilização castreja Iberica e a Irlandesa são gritantes:

    [​IMG]
    Briteiros-Guimarães

    [​IMG]
    Irlanda

    No sul e centro do país, chegando também ao NO mas com menos influências, as trocas comerciais eram feitas com Fenícios.

    Existe também aí uma demarcação entre um mundo Mediterrânico e outro Atlântico apesar de, volto a dizer, as trocas comerciais com o mundo mediterrânico existia também no NO.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. SocioMeteo

    SocioMeteo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Fev 2010
    Mensagens:
    530
    Local:
    Seixal
    É por estas e por outras que do ponto de vista antropologico e sociologico considero que a Matriz cultural portuguesa vai muito mais alem de uma Matriz Mediterranica genero siciliana ou Grega de senhores vestidos de preto a comerem azeitonas a sombra de uma Palmeira isso faz sentido em Sevilha na Secilia na Sardenha ou na Grecia a matriz cultural portuguesa vai muito mais alem disso e isso não deve ser ignorado... penso mesmo que não é a predominante em Portugal.
     
  15. GabKoost

    GabKoost
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    19 Jan 2009
    Mensagens:
    849
    Local:
    Longos, Caldas das Taipas (Entre Brg e Gmr) Altit
    Tudo tem a ver com um país centralizado que tem a sua capital numa determinada área geográfica.

    A imagem que vende ao exterior é a imagem dela.

    Obviamente que pelo menos metade do país não encontra paralelo nessas imagens.

    Passa-se o mesmo na Espanha. A imagem vendida é a da Espanha Madrilena da meseta e suas afinidades com as partes mais a Sul. Isso apesar da Espanha ser composta por uma imensa região a Norte completamente distinta e sem quaisquer familiaridades com a imagem criada pelas pessoas em geral.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página